Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O GORDO RICO.

Click to this video!

Depois de ser brutalmente estuprada, eu peguei ádio dos homens. Então resolvi ficar rica e tirar tudo o que eles tinham. E o primeiro foi o Gustavinho, um garoto rico que eu conheci no chat.rnrnDepois de muitas conversas marcamos de sair uma noite. Naquela primeira noite eu vi que ele tinha um BMW X5, azul escuro, completo. Se não fosse dele, pelo menos era do pai dele. Depois de um papo em que ele sá prestava atenção no meu decote (sou ruivinha, pequena, seios fartos, cintura fina e coxas grossas, com delicados pezinhos), Gustavinho me deu a deixa: era do pai dele a fortuna toda.rnrnComeçamos a "namorar" e em apenas dois dias eu já estava sendo apresentada ao pai dele, um gordo enorme que me devorava com o olhar. Sorri dentro de mim e comecei e fazer meu show, indo na casa do Gustavinho sempre de sandalinha, saia curta ou shortinho, camisetinha ou blusa decotada. O pai dele babava por mim, às vezes perdia a fala.rnrnFoi então que um dia o gordão pediu para o Gustavinho ir até a empresa dos dois ver um documento, e eu disse que esperaria por ele. Até aquele momento eu deixava o Gustavinho louco com lambidas na orelha, passada de mão no pauzinho dele, mas nada de sexo. Sá queria tirar tudo do pai dele, não dele. Assim que o Gustavinho saiu, o gordão veio com um papinho de "que eu era muito linda" e que o "filho dele era sortudo". Sorri maliciosamente pra ele, prometendo tudo o que ele quisesse. rn- Pena que o Gustavinho é magro demais.rn- Como assim?rn- Eu vou cntar algo, seu Marcelo, mas por favor não conte pra ninguém.rn- Tudo bem, menina. O que é?rn- Eu tenho tara por homens gordos.rnO charuto dele caiu da boca. Quando eu mordi o lábio inferior, ele me agarrou com suas mãos gordas pela cintura e me tascou um longo e federorento beijo, que eu correspondi. Empurrei ele contra uma poltrona e abaixei suas calças, de onde pulou seu caralho. Era pequeno, grosso e fedia a mijo. Aquilo me deu um tesão muito grande, fiquei maluquinha. Cuspi no pau dele e comecei a chupá-lo como nunca antes na vida. Ele sá gemia 'ooohhhh.... ohhhhh... gostosinha... ooohhh... que boquinha quente... ooooohhh' e eu engolindo o pau, chupando o saco, punhetando, arranhando a imensa barriga dele. Depois, parei o boquete para subir em cima dele. Nesse dia eu estava de saia, de modo que sá afastei a calcinha preta fio dental de lado e sentei naquele caralhinho grosso. A barriga incomodava, a cabeça nem sequer encostava na minha bucetinha lisinha, mas eu roçava ela mesmo assim e gemia como se ele estivesse me arrombando. Passava os bracinhos em torno do pescoço dele e chupava sua orelha, seu pescoço enorme, sua boca. Ele disse que ia gozar e eu deixei gozar, me esporrou toda.rn- Gostou?rn- Adorei, menina. Você é bem safadinha.rn- A gente pode sair pra ir num motel, se você quiser.rn- Ótimo.rnNos dias e semanas seguintes, saí com ele várias vezes. Num dia, mal chegando ao motel, me esfreguei de costas pra ele e pedi pra ele me foder gostoso, com força. Ele me derrubou na cama e montou em cima de mim. Eu abri bem as pernas na posição de franquinho assado e senti todo aquele peso enorme me esmagar contra a cama. Ele suava enquanto me comia, sempre urrando 'ohhhh.... ohhhh... ohhhhh....', lambia meu rosto e não parava de socar na minha bucetinha. Sentia a barriga flácida dele contra mim, me envolvendo, e eu gemia como se estivesse gostando. Arranhava suas costas, enfiava a língua na orelha dele, ele suava em cima de mim, sempre socando a sua pica na minha bucetinha. Depois ele me pegou de quatro, tentando comer meu cuzinho. Eu dei pra ele, sem dúvidas, sentindo como ele suava nas minhas costas enquanto metia com força e segurava meus seios fartos com uma mão e puxava o cabelo com a outra. No fim, ele gozou na minha bundona redonda e branquinha, enquanto eu nada de gozar (também, como conseguiria? rsrsr).rnrnNo fim de três meses trepando direto com aquele gordo enorme, ele jã tinha me dado apartamento, casa na praia, carro do ano e, quando ele morreu de infarto - acho que estava trepando demais - fiquei ainda com um seguro de vida milionário. Com ele, paguei uma orgia com cinco caras muito gostosos, todos negros, mas