Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEFLORADO POR UM COROA EM MIAMI

Click to Download this video!

Bom, o que vou contar aconteceu a mais ou menos uns 2 anos e foi muito excitante. Sou um jovem rapaz de 22 anos, sou alto, magro, nao sou afeminado, tenho uns 95 kgs e 1,85 de altura. O que chama a atenção em mim é a minha bunda, ela é grande, tenho coxas grossas e tenho uma bunda que sempre foi desejo de muitas pessoas... Nunca havia tido nenhuma relacao sexual com outro homem, mas sempre tive curiosidade. Desde pequeno, sempre gostei de usar as roupas da minha irma, calcinhas, saias, blusinhas, sempre me imaginei como uma femea pronta pra ser possuida... Quase sempre me masturbo com um dedo enfiado no meu cuzinho aperdado e sempre gozei muito assim. rnBom, a exatamente 2 anos eu havia ido para Miami, mais precisamente para Fort Lauderdale, na casa de um tio meu. Fui passar as ferias, ele havia me chamado e como ele mora la ja faz muitos anos, eu fui com a intençao de ficar por 1 semana. rnLogo no inicio, ele me mostrou a cidade, fiz varias compras e ele me mostrou tudo no condominio. Ele mora num condominio muito legal, de frente pro mar, 2 piscinas, e uma piscina pequena com hidromassagem e agua quente onde cabiam mais ou menos 5, se elas se apertassem. rnComo eu havia chegado num fim de semana, curtimos tudo isso juntos e aproveitamos ao maximo, pois ele iria trabalhar na segunda. Ele me mostrou como ter acesso a tudo e rapidamente eu aprendi.rnNa segunda depois do almoco, eu resolvi dar uma andada na praia, por volta das 5 da tarde, o sol estava baixo e eu resolvi ficar na piscina ate o fechamento da mesma que iria ocorrer por volta das 8 da noite. fiquei na piscina um pouco e como estava muito vazia, pois a temperatura nao estava das mais quentes naquele dia, resolvi ir pra piscina com hidromassagem. a agua era bem quentinha e fiquei la relaxando. Nisso chegou um senhor chamado Claudio de uns 65 anos e pediu licença e perguntou se podia se juntar a mim. Claro que nao vi problema e ficamos la, so os 2 e mais umas 4 pessoas na outra piscina que ficava a mais ou menos uns 19 metros de distancia. Comecamos a conversar amenidades, o senhor era brasileiro e estava la de ferias mas tinha aquele apartamento pra veraneio. Ele era alto, 1,90 ou ate mais, cabelos brancos colocados pra traz, ele tinha muitos pelos no peito, costas, braco e pernas, o que eu adoro, e uma barriguinha normal de homem. Fiquei admirando aquele homem que exalava algo incrivel, ele tinha um ar de sedutor e um jeito de homem sexy..nao sei se foi a agua quente, se o lugar, se o corpo dele peludo que eu amo e sempre admirei, so sei que aquilo comecou a mexer comigo...comecei a sentir muito tesao vontade de ficar perto dele... Mas me contive, nao sabia qual era a dele, realmente nos so estavamos falando amenidades, nada d mais... rnComo estavamos so nos dois, a jacuzzi tinha espaco, entao as vezes eu afundava a cabeca e ficava um pouco relaxando d baixo da agua(a jacuzzi tinha mais ou menos 1,20 de profundidade) e umas horas eu me virava e deixava minha bunda aparecer, como estava de sunga, ele com certeza olhou pra ela.. Uma hora eu fui ao banheiro, que era proximo, mas antes eu dei uma subidinha na sunga de uma forma que desse para aparecer um pouco da poupa da bunda e dei uma leve rebolada quando fui andando. Na hora eu nao vi se ele olhou, mas aquilo me deu muito tesao. rnQuando voltei, ele estava sentado na borda pois estava com muito calor, pude ver o volume na sua sunga, mas nao dava pra ver direito pois ela era preta. Olhava disfarçadamente mas nao tinha como nao imaginar como era aquela maravilha. rnAi por volta das 18:30, ele fala que vai embora, que iria tomar um banho e que ja estava cansado de ficar na piscina e que faria uma sauna na sua cobertura, lamentei, foi ai que ele me chamou pra lhe fazer companhia ja que meu tio so chegaria as 23 horas. O apartamento dele era na cobertura, 19 andar, e o do meu tio era no 8. Falei que poderia ir. Falei que passaria no apto do meu tio pra ligar pra casa e que iria logo em seguida. Sai da jacuzzi e fomos juntos pro elevador, ele me falou o numero do apto dele, sai no 8 andar e fui pro apto do meu tio. Entrando no apto eu estava com o coracao a mil, eu nao tinha certeza se iria rolar algo, mas eu desconfiava, obvio. Tomei um banho, usei um chuveirinho pra me limpar internamente e resolvi que se fosse pra acontecer, que acontecesse em grande