Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO COMECEI NO INCESTO II (CASO VERÍDICO)

Click to this video!

Como contei anteriormente, eu e meu filho Cello ficamos mais de dois meses, transando escondidos de meus outros dois filhos, ou seja, minha filha Pat e meu filho Lipe. Eu e Cello fodíamos todos os dias e muitas vezes, durante a madrugada em que estávamos com muito tesão, íamos para uma casinha que tenho nos fundos de nossa casa e fodíamos lá até quase o dia amanhecer...fazíamos de tudo, nos chupávamos muito, ele comia demais minha bucetinha e meu cuzinho que estava muito viciado com aquele pau delicioso que ele tem.

Como eu trabalho fora e sá volto para casa depois das 19 hs, um belo dia quando eu chegava em casa escutei gemidos...como eu tinha entrado pela cozinha, fiquei parada para escutar de onde vinha os gemidos...fui entrando pela casa e percebí que os gemidos vinham do quarto da minha filha, Pat...como a porta estava entreaberta, espiei para dentro e pude ver, ela trepando muito gostoso com o irmão mais velho...sim, minha filha estava fodendo com o Cello. Meu coração ficou aos pulos e continuei atrás da porta espiando eles...minha filha tinha 19 anos e pelo que ela sempre tinha me contado ainda era virgem...Pat é uma morena clara muito linda, com os cabelos bem pretos e lisos até quase a cintura, tem uns seios médios mas bem cheinhos, coxas grossas, uma bucetinha depiladinha bem carnudinha, com um grelinho um pouco grande e uma bundinha deliciosa que já está ficando como a minha, redondinha e grande.

Com muito tesão e já sentindo minha buceta todinha melada, fui olhando o que os dois faziam...o Cello estava deitado na cama e Pat sentada com o pau dele inteiro dentro da sua bucetinha e ela pulava feito uma égua, ele segurando seus seios, apertando-os...Pat parecia estar fora de si, ela pulava demais naquele pau gostoso, se contorcia toda, gemia alto e dizia: ME COME, SEU PUTO...COME A TUA ÉGUA...

ME ENCHE DE PORRA...COME ESSA BUCETINHA...AIIII, QUE GOSTOSO!

Foi quando eu não aguentei mais, tirei toda minha roupa ficando nua e entrei no quarto, supreendendo-os...Por um momento, Pat parou de se mexer, eu logo fui acalmando eles e dizendo que também queria participar de tudo. Cheguei bem perto de minha filha e fui acariciando ela toda, mesmo vendo que ela estava espantada em ver sua mãe completamente nua e dizendo que também iria participar da foda deles...não demorou muito ela e Cello gozaram...ela saiu de cima do irmão e eu vendo o gozo dela misturado com o dele escorrendo pelas pernas delas não resistí, e caí de boca na bucetinha dela, chupando-a com muito tesão...nossaaa, que bucetinha deliciosa e como ela é doce, eu passava a língua pelo grelinho dela e ia até a sua grutinha todinha meladinha, tentava meter a língua lá dentro...Pat gemia, apertava seus seios e Cello sá assitindo eu chupando sua irmã...mudamos de posição, eu disse que iria ensinar ela a fazer 69...e deliciosamente ela me chupava a buceta e eu devorava a dela, gozamos juntas...Cello estava batendo uma punheta e eu bem esfomeada, disse que queria ele me fodendo o cuzinho para que Pat visse o seu irmão comendo sua mãe.

Pat ficou doida de tanto tesão...Cello deitado na cama, eu fui abaixando meu cuzinho no pau dele...Pat segurou o pau do irmão e foi encostando o pau no meu cuzinho até ele entrar inteiro...a putinha da minha filha ficou bem pertinho de nás sá para olhar bem o pau entrando no meu cuzinho...eu bem aberta em cima do Cello, ia subindo e descendo naquele pau delicioso...eu gemia feito louca e Pat se masturbava mas não resistiu e caiu de boca na minha buceta...simplesmente eu enlouquecí...meu filho me comia o cuzinho e minha filha devorava minha buceta com sua língua tarada...eu estava sendo devorada pelos meus dois queridos filhos e assim, gozamos os três. Logo depois eu e Pat, caímos de boca no pau do Cello...recompensando ele por ter nos fodidos deliciosamente...mas não parou por aí, Cello ainda queria comer o cuzinho da irmã e o cuzinho dela era virgem...peguei o KY, besuntei bem aquele buraquinho apertadinho e o pau do meu filho, mandei Pat ficar de quatro....segurei ele nas minhas mãos e fui direcionando aquele pau para o cuzinho de Pat, ele encostou bem e ficava sá roçando o pau enorme no buraquinho apertadinho...Pat foi relaxando ao máximo e eu acariciando ela toda para que sá sentisse prazer e assim foi, Cello foi metendo gostoso até aquele cuzinho acomodar todo aquele pau...eu por baixo de Pat ia lambendo sua bucetinha meladinha e ela começou a gemer de tanto tesão...nossaaa, Pat é muito escandalosa quando está sendo fodida...ela berra, geme, grita, chora...e é uma delícia escutar ela numa foda e ela dizia: ME FODEM...ME COME O CUZINHO, MEU PUTO...AI, QUE DELÍCIA SER FODIDA PELO IRMÃO E TER A MÃE CHUPANDO MINHA BUCETA...PUTA MERDA, QUE LÍNGUA GOSTOSA!...

