Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEGUEI A MINHA OUTRA IRMÃ DE JEITO

Click to Download this video!

Apás aquela noite maravilhosa em que eu passei com as minhas duas irmãs, eu passei vários dias sá pensando em uma maneira de pegar a Priscila de jeito e meter a pica naquela bucetinha carnuda que ela tem, mas as oportunidades nunca surgiam e eu já nem pensava mais na Carla (minha namorada), estava obcecado em meter com a minha irmã mais nova, ela sabendo disso me provocava colocando umas roupas bem sex, outro dia quando eu cheguei em casa ela estava vestida com um shortinho branco bem apertado e um top da mesma com ambos de malha, quando eu a vi quase que agarrei ela ali mesmo na cozinha, cheguei perto dela e disse baixinho pra ela.....  Nossa Pri como você é gossstoooosa, e dei um tapinha na bunda dela; a safada deu uma risadinha e saiu da cozinha rebolando como uma verdadeira putinha. Outro dia eu ouvi a minha mãe combinando com uma amiga de ir até o centro para compra uns panos para estampar, e como eu sei estas compras costumam demorar quase que o dia todo, eu vi a oportunidade chegando....rsrssrss. Logo cedo eu me levantei e fingi que fui para a faculdade, peguei o meu carro e fiquei a uma boa distância sá esperando a minha mãe sair, quando ela saiu, eu ainda fiquei um tempo esperando pra ter certeza que ela não ia voltar, ai eu voltei pra casa pra tentar a sorte, e falei comigo mesmo.....- É agora ou nunca. Ao entrar em casa eu escuto que som Funk vinha lá de cima, e pensei....  será que a minha gostosinha já ta dançando logo cedo, subi as escadas sem fazer barulho e dito e feito, lá estava a Priscila com seu shortinho e o topzinho branco dançando Funk e rebolando muito, fiquei de boca aberta por um tempo perto da porta, depois eu cheguei mais perto, foi quando ela me viu; Ela nem ligou, continuou a dançar e ainda me chamou pra dançar com ela, como eu não sou muito chegado na dança resolvi me sentar na cama e ficar olhando aquela menina linda toda redondinha com os cabelos soltos e quase pelada dançando descontraidamente, eu estava hipnotizado, e como não podia deixar de ser, com o pau super duro, como ela estava dançando de costas para mim me mostrando aquela bunda deliciosa, eu abri o zíper da minha calça e tirei o pau pra fora, ela nem percebeu e continuou a dançar até acabar a música, quando ela enfim parou pra respirar, eu a peguei pela cintura e a puxei para o meu colo, ela caiu com a bunda bem encima do meu pau, e falou....  Para Du deixa eu dançar. Mas o meu tesão era tanto que eu não a deixei levantar, abraçando-a com força sobre o meu pau. Ela disse.....  me solta, você já esta com este pintão pra fora da calça seu tarado. Eu disse pra ela.....  Vai dizer que você não ficou com saudades dele. Ela deu uma olhada pro meu rosto e não resistiu e deu um sorriso. Ai eu me cresci, dei uma levantada na nela, peguei o meu pau e coloquei no meio das pernas dela. Ela deu um gritinho quando sentiu o meu pau encostar na bucetinha dela, entre nás somente um pequeno shortinho. Ela deu uma olhada pra baixo e viu a cabeçona do meu pinto toda inchada e vermelha, e deu uma apertada no meu pinto com as pernas, já totalmente entregue ao tesão. Eu já tinha levantado o top dela e estava apertando aqueles peitinhos maravilhosos, eu estava com tanto tesão que quase a machuquei de tanto apertar-los. Foi quando ela me disse....  Mais de vagar maninho, ta machucando. Eu dei uma aliviada, ai eu senti a mãozinha dela no meu pau, apertando-o forte contra a bucetinha dela, Eu beijava a nuca, abraçava todo o corpo dela e já estava quase gozando, quando eu tive a brilhante idéia, peguei no shortinho dela e o abaixei com a calcinha e tudo até perto do joelho, ela logo tratou de tirar as peças e voltou para a mesma posição e começou a esfregar a bucetinha quase sem pelos no meu pau. ( que loucura sentir a minha irmã morrendo de tesão pelo meu pau ) Ai eu disse pra ela.....  Levanta um pouquinho, deixa eu encostar a cabeça do meu pau perto da tua bucetinha. Ela riu e Falou.....  Seu tarado, ta querendo meter na minha bucetinha também igual você faz com a Rê, né????, bom eu deixo, mais bem de vagar, tá???? Eu einda sou virgem. Eu respondi.....  Tá!!!! Eu que estava deitado na cama a levantei um pouco e encaixei a cabeça do meu pau no meio dos lábios vaginais dela e fiquei sá segurando ela enquanto ela rebolava feito louca, como ela estava com os pés na madeira lateral da cama ela levantava e baixava me deixando totalmente alucinado, ai ela começou a forçar para que o meu pau fosse entrando pouco a pouco, quando eu senti que a cabeça já estava rompendo o hímen eu dei um cutucão forte e adeus cabacinho. Ela foi a loucura deu uma levantada ainda espetada no meu pau colocou as mãos no meu joelho e ficou rebolando como se estivesse dançando Funk, mais agora com muito mais gosto, eu quase não acreditava com o que aquela ninfetinha gostosa que era a minha irmã estava fazendo com o meu pau, ela rebolava, subia, descia e gemia descontroladamente, eu a segurava pela anca e a ajudava a subir e descer até ela gozar maravilhosamente dando gritinhos de tesão com o meu pau todo atolado bem no fundo dela, foi quando eu não aguentei mais disse que ia gozar. Ela Olhou para traz com carinha de safada e pediu.....  Goza na minha cara de novo, goza maninho, falou isso e nem esperou resposta, já foi tirando o pau de dentro e se ajoelhando no chão, pegou no meu pau e começou a punhetá-lo e a abrir aquela boquinha como que pedindo: Goza na minha cara, na minha boquinha, ai ela bateu com o pau na cara como ela fez da primeira vez e eu não segurei mais e gozei, foram jatos fortes e abundantes que lambuzaram toda a boca, a cara e os cabelos, ela ficou apertando o meu pau até sair as últimas gotas, eu sá olhava na carinha bonitinha dela toda esporrada e com jeitinho de que queria mais. Ai ela me perguntou....  Eu e a Rê estamos querendo acampar em Trindade neste fim de semana, Ta a fins de ir com nás?????.......continua.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


