Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU LOURA GOSTOSA NA AFRICA 4

Click to Download this video!

EU LOURA GOSTOSANA AFRICA 4 rnrnBom, como eu contei antes, eu estava oliando os caras jogando futebal: detesto futebol, mas gosto de ver os jogadores suados e correndo atraz daquela bola. Fiquei alì mais ou menos 19 minutos quando um cara me perguntou se eu nao quercia ir ver o jogo sentada. Aceitei e me sentei em um bar onde sa tinha homens. Uma maravilha! O jogo estava demorando muito e eu disse quei ria para casa. O cara me perguntou se eu nao quercia beber uma uotra cerveja e depois ele me levaria para casa. Eu disse que sim e continuamos a beber a cerveja. Na berdade ele era o dono do bar e o filho dele trabalhava là tambem. Antes de acabar a cerveja ele jà percebeu que eu estava querendo cacete atè porque eu nao escondo o meu eterno desiderio de ser fodida. Ele me pegou pela mao e me levou para ver o ?deposito? de bebidas. Chetando là eu mesmo fechei a porta e abraçei ele. O cara jà estava de cacete duro. Nãs nos beijamos e ele logo logo passou a mao na minha bunda e rasgou a minha calçinha. Comprei muitas calçinhas na Africa! ME ajoelehi e chupei o pau del eque nao era muito comprido mas era muito largo e bem gordo mesmo, mas era super duro. Eu nao conseguia fechar a minha mao quando eu segurava o pau dele. Depois ele me colocou coma s maos emcima das caizas de cerveja, mandou, puxou meus cablos e com o mesmo braço ele empurrou a minha coluna para baixo. Fiquei com as costas doendo e a bunda bem empinada. Abrir as pernas e ele começou a pincelar a minha bucetinha molhadinha e rosa com o cacete dele. Senti que ele parou bem na entrada da minha rachadura e devagarinho foi deslizando aquila raiz preta dentro. Eu sentia a minha xota abrir e senti uma dorzinha gostosa. Ele entrava devagar, mas nao parava. Eu começei a suspirar de dor e de tesao. Quando ele chegou atè o fim colocou os dois braços por debaixo dos meus e me segurou pelos ombros e ai empurrou mais ainda atè que nao tinha mais nada para entrar. Começou a foder gostoso e devagarzinho e a passar a mao nos meus seios bem branquinhos. Aquelas maos super negras no meu corpo me deixou com um tesao tao forte que eu pedi a ele para foder mais forte. Ele me respondeu que era ele que comandava e que ele fazia o que ele quercia. Fiquei mais louca ainda. Homem tem que ser assim. Eu estou alì para isso e quero ser usada mesmo. Quando ele me alargou bem, ele começou a foder mais rapido e forte. As caixas de cerveja começaram a se mover pois eu nao consegui ficar em pè direito e me apoiava nelas. Ele me segurou pelos quadris e mandou ferro na filandesa. Porra que pica gostosa. Que macho. Que animal do sexo. Eu ali aberta para ele e ele me usava come quercia. SegurandoPelos meus cabelos ele me madou outra vez abaixar a coluna e eu obedeci logo. A minha bucata ficou mais esposta e mais aberta para ele sem nenhuma defesa. O cara ai ficou bem aggressivo do jeito que eu gosto e fudeu com toda força. Eu jà tinha gozado no pau dele e estava para gozar outra vez. Ele percebeu e me disse ?goza nesse caceter preto sua puta branca. Eu vou te enche de porra africana.? Me disse isso bem no meu ruvido colocando a lingua dentro e eu nao guentei. Dei uma gozada tao forte que a minha bucata doeu! Ele percebeu que eu estava gozando porque quando eu gozo eu tremo toda e ai ele gozou tambem. Me enche a bucata de porra cremosa. Tirou o pau da minha xaninha e mandou eu limpar ele. Me ajoelhei na frente dele e começei a chupar. Comecei a recolher com a mao o gozo dele que saia da minha bucata e colocava no pau dele para eu lamber. O contraste do pau preto com o gozo branzo è lindo. Um cheiro de macho da zorra! Lambi todinho, lambi minhas tambem. Atè quando ficou mole eu ainda estava lambendo. Depois coloquei o pau dele na cueca, ele deu um sorriso e eu me vesti sem calçinha. Ficamos conversando um pouco no ?deposito? e eu perguntei se o carina trabalahndo là era o filho dele pois paremia come le. Ele disse que era e me perguntou se eu queria transar con ele tambem. Eu eu certamente nao posso dizer que nao. Puta nunca diz nao! Ele me disse para esperar. Eu entri num banheiro super sujo, me lavei e esperei o carina que era alto 190cm. Jà me imaginava a ppica dele esperei que fosse gorda como a do pai e comprima como ele.rnO carina era muito jovem e nunca tinha feito sexo. Quando ele entrou me disse muito educatamente: ?Meu pai disse que a senhora quer falar comigo.? Eu disse a ele que hostaria que ele me fizesse um favor. Ele estava de short. Cheguei perto dele e me abaixei. Tirei o short dele e o pau estava mole. Meti o pau dele na minha coba e em 2 segundos o cacete do carina jà estava durissimo e nao cabia nem a cabeça do pau dele na minha boca. Um sonho! Ele nao disse nada. Eu fiquei lambendo ele e tentando meter aquila cabeça na minha boca em menos de 1 minuto o carina deu uma gozada cremosa cor perola na minha cara e eu tomeu um banho de porra. Deu atè uma gozada bem na minha garganta. Lambi tudinho, deixei tudo limpinho. E perguntei a ele se ele gozava sempre assim tao rapido. Ele disse que nao mas era a primiera vez que ele fazia sexo. Ai eu disse a ele que hostaria que ele fizesse