Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU AMANTE, TRAVESTI E O FLANELINHA

Click to Download this video!

Chamo-Me Nelma Tenho 28 anos Branquinha, cabelos natural castanho (costumo tingidos de loiro) minhas medidas exatas: 1,62 metro, 50 quilos, 60 cm de cintura, 84 de busto e um quadril de 92 cm. Pretendo relata a maioria das minhas aventuras e experiências sexuais mais hoje quero falar O dia que dei pro meu amante, trava e o flanelinha.rnrnJá fui amante de um médico (Piter, 45 anos, 170alt e uns 18cm) ele já era casado desde novo, nos conhecemos pela internet e sempre que tava marcávamos umas fodas bem gostosa aqui no meu bairro. rnO diferencial de Piter que ele gostava de um fio terra, e não era sá um dedo e sim de 1 até 4, mais eu não me importava com isso porque o pau dele ficava duro como uma rocha e gozava como um touro.rnSua esposa havia viajado e ele faltaria o plantão no serviço e me convidou pra tomar uma bebidinha em um bar na Lapa reduto da Bohemia carioca, bebida rolando na mesa e derre-pente senta na mesa ao lado uma travesti loira muito linda que não sá chamou a nossa atenção como a do bar também.rnO nome da travesti era Laiza (uns 20 anos bumda grande com marquinha de bronzeado da minha altura e seios grande siliconados). Piter ficou muito interessado nela e me propôs de chamar ela pra uma suruba pois ele queria da pela primeira vez pra um pau e nisso ela já flertando a nossa messa, mesmo estando acompanhada com alguns amigos.rnSá sei que antes do final, nossas messas já estavam juntas eu todo mundo enturmado e até fiquei sambando com as meninas e o Piter de conversinha no ouvido da Laiza e me deixando com os caras me comendo com os olhos na pista de dança.rnOs amigos dela foram embora deixando sá nás 3 na mesa e não demorou muito a Laiza passava a mão no meu cabelo e quando tirava com a mão passava na minha cocha e no pau do Piter e nisso a mão dele por de baixo da messa já estava acariciando o grelo dela por cima da calça.rnFechamos a conta e pegamos o carro e fomos pra um Motel a 4 quadras do bar e tivemos que deixar o carro na rua porque a garagem do Motel já estava cheia e Laiza nos tranquilizou porque conhecia o flanelinha que na hora nem reparei quem erá.rnChegando no quarto Piter já foi atacando a Laiza por traz e Laiza fazendo o mesmo comigo e sarrando aquele pau na minha bunda, ali mesmo em pé um foi tirando a roupa do outro até que ficamos pelados e o Piter se ajoelhou e caiu de boca no pau dela (uns 18cm sendo que grosso) e eu fiquei por traz dela beijando-a e acariciando aquele corpo e ela tentando fazer o mesmo comigo mas sendo que enfiando o dedo dentro da minha bucetinha.rnLaiza sabia que ele era virgem de pau no cu então comecei a fazer um 69 com piter na cama e ela veio por cima e eu ajudando, ela foi comendo o cu dele até entrar tudo, como ele gemia de dor e o pau dele so faltava explodir na minha boca de tanto tezão e eu ali em baixo com aquela visão privilegiada.rnSai de baixo e fiquei de 4 com a bunda bem empinada e Piter começou a me comer e nisso a Laiza não tirava o pau de dentro, ficamos que nem um trenzinho encaixados. Mais sá que o telefone do Piter começou a tocar e na terceira vez ele atendeu e era o diretor da unidade em que ele trabalhava dizendo que teriam uma emergência e que era pra ele ta la em menos de 1 hora e nisso ambos brocharam e Piter saiu de taxi me deixando com o carro dele.rnFui tomar banho e a Laiza ligou pra o flanelinha pra comprar um cigarrinho para nás duas, depois foi a vez dela de ir tomar o banho me sequei e fiquei deitada na cama pelada com lençol por cima e nisso me chegou o amigo dela que era o flanelinha chamado Beto (moreno uns 27 a 30 anos todo malandro magro e alto) me enrolei no lençol e ele foi se apresentando e nisso Laiza chamou ele pra dentro do banheiro e vi que eles eram bem amigos de babados.rnNisso eles saíram do banheiro e Laiza começou a preparar o cigarro e Beto pediu pra tomar um banho e ela deixou, eu fiquei na parte de baixo da cama enrolada no lençol e Laiza toda nua sentada e fiquei reparando no corpo dela enquanto fumávamos e não sei como eu já estava deitada de bruso acariciando o pau mole dela e Beto me sai sá de cueca e camisa e Laiza o chama pra perto dela e e mete a mão no pau dele e começa a pagar um boquete nele ali mesmo em pé.rnMinha boca começou a água então cai de boca no pau da Laiza que ainda estava mole e não demorou muito ele cresceu na minha boca, la estava eu nua em uma cama de 4 chupando a Laiza e Laiza chupando o Beto freneticamente. No inicio o Beto tentava passar a mão na minha bunda mais eu relutava mais com ajuda da Laiza me aproximando mais dela quando fui ver o Beto já estava não sá passando a mão no meu corpo quanto deslizando o dedo até o meu anelzinho.rnAcho que eles perceberam que eu estava toda empinada e gemia alto quando ele passava o dedo que daí ele saiu metendo um até o segundo dedo e comecei a gemer mais alto com a Laiza me xingando tudo que é nome e aquilo me deixava com mais tezão, até que o Beto veio por traz de mim e começou a fazer um beijo grego que me fez gozar varias vezes. E Laiza me puxando pelos cabelo quase me afogando com aquela rola ague-la abaixo.rnBeto não perdeu tempo enquanto eu estava