o taxista comeu meu cu contos eróticosconto menino eu era fudido pelos meninos negrosconto erotico a fazendera loira eo mulequeContos eroticos mulher cuzeiracontos de incesto minha filha se tornou um mulheraocontos eroticos meu cachorro e minha primacontos sou baiana e adoro paus grandesgostei de ser enrabadominha filha fudendo com nosso impregados contoscontos eróticos comi alinecontos namorada arrombada assaltantescontoesposanuacontos eroticos estrupe e engravide a filha da vizinhacontos eroticos de novinhas dando p cacetudosconto comendo viuvacontos eroticos eu e minha namorada com amigos na prai bebadosconto erotico hetero fudando com mecânicos no trabalhomulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigaodiava o marido da minha prima parte2 contos gayCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticocontos eroticos segundas intençoeschamei meu amigo para fuder minha namorada contos eroticosContos heroticos gays e heteros Brutoscontos femininos reais encoxadas e zoofiliarealizei a minha maior fantasia transei com um jovem loiro do pau grande e meu marido assistindoconto erotico corno mi ajudouconto erotico real eu meu tinha comemos minha tiaConto erotico comendo minha irma novinhacontos de incestos e orgias com minha cunhada gravida minha irma nudistascontos bebendo porrafilho fudendo sua mãe na freeti de seu pairelato do marido cornoRelato minha mulher no shopping sem calcinhaReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicocontos eroticos de enteadascontos eroticos casada virá puta do mendigoele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadeContos pornos novinhas em gang bang c negros dotados de penis grande e grossocontos de cú por medocontos minha esposa me ligou do motelsobre lamber e chupar a vaginacontos eroticosContos de voroa estrupada por tres negoes e gostandoimagens de conto de homem macho transando com entregador de pizza machocontos eroticos minha namorada deu paracontos eroticos a irmã da igrejaver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.conto zoofilia tezao estrupoconto erotico de assaltoContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaconto erótico dominando a esposa mandonahomem sendo estrupado en oficinaContos eroticos cunhada safada jeovacontos estrupei minha vizinhacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigocontos mulher alta bunduda ggContos eroticos eu e minha fonos estrupa na festaminha mulher d sainha dando pra mim e um amigo jegao contosенцеси с зоофилыmeu sobrinho gordinho e gay tetudocontos dei para meu cunhadinho novinhoconto erotico o viadinho de calcinha e shortinho estupradocontos de incesto dez anosbuceta gegadecontos eroticos velho pauzudocontos selvagens arregacei o rabo da minha esposacontos eroticos: me incentivou a usar calcinhas minusculascunhado homem no dia do casamento come a bunda do cunhadinho homem novo no quartocontos eroticos da evangelica escravacontos eroticos titio na praiaContos erotico sofrimento de inocentesContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.na.praia.aregasando a b da nhonme infinando a rola na bumda da molecontos eroticos de putas e putoseu e meu marido iniciando uma menibinha contoencostou-me na parede contosTenho 103 cm de bunda.conto eróticoesposa santinha liberando o cuzinho para o sogrocomeu o cu da filha do patrão novinha de17 pornodoidochantagem zofilia e insesto conto eroticoa mulher do meu irmao putinhaprimo comendo minha mae sandro conto eroticoViadinho Loirinho Com Negros Contos EróticosNovinha Bebi porra do meu amigo contoDei o Cuzinho Na Cadeia e Depois pro Pastor Contos Eroticospincelar no cuContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cucontos eroticos eu menina engole porra do meu tioContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com ele