Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA INICIAÇÃO

Click to this video!

Esse é o meu primeiro conto, foi como ocorreu realmente, por isso irei trocar os nomes e acabou ficando meio grande.rnrnEu sempre fui muito inocente, e muito bobo, não entendia nada de sexo nem sabia o que era. Por isso, quando me mudei para um condomínio novo com 3 blocos, na época dos meus 19 anos, nunca entendia as brincadeiras que eram feitas comigo.rnrnEra de uma estatura normal para a idade, nem baixo nem alto, cabelos pretos um pouco comprido, branco, e não era magro, a pesar de não ser gordo, tinha uma bundinha arrebitada, apesar de nada exagerado, porém sempre ficavam apertando ela. rnrnO Ti que vou falar mais a frente, era bem alto, e bem magro, com cabelos pretos e olhos azuis, era muito charmoso e todas as meninas eram louca por ele, o que fazia ele ser bem arrogante, fui descobrir depois que tinha o corpo bem definido, principalmente pela idade.rnrnSempre buscava a aceitação dos mais velhos, que costumavam bater nos mais novos, e nos obrigar a fazer coisas para eles se divertirem, e isso não era diferente comigo, tinha um menino que na época devia ter uns 19 anos, o Ti, que sempre judiava de mim, e fazia brincadeiras como me fazer ficar de 4 no meio de todo mundo, me encoxar na parede até eu pedir água, uma vez até mesmo ele me prendeu no chão, e sá me soltou quando abri sua calça e lambi seu saco por cima da cueca. rnrnClaro que eu fazia tudo isso sem entender, e sempre na maior inocência achava que era tudo somente para judiar da gente, não sabia o que significava de verdade, até que um dia, estávamos todos reunidos no condomínio, os mais velhos judiando dos mais novos como sempre, até que todos começaram a ir embora um por um, e de repente ficamos somente eu, o Ti, um colega da minha idade, e um outro mais velho (José). o José perguntou para o Ti se ele não iria para a casa dele, ele disse que não queria ficar sozinho, pois a mão dele havia ido a um motel e não voltava hoje (eu muito inocente, achei que ela havia lá somente para dormir?)rnrnEntão o João disse que deveria levar um de nás 2 mais novos para casa então, pois ele já iria para a dele. Então o Ti virou para mim e falou:rnrn- Você sempre faz o que eu peço pra você né?rn-Sim, não me importo com tanto que possa ficar com vocêsrn-Quer vir em casa então? a gente passa a noite fazendo alguma coisarnrnPara mim foi como música aos meus ouvidos, ficar com um dos "descolados" e passar a noite na casa dele? com certeza iria, ainda mais que nem desconfiava das intenções dele.rnrnFui para o meu apartamento, avisei que iria ficar na casa do Ti, peguei meu pijama e fui até lá. Se junto com os outros ele me judiava, quando ficávamos sozinho em sua casa ele me tratou super bem, me ofereceu suco, arrumou uma cama para mim do lado da sua, e ficamos no seu quarto jogando video game.rnrnFicamos assim um bom tempo, mesmo eu tendo a sensação que ele se preparava para dizer algo, porém sempre que eu perguntava o que era ele não respondia. até que uma hora virei para ele e disse:rnrn-O que é que você quer dizer? Estou te incomodando?rn-Não é isso? sabe as coisas que faço para você fazer? você faz sá para me agradar?rn-Sim, assim você judia menos de mim, e posso ficar com os mais velhos.rn-Sabe o que você pode fazer pra me agradar?rnrnFalando isso ele se sentou na beirada da sua cama, que era mais alta do chão que eu estava deitado, e me chamou pra perto, sá então quando fui engatinhando para perto dele, vi que ele estava de cueca sem calça, e seu pênis estava totalmente ereto, o que acabou deixando o meu assim também, com uma sensação boa, sem entender muito bem o que estava acontecendo, disse: rnrn-E então? o que quer que eu faça?rn-Promete que não conta para ninguém?rn-Se você prometer não me machucar?rn-Não vou, você vai gostarrnrnCom isso ele arrancou sua cueca, e pude ver seu pênis, como era muito inocente, achei ele enorme, por ser bem maior que o meu, porém não lembro a medida exata, sendo entre uns 19 a uns 20 cm.rnNa hora achei que era errado ver algum garoto sem roupa, porém estava fascinado pelo seu membro, nunca havia visto um de perto sem ser o meu, e não pude tirar os olhos.rnEle então segurou minha cabeça, colocou minha boca perto da ponta e disse :"Chupa, e cuidado com os dentes"rnrnPor achar ser somente mais uma brincadeira dele, prontamente atendi, e abocanhei até onde consegui. Esperava um gosto totalmente diferente, porém na hora adorei e comecei a chupa-lo como ele havia pedido, deixando todo o seu membro babado.rnSe antes ele estava cuidadoso comigo, agora ele estava totalmente sem dá de mim, puxando minha cabeça para cima e pra baixo, estocando sua pica mais fundo