Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUE SURPRESA AGRADÁVEL...

Click to Download this video!

Chovia e estava muito escuro, eu estava naquele ponto de ônibus a horas e nada do meu ônibus passar.

Meus amigos de colégio já haviam ido embora e eu ficara pra trás.

Já estava me desesperando pois ali, sozinha naquela noite chuvosa me sentia a mercê de bandidos.

Vi um farol alto, o carro que se aproximava vinha lentamente... Me encolhi e procurei abrigo sob o guarda-chuvas,

O carro parou e o vidro foi aberto, um homem me olhou e perguntou: - Sabe pra que lado fica o hospital mais práximo?

Eu me senti mais aliviada e lhe disse como chegar. Disse que ficava a uns vinte minutos dali, e ele em solidariedade a minha situação perguntou pra que lado eu iria e se queria uma carona.

Fiquei calada por um minuto e sem pensar muito aceitei a carona,já que morava bem práximo ao hospital que ele procurava.

Fomos conversando pelo caminho, e fiquei sabendo que seu pai estava lá, internado pois havia tido uma crise hipertensa. Fiquei penalizada com sua histária e resolvi que ele deveria ver seu pai antes de me levar em casa.



Fiquei na recepção esperando por ele,pois ele estava sendo muito gentil em me levar em casa e tambem porque o achara um gatinho...

Ele nada demorou, e vi em seus olhos um brilho de alívio, seu pai estava bem...

Voltamos para o carro e ficamos batendo um papo muito gostoso na porta da minha casa... Ele era maravilhoso!

Seus cabelos loiros e olhos claros me fascinaram... Senti que ele olhava com insistencia para meu decote,pois meus seios estavam bem empinadinhos e os biquinhos durinhos devido a chuva...

Depois de muito conversarmos disse a ele que já era hora de entrar, ele me olhou e pediu se dava para trocarmos telefone. Assim foi feito, e quando fomos dar o beijinho de boa noite ele segurou minha nuca e se apossou da minha boca... Sua boca morna e macia se colou na minha, que devido ao susto se abriu, ficando a mercê de sua lingua ávida.

Ele começou sugando meus lábios... penetrando sua lingua em minha boca e enroscando sua lingua na minha...

Eu correspondi, passei a massagear seu peito e me aconcheguei mais a seu corpo... ele passou as mãos por todo o meu seio por cima da blusa, e quando sentiu os meus mamilos enrigecidos abriu minha blusa e caiu de boca em meus mamilos... sugou, lambeu e mordiscou... eu gemi quando uma de suas mãos avançou em minhas coxas, subindo e indo parar em minha calcinha...

Eu que até então era uma pessoa muito racional, perdi todo o censo de perigo e abri ainda mais as pernas, dando a ele livre acesso a minhas partes mais intimas...

ele começou a explorar minha vagina, afastou a calcinha para o lado e tocou meu clitoris que estava duríssimo, começou a esfregar a ponta de seus dedos nele, e me deixou louquinha...

Eu gemia enquanto abria suas calças... coloquei aquele pau maravilhoso para fora e comecei a tocar-lhe uma punheta...

estavamos como loucos quando fomos surpreendidos por meu primo que chegava lá em casa, ele bateu no vidro e nos flagrou assim... com a mão naquilo e aquilo na mão!

Foi um horror... fechei as pernas e ele mandou que o cara abrisse o carro...

O rapaz sem alternativa destravou as portas e meu primo entrou no banco de trás dizendo...

- Vc sabia que ela tem apenas dezesseis anos?

_ o Carinha disse que não.

Ele então disse... toca esse carro, vamos conversar lá em casa,pois vcs tem que se recompor...

Meu primo era um homem maduro, de seus vinte e sete anos, morava sozinho e tinha sua independencia.

Com medo de que ele fizesse algum escandalo,fomos para seu apto. Lá chegando, eu já me preparava para ouvir aquele sermão, quando ele apenas disse: - Transar no carro e na rua é perigoso, aqui vcs ficarão mais a vontade!