uma segunda e uma terçeira vez. Ele concordou. Depois de 5 minutos o carina jà estava pronto. Eu eu tambem. Eu nasci pronta e vou morrer pronta! Eu me deitei no chao e disse a ele faça o que voce quizer. Ele abriu minhas pernas com agressividade e enfiou tudo dentro. Deu um gritinho e ele me disse que era isso que ele queria. Ele queria violentar uma mulher branca. Eu disse a ele para bomber com toda força. O cara me comeu como um animal selvagem. Eu gozei e ele tambem encheu a minha bucata. Continuou a metter na minha bucata mesmo depois que jà tinha gozado atè quando o pau ficou mucho e saiu de dentro como o pau do cavalo sai da cavalla. Eu estava contente e ele tambem. Fui me lavar e ele tambem. Depois bebi mais uma cervejinha e depois de meia hora ele entrou outra vez no « deposito ». Eu segui ele e quando ele me viu me disse logo. Vou comer seu cù abra a bunda. Eu passeu um lubrificante poi o cacete dele era enorme e ele sem pensar duas vezes foi enfiando. Doia como a porra mas ele era mais forte e meteu tudo. O cara pareceia estar com o diabo no corpo. Eu estava com certeza! Ele me comia em todas as posiçoes e me dizia que eu era gostosa e que queria o meu telefone. Quando ele me colocou no chao coma s pernas nos ombros dele eu pude ver aque corpo meio muscoloso mas naturalmente malhado fiquei louca. Abri minhas pernas 180 graus e ele meteu o cacete. Me senti como uma egua dando o cù para um elefante. Ele gozou no meu cù e como sempre continuou metendo atè eu gozar. Nos lavamos e eu prometi a ele que ligaria para ele. E ele me prometeu que me faria conhecer uns amigis. Sai de la toda arrebentada e cheia de dor, ams muuuito [email protected] rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contus estupro gostosa lindaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de mulheres da rua dormindofotos de grandes pirozoesFlanelinha de shortinho partindo a bucetaContos eroticos da adolescenciacontos eroticos bem.pesadoa e com.padrastocaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhopai quero atencao contos eroticosamigos sexo troca troca contosMinha mulher saiu com amigas e voltou bebada para casa contosmiudinha conto eroticoconto erotico cuzinho virgemHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticoscontoseroticos minha madrasta trai meu pai comigocontos eroticos me levou.ao medicotextos contos safadinhas meninas viadinhos estmamae levou meus amigos pra acampar contos eroticoscontos erotico na praia de nudismo com meu sobrinhoconto inversao depilou meu cuCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contoscontoesposanuaconto.erotico marido da minha amiga sexoconto flagrei meu marido dando para um garoto de programaprono irmão comeno a irman branquinho cabelo pretomeu lobo gostosoContos inserto com as subriascontos eroticos de enteadasconto erotico irmã de 16 e a vizinha de 15 tranza com o irmão de17 e goza na buceta das duasContos eróticos geladoconto enterrando a ate o talo no cu da mamaeContos de voroa estrupada por tres negoes e gostando  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  minhas sobrinhas conto eroticocontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donomassagem no jogador conto bissexuaiscaralho anaconda destruindo cucontos eróticos crimenovinha deixou lamber sua xana contos heroticoscontos eroticos de marido corno bebedor de porracontos de incesto - brincando de encoxar minha irmã novinha lindaconto erotico incesto sonifero filhacontos eróticos de meninas e meninoscontos erotico com patra sendo fodida pelo avo do cazeroconto erotico video game irmaos gaycontos femininos foi dificil dar o cuzinhocontos eróticos sou homem mas dei muito o cu gosto muitoconto erotico me mentiu e me comeucontos erotico maes rabudas c a familia n festa.contos minha mae comeuesposinha submissa apanhando na bundaesposas traindo dando o cu,contos de 1988contos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelsou crente casada mais sou putacontos eroticos vizinha novinha ecuriosaconto eróticos esposa fas marido virar mulher dela e do outros machosconto prima virgem da buceta ensopada dormindo na minha camavendi a buceta/contoConto erotico de sobrinho com tia aliceesposa bebada e seria sendo chatageada no churrasco contoalgemou traindo contos eroticosContos eróticos de gay comi a bunda do meu tiofotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.fui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos cornos fio tera pintinho viadocontos eroticos trai meu marido com um molequepegado carona um casal com camionero contos eroticoContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadosconto de sexo na fazenda com meu avovidios porno de homem pegando irmazinhar mulher si mastubando e conceguindo comer a buceta delacontos eróticos calcinha molhada de xixi na hora do sexoatolando nas cachora no cioamiga da buceta e bunda grandes contos eroticosContos-esporrei na comida da cegaIncesto com meu irmao casado eu confessocontos eroticos de incesto de pai pasto e filhafilmei uma traicao e chantagiei contoscontos eroticos eu creci chupando pau grandecontos de xoxutuda dandocontos eróticos gay cuidando do cachorrão do vizinhopedreirocontoseroticocontos de travestis comendo os patroes