na minha garganta, o que me levou a engasgar algumas vezes, ainda estava acostumando com o volume na minha boca e ele mandando a ver.rnEle estava gemendo muito, e eu não entendi muito bem o porque, mas ele dizia coisas como, " ai que delicia, isso, continua putinha" então achava que estava bom. Até que seu pênis começou a pulsar e ele gozou na minha garganta, na hora que achei ele estava mijando, então tentei tirar a minha cabeça, mas ele forçou ela pra baixo e ficou dizendo para eu engolir, deixei escorrer um pouco pela minha boca, porém engoli o resto como ele mandou com medo de ele bater em mim.rnrnQuando ele finalmente parou de forçar minha cabeça para baixo, me afastei e reclamando que ele tinha me feito beber seu mijo e que era nojento, porém ele me disse que aquilo era gozo, e me mostrou seu pau que estava todo melado com o que eu tinha babado, ele disse então que iria me mostrar e mandou eu me deitar, o que fiz prontamente.rnTIrou minha calça e minha cueca sem muita enrolarão, porém me deixou com muita vergonha, o que fez eu cruzar minhas pernas, mas como ele era bem mais forte que eu, simplesmente abriu elas, e começou a me masturbar. Como nunca tinha feito isso antes, foi uma sensação maravilhosa, e fiquei sem reação nenhuma sem ser me contorcer e curtir aquela maravilhosa punheta que ele estava batendo para mim sem a menor cerimônia, não sei quanto tempo demorou, até que não consegui me segurar, e gozei, sem saber o que era aquilo.rnEle fez com que eu gozasse por toda sua mão, fiquei deitado ofegante, então ele chegou pra mim e disse: "tá vendo? é branco, isso é gozo, não mijo, é bom, lambe tudo" e colocou sua mão na minha boca. Tinha um cheiro maravilhoso, então logo me pus a lamber seus dedos, no começo estranhando o gosto, mas depois achando delicioso, fiquei lambendo seus dedos como um cachorro até que ela estava toda lamecado.rnrnParecia estar se divertindo me fazendo de sua putinha, até que disse pra mim: "agora eu vou comer seu cú, ok? mas tem que fazer tudo que eu mandar" nem imaginava o que significava aquilo, porém como tudo que ele fez estava bom, e não tinha muita escolha aceitei, ele então falou que ia pegar algo da mãe dele e já voltava.rnEntão levantou pelado mesmo, arrancou sua camisa e saiu do quarto, quando ele voltou, tinha alguma coisa na mão, porém minha vista foi atraída pelo seu pênis que estava totalmente ereto novamente, pude ser sua barriga toda definida junto com aquele pênis enorme, o que me deixou excitado na hora e com uma cara de pidão.rnMe mandou arrancar a camisa, ficar de 4, com a bunda arrebitada como sempre fazia ao fazer isso e ao olhar pra trás puder ver ele lambendo os lábios, antes de apertar minha bunda muito forte sem a menor dá. Então ele lambuzou o dedo da outra mão, abriu minha bunda, e colocou um dedo bem devagar, colocou devagar até o fundou e começou a girar ele.rnrnO dedo dele entrou sem muita dificuldade, e mesmo sem entender o que ele estava fazendo, achei uma sensação maravilhosa, principalmente quando ele ficou rodando, me fez gemer fraquinho mesmo sem reparar. Então ele colocou dois dedos, três, até que por fim colocou quatro, ele foi extremamente cuidadoso em me laciar, de forma que cada vez que colocava um dedo a mais, estava mais prazeroso do que dolorido, e eles pareciam estar sempre lambuzados, o que facilitava, dessa forma nem reclamei e somente aproveitei.rnrnDepois do quarto dedo, ele me mandou ir mais para frente, de forma que meu peito ficasse em cima de sua cama,e minha abunda ficasse exatamente no nível do seu pau, ele me disse para colocar a boca no seu travesseiro, e tirar somente quando ele mandasse.rnFiz como ele mandou, porém antes de morder o travesseiro, olhei para trás e vi que ele estava lambuzando seu pênis com o potinho que tinha pego da sua mãe, era vaselina porém não sabia na época, pude imaginar o que ele iria fazer, porém não imaginava o estrago que seria.rnEle abriu minha bunda, encostou seu pênis na pontinha do meu cu, de forma que eu fiquei piscando ele de maneira involuntária, segurou na minha cintura e disse para eu relaxar, o que tentei fazer, então de repente ele colocou seu pênis dentro de mim, e começou a forçar.rnLogo de cara senti uma dor tremenda, o que me fez soltar um grito de ai, e depois fiquei falando "tira ta doendo", porém ele estava segurando bem firme na minha cintura, e tudo o que fez foi forçar mais, me dizendo para morder o travesseiro e relaxar, não restando muita opção, fiquei queto aquentando a dor, o que chegou até a arrancar lagrimas dos meus olhos.rnrnQuando achei que já fosse desmaiar pela dor, ele me disse "tá vendo? já entrou tudo" e deu uma estocada encostando sua virilha na sua bunda, me arrancando um