Boquiaberta eu fiquei parada, e meu amigo sentou-se no sofa sem saber o que dizer...

Meu primo foi pro quarto e se trancou. Ficamos na sala e sem saber o que fazer e ainda sentindo tesão ficamos naquele amasso no sofá!

Não deixei que me penetrasse, eu era virgem ainda, mas fiz de tudo o que me dava prazer...

Não havia perdido a virgindade porque ainda não havia rolado nada de tão especial que me levasse a isso, Mas essa hora ainda chegaria...

Ficamos no amasso até a hora em que exaustos chegamos ao climax, recompostos e já satisfeitos, bati na porta do quarto e avisei que já iamos embora. Ele saiu do quarto e se despediu de nás.

No dia seguinte logo cedo quando levantei da cama ouvi a voz do meu primo e gelei!

Será que ele estava contando para meus pais? Fiquei estática a espera da bronca, mas sá o que ouvi era ele dizendo que estava de férias e viajaria no dia seguinte...

Decidi ir agradecer a ele em seu apartamento. esperei que saísse e fui tomar meu café! Minutos depois eu já estava na porta de seu apto, para lhe agradecer pela noite.

Ele me olhou de cima a baixo, e me fez sentir-me nua, apesar de estar de shorts e camiseta folgadinhos..

Ele mandou que entrasse e assim o fiz, ele disse que eu poderia me sentir a vontade quando quisesse vir, e disse estar surpreso que eu já estivesse tão evoluida sexualmente. Disse que meus gemidos na noite anterior o haviam deixado louco e que era até melhor que eu fosse embora pois sá de lembrar ele já estava ficando excitado, e não queria que eu presenciasse isso...

Ouvindo ele falar, eu tambem fiquei excitada, lembrei que quando eu era criança sonhava em casar com ele, que era bem rapazinho na época. Agora lá estava ele, com o pau duro sá de me olhar...

Minha xaninha fervilhou... me aproximei dele e o abracei, fingindo estar agradecendo o favor que me fizera...

Encostei meu corpo ao dele, e senti seu pau duro contra meu corpo...

Colei ainda mais meu corpo e ele gemeu baixinho...beijei seu peito nu, e depois na ponta dos pés dei um beijinho em seu pescoço...

Ele enlouqueceu, me agarrou e me jogou no sofá. Como um louco arrancou meu short, que veio com a calcinha junto... caiu de boca na minha xaninha e chupou tanto que até senti dor... começou a enfiar sua lingua em minha xaninha e sua lingua parecia uma cobra de fogo... Ele suspendeu minha camiseta e arrancou meu soutien, via as gotas de suor em sua testa enquanto ele mamava meus seios... meus biquinhos rosados estavam vermelhos... ele como um cachorro foi tirando o short que vestia e se posicionando como a montar uma cadela... abri mais as pernas e fiquei ali, a merce de sua pica... ele a posicionou e centimetro a centimetro foi enterrando em minhas entranhas...senti que estava sendo rasgada por aquela coisa imensa... minha xaninha era muito pequena para ele...

As lagrimas desciam dos meus olhos, mas mesmo sentindo dor,não queria que parasse... senti que estava sendo arrombada, senti ele me preencher todos os centimetros com aquela enormidade... senti que daquele momento em diante eu não seria mais a mesma, senti todo o meu corpo se aquecer e aquela pica começar a sair de mim... de repente ele voltou a enterrar e fiquei aliviada que ele ainda estava dentro...queria tudinho....

Ele me olhava e massageando meu seio me dizia que eu era muito apertada...

ele começou um vai e vem que estava me enlouquecendo... pedi que fosse mais rápido e ele me atendeu... senti seu mastro entrar e sair cada vez mais rápido...vi aquele homem me tirando a "inocência", e o pior é que eu estava adorando... estava amando cada centimetro de pica que entrava em mim...

ele acelerou seus movimentos e eu senti que estava ficando mais quente...ele sugava meu seio e com uma mão na minha cintura cadenciava os movimentos de vai e vem...vai e vem... vai e vem...

ahhhhhhhh.......... gozei, de forma maestral... perdi o controle de tudo e me senti mulher..... senti aquela porra quente escorrer por minhas pernas, o sangue a sujar o sofá... ele me apertava cada vez mais.... foi maravilhoso!

