Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONHECI O MEU MARIDAO

Click to Download this video!

eu, depois da mudanca dos irmaos alemaes, fiquei sozinha, sem ninguem, desde os 19 anos, simplesmente sendo a puta de dois irmaos, acostumada a dois paus ao mesmo tempo por quatro anos, meu corpo clamava por sexo, me masturbava diariamente, mas nao apagava o meu fogo.rncom 18, entrei na faculdade de odonto, me concentrei nos estudos, mas minha ansia por uma rola, me consumia. em um dia, durante um grupo de estudo, conheci o Carlos, ele tinha 23 anos na epoca, alto, moreno, lindo, ligeiramente musculoso, cabelos ligeiramente enrrolados, notei um calor em meu rosto e na minha chana sedenta ( estava a 6 meses sem sexo ), toda vez que eu olhava ele, pegava ele olhando para mim. sou uma mulher interessante, tenho cabelos longos e loiros, seios pequenos, cintura fina, 1,76, bumbum e pernas trabalhadas a duras penas em academia, mas confesso, estava muito precisando de um homem. Bom, neste dia, no intervalo, ele me convidou para tomar um cafe com ele na cantina, eu fui. comecamos a conversar, e logo de cara, percebi que temos varios assuntos em comum, ele, sempre falante, conduzindo sempre os assuntos, voltamos a aula, mas apos o fim, ele novamente se aproximou de mim, perguntando sutilmente, vc esta com fome ?? aonde vc vai almoçar ?? eu respondi que sim, mas que iria almoçar em minha casa. mas ele insistiu, almoce comigo em minha casa, adoro cozinhar, deixe eu te preparar uma massa, aposto que vc vai gostar. Eu normalmente recusaria este convite, ir a casa de uma pessoa que acabei de conhecer, nao estava em meus planos, mas aceitei simplesmente e fomos para o apto dele.rnrnChegando la', achei tudo lindo, um apartamento limpo, organizado, 3 quartos, totalmente montado, ele, super gentil, me perguntou o que eu queria para beber, eu pedi simplesmente agua, ja tinha bebido, mas nao era na altura, acostumada a bebidas alcolicas, ele me propos, deixe eu te preparar um drink, eu aceitei. ele cuidadosamente fatiou o limao, misturou vodka e acrescentou agua tonica, numa mistura leve e refrescante, comecei a ficar mais solta, ele me perguntou ??? vc tem namorado ??? eu disse que nao, ele sorriu, apos alguns goles, ele me beijou, naquele momento, a casa caiu dentro de mim, senti uma avalanche de tesao, meu corpo clamava, ja a 6 meses sem homem, e ele sempre muito cuidadoso, me beijando devagar, descendo pelo minha orelha, percoço, nao consegui resistir aquele homem lindo e fogoso, e ele comecou a tirar minhas roupas, pedi um tempo, estava fervendo, mas antes, precisava de um belo banho, ele aceitou, tirou cuidadosamente peca por peça, me deixou nua, me conduziu ao banheiro, me deu ama tolha limpa e cheirosa, me levou ao box, abriu o chuveiro, e começou assim, a me lavar, centimetro por centimetro, cuidadosamente. e eu aquela altura, deixei ele fazer tudo que queria, o seu penis era simplesmente imenso, o maior que tinha visto ate aquele dia, me lembrei dos varios dias, em que eu era simplesmente a puta de dois irmaos, nao resisti, cai de boca naquela pica, enchi a minha boca, mas nao consegui engulir-lo. saimos do box, encharcados, ele cuidadosamente, me secando, mas sem parar de me tocar. me enrrolou na toalha, me pegou no colo e me levou ate a cama, tudo magico, sem pressa.rnele voltou a beijar, me chupando os seios, a barriga, me mordendo lentamente, mas me levou a loucura total, me chupando, quase que como uma tortura, lentamente, a minha buceta derretendo de tesao, alternando entre meu clitoris, minha vagina, meus anus. e me fez gozar como uma louca, logo em seguida, colocou a camisinha e me rasgou a carne, com aquela pica voraz, socando absolutamente tudo dentro de mim, e eu gozei de novo, ele percebendo isto, continuou a me fuder com vontade, metendo e tirando, ate que, aos urros, ele gozou, eu nao resisti, tirei ele dentro de mim, joguei a camisinha fora, e chupei a porra que ainda sobrava em seu pau, chupei ate a ultima gota, ele se deitou ao meu lado, meio que pegando um folego, mas sempre me acariciando, me dizendo palavras doces e adormeceu rapidamente. e eu ali, nua, naquele apto, totalmente saciada, vendo aquele homem lindo, dormindo como um bebe, com a pica a meia bomba, caida para a esquerda. eu tambem adormeci.rnacordamos com uma baita fome, ele como prometeu, fomos a cozinha, ele cortou os temperos, preparou uma bela massa, abriu uma garrafa de vinho, comemos, bebemos sempre nos olhando, nos tocando, nos acariciando, o tesao veio de novo, ele me levou a sala, no sofa, me pos de quatro, lambendo cada centimetro, rodava com a lingua, o meu anus, minha vagina, meu clitoris, meu deus, o que estava fazendo ali, com um rapaz que tinha acabado de conhecer, permitindo tudo, sendo de novo, uma puta, que sugava cada centimetro daquele penis enorme, tudo dentro de mim, eu gozei pela terceira vez, locura total.ai ele apontou a cabeça em meu anus, pulei na hora, nao gostava, sentia dores incriveis, nao permiti, ele cuidadosamente, saiu de minha vagina e me pediu, me chupa de novo entao, aquilo sempre foi a minha especialidade, cai de boca nele de novo, chupei suas bolas devagarzinho, lambi entre o saco e o anus dele, ele enloqueceu, seu pau, estava duro que nem pedra, comecei a chupar mais rapido, mas parando de vez enquando, so' para enlouquecer-lo, e chupava rapido de novo, ele nao resistiu, gozou em minha boca, chupei rapidamente a cabeça com força, ele foi a loucura, chupei cada gota da porra maravilhosa dele, e ele desfaleceu novamente. desde aquele dia, todos os dias nos encontramos, descobri realmente o que era amar um homem, nao simplesmente ser um objeto de desfrute como eu era dos irmaos alemaes, descobri o sexo voraz acompanhado de um amor profundo, bom dialogo, companherismo, nos casamos quase dois anos depois de nosso primeiro encontro. mas ate hoje, sou uma verdadeira puta dele, ele sai do banheiro molhado do banho, e eu abocanho o pauzao dele, sou especialista em chupar a porra dele, ele me enrraba com frequencia, depois que trouxe um gel lubrificante, aprendi a gostar de dar o cu, começa sempre desconfortavel, mas bem lubrificado, ele socar ate as bolas, faz o que quer comigo, me fode a hora que quer, se esta cansado, me manda chupar e eu sempre obediente, assumi ser sua serva