estilo. Passei a gilete nos poucos pelinhos que tenho no meu cuzinho, me lavei bem e fui pro apartamento dele.. Fui de sunga e camiseta pra nao ficar caracterizado que eu havia mentido quanto a ligação. Quando bati no apto dele, ele abriu a porta somente de toalha, me fez entrar e disse que nao me esperava tao rapido, ele disse que a sauna nao estava funcionando e que iria tomar um banho e ficar na varando petiscando e que era pra eu acomanha-lo se quisesse. Aceitei e disse que esperaria ele tomar o banho dele. Ele me ofereceu uma bebida e fiquei na sala esperando.rnDepois de uns 5 minutos eu ouço ele me chamar do banheiro, fui ate la e ele estava no box, nu, se lavando. N pude ver muito pois estava embaçado. ai ele disse:rn-Voce tambem estava na piscina, nao quer tomar banho tambem?rn-Ah, seria uma boa, estou com cloro no corpo. respondirnAi ele falou:rn-Pode ficar a vontade, se quiser, esse box é bem grande, pode entrar aqui.rn-Se voce nao se importar? pergunteirn-Claro que nao, entre, a agua esta uma delicia.rnTirei minha sunga e minha camiseta e peladinho entrei no box junto com Claudio. rnAi pude observar bem o corpo dele, ele era peludo e forte, masculo e seu pinto era muito bonito e bem grosso. Ele estava mole, e nao pude saber o tamanho, mas fiquei olhando. Claudio me passou o sabonete e disse para eu ficar a vontade, me ensaboei enquanto ele tirava o sabao do seu corpo. Ele saiu debaixo da agua e disse para eu me lavar e tirar o sabao, fui e me virei de costas pra ele de proposito e fiquei passando a mao no meu cabelo e no corpo pra tirar o sabao. Por ultimo, passei a mao bem de leve na minha bundinha, coxa e batata da perna, empinando a bunda e tirando todo o sabao do meu corpo. rnEle me falou:rn-Quer que eu lave suas costas?rnfiquei um pouco em silencio e falei:rn-Tudo bemrnDei o sabonete pra ele e me virei, ele comecou a pasar o sabonete nas minhas costas, ombros e ficou bem perto de mim, derepente eu comecei a sentir algo me cutucando na bunda, bem de leve. Aquilo estava me deixando louco, meu coracao estava saindo pela boca, sentindo o pau dele encostar na minha bundinha eu n aguentei e comecei a rebolar e a empinar bem de leve a minha bunda como se procurando encaixar aquela tora. As maos dele nao saiam do meu ombro e costas, eu desesperado pra que ele apertasse minha bunda mas ele nao fazia, so me torturava e me cutucava com aquele pau duro.rnFicamos nessa brincadeira por um tempo, nao sei quanto, ate que a cabeca da rola dele passou pela poupa da minha bunda e chegou ate a portinha do meu cuzinho virgem. Eu ja estava com as maos apoiadas na parede, a bunda embinada e rabolando, gemendo bem de leve e dando umas olhadinhas suaves pra traz na procura de seus olhos. Ele me olhava com uma cara de safado e eu o olhava com cara de putinha inocente que quer rola. As maos dele baixaram e ele segurou na minha cintura e comecou a forcar a entrada. Nao tinha como entrar, mas ele forcava de leve, so brincando. Aquilo estava muito excitante, eu ja nao me segurava mais, coloquei a minha mao pra traz e peguei naquele mastro incrivel. Senti pela primeira vez na vida um pau na minha mao. Que sensação, a poupa da minha bunda ja havia engolido a cabeca do pau dele que estava na portinha do meu cu, o resto do pau dele foi apalpado pela minha mao com uma vontade que eu nao sei descrever. O pau dele estava mais duro que pedra, era da grossura de uma latinha de skoll de 250ml, aquela menor, e do comprimento de 2 latinhas juntas. ou seja, sobrou pau pra eu ficar apertando. Ele me virou e me deu um beijo delicioso, eu nao soltava o pau dele por nada, ele ficava me beijando, lambendo e me chamando de putinha, de viadinho, dizendo que iria comer muito meu cu. Disse que era virgem e que era pra ele ir com calma pra nao me machucar. Ai que ele ficou maluco, disse que iria me deflorar e iria alargar muito o meu cuzinho. A cada palavra que ele falava, eu apertava mais o pau dele e nao parava de socar e a passar a mao na cabeca daquela rola linda e vermelha e cheia de veia.rnEle desligou o chuveiro e me levou ate a cama dele, uma cama enorme. Me mandou ficar de 4 e comecou a chupar muito meu cuzinho. Comecei a gritar como uma putinha no cio, nao era eu quem estava ali, era uma femea que acabara de se descobrir, senti um prazer que nunca havia sentido, uma lingua no meu cu, que maravilha...eu so ouvia ele falar que eu era muito gostosa, que meu cuzinho era uma delicia e que adorava um