Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADINHA PUTINHA SAFADA

Click to this video!

Separado a 3 meses, levo minha vida tranquila, morando sozinho numa cidadezinha pacata, prápria para espairar as ideias ou pirar, dependendo dos acontecimentos.rnEstava em casa bem a vontade outro dia, quando ouço a campainha...rnColoco uma bermuda rapidinho e vou atender...rn- Surpresa!!!!!rnEra minha cunhadinha Bruna num vestidinho apertadinho e curto, realçando todo seu corpo e que corpo!rnNo auge dos seus 19 aninhos, 1,64 de altura, 56 kgs, pernas bem torneadas, deliciosas e um par de seios que parecia querer saltar para fora naquele decote nada discreto. Era típico dela, gostava e sabia como provocar.rnViajei ali na presença daquela delícia de mulher,diante daquele sorriso lindo e provocante realçado por aquele rosto lindo, olhos verdes, lábios carnudos... Que loira deliciosa estava minha cunhadinha!rnViajei mesmo em meus pensamentos eráticos e acordei com:rn- E ai cunhadinho! Não vai me convidar pra entrar não?rn- Claro! Você é sempre bem vinda!rnA abracei e dei lhe um beijinho no rosto e a conduzi para dentro a segurando pela cintura.rnQue perfume gostoso ela usava!rnEstava embriagado por toda aquela delicia e ao tocá-la sob o vestidinho coladinho, sentia seu corpo delicioso, fazendo com que meu pau desse sinal de vida. Não podia evitarrn- Bem, vim trazer umas coisas que voce deixou pra traz, minha irmã me pediu...rnCoversamos ali no sofá da sala por alguns minutos, ela me perguntando sobre a nova vida e a liberdade. Sempre tive uma certa liberdade de comentar alguns assuntos mais intimos com a Bruna mas sempre a respeitei, por motivos ábvios, porém nunca deixei de achá-la muito gostosas e desejá-la.rnDurante essa conversa rolou alguns comentários capciosos, o papo estava mais solto e meu cacete já não se continha diante daquela formosura! Acho que ela já estava notando pois o volume havia aumentado e notava que ela não tirava os olhos.rnOfereci-lhe uma bebida, ela aceitou com um comentário...rn- Olha cunhadinho, quando bebo não respondo pelos meus atos... rnSorrindo e mordendo os lábios num jeitinho tímido e safadinho.rnSorri também e a conduzi ao meu barzinho onde seriam servidos os drinks.rnPeguei uma garrafa de um bom vinho e ela ali bem pertinho de mim ajudando na escolha. rnO barzinho é bem apertadinho e os toques eram inevitáveis.rnTomamos aquela garrafa de vinho e ela quiz esperimentar um licor que lhe apresentei, então pedi para que Bruna pegasse outras duas taças que estavam no alto da prateleira do seu lado.rnBruna virou de costas pra mim, tentou alcançar as taças, elevando os braços e inclinando um pouco o corpo pra frente.rnQue visual! rnSeu vestidinho já curto, se levantou mais um pouquinho dixando aparecer a curvinha daquele bumbumzinho delicioso.rnNão alcançando as taças, olhou pra traz e pediu ajuda, notando que eu não tirava os olhos daquela bundinha gostosa, deu um sorrizo bem safadinho.rnMe propuz a ajudá-la imediatamente, encoxando aquele trazeiro maravilhoso! Impossível que ela não sentisse o volume do meu cacete tocando aquela bundinha.rn- Que isso cunhadinho!rnCom ar de surpresa mas bem safadinha não ofereceu resistencia a minha investida, ao contrário, percebi que empinou mais a rabeta o que aumentou mais a pressão.rnSem responder nada a puxei contra meu corpo a abraçando, dando beijinhos em seu pescoço e a mão percorrendo cada pedaço daque corpo. Sente seu respirar ofegante e aceitando minhas caricias, já dizendo palavras desconexas.rnA virei de frente e trocamos um longo beijo. Minhas mãos percorriam cada parte daquele corpo, que bundinha gostosa!rnFui beijando-a e retirando aquele minúsculo vestido, notando que minha cunhadinha era muito mais gostosa que parecia. Que delicia quando seus seios saltaram em meu rosto! Cai de boca enquanto minha mão tocava sua xoxotinha sob a calcinha ja toda molhadinha de tesão.rnCorpos