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de menininhas sentando no colo de homenso presente de minha sogra e minha esposa contos eroticoscontos de coroa com novinhohttp://idlestates.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlCasada viajando contosSou gay e tranzei com um travest contos eroticoContos enteada inocente sentada sofaria gosa pra minPuta desde novinha contoscontos eroticos orgia nudistaPorn contos eroticos o mulato amigo doo filhoTo virando puta contoscontos eróticos crimeconto eróticos com velhinhaminha sobrinha ingenua.ctose comecei a mamar aquele paucontos eroticos gay o namorado da minha irmatroca troca de homens adultos contoscontos eroticos dopando a cunhadaconto o inimigo do meu pai me comeu contos de ela adora peidar na hora do sexocontos de insesto fatos.comreaisConto minha mulher cuida do paicontos eroticos minha mae fica em casa de sainha curtapornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiacontos porno sogrocontos amigas carentescontos eróticos meu filhocontomeu amigo estava na seca minha mulher massagear seu pauContos eroticos marido deixa esposa fuder com mecaniconão queria mas fiz meu marido de cornocontos cunhada mora nos fundo de casacontos convenci ela a dar o cuzinhocontos eroticos adolescencia gaycontos meu cunhado é corninhoCont erot viuva e os meninocontos de sexo sogrowww condos erotiscos garotas mastubandoesposinhas beijando e pegando na pucaContos eróticos cumendo minha mãeенцеси с зоофилыXvidio carona estrada desertacontos eroticos dei p meu clientecontos eróticos isto e realcontos gorda feiaFodi a enteada a cunhada e sobrinha na praia de nudismo contoerooticoContos eroticos..marido incentiva esposa ter outro comendoconto meu vizinho travesti comeu meu cuMeu pastor chupou meu cu buceta e teta contocontos eroticos mais excitantes de casaiscontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornoContos erotico gay amigo da minha irmacontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calouravideo porno minha vizinha mim vizitou aki em casaNovinha enlouqueçeu os pedreirosconto erótico gay mamei e tomei porra do guarda heteroconto erótico "comeu meu marido "contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaCont erot bucetaNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos erotico comi ocu.da mulherdo meuvizinhonoite maravilhosa com a cunhada casada contosimagens de conto de afilhado macho transando com padrinho machofudendo com a benga do vovô contoscontos de gay sendo humilhado pelos pauzudocontos eroticos sou crente casada mas tenho fogo no cuSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos fudi minha filha evangelicacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos relatados por mulherescontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhaContos fudendo a coroa gravida casadaConto cu afrouxadocomendo o primo e olhando pela janela contos eroticos comi toda a familiaconto erotico loira casada aprendendo a traircontos eroticos peguei minha traindo meu no depósitofidendo uma nnda gigabte carnudacontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gaysgozando dentro do tamanco contosContos namorada velho caminhoneiroConto erotico minha mulher me fez da o cucontoseroticos.com/encoxei minha tia no trem lotadocontos eroticos menagefiseran eu comer minha sogra eminha conhada contodeixo penetrar sem camisinhaFoderam gente contos tennsconto meu sogro assediouMostre minha rola cabeçuda para o cone e falei que ia comer sua mulher quando eróticos