Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A TRANSA MAIS LOCA COM UMA BONECA PART2

Click to Download this video!

Continuando o outro conto:rnEm outro dia voltei la de carro e procurei a Laura rodei um pouco e nada dela fui em outro ponto mas nada tambem dei varias voltas e não a encontrei, resolvi ir embora sem pegar ninguem. E isso aconteceu outras vesses ate eu ter desencanado mas ainda pensava nela.rnUm dia estava novamente de moto e resolvi passar pelo ponto delas dei uma volta e vi uma loira alta mas não reconheci de primeira parei e chamei ela e quando ela falou comigo eu ha reconheci mas percebi que ela não me conheceu, combinei o programa e fomos pro motel.rnJa no quarto ela perguntou se ja tinhamos transado falei que perguntei se ela não lembrava de mim, ela me olhou e falou que lambrava um pouco; eu falei daquela vez que mão conseguimos transar e ela lembrou e me falou que hoje iamos matar nossa vontade perguntei o que ela fazia no programa por que ate agora eu não tinha perguntado ela falou que tudo so não comia eu concordei e fui pra cima dela com carinho e muita vontade comecei a beija la e ela tambem respondia com vontade fomos tirando a roupa e ai eu vi, era incrivel, enorme, ela tinha uma piroca maior que a minha, olhei pra tudo aquilo e falei pra ela ainda bem que vc não come eim, ela riu e foi pra cama eu fui pra perto dela peguei na rola dela comecei a beija la e falei pra ela, o que eu vou fazer com vc eu nunca fiz com ninguem, olhei no olho dela e falei com ninguem vc ouviu ai eu cai de boca e eu nunca tinha chupado sem camisinha mas era delicioso macio e nunca tinha sentido isso antes ela gemia e me chamava de safadinho chupei ate que ela me pegou e me perguntou o que eu queria e eu respondi que queria que ela sentasse ela me falou jurra que vc não tem nada e eu jurei ela falou eu to confiando em vc ate ai eu não sabia o que ela ia fazer deitei na cama ela veio por cima sem camisinha sentou na minha rola eu me assustei e falei vc é loca ela me olhou brava e me falou vc jurra que não tem nada eu to confiando em vc, so respondi que podia confiar e ela começou a cavalgar e era uma delicia nunca foi tão gostoso ela gemia e eu tava em uma mistura de sentimentos medo tesão e prazer e sei la o que ela foi sentando eu não aguentei gozei, gozei como nunca ela continuou sentando e foi uma delicia eu quase morri quando ela saiu de cima valeu a pena esperar ate hoje foi a transa mais loca.rnNo outro dia corri pra fazer os exames mas não acusaram nada ainda bem Gostou add [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos porno travestis estupros sadomazoquismoContos eróticos de mamãe ensinada a filha ser putaninha cunhada casada mais veha contoscontos bater varias punhetas seguidasvelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contosvideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversáriopeguei minja mae e irma de calcinha contosConto erotico vizinha bobinhacontos eroticos brincadeira na adolecenciacontos eroticos lesbicas vi a buceta da minha amiga grande e greludafoto da minha sobrinha pimentinha conto eroticosvidio porno de marido trasando com a esposa em quanto ela faz ais coisas na continhacontos esfrega buc gozada corninhoHistorias erosticas viadinho dano o rabinho para o policias e chora d dorhomens velho gay contospenis entandrominhas tias chupavao meu penis de 10cmConto erotico com furia comi o arrigante ate ele choracontos eróticos gay eu e mais um amigo brincamos com novinhocontos encostei no onibuscontos travestis praiaContos eróticos Dei para o meu tiocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos ganhei uma massagem e fiz um boquetecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos meu sobrinho punheteiroContos fudendo menstruadaContos de de homem tarado -quando Abaxei e me Fodeu gostoso onlineconts eróticos peguei ela de jeito na conto negro taradoConto gay - "o pau pingava"Esposa sendo fudida na chacara contomeu marido me arombou a xoxotao amigo hetero me dominouconto erótico de padre transando com Madrecontos erótico meu pai meu cafetao contossó um pouquinho contos conto esposa caralhudoQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormicontos erotico a calcinha da voTennis zelenogradContos de casada salienteContos: estou espirrando dentro da bucetinha da minha filhinha pequenaela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com eledeixei minha filhinha brincar com meu pau coltos Chupando o pau do.meu paidormi.dobem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiraContos-esporrei na comida da cegaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticono hotel com meu filho contos de encestocontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos casada pau pequenoconto erotico relacionamento virtualconto erotico de mae meu anjo meu amorcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casahttps://googleweblight.com/?lite_url=https://idlestates.ru/conto_26340_estupro-da-madame-pelo-seu-funcionario.html&ei=E_WimWma&lc=pt-BR&s=1&m=800&host=www.google.com.br&ts=1494280466&sig=AJsQQ1DZ_YRUE-wcRdaFd_Iqz-LQ-hyz5Adei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto gay com amigo da igrejaConto papai mg fudeu de jeitoMamaes boqueteiras contoseroticosEliana experimentando calcinha fio-dentalestuprocontopai menininha conto eroticocontos eróticos minha cunhada se soltou e eu enrabeiSeduzi cleide a esposa do meu amigo contos eroticosnovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixocontos erótico de lesbianismocontos da mãe a lamber a cona da filhaSou casada fodida contosexo aos14 pornodoidoTeannis feias vídeos pornôcontos eroticos de amigas na florestaso os melhores contos de gay sendo aronbado varias vezescontos com fotos esposas com a buceta cheia de porra de negros