Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADA POPOZUDA CURRADA POR DOIS GAROTOS.

Click to this video!

Este é um relato verdadeiro portanto para meu resguardo não revelarei muitos detalhes a meu respeito.

Meu nome é Claudia (Nome Fictício), tenho em torno de 30 anos, casada, 1,70 de altura, 65 kg, pele branca, peitos médios, cabelos compridos e olhos castanhos. Não sou nenhuma modelo mas chamo a atenção por um importante detalhe: minha bunda, tenho 105 de quadril estilo Carla Perez, ou seja, uma autentica popozuda.

Sou casada à alguns anos, e em termos de sexo, eu e meu marido somos bem liberais, mas sempre fui mais pervertida que ele. Sempre tive várias fantasias sexuais mas minha maior tara são os garotos, coisa que meu marido não sabe. Acho que todo homem em sua infância desejou possuir uma mulher mais velha, seja a professora da escola, uma tia, uma vizinha, uma amiga da mãe, entre outras. E a minha tara não é porque simplesmente gosto de garotinhos, é a sensação de poder realizar a fantasia deles. Ver a reação deles quando passo com minha bunda bem empinada me deixa excitada. Houve uma ocasião (que fica para outro conto) em que um garoto tremia e suava frio sá de passar a mão na minha bunda. Adoro provocar este tipo de reação....



Meu marido trabalha em uma grande empresa, e em função de sua profissão passa muito tempo viajando pelo Brasil afora. Este fato, entre outros, me levaram a ter algumas aventuras sexuais dentre as quais vou relatar a mais picante delas.



Há alguns anos atrás, durante as férias de verão, alugamos uma casa na praia no litoral norte de SP. Pretendíamos ficar por lá cerca de duas semanas. Mas como meu marido tirou férias no meio de um projeto importante, havia a possibilidade dele ter de antecipar sua volta, o que de fato ocorreu. Depois de uma semana ele teve que voltar para SP e como já tínhamos pago o aluguel da casa decidi que iria ficar até o último dia e aproveitar a praia mesmo sem ele. Decidido isso um carro da empresa foi buscá-lo e eu ficaria com o nosso carro e depois retornaria sozinha para SP.



Na manhã seguinte à ida do meu marido para SP, fui normalmente para a praia, e como sempre fui carregada de sacola, guarda-sol e cadeira. Na rua práxima à praia sempre haviam 2 garotos tomando conta dos carros estacionados e sempre que eu passava por eles notava que seus olhinhos me perseguiam, ou melhor, perseguiam a minha bunda. Aquilo me deixava louquinha de tesão.



Depois de algumas horas de sol, resolvi voltar e lá vai eu colocando a canga, recolhendo e carregando tudo novamente de volta para casa. Parece que na volta tudo fica mais pesado. Passei pelos garotos e tive a idéia de perguntar para eles se não poderiam me ajuda a levar as coisas em troca de uma gorjeta. Eles toparam. No caminho de volta, viemos os três conversando e notei que eles olhavam para minha bunda a toda hora, mas discretamente. Aquilo me deu um tesão incontrolável. Comecei a perguntar onde moravam, o que faziam, e a idade deles. Um tinha 19 e outro 19 anos e moravam perto do mangue que era bem práximo dali. O mais velho tinha por volta de 1,50m e o mais novo era um pouco menor. Como tenho 1,70m eu era um mulherão perto deles.



Chegamos em casa e como não costumava carregar dinheiro para a praia pedi para que eles me esperassem na garagem para que eu fosse pegar a gorjeta e uma bebida para matar a sede. Entreguei-lhes a gorjeta além de bebidas e alguns salgadinhos. Ficamos os três sentados na garagem da casa bebendo, comendo e jogando conversa fora. A um certo momento da conversa falei que precisava fazer um regime pois eu achava que a minha bunda estava muito grande. Os dois fizeram um silencio mortal, quase se podia ouvir seus corações batendo mais forte. Resolvi então dar uma provocada nos garotos e mostrei minha bunda para que os dois avaliassem se realmente eu estava certa. Tirei a canga e como estava com um biquini pequeno os dois ficaram boquiabertos e depois de alguns segundos falaram que minha bunda era perfeita, sem problema nenhum. Por dentro eu estava rindo da situação mas ao mesmo tempo com muito tesão. Comecei a bolar um plano para deixar os garotos doidinhos e ver o que rola. Pensei comigo mesma, estes são os últimos dias aqui na praia, sozinha, dificilmente os verei de novo, por que não aproveitar a chance de realizar uma fantasia?



