Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O DOG GOSTA DE LAMBER UM PAU GROSSO

Click to Download this video!

Uma cidade pequena, a uns 40 minutos da cidade grande. O terreno era grande, quase um sítio, com muitas árvores e protegido por um muro de 2 metros de altura. Ali havia apenas uma cobertura onde ficavam uns suínos de raça e uma casa, na verdade uma cabana simples, com cozinha, quarto e banheiro e uma pequena área coberta, apás a cozinha. Ali ficava, de dia, o cão do sítio que, à noite ficava como garantia de segurança, vigiando a propriedade. Era um cão vira-lata, de porte médio, branco encardido com algumas poucas manchas achocolatadas. O rapaz preferiu ficar ali no sítio da família do que na casa da cidade. Achava mais sossegado, tranquilo, além do mais, poderia levar alguma moça pra lá se surgisse oportunidade. Um sábado, já se preparando pra dormir, pelas 19 da noite, foi trocar a água do dog. Já ia tomar banho e por isso enrolou-se em uma toalha pois dali iria ao chuveiro e do chuveiro pra cama. Aproximou-se do cão e agachou-se pra soltá-lo e toda vez que fazia isso o animal pulava de alegria e corria sitio adentro, feliz. Sem querer o bicho bateu com o focinho bem naquele lugar e aí a coisa começou a esquentar. O pau ficou duro. Quase sem ação, levantou-se da posição em que estava. Foi aí que o pau se revelou na abertura da toalha e, num segundo, o dog o lambeu. Passou a língua com sofreguidão. Foi como uma corrente elétrica passasse pelo corpo do rapaz. Então foi que lhe veio à mente trazer o vira-lata pra dentro da cabana. Por que não? Tava sozinho e já fazia bem um mês que não transava. Trouxe o cão pela corrente pra dentro da cabana, soltou-o na casa e fechou a porta. Apagou as luzes e deixou sá a luz do banheiro acesa, a porta entreaberta. Sentou-se à cama, o membro duro, chamou o cão pra ver o que acontecia. Tava desejando gozar no focinho desse animal. Mas não contava com a ânsia de sexo do cachorro. Cada passada de língua do cão aumentava o tesão do rapaz e o pau ficava cada vez mais duro e lubrificado. O bicho também lambia as bolas e, numa dessas linguadas, outras surpresas iriam acontecer. Não aguentando mais, a pica ejaculou esperma em abundância e, outra surpresa, não sabia que esse cachorro gostava tanto de comer a porra que lhe saía do caralho. Depois dessa gozada, pôs o bicho pra fora, tomou banho e foi dormir, aliviado.



No dia seguinte, à noite, trouxe novamente o dog e lhe ofereceu o pau duro. O bicho não se fez de rogado: lambia a cabeça da pica, as bolas e – surpresa! – passou-lhe a língua áspera no anel. Esse foi o choque maior. O prazer que teve ao sentir o bicho lhe lambendo foi fenomenal. Não perdeu tempo. Passou um pouquinho de patê de carne na entrada do bumbum querendo chamar a tenção do dog pra aquela região. Chamou o animal pra cima da cama e ficou na posição dog style. O cão começou lambendo-lhe o caralho duro. Passou a língua na cabeça do pênis, nas bolas e em seguida atracou-se à perna esquerda do rapaz, querendo fodê-la. Cão maluco. O jovem tirou-o dali e esperou que ele acertasse a posição. O cão montou-lhe as costas costas tentando desesperadamente penetrá-lo. Sentiu então a pica do animal bater na entrada do anel. Ajeitou-se pra ser penetrado. O animal tentava de todo jeito, arranhava-lhe as costas com as unhas das patas, dando-lhe picadas num vai-e-vem alucinante, mas não acertava a entrada. Foi aí que de repente sentiu o pau do dog, que não era grande, entrar gostoso. O caralho do rapaz babava de tesão, quase não se aguentando. Ia gozar logo. Foi aí que sentiu a pica do cão entrar mais fundo e com mais facilidade. Sentiu então que o bicho tava gozando na bunda dele! Pegou o práprio cacete durão e começou a bater uma senhora punheta. Gozou rápido, num gozo de alívio e com bastante leite. Que gozada gostosa! Dali a dez minutos, aproximou-se nu do cão que, de língua pra fora, deitado no chão do quarto, olhava-o, como se estivesse rindo. Em pé, deu o pau grosso pro cachorro lamber. Ele passava sua língua animal pela cabeça da pica que gozou de novo e foi tomar um banho demorado.



