Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONHECI O MEU MARIDAO

Click to Download this video!

eu, depois da mudanca dos irmaos alemaes, fiquei sozinha, sem ninguem, desde os 19 anos, simplesmente sendo a puta de dois irmaos, acostumada a dois paus ao mesmo tempo por quatro anos, meu corpo clamava por sexo, me masturbava diariamente, mas nao apagava o meu fogo.rncom 18, entrei na faculdade de odonto, me concentrei nos estudos, mas minha ansia por uma rola, me consumia. em um dia, durante um grupo de estudo, conheci o Carlos, ele tinha 23 anos na epoca, alto, moreno, lindo, ligeiramente musculoso, cabelos ligeiramente enrrolados, notei um calor em meu rosto e na minha chana sedenta ( estava a 6 meses sem sexo ), toda vez que eu olhava ele, pegava ele olhando para mim. sou uma mulher interessante, tenho cabelos longos e loiros, seios pequenos, cintura fina, 1,76, bumbum e pernas trabalhadas a duras penas em academia, mas confesso, estava muito precisando de um homem. Bom, neste dia, no intervalo, ele me convidou para tomar um cafe com ele na cantina, eu fui. comecamos a conversar, e logo de cara, percebi que temos varios assuntos em comum, ele, sempre falante, conduzindo sempre os assuntos, voltamos a aula, mas apos o fim, ele novamente se aproximou de mim, perguntando sutilmente, vc esta com fome ?? aonde vc vai almoçar ?? eu respondi que sim, mas que iria almoçar em minha casa. mas ele insistiu, almoce comigo em minha casa, adoro cozinhar, deixe eu te preparar uma massa, aposto que vc vai gostar. Eu normalmente recusaria este convite, ir a casa de uma pessoa que acabei de conhecer, nao estava em meus planos, mas aceitei simplesmente e fomos para o apto dele.rnrnChegando la', achei tudo lindo, um apartamento limpo, organizado, 3 quartos, totalmente montado, ele, super gentil, me perguntou o que eu queria para beber, eu pedi simplesmente agua, ja tinha bebido, mas nao era na altura, acostumada a bebidas alcolicas, ele me propos, deixe eu te preparar um drink, eu aceitei. ele cuidadosamente fatiou o limao, misturou vodka e acrescentou agua tonica, numa mistura leve e refrescante, comecei a ficar mais solta, ele me perguntou ??? vc tem namorado ??? eu disse que nao, ele sorriu, apos alguns goles, ele me beijou, naquele momento, a casa caiu dentro de mim, senti uma avalanche de tesao, meu corpo clamava, ja a 6 meses sem homem, e ele sempre muito cuidadoso, me beijando devagar, descendo pelo minha orelha, percoço, nao consegui resistir aquele homem lindo e fogoso, e ele comecou a tirar minhas roupas, pedi um tempo, estava fervendo, mas antes, precisava de um belo banho, ele aceitou, tirou cuidadosamente peca por peça, me deixou nua, me conduziu ao banheiro, me deu ama tolha limpa e cheirosa, me levou ao box, abriu o chuveiro, e começou assim, a me lavar, centimetro por centimetro, cuidadosamente. e eu aquela altura, deixei ele fazer tudo que queria, o seu penis era simplesmente imenso, o maior que tinha visto ate aquele dia, me lembrei dos varios dias, em que eu era simplesmente a puta de dois irmaos, nao resisti, cai de boca naquela pica, enchi a minha boca, mas nao consegui engulir-lo. saimos do box, encharcados, ele cuidadosamente, me secando, mas sem parar de me tocar. me enrrolou na toalha, me pegou no colo e me levou ate a cama, tudo magico, sem pressa.rnele voltou a beijar, me chupando os seios, a barriga, me mordendo lentamente, mas me levou a loucura total, me chupando, quase que como uma tortura, lentamente, a minha buceta derretendo de tesao, alternando entre meu clitoris, minha vagina, meus anus. e me fez gozar como uma louca, logo em seguida, colocou a camisinha e me rasgou a carne, com aquela pica voraz, socando absolutamente tudo dentro de mim, e eu gozei de novo, ele percebendo isto, continuou a me fuder com vontade, metendo e tirando, ate que, aos urros, ele gozou, eu nao resisti, tirei ele dentro de mim, joguei a camisinha fora, e chupei a porra que ainda sobrava em seu pau, chupei ate a ultima gota, ele se deitou ao meu lado, meio que pegando um folego, mas sempre me acariciando, me dizendo palavras doces e adormeceu rapidamente. e eu ali, nua, naquele apto, totalmente saciada, vendo aquele homem lindo, dormindo como um bebe, com a pica a meia bomba, caida para a esquerda. eu tambem adormeci.rnacordamos com uma baita fome, ele como prometeu, fomos a cozinha, ele cortou os temperos, preparou uma bela massa, abriu uma garrafa de vinho, comemos, bebemos sempre nos olhando, nos tocando, nos acariciando, o tesao veio de novo, ele me levou a sala, no sofa, me pos de quatro, lambendo cada centimetro, rodava com a lingua, o meu anus, minha vagina, meu clitoris, meu deus, o que estava fazendo ali, com um rapaz que tinha acabado de conhecer, permitindo tudo, sendo de novo, uma puta, que sugava cada centimetro daquele penis enorme, tudo dentro de mim, eu gozei pela terceira vez, locura total.ai ele apontou a cabeça em meu anus, pulei na hora, nao gostava, sentia dores incriveis, nao permiti, ele cuidadosamente, saiu de minha vagina e me pediu, me chupa de novo entao, aquilo sempre foi a minha especialidade, cai de boca nele de novo, chupei suas bolas devagarzinho, lambi entre o saco e o anus dele, ele enloqueceu, seu pau, estava duro que nem pedra, comecei a chupar mais rapido, mas parando de vez enquando, so' para enlouquecer-lo, e chupava rapido de novo, ele nao resistiu, gozou em minha boca, chupei rapidamente a cabeça com força, ele foi a loucura, chupei cada gota da porra maravilhosa dele, e ele desfaleceu novamente. desde aquele dia, todos os dias nos encontramos, descobri realmente o que era amar um homem, nao simplesmente ser um objeto de desfrute como eu era dos irmaos alemaes, descobri o sexo voraz acompanhado de um amor profundo, bom dialogo, companherismo, nos casamos quase dois anos depois de nosso primeiro encontro. mas ate hoje, sou uma verdadeira puta dele, ele sai do banheiro molhado do banho, e eu abocanho o pauzao dele, sou especialista em chupar a porra dele, ele me enrraba com frequencia, depois que trouxe um gel lubrificante, aprendi a gostar de dar o cu, começa sempre desconfortavel, mas bem lubrificado, ele socar ate as bolas, faz o que quer comigo, me fode a hora que quer, se esta cansado, me manda chupar e eu sempre obediente, assumi ser sua serva