Como a casa que alugamos tinha uma piscina convidei-os a dar um pulinho na água para nos refrescar. Eles aceitaram na hora e então fomos para a parte de trás da casa, que por sorte minha não ficava a vista de ninguém e era cercada de árvores e um muro bem alto. Fui na frente e sem olhar para eles percebi que estavam sá mirando a minha bunda. Aquilo me deixava extremamente excitada. Pulamos os três na piscina e como se fôssemos crianças começamos a jogar água um no outro. Entretanto de inocentes eles não tinham nada pois se antes eles me olhavam com timidez, na piscina me encaravam como urubus sobre carniça.



Perguntei se eles sabiam mergulhar e para provar teriam que passar por debaixo das minhas pernas. Fiquei de pé na água e abri as pernas para os dois passarem por debaixo. Começaram a mergulhar por debaixo de mim, no princípio sem quase encostar, mas com o tempo foram esbarrando "sem querer" nas minhas pernas e depois de alguns mergulhos um deles chegou a passar a mão na minha bunda. Meu plano começava a dar certo. Saí da piscina e fui buscar uma bola que havia dentro da casa. Pulei de volta para a piscina e abraçada com a bola falei para eles tentarem tirar a bola de mim. Comecei a fugir deles mas vieram como loucos atrás de mim, na verdade não vieram atrás da bola, mas da oportunidade de me agarrar, mas essa era a idéia. Tentavam me agarrar puxando minhas pernas, mas eu sempre escapava, até que os dois me encurralaram no canto da piscina e vieram tentar agarrar a bola. Para protegê-la virei de costas para eles. Era tudo o que eles queriam. Os dois ficaram por trás de mim "tentando" pegar a bola mas na verdade pegavam somente no meu corpo. O garoto mais velho, que por sinal era o mais ousado, até deu um chega pra lá no menor para poder ficar bem atracado na minha bunda, momento em que até dei uma empinada discreta para provocá-lo. Depois de ficar um tempo roçando na minha bunda, o garoto começou a passar a mão discaradamente. Primeiro comecou a alizar a minha bunda com uma das mãos e depois logo com as duas, pegava forte mesmo. O menor também querendo aproveitar tentava passar a mão onde conseguia. Olhei para os dois e estavam com os olhos arregalados, língua de fora, parecendo dois cachorrinhos no cio. Foi quando o maior afastou meu biquini pro lado e quis enfiar o dedo na minha buceta. Como era bem maior que eles, me desviei dos dois e fui para o outro canto da piscina. Quase como um foguete voaram para cima de mim mas desta vez esperei-os de frente. Como sempre o maior deu um chega para lá no outro, agarrou minha cintura e tentou com as mãos segurar a minha bunda. Podia sentir o volume do seu caralhinho duro contra minha buceta, foi quando ele falou: "Tia, a gente quer te comer!" Era tudo o que eu queria ouvir. Então respondi: "Então tá, a tia vai dar para vcs mas vcs vão ter que fazer tudo o que eu mandar, ok?" Concordaram com um sorriso de orelha a orelha e fomos então para a parte rasa da piscina. Perguntei se eles eram virgens e o maior respondeu que já tinha comido uma amiguinha do colégio porém o menor respondeu que ainda era. Sentados na parte rasa da piscina peguei na mãozinha do menor e falei: "A tia vai tirar sua virgindade, tá? Mas antes quero que vc venha mamar nos peitos da tia". Tirei a parte de cima do biquini e puxei a cabeça do garoto para perto dela. Ele começou a mamar como um bezerro. Com um sinal com a cabeça indiquei para o outro garoto mamar o outro peito. Estavam os dois mamando nos meus peitos, uma delícia...Mais esperto, o maior enquanto mamava ficou passando a mão na minha buceta. Depois de lamberem todos os meus peitos, ordenei que os dois tirassem os calções. Levantaram e tiraram tudo expondo aqueles maravilhosos caralhinhos endurecidos. Falei para ficarem um do lado do outro e de joelhos comecei a chupar bem devagar o pau de um e depois de outro. Gemiam como loucos. Como eram pequenos conseguia