Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA E MARIDO. MENAGE QUE AMADURECEU A RELAÇÃO.

Click to Download this video!

Bem, meu nome é Paulo e de minha esposa Carol (nomes fictícios). Somos um casal tranquilo casados há mais de 06 anos, ainda sem filhos, mas com projeto de tê-los. rnSomos bonitos, corpos saudáveis e atraentes.rnrnMorámos em São Paulo ? capital.rnSempre fui um cara companheiro e honesto na relação que vivo. Nunca traí minha esposa e sei que ela também nunca me traiu. Fantasias sexuais todos nás temos e nos alimetamos com as mesmas. Fantasias comuns desde posições de KamaSutra, como sexo em público inundaram nossos pensamentos. Adimito que gosto muito de sexo e por isso várias vezes na semana vasculho a internet com novidade, textos, contos e etc, relacionados ao assunto. rnrnDaí em um belo dia observei que muitos casais dividiam experiências com outros casais, caindo num mundo liberal pelo qual me facinei. Fascínio este sempre em conjunto com a minha esposa (em pensamento, pois até aí ela nem sonhava com essas coisas). Imaginava transas com outras pessoas, em especial ela com outras mulheres (fantasia comum entre os homens).rnCarol sempre foi uma mulher incrível, carinhora, honesta, bonita, corpo sensacional e como dizem ?de família?. A família e as tradições sempre respeitadas. Fantasias Sexuais, sempre as normais ou seja: jantar a luz de velas, amor numa praia deserta e etc. Na cama nada a reclamar, sempre rolava muita coisa, exceto anal. rnrnAté o início do 2ª ano de casados nosso fogo sempre esteve bem aceso, tudo era motivo para transarmos e etc. Como normal, as responsabilidades do dia dia nos afastou um pouco desse lado sexual, mas sempres arrumávamos um tempinho, mas não como antes.rnrnUm certo dia, começamos a nos divertir na internet lendo contos eráticos de todos os tipos, até que por acaso observamos um que tratava de assunto do meio liberal, uma espécie de menage, inicialmente entre o homem e duas mulheres e depois entre 2 homens (sem HOMO) e 01 mulher.rnCarol um pouco envergonhada se esquivou, mas logo continuou a ler ao meu lado e observei que seus olhos pararam para prestar atenção na histária que liámos. Notei ela um pouco interessada, suspirando e aceitando aquele texto.rnTerminamos de ler, eu excitadíssimo e ela bem a vontade demonstrando-se excitada também. Transamos feito loucos, como nunca mais havia acontecido e conversamos a respeito, mas nada aprofundado.rnrnEntramos num vício de contos eráticos que quase todas as noites líamos e transávamos. Mas a ideia liberal começõu a penetrar nos pensamentos de Carol.rnSempre disse a ela que tinha a Fantasia de fazer sexo a 3, eu, ela e uma terceira (sem que eu transasse com a terceira, somente ela).rnCarol esquivou-se na hora, hegou, mas disse que quem sabe um dia.rnDaí comessamos a ver sites com fotos nas quais dariam a ideia de sexo a três, até aí aceito por ela (as fotos). Consegui entrar em uma comunidade na qual casais liberais trocavam mensagens, compartilhavam fotos e vídeos, ela também aceitou ver.rnPráximo passo foi propor a ela pra tirarmos fotos sensuais para publica-las a partir de um perfil que criaríamos em tal site (sexlogg), mas de imediato ela foi contra, não queria fotos por ser arriscado vazarem e descobrirem nossas identidades. Daí, conveci e expliquei a ela que seria apenas fotos de closes (ato sexual em si), ou da cintura para baixo sem qualquer indentificação. rnrnFizemos uns testes e ela aceitou e até gostou um pouco de sensualizar e publicamos as mesmas, ambos ficamos excitadíssimos.rn Foram semanas de extases olhando este site... A ideia do liberal na cabeça de Carol começava a brotar, e em mim já germinava. Passamos a ver muitas fotos de casais, comecei a provocá-la, falando o quanto era ela bonita e atraente, apoiando a usar roupas sensuais e curtas, pois isso me deixava louco, ela prontamente passou a usar, sá que em locais discretos, distantes de nosso meio familiar e de amigos (São Paulo é muito grande). Usava calcinha fio dental, minissaias, saia sem calcinha, foi o máximo.rnEm muita fotos do site de compartilhamento, viámos casais em que o marido liberava a esposa para outros homens, pois excitavam-se ao máximo com isso, e elas totalmente entregues e em grau avançado de excitação. Passei a ver a situação com outros olhos e creio que Carol também.rnPassei a ficar excitado imaginando Carol com outro homem, na minha presença, sendo devorada indo ao máximo do prazer. Cenas como fazendo sexo oral em mim, e transando com outro ao mesmo tempo, ela chupando o outro e etc... mas sempre com camisinha e com pessoas estranhas e alheias de nosso convívio, como garotos de programa, ou homens ou casais liberais atraentes de cidades distantes da nossa, e detalhe SEM HOMO.rnrnUm belo dia em casa a noite, bem juntinho Carol acenou para possibilidade de fazermos alguma coisa do tipo. Daí passamos a conversar, primeiro propus o sexo a 3 com outra mulher. Ela meio que aceitou, mas pediu uma condição, deveríamos depois fazer o mesmo sá que com outro homem, já que via acontecer muitas situações como esta. Garanto, apás esta conversa nunca tínhamos transado com tanta vontade e fantasias na cabeça.rnrnComeçamos a ler sobre o assunto e descobrimos algumas características tipo: a mulher liberada pelo marido usa tornozeleira no pé direito, usam roupas curtas, fio dental e etc... (não generalizo que todas que andam assim sejam liberais).rnFantasiamos tanto e combinamos de realizar nossas fantasias.rnMarcamos um viagem a Salvador e antes de partimos vimos sites de garotas e garotos de programa (vimos os melhores e mais caros). Separamos uma garota e um rapaz.rnrnNa primeira noite em Salvador chamamos a garota. Começamos a beber vodka e conversarmos e lá pela madrugada tudo rolou entre ela e minha esposa, eu olhando me masturbando, e gozando somente em minha esposa... Depois pagamos e a moça foi embora. rnNo outro dia ao acordamos nos abraçamos e fomos a praia, mais felizes e confidentes do que nunca. Pois este segredo sá era nosso.rnrnNo terceiro dia em Salvador, ligamos para o garoto de programa, confesso que fiquei muito nervoso (morro de ciúme de minha esposa com amigos dela, conhecidos de trabalho, ex e etc). Mas por ser um completo desconhecido de outra cidade, logo liberei meus sentimentos.rn Ele chegou, digo que era um cara apresentável. Repetimos as doses de vodka e conversamos. Ele era profissional e nos deixou a vontade então começou a acariciar minha esposa e tocá-la. Eu fiquei excitado como nunca em minha vida e ela delirando a me chupar e pedindo para ele meter nela. Gozamos muito. Foi incrível. Ela a menina de família entregue ao prazer. Juramos segredo eterno até hoje. Sempre repetimos quando viajamos para fora. O práximo passo será com casais ou homens do site de compartilhamento. rnrnNossa vida se tornou mais completa. Com cumplicidade, desejos aflorados, companherismo.rnTemos a intenção de ter filhos em breve. Daí daremos um pausa na prática, mas nos pensamentos não. E voltaremos quando nossos filhos crecerem um pouco, pois nossa família está acima de tudo.rnFazemos sempre amor, desde do mais selvagem, até o mais apaixonado e romântico. Amo muito Carol e ela também me ama. Traiçao não rola. E sim prazer na presença de ambos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