esse é outro conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos mulher bundudacontos de coroa com novinhoincentivanda pelo marido contos pornocontos eroticos sadomasoquismo com putascontos eroticos gay o pastorUm professor gay fode sim com um aluno com o pau doro na bocacontos esfregando o pau na bundaesposinha chorosa: contosBucetas aregaladas e raspadibhaconto banho com tia olhandoboquete mulher de 48 anos contominha sogra viúva linda e gostosa ela mora sozinha eu fui na sua casa minha sogra ela conversando comigo no sofa ela me disse que minha esposa disse pra ela que eu adoro fuder o cu dela eu disse pra minha sogra eu adoro fuder o cu da minha esposa minha sogra disse pra mim meu genro eu nunca eu dei meu cu virgem pro meu finado marido minha sogra ela me perguntou pra mim meu genro você que fuder minha buceta e meu cu virgem eu disse pra ela eu quero minha sogra fuder sua buceta e seu cu virgem minha sogra ela me levou pro seu quarto conto eróticocontos gays com gémeoscontos novinhascontoseroticos caga no meupaucome minha vovo de poi micome negaoContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadoyravesti gorda xvidioconto eróticos a patinha da minha sogracontos com sobrinha dormindo lingerieminha sogra viúva linda e gostosa ela mora sozinha eu fui na sua casa minha sogra ela conversando comigo no sofa ela me disse que minha esposa disse pra ela que eu adoro fuder o cu dela eu disse pra minha sogra eu adoro fuder o cu da minha esposa minha sogra disse pra mim meu genro eu nunca eu dei meu cu virgem pro meu finado marido minha sogra ela me perguntou pra mim meu genro você que fuder minha buceta e meu cu virgem eu disse pra ela eu quero minha sogra fuder sua buceta e seu cu virgem minha sogra ela me levou pro seu quarto conto eróticocontos eróticos de sequestroConto erotico numa festa de anos todos a foderem a que fez anos conto erótico chantagem na mataporno abuzado mulhe olho tapadoContos erotico exibi meus seios enormes pro entregadorcontos eróticos sexo com a netinha de vestidinho curtinhocontos eroticos escondidocontos gay trans teencontos eróticos férias com porracontos: sentei no colo do velhocoxas grossas e b***** bem rosadinhacontos cavalonas crentescontos eroticos velhos e novinhas santinhasContos eroticoseus.filhosnuas tomando banho de manteiga gostosovídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandocontos comi o cu da mamãecomo eu ia na fazenda novinhaO que e aclauzaconto erotico familia praia nudismo sobrinha dormindo chãonunca falei eu falei contos eróticoscontos eroticos mamem fudendo com filho na fazendanão anãozinho chupa meu pauhomem conto heterocomendo a boca da prima contocomi a mae do meu amigo contoConto marido deixou traficante comer cu da mulhercomo perdi o meu analcontos negao na praia de nudismoarromba esse cu contosme casei com um cornoVem amor segure a rola dele para eu sentar em cima, vem meu corninhoContos gay banheirome fode jb. contosconto jovens de pau duro no calcao de futebol jogando video game contos eróticos comi o cuzinho da larinha conto erotico princesa aronbada na favelacontos eroticos eu e minha amigagorda fomos arrombada com fotoscontos heroticos comendo a vendedora de trufasconto porno eu comi minha cunhada coroa de 69 anosconto erotic meu treinado taradochama Laura para ir comigo lá no a f*** com gaycomendo o cu ajuda do sonifero contoscomtos xxx imcesto mae crente maniacavelhos peludos gay contoscontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadoscachoro da familia gozando detro da buseta da mulhemulher do gelou grande fudedoContos eróticos dotadosconto erotico meu pai me fudeucontos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaofilmou o semen saindo da xoxotaContos de ninfetas dando o rabo no trabalhoa bumda que sempre sonhei comemeu cachorro meu machocontos eróticos de bebados e drogados gayscontoesposanuaContos eroyicos fui castigada e mamae chupo minha bucetacontos eroticos armadilha sexualconto erótico maltrato minha mãeconto erotico cuzinho virgemcontos/ morena com rabo fogosocontos recentes incestuosas encoxada segredos flagradosconto erotico bi com atendente de hotelcontos eroticos o consertador de maquina de lavar comeu minha mulherdepilano a buceta dela io cara comi ela