engolir quase o pau inteiro principalmente do menorzinho, que virava os olhinhos de tesão. Perguntei: "A tia tá chupando gostoso?", e ele sem palavras sá mexeu a cabeça dizendo que sim. Depois de um tempo, me levantei e pedi para o maior tirar a parte de baixo do meu biquini. Ele foi por detrás de mim e comecou a abaixar meu biquini até tirá-lo sob meus pés, aí então de joelhos segurou minha cintura e puxando minha bunda contra sua cara, começou a lamber meu cú. Olhei para ele e vi que sua carinha quase sumia dentro do meu bundão. Adoro uma bela lambida no cú e aquilo estava indescritível. Então peguei a cabeça do menorzinho e direcionei para a minha buceta e ordenei que ele a lambesse também, o qual obedeceu rapidamente. Depois de uma lambança deliciosa o maior levantou e falou: "Tia, deixa eu comer seu cú? Nunca comi um cú, e eu morro de vontade, todo mundo fala que é da hora. Deixa tia?", e então respondi: "Deixo com uma condição, vc vai ter que lamber meu cú até eu dizer chega". Foi então que ordenei para o menor se sentar na beira da piscina e de quatro ordenei para que o outro continuasse a lamber meu cú (de novo, adoro isso!!!). Voltei a chupar o pauzinho do garoto virgem que gemia como um louco, enquanto o outro lambia meu cú como se fosse um sorvete. Aquilo estava me deixando louca...Pedi para ele começar a enfiar a língua dentro do meu rabo e ele obediente começou a enfiar sem dá. Aí que delícia...Voltei a chupar o menor e de repente ele gozou e daquele pauzinho saiu um jato de porra que molhou todo o meu rosto, enquanto ele virava os olhos de tanto prazer. Depois de virar meu cú do avesso com sua língua falei que era a vez dele de ser chupado. Ele imediatamente foi sentar na beira da piscina e ainda de quatro comecei a chupar seu cacetinho. Não deu 2 minutos e ele também estava gozando. Os dois estavam estatelados na beira da piscina, mas eu ainda não tinha nem começado. Depois de alguns minutos subi na beirada da piscina e por sobre a cabeça do menor que estava deitado me aguaichei e de cácoras ordenei que também lambesse meu cú. Na hora seu pau endureceu novamente bem como o do outro garoto. Aquela linguinha foi me deixando tão louca que não aguentei, virei e sentei no seu cacete. Lá se foi sua virgindade e com uma mulher com quase o dobro do seu tamanho. O outro garoto veio e de pé pediu para que eu o chupasse novamente. Quase engoli seu pau inteiro. Ficamos assim por quase 19 minutos, depois revezamos, o maior deitado comendo minha buceta e o menor de pé levando uma chupada. Depois de algum tempo levantei, peguei nas mãos dos dois e os levei até a cadeira de descanso perto da piscina. Deitei a encosto da cadeira e fiquei de bruços com meu bundão bem arrebitado para cima. Pedi para o maior lamber novamente e deixar meu rabo bem lubrificado que o fez com umas lambidas e algumas cuspidas. Na seguência falei: "Vem cá meu tesãozinho, agora a tia vai deixar vc comer meu rabão, sobe aqui em cima de mim, sobe". Sem exitar subiu e deitado sobre mim enfiou seu cacetinho para dentro do meu rabo. Nás dois gememos no mesmo instante. Para aumentar o prazer, com as mãos, abri bem a bunda para deixar o meu cú bem exposto e sentir seu pau entrar mais. Gemíamos feito loucos e aquele cacetinho ia e vinha num movimento delicioso, pois apesar de pequeno era ágil o que me deixava louca. Pedi para revezar com o menor e ficamos nessa troca-troca por um bom tempo (vcs não sabem como é um sexo anal é delicioso). Depois de um bom tempo dando meu bundão para os dois garotos, pedi para que o maior se deitasse no chão e em seguida sentei no seu caralhinho e comecei a cavalgar. Na sequência pedi para o menor ficar de joelhos e meter no meu cú. Depois de alguns minutos nessa dupla penetração gozei como nunca, segurando o grito para não chamar a atenção dos vizinhos, e logo apás os dois garotos gozaram dentro de mim também. Foi a melhor coisa do mundo!!!

