Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A MENDIGA

Click to this video!

A histária que conto agora, aconteceu comigo quando trabalhei em São

Paulo há mais ou menos uns 19 anos atrás. Eu morava sozinho em uma

casa que havia alugado. Era uma manhã de domingo e tinha acabado de

tomar café....Era umas 08:00 da manhã e alguém batia à porta. Fui

atender e era uma mulher pedindo esmolas, aparentemente suja com os

cabelos despenteados, aparentando ter uns 38 anos. Falei para ela

voltar outra hora. Foi então que ela se abaixou para pegar um saco

de coisas que estava com ela e pude ver a calcinha dela vermelha

aparecendo....Hummmmmmmm aquilo me deixou de pau duro....Adoro ver

calcinhas à mostra......Então comecei a olhar para ela com outros

olhos e reparando bem, ela era bem apetitosa, gostosa mesmo,

cinturinha fina, e uma bundinha que devia ser uma delicia....Então

voltei para ela e disse que pensando bem, havia umas roupas

guardadas que poderia dar para ela....Pedi que ela entrasse, pois as

roupas estavam no quartinho no fundo da casa. Então ela entrou e me

acompanhou até o quartinho.. Lá entreguei para ela as roupas que

tinha e falei para ela que se quizesse poderia tomar um banho. Ela

deu um sorriso maroto e disse que tinha muitos dias que não tomava

um banho, pois morava na rua. Então, levei ela até o banheiro e

falei com ela para caprichar no banho. Ela foi e ficou debaixo do

chuveiro mais ou menos uma hora e meia. Quando ela saiu, nossa,

confesso que fiquei de boca aberta.....Ela saiu com os cabelos bem

molhados, a cor que tinha de sujeira havia desaparecido, estava

linda....Em seguida convidei ela que tomasse café comigo..Novamente

ela deu aquele sorriso maroto e desta vez, mais belo é

claro...Tomamos café e ela não parava de agradecer por tudo

aquilo...Então comecei a falar com ela que ela era muito bela e não

merecia ficar na rua....Perguntei a ela se ela tinha alguem...Ela me

disse que dormia sozinha debaixo de um viaduto e que não tinha

contato com homem há uns 5 anos dizia ela.....ela sempre era

importunada por algum mendigo mas nunca deixava....Eu ouvia a

historia dela e já não estava mais aguentando de tesão e disse para

ela que estava sem comer uma mulher há dois anos mais ou menos,

quando terminei com minha namorada......e que fiquei com tesão por

ela quando vi a calcinha vermelha dela. Ela sorriu e disse que

gostaria muito de dar para mim........Na hora peguei ela em meus

braços e dei um longo beijo molhado nela........Depois falei para

ela que tinha algumas calcinhas guardadas, todas minúsculas e que

gostaria que vistisse elas para mim....Prontamente ela aceitou.