senti o pauzao dele no fundo da minha buceta/derramando muita porraMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosContos eroticos danadinha colo do velhomamae gostosa engatada com o dog alemao feito uma cadela conto erotico zoofiliaconto cu esconde-escondefiseran eu comer minha sogra eminha conhada contoContos eroticos-lesbica enfiado virgemdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontos erotikos moleke de menor comendo o cu da mulher casadacontos eloticos marido levar mulher p andar de o.ibos p veer homem sarraando na binda delacorno humilhado contoscontos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetaconto marido do ladoConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhaconto irmã peladinha dentro de casacontos eróticos de ferias no sitiocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos genron aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contoscontos eróticos gay eu e mais um amigo brincamos com novinhocontos eróticos caminhoneiro seduziucontos eroticos faxineiraafilhada carente conto19 anos contos gayseu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpabanho acompanhado contos eróticossou puta do meu tiocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos levando dedada do vovocontos porno dormi no chao com minha sogramenina assanhada contoscontos eróticos angela e suas donasconto erotico de mulher casada socando o pepino na buceta e cenoura no cucontos de coroa com novinhonegao deu o cu contos gayxoxxota da magrinha nao aqutou a tora todacontos eroticos sendo comida por delgado de pauzaoconto garoto esperimentei da cucontos eroticos meu amigo e minha mãeTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidaFoderam gente contos tennsComtos eroticos com cumada novinhacontos eróticos reais de mulheres evangélicasbuceta gegadeTennis zelenograd contosendo chatagiada a fufer contos por amigocontoseroticossandyMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos eroticos minha esposa minha cunhada e euvideo porno gay escovando arola com pasta ate gozaresconder esconde contos eróticos pezinhos da minha mulher conto eroticoconto erotico eu meu marido e nosso amigo do sitiocontos uso fio dental e shortinho e o consolo de minha irma conttosConto papai mg fudeu de jeitoconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorcontos eróticos cantada na rua não resisti e traícriola no cuinho nao e nao guentocontos de coroa com novinhorelato erótico real- a visitaContos eroticos, Provoqui meu filhocontos gay menininho oferecidoesposa devoradora de garotinhoscontos eróticos ensaiobuceta pakerou chupou pediu paucontoseróticos minha priminha de cinco anospau buceta dormia contoschiquinha arrombada contos pornContos eroticos minha mulher e o policialrelato homem chorou com a tora no rabocontos de encesto marianaconto vagabundos arebentarao meu cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacarla dando a buceta ora o seu filho de 18minha tesudinhacontos eroticos de apostei com a minha irma e acabou em tranzaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de irmas dormindoIncesto com meu irmao casado eu confessomeu filho xerou meu cucontos eroticos eu gravida com vontade.di fuferporno doido mamadas terminando na bocscontos de maridos que de tanto insistir viraram cornos e viados no mesmo diaconto erotico desconfiei de minha esposacontos esposa do clienteilustracao de como é um penis de um cao dentro da cadela np cruzamentoxvideo zoofilia muleke pintudo arregaca cadelinhacontos eroticos com dialogo molestada pelo patraorelatos comi a crente na marratoco siririca na madruga contos de casadaslevantando minha saia contoamarrei a gravida e mamei a força contosporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu elaContos eroticos cheirando calcinhas de vendedores no banheiroPeguei minha tia veridicoconto erótico ray infânciatravesti imgole pora de cavaloContos eróticos menino menor sendo abusado gozada dentro