E Pat ia enlouquecendo a gente com seus gritos e como ela rebolava gostoso naquele cacete enorme, Cello estava muito doido e ia aumentando as estocadas no cuzinho de Pat...ficamos assim nessa foda por quase meia hora...minha querida putinha gozava demais, uma atrás da outra e Cello aumentando cada vez mais o ritmo das estocadas no cuzinho dela...eu me deliciando com o gozo que Pat escorria na minha boca e enquanto isso eu ia me masturbando, metendo os dedos na minha buceta toda ensopada...era uma loucura aquilo tudo...Cello esporrou todo o gozo no cuzinho de Pat...eu saí debaixo dela e fui para perto do Cello, puxei aquele pau delicioso ainda com a porra saindo...caí de boca naquele pau e Pat também queria ainda tomar o restinho do leite que escorria...e assim nás duas devoramos o pau gostoso do nosso garanhão. E nás três ficamos ainda por um tempo sá assim, nos chupando até quase o meu filho mais novo chegar em casa.



Nás três com umas caras bem safadas que o Lipe perguntou o que tinha acontecido ali, e eu disfarçando dizia que não tinha nada...até que uma semana depois......mas essa eu conto na práxima e sei que vocês irão adorar muito....beijooooos muito molhados em todas as bucetinhas que irão ler e para os cacetes gostosos também!!!







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


bucetinhas perusinhoo caminhoneiro engravidou minha mulher eu confessocontos eroticos, venerava meus mamilosrola mole rola dura bate até que furaveati roupa de menina e dei para um coroa contosPolicial famenina dando a buceta pra seu cachorro em contoscontos eroticos meu enteado se vestiu de mulher pra mimfilha tesudinha do papa contosicontos eroticos o velho me comeu aforçaconto erotico de torneio de sinucacomtos arrobadavi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou chupava a noite inteira ele amarradoconto erotico com xupa minha xota paicontoseroticosdecalcinhaconto erotico mulher trai marido preto velho e barrigudocontos porno esposas estuprados submissosaquelas olhadas safadasTennis zelenograd contosono no cu das duas safadaspornoxota video casada fudendo com serventecontos eroticos vestido coladoContos eroticos mamae e filha gulosa chupando o pauzao do seu filho e de cinco amigos dele em uma putaria na piscina de casa"estuprarem" contos eroticoscontos de velhos mamando seios bicudosconto gay muleke do cuzinho raspadinhocontoseroticos minha madrasta trai meu pai comigocontos bi minha tia me pegou dando pra o meu tiofetiche mulher atola cueca no rabo do carasocar pasta de dente na vagina aperta.Porno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosminha mulier sentou no pinto grosoconto eroticoconto erotico viadinho vesti calcinha sozinhoconto de sexo ele e ela me comendo muita tapaCont erot tic dormindo contosfudendo a morena gravida conto eróticos dei o cu novinhacontos erótico ginecoligista e novinhadenis comeu minha irmã contos eróticosminha mulher me fez de corno na nossa cama com meu consentimentodepilei minha virilha na clínica de estética e o cara gostou da minha xana contoseroticos irmoes e irmã no assaltocontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realSendo comida a força pelo neto contos eróticosxvidios mulherfidendo com cavalosé bom chupar pau cheio de sebo contos eroticosVi minha irma gozandoe sitremendo todaconto arebentarao meu cu meumaridoconto erotico minha filha no computadorconto erotico mulher fodendo escondido no pomarcontos gay o drogado me estuprouViagem a trabalho contosconto irma casadaEla nem sabia oque era mas adorava os carinhos do papai conto eroticocontos eróticos eu e minha mãe nos amamos feito loucosContos porno minha namorada mi engañoconto erótico dei pro Negrão pauggemprestei minha esposa putariagostosa com sainha rodadinha e muito curta e homem passando a mão na buceta delarelatos eroticos romanticolevei minha prima pra um hotel eu tirei a virgindade da buceta dela conto eróticoContos eróticos brincando de esconde esconde com o inocentechupei palai e depois ele me fudeu contos eroticosMinha namorada ela mandou minha cunhada abri bem suas pernas ela disse pra eu tirar o cabaço da buceta da minha cunhada conto eroticocontos catinga de cúContos eroticos estorial, enfie o meu pau na buceta da minha irma ela dormindo e disperto eu dentrosou mega bunduda.contos eroticosfotos da minha mulher gulosaContos eroticos com chingamentodei o cu na fazenda contosConto erotico chorei com o cacete do cavalocontos eroticos cm chantagia minha intiada para mim da a sua bocetinhateen recem casada contoscontos eróticos isso bate, bate mais aiii aiTudo q uma puta deve fazer na camacontos eroticos meu marido me vendeu no bingocontoseroticos sogra e genro na agua da praiaesposa e amante volarao a filha drama pornoconto chantagem enteadaContos zoofilia traicoes caninaLekinho cú apertadinho contos gayssubi a saia da e comi minha empregada vadiacontos eroticos com menininhabuceta praia toninhas emprestei minha esposa putariauma coroa da bunda grande do cabelo liso e peidando a b***** para o cachorrocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos comi minha veiaputa goza e grita vou gozar a.como mete toda vaiconto erotico cornoContos erotico Minhas mamas doem muitoembebedei minha irma e a comi conto eroticoO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeicontos pornos irmas naturistasmulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeoscontos eroticos cunhadinha dormindo