Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PAPAI TIROU MINHA VIRGINDADE

Click to Download this video!

meu nome é Dani e tenho 19 anos,moro com a minha mae e meu pai,tenho 1.69 alt 57 kg sou branquinha e cabelos longos,perfeitamente normal,somos de uma familia evangelica,tirando meu pai que é um alcoolatra nato,minha historia começou quando tinha 19 anos,começei a observar que quando papai chegava da rua bebado,ele puxava a mamae pro quarto e passava o maior tempão la,certo dia não contive a minha curiosidade e fui observar pela brecha da porta,qual nõ foi a minha supresa ao ver minha mae ajoelhada com a rola do meu pai que estava em pe na boca,papai estava com as maõs nos cabelos dela forcado a boca dela,confesso que aquilo me pertubou,ele dizia "chupa cachorra,coloca a minha rola toda na boca"aquilo me fascinava ver meu pai gemendo e gozando na boca da mamae me deixou curiosa,a partir dai todos os dias apos sua chegada em casa ficava aguardando a entrada no quarto pra me espiar,ia chegando a data de um feriado e minha mae resolveu ir pra casa de vovo,nem eu nem o papai quis ir,na noite anterior a sua partida tinha visto pela primeira vez papai chupar a xaninha da mamae e foi tambem a primeira vez que me masturbei em pe na porta pensando que papai estava me chupado,gozei ate ficar com as pernas tremulas,mamae foi pra casa da vovo e papai aproveitou e ficou na rua ate tarde,quando ele chegou ja estava deitada,fiquei ouvindo os passos cabaleante dele pela casa ate que parou na porta do meu quarto,abriu a porta vagarosamente e entrou,de olhos fechados e com o coração acelerado senti quando ele levantou o lencol e a minha camisolinha,ficou passando o dedo na minha calcinha e vi um facho de luz,vindo de uma lanterna,ele ficava falando baixinho,"ta ficando gostosa" e esfregando o dedo na minha xaninha,primeiro por cima da calcinha,depois por baixo,aquilo tava me enlouquecendo escuteu um barulho ritmado e depois um gemido rouco,ele tinha gozado,papai saiu do meu quarto(super bebado)e não consegui me controlar e me masturbei 2 vezes antes de dormir,no dia seguinte foi a mesma coisa ele saiu a tarde e a noite fui para cama e ele ainda não tinha voltado,coloquei a camisolinha e tirei a calcinha,louca pra sentir o dedo de papai de novo,cochilei e despertei com ele ja no quarto abrindo minhas pernas,quando ele colocou a lanterna e me viu sem calcinha ele pirou,falava sem parar "que buceta gostosa,adoro buceta de menina,não tem pelo,que filha gostosa"papai caiu de boca na minha xaninha,chupava com uma gula que a minha vontande era gritar de tesão,ele esfregava a lingua,enfiava passava o dedo nos labios vaginais,era uma tortura maravilhosa,quando ele começou a esfregar a cabeça da rola na minha xaninha pensei que fosse morrer de prazer,ele dizia coisas sem sentido ate que enfiou o dedo na minha xaninha,ardeu muito e quase gritei de dor,pois ele enfiava com força,chupava meu peito com uma força animal,sentir nas coxas o momento que ele gozou,ele saiu do quarto rapidamente,passei a noite me masturbando,pela manha estava na cozinha quando ele entrou,assim que me viu baixou a cabeça e começou a pedir desculpas dizendo que tinha bebido demais e não lembrava de muita coisa,me pediu pra não contar nada a mamae,falei que não contaria se ele repetisse tudo e dessa vez tirasse a minha virgindade com sua rola,ele me olhou com supresa e perguntou se eu tinha gostado,falei que sim que a tempos observava ele com a mamae e tava doida pra chupa-lo e perder minha virgindade com ele,ele rapidamente colocou a rola pra fora e ordenou que eu o chupasse,fiquei de joelhos e fiz como vi muitas vezes mamae fazendo,ele ficava me chamando de filhinha dizendo que eu chupava gostoso e que queria enfiar logo na minha xaninha,me colocou deitada na mesa e abriu minhas pernas,quando viu minah xaninha aberta no claro sem precisar da lanterna enfiou a lingua com força e começou a mim comer com a lingua enquanto dava cordinha no meu peito,gozei na boca do meu pai e ainda estava gozando quando senti a rola grossa de papai entrndo de uma sá vez em mim,gritei de dor e isso parecia excita-lo ainda mais,pois ele enfiava com mais força ainda a cada gemido de dor e prazer que eu dava,gozamos os dois ao mesmo tempo e ate hoje papai e meu unico homem

