Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TENHO MUITA VONTADE DE DAR

Click to this video!

Bom pessoal, essa é a primeira vez que escrevo aqui, e sim, o título diz tudo!rnrnO que vou escrever não é bem um conto, mas sim um desejo meu, que cada vez se torna maior e gostaria muito de realizar.rnrnSou um homem de 29 anos, alto e magro, pele branca. Nunca me relacionei com homem nenhum e gosto de mulher, mas sempre me imagino dando pra uma cara branco, mais ou menos da minha idade ou mais novo.rnrnVou começar contando como esse desejo começou.rnrnQuando eu era criança, minha família e eu morávamos em um prédio e lá eu ainda nem sabia o que era sexo, tinha em torno de 9 anos. Mas aí mudamos para um outro bairro e fomos morar numa casa e numa rua que tinha muitos garotos, ficavam sempre jogando bola na rua e brincando de esconde-esconde. rnrnLogo de início, comecei a fazer amizades com os garotos, tinham uns da minha idade e outros mais velhos. Com um desses garotos que vou chamar de "A", fiz uma amizade mais legal e comecei a frequentar a casa dele. Um dia estávamos sozinhos na casa dele e ele falou que tinha vídeos pornográficos e se eu queria ver com ele, respondi que sim e começamos a assistir. Num certo momento eu adorando, vi que ele tirou o pau pra fora e começou a punhetar lentamente, fiquei surpreso, era um pinto bonito, moreno, não muito grande mas bem maior que o meu, que até pela idade ainda era meio fino e pequeno. Eu fiquei meio estranho, olhando sem parar, e não consegui disfarçar meu encantamento. Ele vendo que eu não parava de olhar, me perguntou se eu já tinha visto antes, respondi que não, ele perguntou se eu estava gostando de ver e respondi meio sem jeito que sim. Ele sentou mais perto e ficou do meu lado, eu sem pensar muito no que estava fazendo, comecei a escorregar minha mão pelo sofá, olhei pra ele e perguntei se podia tocar, ele disse que sim e logo segurei, sem muito jeito, mas enchi a mão e segurei firme naquele pinto, a sensação foi muti boa, e o cheiro que ficou na minha mão era muito bom. Não fizemos mais nada nesse dia e fui embora pra casa, já era noite.rnrnA partir daí, começamos a nos encontrar com mais frequência, e como na sua casa sempre havia gente, começamos a ir em terrenos de fábricas que tinha na rua, estas desativadas. Um dia eu estava gostando bastante de segurar o pau dele e ele me pediu pra colocar a boca, eu não quis e ele me falou que ia mostrar como era pra fazer, pegou meu pauzinho, tirou de dentro da calça e começou a chupar (nossa foi maravilhoso), e depois me falou pra fazer igual com o dele. Comecei a chupar e passar a língua naquele líquido que saia na ponta, era o melhor gosto que eu já tinha sentido, fiquei lá como se tivesse chupando um doce delicioso e até que ele falou pra mim tirar a boca, eu tirei e ele apontou aquele pau bonito pro lado e gozou. Depois de um tempo já bem acostumado a chupar o pau dele e ele chupar o meu (nunca gozou na minha boca, e eu achava que não podia porque ele nunca o fez) ele tirou a calça, sá abaixou até o joelho e pediu que eu colocasse o dedo no cu dele, colocou meu dedo na boca e deixou bem molhado, depois levou-o até a portinha do seu cuzinho e falou que era sá pra mim empurrar devagar que entrava, nossa que gostoso foi isso, era quentinho e úmido, e então pegou minha mão e começou a levar para trás e para frente, como se tivesse um pau ali. Paramos porque ele pediu e fomos embora.rnrnDepois desse dia, não deu mais tempo de fazer nada, porque minha família que se mudava muito resolveu se mudar de novo.rnrnO tempo passou e eu comecei a me masturbar com mais frequência, comecei a enfiar o dedo do meio no meu cuzinho quando me masturbava, mas depois de um tempo, vi que um dedo sá ficava chato, era fino demais, e comecei a colocar sempre dois dedos. Mas me dava uma vontade de ter sempre mais, e então comecei a procurar coisas pra enfiar no cu enquanto masturbava meu pai, e nessas alturas eu já passava a mão no meu pau melado, tentando recolher ao máximo aquilo e levava a boca, que delicia isso aff. Um dia estava já mais crescido e estava sozinho em casa, comecei a ficar um tesão descontrolado e comecei a procurar alguma coisa pra enfiar no cú, mas não encontrava, então resolvi abrir a gladeira e lembrei que tinha cenoura, peguei a mais grossa que achei, lambuzei ela de sabonete, tirei minha roupa toda e me pus de quatro na cama, tentando enfiar aquela cenoura, mas não entrava e resolvi me levantar e apoiar a cenoura no chão de pé e agachei, coloquei ela bem no centrinho e comecei a deixar o peso do corpo recair sobre ela, nossa, sentir aquela coisa abrindo meu cuzinho me dava vontade de gozar, na hora que entrou mesmo, senti um ardor muito forme e fiquei parado, sem fazer nada até que a dor passasse, então desci mais e enfiei bem no meu cuzinho, afff que delicia, uma sensação inigualável, gozei muito nesse dia.rnrnAté hoje pato punhetas enfiando coisas no cú, mas minha vontade de chupar um pau de verdade, ter minha boca gozada e sentir um pau macio e duro no meu cú sá vem crescendo e eu não to aguentando mais, preciso dar pra alguém. Gostaria que fosse uma pessoa muito discreta com jeito de homem mesmo.rnrnBom pessoal, se alguém se interessar em me ajudar, me envie emails, pode mandar foto que eu sou bem [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