perdendo a linha a pedido da Laiza colocou uma camisinha no seu pau (uns 16cm fino mais com cabeça grande) e enterrou tudo de uma vez na minha bucetinha e nisso Laiza começou a me beijar e depois se levantou e ficou lambendo a bunda e as bola dele, me comia sem parar até que em uma dessas enfiada ele colocou na portinha do meu cuzinho e com minha ajuda empurrei minha bunda pra traz e ele entrou rasgando meu cuzinho, mais nessa hora já havia perdido a cabeça de tanto tezão e gozava horrores.rnCom minha bunda bem empinada na beira da cama o beto subiu em cima dela e de cima ficou me comendo abrindo espaço pra Laiza vir com aquela rola e por traz começou a comer minha bucetinha, nossa como eu gritava de prazer com aquela dupla penetração, chegou uma hora eu desmontei na cama depois de gozar, eu já estava tontinha e o Beto venho por cima e começou a comer minha bucetinha e a chupar o pau da Laiza, depois de um tempo ele levantou minha perna e a Laiza veio por traz e atochou toda aquela tora no meu cuzinho me fazendo de sanduíche.rnComecei a sentir uma dorzinha com a Laiza comendo meu cu que ela notou e metia mais forte e não sá puxava meu cabelo como dava tapa na minha bunda e cara e me chamava de puta entre outros nomes no ouvido, daí o beto tirou o pau de dentro da minha buceta e retirando a camisinha gozou nas nossas cara e a Laiza gozou em seguida.rnDepois que o Beto saiu, voltamos a tranzar com ela fissurada com meu rabinho e eu fazendo fio terra nela coma intenção de colocar meu pulso dentro do cu dela mais não dava (rsrsrs).rnFoi umas das tranza que me deixou toda ardida e quebrada e nos outros dias tivemos Bis com o Piter que também amou ser comido por ela, tivemos mais outras tranzas, a três e foram átimos momentos.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos erótico a primeira vez conheci um pênisCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contostudas conto erótico de karlaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eróticos de freiraspeguei minja mae e irma de calcinha contosnovinha inocente sentando no desconhecido contos eroticoscontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiacontos encoxada com o maridocontos erotikos moleke de menor comendo o cu da mulher casadacontos gay o hetero sentou no meu colo na viagemNegão Da Picona Na Africa Contos Eroticosconto erotico biquiniporn casada contos eroticos gang dentro do onibuscontos amante da diretora casadacontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentoscontos siririca praiacontos eroticos gay comendo a bicha de calcinhaconto de escrava lesbmulek gemendo no pau do outro mulrkContos porno a biscati da minha esposa tevi corajeContoseroticos minha mulher na passagem no anocontos eroticos meu sogro me pegou a forçacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos casafa fui pra roça me masturbei dentro fo mayoTennis zelenograd contoconto erotico com filhinhaminha mãe e puta contosso contos de zoofilia gay dando pra cachorro sendo aronbadovirei mulher na pica do meu paicontos eroticos comi minha prima no rodeioria gosa pra mincontos erótico foderam minha namoradaler c/ erot/ com as cunhdas da da roçacontos eróticos incesto/dava por dinheiroenchi minha buceta greluda de pora pro mru corno chuparcontos de mulheres a lamber conastia bate uma pro sobrinho contosmulher do gelou grande fudedocontos neta da minha vizinhaconto picante incesto gay discretamente passivo e ativos incesto gayconto erotico gay meu amigo rasgou meu cuContos de coroa dando por ser chantagiadaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eróticos- fazendo amor selvagencontos putaria de crentesminha namorada apertando meu pau com a sua bucetacontoseroticos presidioVIDIO PORNO MEU FILHO TEM 32CM DE PICAcontos eroticos "coisa enorme"so puta e dei gostoso a xana contos eroticoscontos eróticos irmão e irmãcontos porno estuprarão meu marido na minha frenteestrupei minha tia-contoseroticosmegane inesquecivel com duas gatas pornodoidoso punhetinha contoscontoseroticosviolentadaconto erotico estuprarao meu bucetao apertadocontos eroticos velhascontos dei a buceta pra o garoto contos eróticos transei com minha sogra com ela dormindoComi meu amigo jogando pley contos eroticoxvideos pomo. as subriassEdna A tia da minha esposa contos eroticoscontos gsys meninos de ruacontos eróticos sou hetero mas deuminha esposa revelou ser muito safadaconto quando fiz dez anos dei minha xoxotinha para o meu padrasto caralhusodos contos eróticos perdi minha mãe relatos de meu cachorro me desvirginoucomo tira pedra da teta sem para de tanto se matusbarcontos eroticos de homem chupando a buceta esperadaporno gay peguei meu amigo batento punheta e me juntei a elecontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos erticos eu dexei papai de pau durocontos eroticos subrinhas virgemsou uma putinha gostosa da familiamamae fudeu comigo contoporno caseiro arredias para dargostei quando minha mulher contou que deu a buctinha para pedreiro roludo"conto erotico" "na frente do meu namorado"contos em ilhabela com minha mulherminha tia me conveceu a da minha buceta para meu tio contos eroticoscintos eróticos ! pra todos... meu nome é Carlos. vou contar como foi a minha priimeirapassando lápis na buceta