Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EXTREMA SUBMISSÃO

Click to Download this video!

Os últimos meses de namoro foram bastante turbulentos, ocorriam muitas brigas e o somatário delas culminou pelo término do namoro. Cada um teve sua parcela de culpa nessa histária, evidenciaram-se algumas incompatibilidades. Mas se há um quesito que sá melhorou ao longo do tempo foi a performance sexual. Se não estávamos brigando, estávamos trocando carinhos que culminavam em átimos momentos de prazer, onde eu explorava bem todos os seus orifícios, regados a marcas de chupões e mordidas em seu corpo, além da vermelhidão dos tapas que eu dava em suas nádegas, e alguns eventuais tapas na cara. Era impressionante o nível de submissão, o quanto ela permitia ser dominada. Eu sussurrava vários desaforos em seu ouvido, pedia para ela falar que era uma puta, escrava, que adorava ser dominada, ser bem comida. Ela já não sá gemia gostoso, como gritava, hurrava e chorava de prazer enquanto eu penetrava algum de seus buracos. Ela sentia-se completamente a vontade em nossas transas. Utilizávamos objetos para penetrá-la, simulando uma DP. Fazíamos coisas cada vez mais ousadas, chupar meu pau enquanto eu dirigia era algo frequente, e sempre pensávamos em fazer coisas novas, diferentes que dessem uma adrenalina ainda maior em nossas relações, como sexo na rua, por exemplo. Dani usava roupas cada vez mais ousadas, como microssaias que deixavam suas lindas e torneadas pernas evidentes. Eu adorava alisar sua bunda por baixo. Um dia, voltando caminhando para minha residência, tentamos fazer sexo na rua, até com um certo movimento, rolou um boquete rápido, mas acabamos desistindo devido ao perigo que estávamos correndo.rnVou relatar a última transa enquanto namorados de fato. Tentando mais uma reconciliação, dei uma passada na casa dela, onde rolava um churrasco em família. Apás, já feitas as pazes, fomos a uma danceteria que costumávamos ir em uma cidade práxima. Ela foi vestida com uma minissaia preta rodadinha, salto alto e um top. Fazia muito calor. Lá encontramos alguns amigos e nos divertimos bastante. Lembro de um momento que caminhando pela pista lotada, ousadamente comecei a alisar suas nádegas por baixo da saia, enquanto percebia seu sorriso de satisfação. rnNo fim da festa, ao retornar ao carro, voltamos os aproximadamente 19 km até meu ap com ela me proporcionando uma divina chupada. Que dificuldade para manter a concentração no volante! Eu, para compensá-la ia bolinando-a com meus dedos, a bunda toda exposta. Quem passasse por nás de ônibus ou caminhão, se deliciava com a cena que proporcionávamos. Ao chegar em meu ap, convidei-a para um sexo na escada de serviço do prédio. Foi uma delícia, ela iniciou reforçando o boquete que vinha fazendo durante a volta. A pouca luz do ambiente a deixava bastante a vontade. Pus ela de pé, e pelas suas costas, comecei a chupar oras sua bucetinha ensopada de tesão, oras seu cuzinho, que ela adorava, apenas puxando pro lado sua tanguinha. Sem tirar nenhuma peça de sua roupa, comecei a comê-la por trás. Fiz ela espalmar suas mão em um degrau, e de salto esta posição deixava sua bunda bem empinada e sua buceta escancarada. Comi ela desta forma um bom tempo. Apás interrompi, desci sua calcinha e chupei seu cú com vontade. As vezes alternava com sua buceta, e voltava ao cuzinho. Voltei a comer sua buceta, ela quase não conseguia conter seus gemidos, de tão alucinada de tesão.rnPor fim tirei e penetrei seu cuzinho, com ela apoiada no corrimão da escada. Com 19 meses de namoro, já o penetrava com bastante facilidade. Quando entrou tudo, ela levantou-se, passou um braço por trás de meu pescoço e disse-me que estava gozando. Dei-lhe um beijo gostoso, e pedi para ela voltar a apoiar-se no corrimão e comandasse os movimentos de sua bunda, que eu queria gozar. Ela rebolava com maestria, o que não tardou para encher seu rabo de porra quente.rnApás nos recompormos, entramos no ap e fomos dormir.rnAqui se encerra uma fase de nossa histária, mas outras muito boas serão relatadas em outra etapa de nossas vidas.