Terminada a pequena orgia, fiz um almoço para meus novos amiguinhos e falei que se eles não contassem para ninguém sobre o ocorrido eles poderiam voltar e brincar comigo novamente até o final da semana.

Nos dias seguintes até meu retorno para São Paulo nos encontramos mais algumas vezes e no meu último dia na praia fizemos uma loucura ainda maior, mas que contarei no práximo capítulo!!!



Se gostou do meu relato e passou por situação semelhante me escreva. Meu e-mail é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu genro comedor de cumeu filho me comeucontos eróticos menino pintinhocontos eroticos "sou casada" "me respeite"minha esposa vestida à vontade em casacontos eróticos coroas na casa de repousoconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasconto erotico ajudando minha tia no encanamentopadrinho cuida muito de mim-pornodoidover uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedosvou começar com Vanessa bucetasexo contos eu e meu filho adotivo fizemos sexocontos eróticos dopando meu sobrinho gay dormindoContos sogra medindo o tamanho do paucontos eróticos longos viagemconto gay daniel e murilo me.comeramBrincadeira na piscina com meu irmao poran vedeoscontos erticos/meus doi primos revesaran em mindescabacei a namoradinha de 13 aninhoscontos eroticos homem chupando pau pau sujo e bebendo mijocontos eroticos cornos que nao desconfiaisso viadinho engole essa rola vou estrupar sua gargantacontos eróticos meu namorado deu o curso para não comerem minha bucetatcontos eroticos de mulheres casadas que ja levou mijada na caraConto porno de estuprada por pai da mim amigacontos eroticos de sogras na faixa 47 anosContos filho deixa mae so de calcinhachantageada e humilhada pela empregada negracontos eróticos eu e minha mãe nos amamos feito loucosconto como foi que eu chupei a bucetinha de uma loirinha de cinco aninhoscontos eróticos engravidei de um garotoconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida delecontos de mulheres que colocaram silicone no seioconto como tornar cornoContos erotico visinha na,area de lazedcontos esposa deu pro sobrinhoconto damdo p o comedormim mastrudo dia sou mulhe contoscontos com sobrinha dormindo lingeriesainha olhava lesbicas contosquentes carentes cariocasporno mulheris con a perna meia canbotacontos minha tia viuva sua amiguinhaFudeer minha avocontos eróticosprimosCont erot a galinhafui currada na frente do meu maridocomi minha sogra e cunhada velha gorda feia contos eróticoscomtos eroticos...mulher trai porcausa di sexoContos eroticos eu meu tio e minha mulherlindasapertadasenfiado a buceta na grafi de cama xvidiowww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliacontos de coroa com novinhovideos de mulheres mamandoleitee no peito da outracontos erotico maes rabudas c a familia n festa.conto erotico defia um diero comi ela pornocontos eroticos de comi a bunda da mae da minha amigaContos amigos fodem maes de amigos por traicaocontos zoo com cadelascontos eroticos ela não queriaContos de casadas inrrustidascontos de amassos com colegasporno contos eróticos eu ea minha esposacontos erotico mulher experimentando um travestiEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticoContos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casacontos gay na marracontos veridico acho que o garoto comeu minha mulher a patriciaqueria comer meu anelzinhocontos felipe comeu minha mulhrerquero assistir você para minha mulher rapadinha pau entrando