Eu o enlacei com braços e pernas e ficamos assim por muito tempo...

O dia foi pequeno pra nás, nos amamos até anoitecer.

Daquele dia em diante sou sua mulher... sua cadela, sua escrava sexual!

A recompensa é maravilhosa... Pica todo dia!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relatos coroas defloraçãocache:zwmyzgvJpMwJ:idlestates.ru/mobile/conto-categoria-mais-lidos_1_22_fetiches.html contos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludosconto erótico gay o pai do meu primo pauzudo Tranzei cm meu primo,contoContos de estupro sem camisinhacomo eu ia na fazenda novinhaFoderam gente contos tennscontos eróticos- virei mulher do meu paicontos vizinha loira meninahomen dotado arronba cu rapaz de programacontos d zoof de ferias na fazenda com meu maridoContos eróticos atolei no cuzinho da mamae no onibus lotadoajudando a netinha com dever de casa ninfetacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaevy kethyn istinto ativoMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludotive dar para um dotadoContos escrava sexual do patraocontoseroticosdeincesto/irmaoeirmaconto meu cu não voltou normalno motel dando cu de calcinha velhos xasadosnovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixomulher de amigo sexo contosmeu pai me comeu contos eroticoscontos incestuosos - mãe e filho no forró terceira idadeContos eróticos picantes pecados na igreja com padresNovinha Bebi porra do meu amigo contominha esposa ela casou comigo virgem da sua buceta e virgem do seu cu eu e ela na nossa noite de núpcias eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela conto eróticocomendo a noiva do otario contos eroticoscontos eróticos meu marido tomando chimarrão e o amiguinho do meu filho cuidando minha bucetinhacontos horoticos verdadeiras pelotasputa feia trai corno na lua de melcolocando devagar na bundinha vestidinhocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos hetero oferecendo a bundinhacontos de filhos chera causinhasContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de visitas oMeu irmaozinho caçula me te penetroufui arrombado no cuzinhocontos de gay que perdeu o cabaço na adolescênciaconto erotico comeu madrasta seios ggFui enrrabar minha esposa o pau não subiu o que façoGosto de rola grande e meu marido sabeconto anal evangelica carnudazoofilia cachorro montando com forçacontos eróticos de bebados e drogados gaysconto amigo do marido trouxe o cachaço pra nossa porcawww.mulatanua.comos terriveis amarrada no pornochantageei e comi a secretariaContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cucontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhacontos eroticos de enteadasdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto chantagem com a patroacontos de esposa pagando cofrinho pro vizinhoidade da loba contosgorda sobe a saia e transa na ruacontos eroticos calcinhas mijadaesposinhas beijando e pegando na pucacontos minha mae comeucontos eróticos com tia perdendo apostacontos eroticos espiritobebê g****** contos eróticosconto eróticos marido fracoporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredescontos eroticos,peguei minha filha e sua amiga transandocontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos gay me montei pra elecontos erotico .ru garotinhocomo tira pedra da teta sem para de tanto se matusbaresposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposasegurei a pica estranhonetinha virge de sainha estruooconto gay peguei o namorado da minha irmã gaycontos eroticos enteado pau de jumentocontos sexo.minha esposa hosana adora comer meu cuConto esposa de tampa sexocontos eróticos a f*** deconto erotico com novinha no ponto de onibuscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casatiti do cu apertado emndog pegando vovo contoscontoseroticosrolamega rolas mega bucetas mega gozadas profundasaquelas olhadas safadascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casatia e mae godem com filho contos eróticoscontos eróticos cunhadinhas safadas com fotoscontos anal com pau animalescorelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhastrasano com entregado coroaamiga viuva da mamae pediu pra levar ela na casa de praia contos eroticosMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosfodacommeucunhadoconto casado dei pra travesticontos eroticos com menininha