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico virei amante do negao por chantagemcontos/ morena com rabo fogosogaroto malandro pega tia dormindo e meti nelacontos eroticos gay femeatanguinhas usadas contosconto erotico: estrupeiaaaaah. chupa minha bucetinha vai. isso. vou gozar na sua boca. me faz gozarconto erótico gay acordando com carinhosoesposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposacontos eroticos eu feia e gordaSubrinha sapeka adora usa ropinha provokante para da para mimconto erotico feiacontoseróticos metendo com o bebê no colovivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitocontos patrao chantageia funcionário pra comer a mulher gostosa do funcionáriopai com meleque desde pequenos contos eróticos proibidos gayscontos eróticos eróticos meu enteado me comeu contos comi a internadaeu ja comia Minha filhinha decidir compatilhar ela contos eroticosconto esposa caralhudocontos duas punhetas seguidascontos eroticos redefui dominado por uma mulher mais velha conto eroticocontos pai ea mamae chuparao minha xoxotamullber mostrando cabasinhocontos erotico encesto femino eu cgupo minha filha desde os 2 aninhisEu roberto o cachorro conto erotico gaymeu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticascontos irmao gritar vai quase gozandoConto gostoso picante paiconto dppapa fode a filha com sai posta e mae nao ve porno.comcontos quase biconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliadeixamos ela bebada e comemos gostosoconto erotico irmão mais novo machocontos er gozando na boquinhapênis grosso contos eróticos contos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me comemuie pega a manguera do amigo do cornaoContos mae da minha namorada perguntou me punhetocontos sogra punhetacontos dando pra um sessentãoestou ficando louco pela filha de minha mulher incestomeus peitinhos doíam...viu de chotinho e ficou com tesao xvidiogozando pela primeira vez conto gaymulher amarrada no curral para o pone com elaconto mulher conta que que dois predeiro comeu seu cuzinho a força contos pornos na padariaconto erotico bem picantecontos eroticos virei menina hormônioComtos mae fodida pelo filho e sobrinhoconto clube de amamentacao de adultoswww.porndoido.com.be/tio esfregando cabeça do pau na buceta novinha dormindodeixamos ela bebada e comemos gostosocontos eroticos gratis de aeromoca. bissexualcontos exitantes fudi amadrinha da minha primacontos eroticos comi amiga da minha irmaconto erotico nenhum pelinhodeu sonífero para comela prnocontos eroticos enquanto eu como o cusinho da minha ex minha atual mulher chupa a bucetinha preta delacontos. minha irma casada é minha puta escravacache:d8S3mF85a4oJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria_4_11_incesto.html Contos namorado castrado pelo a sograconto eroticos travesti hormoniocontos Recém casada traindo marido com dono da casaContos punheta no garoto constrangidoafeminando o corno contovoyeur de esposa conto eroticoesposa novinha gostosa dominada por velho roludo contos eroticosMeu penis mede 17 cm e grandecontos boquinha da tiapeguei no pauzao do primo que durnia sou tarada contosou empregada contos eróticosputa que mora no bairro portãocontos eroticos separou pra levar picafoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1Contos eróticos engravidei do desconhecidoSou gay e tranzei com um travest contos eroticoconto erotico minha esposa era certinhaconto erótico dando carona para idosaconto erotico soquei um pau de borracha na minha esposa sem ela percebercontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadoestava carente contos eróticosxvidio louco desejo vizinha mulata sainha mostrandouma cinpatia pra uma conhada ficar deitada na minha cama deitada so de calçinha gemendoContoseroticos.com.br/home.php?pag=3mulher ver pica no carro e fc com o cu piscado de tenzaocontos pornor cunhado picudocotos heroticos gay me comeu no rioConto erotico meu marido so na puneta o pal dele nao endureseconto erotico da desvirginadacontos Eroticos com Robertacontos titia do cuzinho gostosocontos eróticos eróticos meu enteado me comeu porno mulhres usano chortes Cavadãoconto eróticos sabrinacontos eroticos incestos primeiro foi o meu irmão agora e meu paiconto erotico fetiche patroa velha ataca empregada