cuzinho todo depiladinho. ele chupava meu cu e dava varios tapas na minha bunda, eu pedia mais e ele nao parava de me chupar e me bater. Fui a loucura, ja estava ficando louco e queria mais. rnDepois de muito, muito, muito me chupar ele me virou e deu a rola dele pra eu colocar na boca. Nunca havia nem tocado num pau e la estava eu, com a rola dele na mao e pronto pra chupa-la. Primeiro dei um beijinho timico, depois passei a lingua na cabeca, ai fui melhorando e chupando, lambendo, babando e ele gemendo. Aquele pau pulsando na minha boca era uma delicia, amei chupar uma rola, queria mais, chupava, babava e segurava no saco dele. ele nao aguentou e me virou, fizemos um 69 e ele voltou a chupar meu pau. Ai nao aguentei, segurava o pau dele com as duas maos, masturbava ele chupando a cabeca daquela rola enquanto gemia alto, mas a rola dele na minha boca abafava tudo, o que deixava ele ainda mais louco. Me sentia uma piranha, recebendo uma lingua grande no cu, com as 2 maos na rola de um cara peludo e mais velho, e gemendo com a cabeca da rola dele na minha boca...estava uma deliciarnEle enfiava 1,2,3,4 depois no meu cuzinho e cuspia muito no meu cu. eu ja nao aguentava mais, precisava daquela rola dentro de mim de qualquer forma, n podia mais esperar.rnEle me posicionou de frango assado e colocou uma camisinha, eu abri bem a minha bunda e esperei pelo meu macho. Ele foi muito gentil e foi colocando aquela tora bem de leve. Quando a cabeca entrou eu achei q iria ser rasgado em 2, pedi pra ele parar e pensei em desistir, mas ele se aproximou de mim e com a lingua dentro da minha boca ele continuou a forcar, e foi forcando, forcando, forcando ate que 19 do pau dele ja estvam dentro.. Ele passava mais oleo lubrificante e deixou o pau dentro pra eu me acostumar. Nesse ponto eu so estava sentindo dor, mas tinha diminuido e nao era como a de quando ele tinha colocado primeiro. Ele foi colocando e eu aguentei firme, o tesao veio quando ele tirou pela primeira vez. tirou, mas nao tirou todo do meu cu, tirou ate a metade e voltou a enfiar. Nessa brincadeira eu gemi de um jeito que ele viu que eu ja estava dominado. Ai ele comecou a me comer mais, tirava e colocava aquela tora em mim de uma forma tao gostosa, ele mexia de um jeito que estava me deixando louco. Nessa hora eu ja nao sentia nada alem de prazer. Pedi pra ele me comer de 4, era meu sonho. Sempre me imaginei sendo dominado por um macho e ele me comendo de 4. Fiquei de 4 e empinei bem a minha bundinha. Ele nao esperou e enfiou toda aquela mastro de carne no meu cuzinho. e ficou assim, enfiando e tirando de uma forma constante, sem ir forte ou fraco de mais. Ele gemia e batia na minha bunda com forca, falava que meu cuzinho era uma delicia e que estava muito apertado, me chamava de piranha, biscate, viadinho, putinha, dizia que sabia que eu era uma bicha e que sabia que eu queria rola. Eu so gemia e pedia mais, pedia pra ele me bater e dizia que queria sair dali todo arrombado. Dizia que tinha me depilado pra ele e que a coisa que mais queria era dar pra ele. Ele ouvindo aquilo nao aguentou, mandou eu ajoelhar no chao e disse que queria gozar na minha cara. Ajoelhei, ele tirou a camisinha e gozou de uma forma muito forte. Nunca vi ninguem gozando, so em filme porno, mas ele parecia o Peter North, gozava forte, e a porra dele era uma delicia, quente e muita porra. Acho que ele deu umas 5 ou 6 eguichadas no meu rosto e peito. Peguei naquela rola e continuei a masturba-lo e coloquei a boca pra chupar o resto que saia do seu pau. Adorei tomar um pouco do seu leitinho, Confesso que o gosto nao estava bom, mas aqulio fazia eu me sentir tao submisso que eu adorei. rnEle, sem aguentar, caiu de lado e eu tambem, ele me chamou pros braços dele e eu me juntei ao meu macho como uma putinha submissa. Ele disse que havia adorado e eu tambem falei que amei ter perdido a virgindade com ele. rnFicamos mais um pouco deitados conversando e eu estava adorando estar toda meladinha da porra do meu macho. Fomos tomar banho e no banho ele me lavou todinha e quando lavou minha bunda, acabou ficando com tesao e seu pau ficou novamente duro. Falei pra ele que faria um boquete e que queria que ele gozasse na minha boca. Fiquei chupando de joelhos no box enquando olhava pro seu rosto com cara de puta e massageava com carinho as suas bolas. rnEle nao demorou muito, gozou fartamente na minha boca gemendo bastante e segurando minha cabeca. Tentei engolir o maximo