Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CURRADO NO HOTEL

Click to Download this video!

tenho 27 anos, 188, 85 kg, sarado, gato, rabo gostoso e guloso.rnrnestava hospedado em um hotel em são paulo. cheguei, tomei um banho e liguei o grindr. um perfil apareceu online a poucos metros. ele estava no mesmo hotel que eu. como não havia muitas informações dele no perfil, imaginei que seria a chance de realizar uma das maiores fantasias que eu tinha: levar uma vara desconhecida.rnmandei mensagem pra ele, dizendo que estavamos no mesmo hotel e queria realizar uma fantasia. pedi pra ele não mandar foto nem dizer nada antes que eu pudesse explicar minha pira.rnrnia mandar minhas fotos de corpo e rosto, pra ele saber quem eu era. dizer em que quarto estava, destrancar a porta, colocar uma venda, deixar o quarto na penumbra e esperar de 4, com a bunda empinada e a cabeça enfiada nos travesseiros. ele ia chegar, entrar, me fuder sem pena, bater, gozar na minha boca, me jogar na cama novamente e sair.rnrnele topou e perguntou se eu não queria apimentar a experiência. contou que estava rolando um congresso da empresa no hotel e conhecia mais cinco caras, entre todos os participantes, que topariam realizar minha pira também. ele iria reunir os caras e falar da parada. além da dele, eu levaria mais cinco varas, beberia mais cinco gozadas anonimas e sá então eu poderia tirar a venda, sair da cama e trancar a porta. mas jamais saberia quem me fudeu. e incluiu outra regra: o primeiro cara iria amarrar minhas mãos pra trás e o último desamarraria.rnrntopei. marcamos as 20h30. apesar da vontade, estava nervoso. mas fui em frente. destranquei a porta e esperei na cama. os segundos pareciam horas, até que escutei a porta abrindo e sendo trancada. era o primeiro deles. assim como os outros que viriam depois, não disse uma palavra. amarrou minhas mãos, como combinado. levei tapas fortes. minha bunda ardia. ele chupou meu rabo, me deixando louco. gemia. até que socou a vara. nao era comprida, mas grossa. doeu bastante, mas a ideia era que eles não tivessem pena de mim. me fudeu por uns 40 minutos, batendo forte na minha bunda, que ardia. devia estar vermelha de tanto tapa.rnrntirou a vara de dentro, percebi que tirou a camisinha. me puxou com força pelos cabelos. cheguei até a choramingar com o susto. levei tres tapões na cara e engoli a rola dele. alguns segundos e eu estava engasgando com a porra. era muita. parte consegui tomar, outra parte escorreu pela minha boca. levei mais um tapa, esse bem forte, que me derrubou deitado na cama. escutei ele se vestir e sair.rnrnminutos depois entrou o segundo, que praticamente repetiu o ritual, até o último. meu rabo ardia, pensei em desistir, mas o tesão falava mais alto. acho que eram casados que estavam viajando e não comiam as esposas há dias, pela ferocidade com que me fuderam e a quantidade de leite que gozavam.rnrnapás a última leitada, fui jogado na cama. colocou travesseiros em cima da minha cabeça, se vestiu e soltou minhas mãos. saiu e bateu a porta. aos poucos fui levantando e me recompondo. fui para o espelho e minha cara e bunda estavam vermelhas, de tantos tapas. nunca vi meu rabo tao aberto. bati uma punheta e gozei como nunca tinha gozado.rnrnna manhã seguinte, fui tomar café e o pessoal do congresso estava lá. eram dezenas. fiquei imaginando quem é que poderia ter me fudido. era uma sensação de tesão sem explicação.rnrna noite, quando cheguei ao hotel, havia um bilhete embaixo da porta. "mandamos suas fotos e contamos pra mais alguns caras o que rolou e eles curtiram a ideia. espere hoje, do mesmo jeito, às 20h30."rnrnrelutei. meu rabo ainda ardia. mas às 20h30 eu estava lá, quando o primeiro chegou. naquela noite foram 8 caras. não sei se os mesmos, não sei se caras diferentes. mas até hoje não tenho ideia de quem me fudeu naquela estada em são paulo.rnrnse