Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHOS AGRADECIDOS

Click to this video!

Me chamo Plínio e tenho 34 anos. Há três anos me mudei para um prédio no 1ª andar, em um condomínio de minha cidade. Quase não fiz amizades e conhecia muito pouco meus vizinhos, inclusive os do apartamento ao lado. Sabia apenas que era um casal, Helena* e Marcos*, na faixa dos 40 e que não tinham filhos. Sempre foram muito educados comigo, mas nunca havíamos tido conversas relevantes. Em um determinado dia de minhas férias, havia acabado de acordar e tomar um banho quando ouvi vários gritos do apartamento ao lado. Vesti rápido apenas uma bermuda e corri para a porta dos vizinhos, apertando a campainha e ouvi um ?Entre logo, por favor!?. Era Helena, que estava encima de uma cadeira, na cozinha e disse que havia um rato e que ela tinha pavor desses bichos. Notei que ela estava vestida apenas com um shortinho minúsculo e com um top branco. Pedi calma e com uma vassoura, procurei e matei o bicho. Joguei em um saco e levei para a lixeira do corredor, dizendo à Helena que não havia mais motivos para se preocupar. Ela me agradeceu muito e perguntou se eu não queria tomar um café. Meio sem jeito, aceitei uma xícara e disse que não precisava me agradecer, pois faria isso para qualquer pessoa que precisasse. Enquanto tomava o café, reparei em minha vizinha e percebi que se tratava de uma bela mulher, dona de um belo par de seios, coxas roliças e um lindo bumbum. Meu pau começou a endurecer e como estava sem cuecas, disfarcei e falei que tinha que ir embora. Acreditei que ela não tinha reparado e fui para o meu ap.rnNa noite do dia seguinte, estava assistindo TV quando minha campainha tocou. Era Marcos, perguntando se eu já havia jantado e diante de minha negativa me convidou para jantar com eles, pois queria me agradecer pelo dia anterior, quando ?salvei? sua esposa. Disse que não tinha necessidade, porém, diante de sua insistência, aceitei. Helena me recebeu com um beijo no rosto e um abraço apertado e disse que não sabia como me agradecer, pois ela tinha um pavor inexplicável por ratos e que provavelmente ficaria a tarde toda encima da cadeira, pois não teria coragem de descer e pegar o telefone para pedir ajuda. Ela estava vestida com uma blusinha vermelha, um vestidinho preto e uma sandália de salto.rnA comida estava muito boa, conversamos bastante e pude notar que meus vizinhos eram pessoas muito legais. Fiquei sabendo que meu vizinho torcia pelo maior rival do meu time, que ele viajava bastante e que Helena sá cuidava da casa. Em determinado momento falei que o jantar estava átimo, mas que iria para casa. Helena, sorrindo, olhou para Marcos e perguntou: - Você vai deixar o meu herái ir embora assim? Marcos pediu para que eu esperasse e perguntou se eu não queria assistir um vídeo com eles. Como eu não tinha mais o que fazer, acabei aceitando. Marcos se sentou em uma ponta do sofá, Helena no meio e eu na outra ponta. Ele colocou um vídeo do Bee Gees e enquanto escutávamos e assistíamos ao vídeo, continuamos conversando. Nada relacionado com sexo...Foi então que tudo começou:rnEnquanto conversávamos Helena colocou a mão em minha coxa, como se fossemos velhos conhecidos e perguntou se poderia me fazer uma confidência. Meio sem graça, falei que sim, então ela falou que depois que fui embora, ela foi tomar um banho e se pegou pensando em mim e bateu uma deliciosa siririca, lembrando-se do volume em minha bermuda. A danada havia percebido que tinha ficado de pau duro. Não sabia onde enfiar minha cara, quando Marcos falou: - Relaxa meu amigo, não vai acontecer nada que você não queira! Foi sá então que percebi qual era a dos dois, ou seja, era um casal liberal. Resolvi entrar na brincadeira e falei: - Com uma mulher tão linda e gostosa como a sua, vou querer muita coisa! Para minha surpresa Helena sorriu, tirou minha calça e perguntou se eu queria uma chupeta. Peguei ela pela cintura, abaixei sua calcinha, cheirei ? aliás, um cheiro delicioso ? e falei que preferia dar uma boa chupada em sua buceta. Subi seu vestidinho, arreganhei suas pernas e comecei a dar longas lambidas na sua xoxota. Marcos sá ficou olhando e passando a mão no seu pau, por cima da calça. Não demorou muito e Helena começou a gemer e falar: - Que macho gostoso amor, ele chupa muito bem... eu vou gozar na boca dele! Aumentei o ritmo até que Helena apertou minha cabeça contra sua buceta e gozou em minha boca.rnTerminamos todos de tirar nossas roupas e Marcos falou para irmos para o quarto. Helena me levou para o quarto me puxando pelo pau, que já latejava de tanta vontade de meter naquela loba maravilhosa. No quarto, Marcos me deu uma camisinha, sentou em uma poltrona e falou que a cama era toda minha. Deitei Helena na cama, dei um gostoso beijo nela e pedi que ela colocasse a camisinha e enfiasse meu pau onde quisesse. Ela pôs a camisinha na minha rola, me deitou, foi até o Marcos, o beijou e disse: - Amorzinho, agora você vai gozar gostosinho, batendo uma punhetinha enquanto sua mulherzinha cavalga na rola do herái dela, tá? Ele respondeu: - Vai lá amor, rebola bastante na rola dele para mostrar o quanto você está agradecida!rnHelena voltou e ficou de pé na cama, me mandou lamber seu pezinho, o que foi prontamente atendido. Acredito que o motivo de tal pedido tenha acontecido porque quando eu estava tirando sua