e-mail: [email protected]

Declaro que esta crônica sacana fui em mesmo quem a escreveu. Há pessoas que se apropriam de textos dos outros copiam-nos e os publicam como se fossem seus. Não é meu caso.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Meu sobrinho me fez gozar no rio contos eroticos de gaysficou vixiada bo inxestocontoseroticos meninicecontos:casados virando cdcontos/ morena com rabo fogosoconto anal rabao gggcontos eroticos enfermeira saco peito grandecontos minha esposa viu o garotode pau duroTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anosCasada viajando contoscontos comendo mae e filhacontoseroticossonhoscontos eroticos de gozadasiniciando minha filha contocontos esfregando o pau na bundacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos excitantesde sexocontos eroticos noivas.boqueterasfidendo uma nnda gigabte carnudaa piriquita da theulma moreninhaconto eroticos gay. virei mocinha e negaomae desfilando de calcinha fio dentalno so fa regassa a calcinha e mete na cunhadaTennis zelenograd contoconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundacomendo as duas filhar contosx coroa tranzando com entisdocontos eroticos gays negrossexe conto com foto finji dormi e papai mi enraboconto efotico minha cunhada e eu nos apaixonamoscontos de gays sendo arrombados por varias rolasamigocontoseroticoscontos eroticos casei com um velhosou casada meti com o marido da minha melhor amiga contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos gozando primeira vez orgasmo 19 anosTennis zelenograd contoComi meu amigo contos eroticosSEQUESTRO. E BIG PAU. COM GOZO NO CUcantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cupornodoido transando com mulher peituda e fim de noite espíritacontos eróticos minha mulher vai à igreja e no confessionáriocontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhocontos eróticos dopei namorado eu e amigamenina abrindo a buceta saindo gosocontos de mulheres que gostam de levar na cona de ser enrabadasconto gay - "me ajudou a subir no cavalo"minha primeira traição na academia contos eróticosmeu grelo est louco de tesaocontos flagrei minha irmã e seu filhoas amiguinhas da minha filha pequena contos eroticoscontos velha sogra da cuDesvirginando a sobrinha de 18 anosverdade ou desafio com as primas novinhas contos tanguinhas usadas da minha mulher contos eroticosConto porno de estuprada por pai da mim amigacontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos de homens relatando sobre o crescimento do pênismeu padrasto fou no meu quarto vcontoscontos eroticos crente coroa peidando no paucontos comi a garota na sala de aulacontos eroticos de apostei com a minha irma e acabou em tranzaconto erotico o soldado arrombou minha bucetaconto erotico trepei na minha tiamauvado tirando cabasso da noivaContos quero goza muito na minha filha quando ela nascecontos eroticos minha esposa nao.resistiu e meu patrao passou a rolaa madrasta ingênua contos eróticosPrepara a sua mulherzinha pra dar o cuzinho para aquele cacetão ali!”,chupando coroa contocontos eroticos de primeiro orgasmo com tiominha filha e bela contos eróticoshttp://transei com meu primo da roça gay contos eroticosmulher enrabada no banheiro femiininofui arrombado no cuzinhoconto erotico chatagiei minha irma e arrobei elacontos eróticos o filho de minha amigagozando na boca da irma casada contoler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhorelato incesto chuva dourada