colados, conduzi minha cunhadinha até meu quarto a jogando na cama, afastando sua calcinha de lado, chupei aquela bucetinha lisinha e tesuda.rnBruna estremecia de tesão e pedia..rn- Chupa sua putinha bem gostoso faz ela...rnEnquanto ela falava deslizei minha lingua até seu cuzinho.rn- Aiiiii vai cachorro está me fazendo gozaaaaaaar!rnMinha cunhadinha se virou na cama e rapidinho pegou meu cacete e abocanhou com vontade, chupando ele todinho, ora chupando a cabeça, lambendo, chupando minhas bolas e punhetando. Que delicia! rnVi ali uma cunhadinha safada e putinha. Chupava meu pau como ninguem, enquanto recebia minha lingua naquela grutinha quente, com breves pinceladas naquele cuzinho, o que a fazia delirar e anunciar novo gozo na minha boca.rnSabia que ali naquele 69, em breve explodiria naquela boquinha deliciosa e foi o que aconteceu.rn- Ahhhhhh! eu vou gozaaaaar safadinha! Toma meu leitinho putinha do caralho!rnEnchi sua boquinha, ela continuou mamando nao deixando meu pau amolecer. Que safada!rn- Tesão..Quero seu pau na minha bucetinha, me come de quatro. Quero ele arrombando sua putinha, vem meu macho gostooooso!rnSe posicionou de 4 exibindo aquele rabinho gostoso!rnLambi sua bucetinha molhadinha e seu cuzinho.rnNossa! ela foi ao delírio quando pincelei meu pau na entradinha de sua bucetinha e forcei seu cuzinho. Parecia que iria gozar novamente.rn- Vem cachorro safado enterra essa pica na bucetinha de sua cadelinha, vai faz ela gozar denoooovo.rnSentindo minha pica deslizar bem apertadinha naquela bucetinha ela rebolava e delirava dizendo palavrões e pedindo mais.rn- Fode sua cunhadinha, voce sempre quiz me fuder né seu safado, eu tambem sempre desejei essa pica gostosa me arrombando, enterra tudo, vem com força, fode ela, vai safadinho! Fode filho da puta!rnEm movimento ritimados e continuos fodia aquela bucetinha como nunca e como ela gostava de pica! Ela estava louca recebendo meu mastro todinho, como era gostosa.rnFicamos ali em várias posições, de 4, de ladinho, frango assado... mas quando ela resolveu cavalgar na minha pica....rnQue delicia! ela sentando no meu pau, enterrando tudo naquela xoxotinha! Ela delirava! e anunciamos nosso orgasmo ao mesmo tempo.rn-Aiii que pau gostooooooso! Eu vou goooooozar. AhhhhhhhhrnSinto seu leitinho me inundaaaaaaarrnBruna não parava eu adorava, ali com meu pau meladinho e enterrado naquela bucetinha quente.rnCaimos extasiados um ao lado do outro sem dizer nada apena curtindo aquele momento.rnTrocas de carícias, ali sem dizer nada. Meu pau já estava no ponto novamente, quando senti aquela boca quente no meu pau. Bruna mamava gostoso minha benga. Olhou bem safadinha pra mim e pediu.rnQuero que coma meu cuzinho agora.rnEra tudo que queria ouvir.rnA coloquei de ladinho, lubrifiquei meu pau e a entradinha do seu rabinho e direcionei, forçando sua entrada, ela deu uma empinadinha na bundinha, facilitando a entrada da cabeça do meu pau.rn- Aiii gostoso, vai devagarzinho que nunca dei meu cuzinho.rnParei um pouquinho, deixei ela se acostumar um pouquinho e fui empurrando devagarzinho até que seu cuzinho receber toda minha benga.rnEntão comecei movimentos de vem lentos e acelerando depois entre estocadas fortes.rnEla gritava e pedia mais.rn-Vai filho da puta, ta arrombando o meu cuzinho, come o rabinho de sua putinha, quero seu leitinho nele.rnEla estava de 4 com aquele rabinho empinadinho pra mim, recebendo meu pau, quando recebeu minha porra, inundando seu buraquinho, quando ela tambem anunciou que tambem estava gozando.rnAiiii eu to gozando no cu. ai como é gostoso! vouser sempre sua putinha, sempre meu gostoso!rnE assim está sendo, tenho uma cunhadinha safada e putinha.rnGrande beijo a todos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