calcinha, na sala, havia falado que ela tinha lindos pés e que as unhas vermelhas a deixavam muito sexy. Helena então falou que já era hora de dar minha recompensa, pegando no meu pau e colocando lentamente em sua bucetinha e logo em seguida, começando um delicioso vai e vem. Enquanto metíamos, Marcos falou para que eu provasse os suculentos peitos de Helena, pois eram deliciosos. Comecei a chupá-la e a mulher começou a rebolar num ritmo frenético, dizendo: - Isso, chupa meus peitos seu gostoso, deixa eu gozar de novo... isso... vou querer te dar sempre vizinho! E quando respondi que eu sempre estaria disponível para uma putinha gostosa como ela, Helena gozou novamente, me dando um beijo demorado. Então ela ficou de quatro e mandou eu me servir dela. Coloquei a rola na xota de Helena e comecei a bombar. Tirei o pau de sua buceta e comecei a colocar no cuzinho, segurando-a pelos cabelos.rnMarcos levantou e mandou Helena chupar seu pinto. Ela falou: - Amor, ele tá colocando no meu rabinho e eu estou adorando! E ele respondeu: - Você ama levar no rabo, né safada? Então, enquanto estava dando o rabo pra mim e chupando o marido, Helena começou a alternar entre passar a mão na xoxota e alisar o meu saco. Fiquei louco, comecei a bombar mais rápido até que não aguentei mais e gozei!rnLogo depois, Marcos tirou o pau da boca de Helena e gozou em sua cara. Tomamos um banho, fomos para a sala, conversamos por um tempo e então fui embora, pois já era tarde. Antes de ir, Helena me deu um beijo e falou que teve uma noite deliciosa e que queria repetir. Marcos falou que eu já conhecia o caminho e que deveria aparecer sempre. Claro que eu apareci várias outras vezes!rn*Os nomes são fictícios, para preservar a identidade dos meus [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos etoticos gordas maduras baixinhas 1,50 mtcontos gay com moto táxicontos entre mãe e filho picudo no banheirotu manmou desse meladinho entt sobe casetecomi a novinha dormindo ela fico brabacontoContos eroticos gay iniciado pela maecontos eroticos traindoEnrabei a sobrinha da minha esposa contosminha bucetinha chego a sangra na rolona do velho contoschupando a esposa gozada de biquininhotereza okinawa pornocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosComi+o+cu+da+mia+professoraconto+eroticocontos eroticos primeira pulada de cercacontos eróticos tenho um caso com minha sogravídeo de mulher conto dar o cu ele micha de dorcontos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhascontos er irmas vizinhaContos lesbicas nossos maridos sairam fiquei bebendo com a comadreesposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposaconto gay metemos.o dia todogarota da buceta grande cetado nado negãoContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2Contos Mamadas no paizimcontos eróticos a primeira vez nem doeucontos menage com loira e morenaContos sou casada com um travecocontos eroticos meu sogro me pegou a forçaDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos erótico eu de dhorte sem cuecacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html porno quando o home empura o cacete no egua ela gozacontos de cornocontos eróticoseu sou bem dotadoconto eróticos do sobrinho do meu maridovidios novinhas dos mamilps diros pontudosflogdosexo.compauloelizabethcontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostoucomo o magrinho me arrombou a buceta contoscontos erótico ParáMeu filho socou seu pau na minha bucetacontoa eroricos minha mulher meu inimigohttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosContos de transexicache:d8S3mF85a4oJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria_4_11_incesto.html esposas evangélicas fudendo com entregadorescontos traindoConto gay - menininha do pailencol conto heterobanhocontoeroticodei de perna abertacontos eroticos adoro ver uma travesti jemendo na miha picacontos chupando rola em terreno baldioconto de mulher que se masturbacontos eroticos gay na boleia de caminhãocontos eroticos de novinhas sem calcinhaMulher trepano so com caralhudosconto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandoconto a empregada me pegourecem casada safada contos eroticoscontos erotico loira trabalhoconto erótico vesti uma cinta liga pro papaiContos eroticos feia mais com rabzomulher de vertido con as pern.a reganhdacontos eróticos primeira vez travesticontos eroticos lambendo bucetadcontos porno de madame recatada virando puta do seu empregadocontos.praia de nudismo com o pai roludocontos eroticos pratiquei zoofilia porke meu marido me deixo na vontadecontoscomsograsConto minha esposa dando pro policialme casei com uma puta safadacontos dogcontos olhando a encoxadaSexo anal "nunca mais fui a mesma"a minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delaComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delaenso botar po para mulher do corno contosconto desde pequena participo de orgias com minha familiaContos punheta na depilacaoburrinha zoofiliaqueria saber mulher realista metendo muito morena peitudacontos erotico meu chefe me pediu para vestir uma tubinhacontos eróticos eu provocava meu primo novinhomarcio buceta fabiana em porto Alegreprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos minha amiga e seu marido me maltrataram com piça contos eróticos é hoje que vou te fuder todacontos eroticos minha mulher apanha