Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA SESSÃO COM MEU MESTRE

Click to this video!

Relato de um servo apás sua primeira sessão comigo:rnMeu Mestre é um senhor de 53 anos, 1,90, 95 kg, grisalho, muito autoritário, eu adoro servi-lo, mas deixa eu contar como foi minha primeira vez com ele, conforme havia me ordenado, fui ao encontro do Mestre Armindo, aluguei uma suíte num bom motel e liguei avisando aonde estava, meu Mestre mandou eu tirar a roupa e ficar virado para a parede, demorou acho que uns quinze minutos e ouvi a porta se abrir, não falei nada, nem me virei, não sabia se podia, ele veio até perto de mim senti sua respiração no meu pescoço, sem falar nada vendou meus olhos me deixando completamente no escuro, e mandou abrir as pernas ao máximo, quando o fiz, ele começou a analisar minha bunda, e disse:rn- Bunda branca, gosto assim, mas a depilação tem que melhorar viado de merda, abre a bunda para ver se esse cu está muito arrombado.rnAbri e ele enfiou o dedo, dei um gemido ele deu um forte tapa na minha bunda e disse:rn- Cala a boca seu bosta, com um cu arrombado como este vai reclamar de uma dedado merda? Fica de quatro.rnImediatamente me pus de quatro, fiquei esperando mas nada acontecia, sá ouvia os passos do meu dono, de repente sinto uma chicotada forte na bunda, dei um grito, ele riu e deu outra chicotada e mais outra, enfim castigou minha bunda varias vezes quando ela estava quente de tanto apanhar e lágrimas escorriam dos meus olhos, ele parou retirou a venda dos meus olhos e mandou eu tirar sua roupa, coisa que fiz o mais rápido possível, estava louco para ver o cacete do meu dono, quando tirei a cueca e vi aquele caralho lindo, 19x5 duro como uma rocha mais do que prontamente o coloquei na boca para sentir seu sabor, levei um imenso tapa na cara que me derrubou no chão e ouvi:rn- Mandei tu chupar puto ordinário?rn- Não senhor, desculpe.rn- Queres meu caralho merdinha?rn- Sim mestre, é o que mais desejo.rn- Fica de joelhos e abre bem a boca.rnFiz o que meu dono mandou, ele me pegou pelas orelhas e enfiou o caralho com toda a força na minha boca, senti ele na minha garganta, engasguei, e levei outro tapão na cara, e isso se repetiu mais vezes ele enfiava todo na minha boca, engasgava, babava e apanhava, quando ele ficou satisfeito com isso, sentou na cama e disse:rn- Tá putinho vou te dar prazer, pode vir chupar meu pau, pode se deliciar com ele, mas chupa bem ou então...rnLágico que me apressei a colocar aquele delicioso cacete na boca, lambia, beijava, engolia tudo que conseguia, meu senhor gemia de prazer, que maravilha sentir meu dono gostando da minha boca no seu pau, depois de algum tempo ele falou:rn- Põe uma camisinha nele e fica de quatro na cama para eu enfiar nesse cu.rnColoquei a camisinha com todo o carinho e fiquei em posição esperando pela invasão, meu senhor encostou o caralho na entradinha do meu cu, deu uma ajeitadinha e sem nenhum aviso enfiou tudo de uma vez, meu deus que dor, senti como se estivesse sendo rasgado por uma espada, urrei, ele me mandou calar a boca e aguentar o caralho, ficou com o pau todo enfiado por alguns instantes, e então começou um vai e vem frenético, não sei se sentia mais quando ele tirava ou quando voltava a enfiar com toda força, eu gemia, gritava, enfim delirava enquanto meu dono usava meu cu como queria, depois de não sei quanto tempo, porque sá conseguia sentir as sensações do meu rabo sendo invadido daquela forma doida, ele gemeu mais forte e gozou, saiu de dentro de mim, senti um misto de alivio e vazio que nunca tinha experimentado, meu senhor mandou eu tirar a camisinha limpar seu pau o que fiz com muito gosto, que sabor maravilho tem a porra do meu mestre, depois de limpar todo o caralho, bebi a porra da camisinha, meu senhor me mandou então ir para o banheiro e ficar de joelhos o esperando, fui e então ele pegou uma corda e amarrou minhas mãos as costas e me mandou abrir a boca ao máximo, quando abri senti o primeiro jato de urina, e meu senhor mijou bastante, não consegui beber nem metade, como é bom beber os líquidos do meu senhor, depois ele mandou eu ficar ali, amarrado, mijado, com o cu ardendo, esperando ele voltar, fiquei horas ali, quando ele voltou... mas isso eu conto depois, se vocês quiserem

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto porno ui ui ui metecontos eroticos de lolitos com tios de amigosloirinha goatossa visContos eroticos marido vira fêmeacontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiacontos eroticos com absorventexoxota e picas contosconto negao cuidou do meninocontos filme com cunhada mostrando a buceta de sainhawww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadejato forte coroa vomitacontos eroticos assistiu escondidocasada;fodida na África;contos eróticoscontos eroticos comi a mulher do traficanteconto ela apostou o cuzinho e perdeucontos eroticos o pastor comeu o meninocheirada e dando a bunda contosContos eróticos transei com a mãe casada do meu melhor amigocontonaturismobuceta na praia toninhascontos eroticos amigos heterosContos eróticos gay minha iniciação sexual precocecaravda pica imenca rasgando bucetaSou casada fodida contocontos eróticos filhinha bobinhacontos erotoco sograAteliê dos contos eróticowww.contos de estuprei a gordinhacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos lobisomemfotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarensinei minha filha a transarpeguei meu amigo f****** as tetas da minha esposa na cozinha contos eróticosmenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticoscontos de coroa com novinhoareganhando o cu e epois a boceta com a mao relaxandoviado dando o rabo desfasandocontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos mae e filhoMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosconto erotico as pregas da empregadacomendo na.chantagem contoscontos minha mulata foi arronbada e curradacontos filha se fode pra aguentar a geba do pai no cunamorado mega dotado contos eroticosfode a mulher do irmao para provar que ela é uma putaMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .ver filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delacontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrãocontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhovideo safaço roçando na bunda da gostosawww.tirei o cabaço da irmã caçula na casa da vovó.comconto ficou excitado em saber que eu fudendopelanca contos eróticosconro erotico gay meu tio alopradomae desfilando de calcinha fio dentalcontos espiano minha mae peitudaadoro ser fodida com força. conto eroticohestoria erotica o grandi fatasia do meu marido e c cornocontos eroticos mulher testemunha de jeováagora sou viado dominado pelo machocontus orgia reforma casa loiravideo pono pequano aprima do midofudi.com meu amante.e.engravidei.contossurda muda gostosa contopornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elafudedo a tia bombadacontos chupando o pau do tio da crecContos erotico dei pro meu amigo ra comer a namorada deleminha esposa nega mas eu sei que sou cornocontos dopei minha namorada novinha e arrombei com consolocontos eroticos meu alunoconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocaaregasando a b da nfiquei bem machucada por fuder com cachorro enorme contos de zoofiliaSou casada fodida contoConto erotico bunda a enteada mas velha.