mas tinha muito e deixei escorrer um pouco pela lateral da minha boca. rnEle adorou, terminamos o banho, coloquei minha sunga e minha camiseta e voltei pro apto do meu tio. rnCombinamos de nos encontrarmos novamente no dia seguinte, mas essa eu conto no proximo.rnEspero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gerou comer a sograbaixa vidio caceta de travesti duronaconto erotico nenhum pelinhoconto erotico com meu sogro peladocontos motorista vez amor com patroacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de professoras okinawan gélico pornôdiana sentindo pica pela primeira vezdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontos porno traca troca amiguinhohomens hetero bebado se engana e passa.a noite com travesti roludoDesvirginando a sobrinha de 18 anosconto erótico Aproveitei que minha sogra estava dormindo meu pênis grosso nelaDei pro amigo maconheiro do meu filho contoscontos eróticos bombons de chocolateConto erotico zoofilia fiz a ninfeta chupar meu pau junto com meu cachorroconto me fode maninhoaaaaah. chupa minha bucetinha vai. isso. vou gozar na sua boca. me faz gozarticos em bunda de mulhweminha sogra minha amanteconto minha estagiáriasogro saradocontos erotcos de estrupo de virgemcontos eróticos perdeu aposta e teve que dar para travertiContoseroticoscomsogrogarotada vem bucetinha pela primeira vezcontos eroticos dainfanciaconto erotico mulher por causa de apostaPor causa da zoofilia virei escrava 3contos meu maridogosta q conto minhas fantasias n seu ouvidibhocontos eroticos estourando a bucetinha minusculaconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiasou puta e pratico zoofiliaReguinhocontoscontos eroticos diversos safadeza e assanhamentoaudio conto eroticos aluno comendo a professoracasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticosFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalcasa dos contos seduzi meu cunhadocontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumescontoesposanuaConto erotico viuva carenteConto etotico ninfeta putinha so dorme peladinha e arecanhadinhavideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandonoiva putinha titio caralhudo grosso humilhado noivo corninho safado contos eroticoscontos eroticos fui putinhacontos eroticos brincando na ruacontos eroticos putinha pagando a conta do paiescravisando primo contos eroticossou casada meti com o marido da minha melhor amiga contosconto sozinho com minha sograMinina cazada mo a bucetaconto guarda roupa da lingerieconto erotico flagrei minha mae dando pro meu irmaoFAMÍLIA LINDA CONTOS ERÓTICOSconto erotico dei pro amigo do meu marido e ele nao sabedeusa de ebano com uma bunda maravilhosasoofilia.quando meu marido viagoudividindo a cama conto bicontos eróticos enrabando a namorada do meu sobrinho que tava babadaTransei com meu pai contos eroticoconto eroticos virei esposa do meu irnaoxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundovamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupaesconde esconde contos eróticoshomem colocou sua picA ENORME NA XOTA DA CABRITA ENFIO TUDOcomendo o cu d sogra gordona d 290 kiloContos erotiicos traindo mo resguardoamamentar o pedreiro contoscumadrecavalamae e cunhada gravidas do filho contoscontos eróticos o filho de minha amigagozei no copo e dei pra minha tia bebeu contosimcestos minha filha novinha cabacinho quiz fuder compapai vConto Erotico Eu meU mrido e minh migsou crente casada mais sou putaContos eróticos- fazendo amor selvagencontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemfraguei meu garotinho de seis anos mamando o pau do vizinho contos eróticos gayContos.encesto.mae.de.lutadoContos eróticos te amo tiomulher sendo forçada a gozar com pirocada de macho amarradamulher acima d 90kg crente contoscontos eroticos minha enteada me chantageoucontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhoscontos de uma putacontos porno melhor amigocontos minha mulher me traiu contoscontos eróticos minha tia min da banhocomendo a irmãzinha e a amiguinha dela contos eróticosconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotadoconto porno de amigas casadas fudendo com machos picudos nas feriascontos como que eu descobri q meu marido queria ser cornocontos de orgia com maecontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindocontos eroticos enteado pau de jumentotenho traços femininos cu conto eroticoconto erótico maltrato minha mãeSou casada fodida conto