gemido, então ele tirou seu pau até a metade eu acho, e começou a forçar novamente, indo devagar, fez isso mais umas 3 vezes, até que ele começou a dar estocadas bem forte, não tendo a menor dá de mim, que sempre dava um gemido alto quando ele fazia isso.rnO que começou com uma dor tremendo, logo tinha se tornado a coisa mais prazerosa que eu já tinha feito na vida, cada estocada dele me arrancada gemidos feito uma puta, mesmo sem perceber, o que parecia deixar ele mais animado, pois foi aumentando a velocidade aos poucos.rnEntão uma hora ele tirou tudo, e disse para mim "Você ta gemendo como uma vadia, quero ver esse seu rostinho de puta safada quando gozar em você" me derrubou na sua cama, me pegou pelas pernas, e me colocou na posição de frango assado, e antes que eu pudesse fazer algo, ele ja estava em cima de mim me penetrando novamente e arranco altos gemidos.rnrnDessa vez ele começou me penetrando freneticamente, fazendo estocadas rápidas, as vezes diminuindo o ritmo, ficamos nesse vai e vem, até que ele disse que iria gozar, e para minha surpresa, ele tirou para fora e gozou na minha barriga, o que foi uma delicia.rnApás isso, ele deitou do meu lado, e me fez lamber a porra de seus dedos que ele pegava da minha barriga, enquanto ele batia uma para mim.rnrnEle ficou me comendo a noite inteira, com algumas pausas para descansar, me comeu em todas as posições que ele quis, depois ao amanhecer do dia ele me deu um banho onde fez que eu o chupasse novamente.rnrnDepois desse dia, sempre que ele tinha oportunidade, tentava me levar para a escada para me comer, ou me fazer chupar ele, porém logo depois de um tempo ele se mudou, e fiquei sem fazer coisas assim por um tempo. até encontrar um novo amigo, porém isso fica para outro conto, caso vocês gostem desse.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dormino na mesma cama com duas irmas fudeno uma e a outra ficano com tesaopornoxota video casada fudendo com serventemeu cuzinho ta sangrandotravesti bombom contos eróticoscontos eróticos vovó me comeucache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html fiquei d calcinha e logo me comerao contos eroticosconto erótico o Enfermeiro da rola de jumentorelatos eroticos de traicao consentidacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto gay meu empregado deu cupor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticosconto minha tia so anda de calcinhacontos erótico sou evangelicacontos não resisti ao cacetaocontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima delacontos eróticos evangelicascontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosoconto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestocontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi eláfingi que dormia pra ver ela meter contoscontos ajudando minha mae peituda na faxinacontos eroticos casei com um velhocontos eróticos mulher no trevo contos tia com fome de picaporn contos eroticos enteada gangbangeróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah delicialoira cris casada fode com negao contos eroticosso conto erotico de mendigosvoyeur de esposa conto eroticoeu vi uma pica toda arregaçadajanaina vem senta na picaconto erotico a boleiaempregada fodida na marra.contosvideos putas chupando e achado q a pica e poucaconto porno mulher adora novinhoconto erotico praia em familiaconto putinha do amantefode rebola nele vaiconto arregacando o cuzinho e enchendo de porra a cunhadacontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritoscontos abusadas em grupocontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicopotranca de mini saia fodendocontos eroticos esposas no swingcontos eroticos mae filhacontos a devassa do analContos eroticos com animaiscdzinha enrabada pir coroas contoso sobrinho contosContos eróticos meu primo meu amor minha vida metecontos eróticos dormindo na casa do namorado depois de uma festacontos esposa evangélica e cunhadaquero ver travesti transando no abdômencontos eroticos moleque e mulherContos tarados por cu de bundudaContos eróticos gay camisa socialcontos eróticos crimecontos eróticos minha buceta pegando fogo i.piscandocontos eróticos vovó me comeuver coroas no baile de Carnaval chupando pau passando a língua no sacocontos eroticos dopando a cunhadaeu sempre quis,contos eroticoscontos vizinha feiamorena elisangela dando o cuzinho gostoso de cabo friofomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contodelicia conto heterovoyeur de esposa conto eroticominha tia esfregou/a/bunda/dee/vestido/no.meu/pau.xxx videos mulheris bem safadas que brinca com o pauzinho pequeno do marido tampinhaContos eroticos comeu o cu da irmã q estava entalada debaixo da camacontoseroticocoroas