Experimentou diversar calcinhas...O que me chamava muito a atenção

era a carinha de safada dela....Cada calcinha que ela experimentava

eu pedia que ela subisse na mezinha do quarto e rebolasse a bunda

para mim, enquando eu me masturbava.....Foi então que ela pediu que

eu deitasse na cama que ela iria retribuir tudo que havia feito para

ela. Deitei exibindo meu pau que por sinal tem uns 19 x 5

cm.....Ela veio carinhosamente e engoliu ele todinho...Chupava ele

com maestria......Foi uma chupada muito gostosa; ela chupava

lentamente, com muita calma, meu pau sumia dentro da boca

dela.........Não aguentei mais e inundei a boca dela de porra...ela

engoliu tudo, sem sobrar uma gota. Meu pau continuava duro como

pedra........ela então ficou de quatro e pediu que eu metesse fundo

na bucetinha tinha....Era uma bucetinha linda, ela apesar de

mendiga, raspava a xaninha, o que deixava ela muito

atraente......Sem perder tempo, agarrei aquela bunda gostosa e meti

de uma vez.......entrou tudo....hummmm que delicia.....fiquei ali

bonbando ela mais ou menos uns 40 minutos......curti mesmo, também

eu estava num atraso daqueles. Comi a bunda dela do jeito que eu

gosto....Metendo devagar e as vezes rápido. Descansei um pouco e

confessei a ela que somente ficaria satisfeito depois de comer o cu

dela.....Ela com aquele sorriso maroto de sempre, falou...sá se for

agora.......Arreganhou aquela bunda maravilhosa e pedia que eu fosse

carinhoso com ela.....Claro que fui carinhoso....Era o que eu mais

queria..teria de fazer gostoso......Calmamente lambuzei o cuzinho

dela....aliaz, cuzão, pois ele já estava bem larguinho......Coloquei

meu pau novamente, sem muita força já estava com ele todo enterrado

no rabo dela. Comi o cu dela com bastante calma....Procurava meter

bem devagar, para curtir aquele momento..Gozei muito....Ela então

despediu de mim com um beijo e disse que voltaria qualquer dia desse

e que seria uma surpresa..Em breve vou contar para vocês como foi

essa surpresa.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos esposa e primoConto erótico Brincando de esconde esconde com o garoto mais velhoo amigo do meu marido comeu meu cu/contosquentes carentes cariocasconto erotico enganei a bobinhaconto erótico ajudando a irmã na faltacontos gozada da maecontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelainseseto commforcasozinhacom primo contos coroasesposa perdeu aposta e encarou duas rolas conto eroticodei o cu na fazenda contosconto erotico meu bezerro boqueteirocomhendo ass evangelicas contos eroticoscontos eroticos tia marta morena coroa tenho bunda grandebricando de video game apostado com os amigos contos eroticoscontos eroticos fudendo minha bisavoconto faco o que quiser corno perdoaContos eroticos minha esposa rabudanatalia do ceará chupando o pauDesvirginando a sobrinha de 18 anosmeu maridinho dormiu trepei rolonaconto erotico cuidando das amiguinhas da minha irma viihistorias verdadeiras de maridos que fragaram as esposas dandoconto erótico comendo a amigacorno gemendo cu contocontos eróticos nerdscontos de coroa com novinhoursao tio roludo contomeu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riachoComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêscontos eróticos me pegaram a força no meu trabalhocheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****contos eroticos d zoofilia cine maxchapuleta inchada no cuzinho Minha netinha sentou no meu pau contos eróticoscontosminha primeira vez lesbicaconto pegei minha cunhada novinha se mastrubandocontos eroticos da minha tia amadorasque enteada pernadaContos eroticos noviça virgemconto erotico com a diretora da escolacontos comendominha vizinha de calcinha me chama em sua casa contos eroticosver uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedoscontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogomulher escanxa no cachorro e goza gostosohistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checaconto erotico de casada cim tesao em pau grandeconto gay cinema pornô Recifeconto erótico vesti uma cinta liga pro papaicontos eroticos sendo comida por um cachorro e um homemmasturbando com obras em xasa contofui me encontra com o cara ele tinha um pau deliciosovídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em JarinuConto a tia vadiawww.conto mimha mae min torturou com vibradores na bucetaex cunhada safada casada com presidiárioLingua na buceta contoscontos eróticos mulher no trevo Contos Mamadas no paizimconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuIncesto com meu irmao casado eu confessomulher botando a x*** para o cachorro lamberboqueteira gaucha contocontos veridico acho que o garoto comeu minha mulher a patriciaContos erótico pombinha inchadacontos ela gozou no meu dedo no metrôPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanocontos tirar leite eróticosConto erotico dei pro meu papai e tioconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no rabosai a noite com minha esposa conhecemos u desconhecido que comeu minha mulhercontos eroticos minha mulher me mandou pra farrapatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticospai me comecontos porno esposas estuprados submissosMoreno olhos verdes gay uberabaQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormiPerereca ou buceta de cunhada