você foi um dos caras ou quiser ser mais um macho a me fuder anonimamente, me escreva: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos babá garotinhoFui ajudar a desconhecida e acabei fudendo ela, conto eroticocontos eroticos porno de pirralhas inocentesContei para meu marido que meu patrao fudeu minha bucetaconto erotico tio juliochupando uma bct de novinhas dormindo indefesasContos eroticos gay dando pro maconheiro safadoconto lesbico garota come cu da boasuda eteroconto erotico fui pro bar escondidacontos eroticos de ninfetas amazonenseconto gaguei mas gostei de dar o cuconto meu pai descabacou minha irmamulheresporno da baladascontos eroticos anal com padrasto vizinho tio pai desconhecidoconto erotico cara caralhudo pintudao ficou louco fuder minha esposacontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeováconto erotico mulheres se masturbandoaprendi dar o cu com meu genro contossanba porno gei comi meurmao maisnovo dormodocontos eróticos crueldade com cornocontos comendo o cu da casada carenteconto deixou a buceta ficar peluda pra dar pro paiContos de foda selvagemCONTOS ERÓTICOS MULHER PEIDANDO NA CARA DA OUTRAme fuderam gostoso na infanciameu sobrinho gordinho e gay tetudocontos de menina nova perdendo o cabacoeu sou o viadinho do meu cunhado contos eroticoscontos eróticos eróticos meu enteado me comeu contos bem quente de casada e sua intida lesbicaContos eroticos de zoofilia- dog gigante me engravidoucontos eróticos quentes minha namorada em dp reaiscoroa sendo assaltado e estupradocontos de pirocudasPau gigante.arrombando o cu da inocência. Jfilhaminha prima contobrincado de cavalinho conto eroticoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de empregadas dormindocontos eróticos angela e suas donascontos eroticos mae desnaturada 2brincando na portinhada bucetaConto gozou muita porra no meu culevantando minha saia contocontos eroticos bv e virgindadeconto erotico a mulher me encoxou no onibuscontos esquentando a relaçãosalto alto da minha irman contos eroticocontos eroticos subrinhas virgemContos eroticos quero ver essas tetascontos eróticos ele me pegoutesudas contoConto erotico adoro chupar buceta azedinhacontos eroticos de orgias com minha mãe negraContos eroticos de zoofilia- dog gigante me engravidoudeu pro vizinho trans e ficou grávida contoschupando buceta com gosto como se beijase uma bocacontos eroticos meu dono mama meu leiteContos eroticos casal certinho e travest roludominhas duas primas me chupando o palconto esposa com negãocontos me arrombaramcontos eroticos sou casada realizei o desejo do meu sobrinhocontos eróticos com mulher carentecontos de uma putacontos eróticos meu tio tarado me fes eu gosar en seu paumenina sapeca esperou a tia sai e foi bulina com o tiocontos eroticos meu filho levantou minha saiaTio me deu um chortinho de lycra pa mim usa para ele sem calsinha contosprimeira vez que fui chupada por um homem casado eu virgemchapuleta inchada no cuzinho Sou casada mas bebi porro de outra cara contosdepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?contos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gayscontos eroticos fui comprar cerveja e.comeram minha esposaConto de casada estupada e gostandocontos eróticos de gay comi a bunda do amigo do meu irmãocontos eróticos irmazinhaContos eróticos teens tomando banho com meu irmãoContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhaconto erótico de pai fazendo o filho gay patinhaescravizando minha funcionaria conto eroticotravesti Juliana de primo metendocontos eroticos meu primo comeu eu e minhaNovinha Bebi porra do meu amigo contopornoc/japonesasetravestiscontos eroticos deixando estruparconto erótico idosa casada e vizinhoconto erótico de gay dando o cu pra catador de papelão contos de velhas dos seios bicudocontos eu minha esposa e um viadinhopitbol caseiraprimeira vez que dei cu pedreiro