esposa traindo marido bebado contos eroticosgai bebendo porra de varios macho no cinema conto eroticocontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãoxvideos minha matrasdo nu meu quato sexocontos de menina pobrecontos amigo so folho pintudoconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninascontos eroticos incesto banheirocontos tratada como puta contos de cú por dinheirovideo corno olhando sua esposa morder o traveseiro de tesao dando cu pro negso dotadocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eroticos mae filho filhagožano na buceta da irmancontos porno fui estuprado na adolescência e adoreicontos sodomizada por dinheiroquero ler conto erótico sogro f****** com a norative dar para um dotadoso as japonesinha cabiceiras trasandoconto garoto esperimentei dar cucontos eroticos comi minha espetoraContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de irmas dormindoContos eróticos transei com a mãe casada do meu melhor amigocontos erótico pai ficou muito bravo ao saber que seu filho é gayConto erotico meu tatuador me fudeusem cadastro zoofilia sai mijando leiteSempre passo o dedo no grelinho da minha netaswing tio com sobrinhas flagrante historiasContos eroticos chupando peito casais amigoscomtos arrobadacontos eroticos na praia meu sogro me comeucache:AYqusiFpMvIJ:tennis-zelenograd.ru/conto_17477_minha-infancia-com-minha-prima-.html Namorada puta conto eróticoshortinho apertado curto abraçadinhoRelato de esposas putas dando pra fumcionarios nadando bobeira de baby doll em dentro de casafanfic bella ninfeta safadacontos eróticos de bebados e drogados gaysContos Eróticos Nega bebada de leguinContos eroticos vi minha mulher sendo arrombadaprato negra castigando a empregadacontoeroticoarregacadawww.tirei o cabaço da irmã caçula na casa da vovó.comcontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistaUm tubinho uma menina virgem pode aplicar com ele dentro do burraquinho da vagina ou nao?Puta merda!!!para!(conto teen gay)contos eroticos a crentinhacontos/ morena com rabo fogosoconvidando o amigo hetero para assistir um filme porno e ele me comeu conto gaycontos menage peitoes vaicontos/casado depilei a bundinhagordinho nerd gay contoscontos eroticos troca casais com gravidezEliana experimentando calcinha fio-dentalcontos eróticos a primeira vez nem doeucontoseroticoscdzinhasvelhas gordas de 90kg nuasContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaconto erotico virei escravo de minha professora safadaconto eroticos gay. virei mocinha e negaomeu padrasto tirou minha calcinha e comeu meu cuzinhotitio caralhudo noivo corninho esposa putinha contoscontos comi a internadacontos eroticos esposa camisola os amigo maridocontos eróticos troca troca meninosconto erotico com homem velho coroa grisalho peludo do trabalhocomendo a rosquinha contosvideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversárioContos eroticos amorosa amigacontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemcontos eroticos eu tinha 14 aninhoscontos eroticos convenci meu priminho vestir a calcinha de sua maecunhada timidacontosnovos contos eróticos mulheres encinando seus cachorros a cheirar e laber suas bucetastaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contosContos eroticos podolatria no hospitalcontos eroticos comendo o cachorro da ruapau na boca da namorada dpconto deixou a buceta ficar peluda pra dar pro painovos contos eróticos entre namorados dpcontos eroticos enganocontos eroticos enfermeirasminha bunda grande contoConto erotico levantaram minha microsaia e me comeram gostosoconto erotico viadinho de calcinha dormindo no sitiocontos exitantes estava muito triste e carente meu cunhado chegou na minha casacontos de ninfetas com bombeirosMeu+tio+ficou+brabo+com+migo+e+arrombou+meu+cu+conto+eroticoContos primeira chupadaCasada viajando contosconto menina adotada gozei