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulher as pono aportei a minha esposaContos eroticos para ler incesto abusandohetero chavecando o cunhado xvidecontos eroticos eu minha amiga e o desconhecidoviadinjo da bimda rrdonda contos eroticoscontos de cornoswww.ver contos eroticos de professoras gostosas ruivas de 20 ate 30 anos tranzando com seu alunos de 16 a 19 anos de idadevideo de sexo c langerriConto sou uma vagabunda com fotosconto erotico com meu sogro peladominha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosconto com cunhada chantagistacontos porno de comeram minha namoradarelatos de comadre dando a buceta pro compAdreConto primeira vez chuva dourada na esposaaventuras com travesti Portugal contoMinhacoleguinhagostosaconto erótico maltrato minha mãecontos eroticos desconhecido de pau durorealisando sonho eu emas duas mulher contoscontos lesb ralar a xanacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html conto erotico meu avobrincadeira de lutar comi o viadinho. contoscastigo anal sadomasoquismo contosContos mamae e titia e irma bacanal incestocontos eróticos meu segredodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto carnuda rabo giganteporno comtos corno vendo cu da mulher depois que negao arombouConto porno vi mamae sendo sarrada no busaoContos eroticos amadores dividi minha esposa com meu patrão do sítio que moramosconto gay fui feliz em salvadorconto estrupado pelo amigocontos eróticos meu segredocontos erótico- fui estuprada e gosteiContos erotico minha noiva e meu chefeconto picante do meu padrasto bisexual cume junto com seu amigowww zoo porno filha brecado paicontos de tirador de cabaçoSou casada fodida contoContos eróticos, Dei o Cuzinho pro Tio no terreno baldiocoroa de vestidinho sem calcinha abrindo as pernas para enteado poderContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindo no chaocontos fode-me paiconto amador minha mulher viu o tamanho do cassete do cunhadocontos eroticos comendo uma carcereiraporno contosesposa deu cu estranhohttp://contos erotic6s dei o cu pro negao e gritei de dorcasa dos contos sogras mais cunhadasplanta sexo chupa seio gozoContos eroticos de esposa na estradacontos eroticos mae com filhos deficientemamae e eu no banho conto eroticohttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contoscontos eroticos, dei a buceta no barconto brincando de cachorrinhoaquelas olhadas safadasA amiga da minha irma contos eroticoscoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outrosarrando na pica com short cavadonoite com a cunhada casada contosfui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contosContos eroticos me transformei numa mulhercontos erotico trai meu marido com um estranho no onibuscomi minha mae na varanda contosCoroa rabuda de manaus contando seus contos eroticoswww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliaContos domesticas casadas enrabada pela patroa com vibradorcontos transei com minha mae gostosa peituda no banhoconto erotico tia de fio dentalTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticocontos punheta no negroconto comeu meu cu gostosoconto erotico comeu madrasta seios gggai bebendo porra de varios macho no cinema conto eroticocomto erotico amigo do meu marido ele nao viu nadavideos de sexo com cintirinhas finas e bundonafilmei uma traicao e chantagiei contoscontos mulher alta bunduda ggDeusa mulata levando pica branca na bucetaabacinho da japacontos porno bunduda sogracontos eroticos com velhascontos tomei no cu gostoso