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico chupada do nada escondida mel sugar babarcontos eróticos de gatinhas novinhas dando para super hiper dotadoscontos eroticos sexy romantico e gostosocontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos eroticos dei com meu namorado dormindo ao ladorelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinhos vermelhoscontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbcontos eróticos de comi a chata da clasecontos erotico grande foda com a minha namoradacontos eroticos fui.abusada pelo meu sogro enqconto incesto gay peludoconto porno gay putinha de váriosBom eu quero fuder arrombar minha bucetinha o q posso por nela de objetossexo que jamais imaginei contospuxa agarra japinha cabelos pornocontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu colocontos eroticos vovo mamae e os mendigoscontos delícia de cacetaoarombei o cu da minha sogra e minha esposa chupava sua buceta contos eroticosconto erótico gay taxista manauscontos eroticos de corno depois que voltaramcomi a bocetinha da minha maninha e o conto de encoxei minha irma gostosinhaDesvirginando a sobrinha de 18 anosDona Florinda chupando a rola de Seu Madrugacontos eroticis meninas no colocontos eroticos esposa e primosou empregada contos eróticosenteado comeu minha esposaconto eróticocontos comendo mae e filhafudeno com duas gostoda e cozamo na caramulher tranzndo com ponei realFlanelinha de shortinho partindo a bucetaContoe d orgias cadelinha e seu donovídeo x infermerinha safada 4mamae fez meu padrasto me fuder contos eroticosContos eroticos submisso amarrado engravideifui olhar a rola enorme do professor e virei viado no vestiario contosCONTO FODIDA E SURRADA PELO PIRRALHOContos cai de boca na buceta da minha avoContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes de primas dormindoviciadinha em dar o cu contosvideos porno ti estrubus ti meninas novinhasconto erotico mulher do ciumento na escola aprendendo a dirigireu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos eroticos chantagiei meu paiconto cachorro tirou minha virgindadecontos eroticos menino de calcinhawww.flogdesexo.compauloelizabethxv inserto chupando a busetinha da novonha dorminoContos eróticos minha mulher no acampamentocomto erotico de esetos de novinhas vigecontos eroticos de enteadascontos erotico o dono do mercadinho de pau durocontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos comendo burra no sitiohumilhada e sem pregas contosmeu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comecontoseroticos.vip/hetero/dei-pro-amigo-do-meu-irmao/contos eróticos comendo abuceta da patroacontos eroticos separou pra levar picacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos de coroa com novinhofiz amor com minha irmaSou casada fodida contosou puta do meu tiocontos amigo so folho pintudocontos eroticas uma rapidinha e um goso gostosopapai me ensinado mamar contoscheiro de mulher conto eroticogozando da lingua do papaicontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadasconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagrouconto meu chefe me chupouquero ver menininho dançando com shortinho dando molef****** a enteada dormindo conto eróticoWww.garotinhasafada.comcaminhoneiro peludo fudendo buceta na estrada conto eroticoconto erotico cadei e virei mulher e escrava ds minha esposainiciando um cuzinho virgem contoscontos eróticos a puta mal conseguia caminhar no saltoPuta desde novinha contoscontos eroticos vestido colado e curtoContos eroticos..marido incentiva esposa ter outro comendocontos erotico meu primeiro emprego fodida e humilhada