estoria porno a fantasia do meu marido e c cornoContos eroticos ai mo seu pau ta me matando mete ai ai deliciosa aiilembranças contos eroticoscontos eroticos dopando primasme masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalcontos eroticos gay game apostaContos casado chorando na rola do ricardaofilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorcontos sexo incesto amo meu filhocontos tudo enfiado no cusequestro e muitas lambidas no grelocontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossocontos eróticos de bebados e drogados gaysFui com um coroa pra sua lancha ele me fudeu conto eroticoconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetaContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudocontos eroticos primeira gozadadetalhes como fui estupradoConto eróticos duas lésbicas me estruparaouma dupla penetração com vibrador contosconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos esposa foi dançar e passou buceta no pau do amigoContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhadividi minha mulher com outro comto eroticoroupa de couro esposa contosconto erotico tirei a calcinha da gataO dinha que comi o cu da minhA mae bebAda contos,dando/o cabaço pro titio conto exitanteela pediu pra parar mas continuei empurrando na putaainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôconto erótico minha esposa caiu na ciladaponei arrombando morena com tesaoamor olha o estrago ! Falou minha esposa com o cu inchado que o amante comeuencoxadas no aperto contosContos eroticos fudendo gravidacontos lesbicos princesa chupa princesaconto de o tenente me chupou muito gayconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******fui bolinada na.mesa junto.com.o marido.contoscontos eroticos de como meu amigo me comendominha iniciacao na zoofiliameu amigo cumeu minha mãe e minha tia 2. conto erotico"me enraba" cornoConto eroico comendo as primihasmasturbando com as amigas contoContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhosComigo por um cachorro gay contosmilhares de contos eroticos pai maeconto de mulher transando com meninos novinhosvisão dos sonhos dos cornosgarotinho fodinho por adulto contoscontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistahomen bulinando o penis no chorttexto erotico no inverno com o enteadoConto Erótico Primas putascontos eroticos aprendendo a fazer meu primeiro boquete com meu padrinho velhoconto erotico flaguei meu marido masturbando nosso dogconto gay titio gayvirando escrava submissa do traficante contovideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadacomendo a tia de pois de beber um vinhofilmou o semen saindo da xoxotaNegão e minha filha contos eróticosContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familia2paus nu mesmu buracucontos eroticos de cornos bravosconto porno a virgem babicontos gay meu amigo me ensinou a darContos erotico menininha de nove aninhos violentadawww.loiras traindo com negao contosfui apraia e levei a filinha da vizinha conto eroticocontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos exitantes eroticos deixando os velhos me chupara irma dela dorme conosco de calcinhacontos gay peguei meu amigo comendo um outroContos eróticos titioSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticocleide chupou ate gozarcontos filha peituda provoca seu pai de baby doll ele fudeu elagarotos safadinhos picas e bundas videoscontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.na.praia.fudi gostoso no volleyeu adorei gozar no rabo da minha sogra e ela esta visiada em dar o cusapata velha greluda e ninfetamulheres peladas encostada no pe de cocoContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliacontos incesto minha maeSeduzi cleide a esposa do meu amigo contos eroticoscontos eróticos mãe e filho de araraquracontos eroticos minha esposinha e o inquilino velhoContos eroticos de irman eirmaogostosa de shorte mostrando as beiras da bucetacontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidaConto erótico calcinha fedidaContos tarados por cu de bundudacontos eroticos Netinha dando cu pro vovó