Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O QUE UMA MORDIDINHA NA BUNDA NÃO ASCENDE

Click to this video!

Certa vez alguns amigos me convidaram para passar um fim de semana em um sítio. Além deles, iriam algumas colegas de um grupo de estudo do qual eles participavam.rnrnChegando lá logo me chamou atenção uma negra linda: Carla, aparentemente com uns 20 anos de idade, uma bunda grande e arrebitada que chamava atenção apesar de ela estar usando uma saia longa, e peitinhos firmes e empinados.rnrnEstávamos deitados no chão sobre algumas almofadas, conversando, e um amigo, de brincadeira, deu uma mordida na bunda dela. Mesmo sem ter intimidade com a garota, enquanto ela reclamava e ria, aproveitei a oportunidade e também mordi aquela bunda deliciosa. Ela continuou rindo, mas me olhou com uma cara de safada.rnrnTarde da noite, todos estavam indo dormir. Eu já arrumava meu colchonete em um canto da sala quando Carla passa para a cozinha e me olha com um sorrisinho. Enquanto ela pegava água na geladeira, encostei por trás e segurei firme na sua cintura. Ela me diz: "hum, quer dizer que você não sá morde, não é"?rnrnRespondi com um beijo, enquanto já esfregava meu pau duro na sua bunda. Fomos para a sala e continuamos nosso beijo no chão. Ela de cácoras em cima do meu pau, e eu acariciando com força aquelas carnes duras. Levantei sua blusa e caí de boca naqueles peitinhos, que logo ficaram durinhos. Enquanto acariciava sua bunda, senti que ela usava uma calcinha tipo fio dental, o que me deixou ainda mais louco. Levantei sua saia e a coloquei de 4. comecei lambendo e mordendo suas coxas até enfiar minha cara naquele rabo. Ela que também já saía do controle, sá soube me puxar pelos cabelos e apertar ainda mais minha cara naquela bunda. sentindo aquele cheiro delicioso, fiquei tentando pegar o fio da calcinha com os dentes e com a língua, mas não consegui. Desci sua calcinha com as mãos mesmo e caí de boca naquela boceta molhada, enquanto seu cuzinho piscava no meu nariz. Quando lambi seu cuzinho, ela quase deu um pulo (acho que ninguém tinha feito isso com ela até então). Segurei novamente aqueles quadris e vim passando minha língua por aquela bunda, devagarinho, até chegar novamente no cuzinho. Dessa vez ela começou a gostar da brincadeira e a rebolar na minha cara. Desci para o grelinho e comecei a chupar até ela gozar.rnrnColoquei meu pau pra fora e ela começou a chupar desde as bolas até a cabeça. Coloquei uma camisinha e parti para aquela boceta que já estava toda molhadinha. Apás algumas bombadas comecei a acelerar o ritmo e gozei naquela bocetinha quente.rnrnDepois conto o que aconteceu no dia seguinte. Quem quiser comentar escreva para [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu amigo travesti me comeu contoscontos fudendo sogra so com brincadeirasbanho com a tia velha contocontoseroticos irmoes e irmã no assaltocontos xupo pau desde novinhocontoseroticosviolentadascontos eroticos descobri que era gay e não sabia parte5como tira pedra da teta sem para de tanto se matusbarcontos de putinhas casadacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de casadas quer menagecontos eroticos de negros em hospitaisxvidio tinho berbado asubrinha fica taradahomens hetero bebado se engana e passa.a noite com travesti roludoeu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosmeu filho meteu no meu cu ardeu muitocontos de incestos posando na sogracomi um a menina de 14 contocontos eroticos gay ainda menino virei putinha do velho me fazia de menininhacontos eróticos verídico de ginecologista e grávidacontos meus amigos estupraram a minha maeContos eroticos amadores dividi minha esposa com meu patrão do sítio que moramosPortão tem puta fodedeiraconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazerprimos q pegaram primas pela cinturaneguei e os garotos me comeram conto gaycom o mel do gozo na bocacontos incesto comendo minha maecontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãoo ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anosconto gay fodi o namorado da minha irmamulher traindo o marido com entregador arvores de natalconto deixou a buceta ficar peluda pra dar pro paicontos de lesbianismo no acampamento de escoteirasContos erotico mulhrr casada dona de supermecadoler conto erotico dando a xota na cabano pro tioSexxu videu erica cazada jua da baiaso alisandu abuceta cheia de tesao pra gosa contos eroticos troquei marido pela vizinhaConto de putinha para os tarados da cidadecontos erotecos dei mel rabao pro mel felho toludowww.contos eroticos de tias soteironas com sobrinhos.comcontos de coroa com novinhoconto gay dopauggminha tia olhando meu pauo carteiro me pego com roupas femininas gaycontos eroticos moleque e esposacontos erroticos garroto comeu minha mulher dormindogostoza mastruba aloprado fas ele gozar xvidioContos amigos fodem maes de amigos por traicaocontos eróticos fodida com sadismoconto mandei fazer fila pra mim chuparboa fodaxvidiocontos coroa 58 anos pau grossoContos eróticos à força de negros brutosvideo porno mulher do meu amigo de chotinho na festa casa dele realidadeconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos meu pai me seduziuA filha do meu amigo veio do interior pra ser minha empregada conto eroticodona redonda arreganhado o cuzaoconto tia velha gostosacontos eroticos de madame cm entregadosexo contos mendiga estuproPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!Foto nega por cenoura no cu e gozou gostosoeu e a amiga da esposa contogays chupando cu de macho caretamulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo contos exoticos no.cinemacontos eroticos outro pou de presente para minha mulherminhas duas primas me chupando o palfudi cm tds na praia contosSexo gay cinebolsocontopaugrandefiquei excitada e dei para um mendigomeus amigos me comeram sem do gay contos eroticosconto erotico mulher infiel e marido atento