Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEIXEI MEU PAI TARADO LOCO DE TESÃO.

Click to this video!

Sempre tive uma relação normal com meu pai, umas brigas vez por outra, mas em geral nos dávamos bem, nunca vi nele nada mais que meu pai e sempre o respeitei. Porem, de uns tempos pra cá notei que meu pai vivia olhando minhas amigas, achei aquilo nojento, meu pai tava virando um daqueles velhos tarados. Fiquei pensando naquilo por um tempo e comecei a me divertir com aquilo tudo, meu pai inventava altas desculpas para olhar pra as meninas, um dia a minha amiga que o meu pai mais olhava estava na minha casa, estávamos no meu quarto com a porta entre aberta, meu pai sentou numa cadeira olhando TV em um lugar de onde ele poderia ver a bunda dela, vi que ele não parava de olhar estava tão vidrado que nem me notou cuidando ele, então resolvi atentar ele, peguei um biquíni novo que tinha comprado e pedi pra minha amiga experimentar, ela olhou e já foi baixando suas calças e calcinha, meu pai arregalou os olhos quando viu a bunda dela, quando ela pegou o biquíni pra vestir fui até a porta e a encostei, dei um tempo e disse pra ela ir vestindo que eu já voltava, sai do quarto e fui procurar papai, ele tava na área de serviço escondido num canto, quando espiei vi ele com a bermuda um pouco baixa e se masturbando, sai correndo e voltei pro quarto.

A cena não saia da minha cabeça, a noite comecei a lembrar da cara que ele fez quando viu a bunda da Amanda, e as caras que faziam quando se masturbava, quando me dei conta estava molhadinha pensando naquilo tudo, tive que me masturbar para poder dormir, a noite sonhei com senas de sexo e me acordei molhada de novo, esstava sentindo tesão por meu pai, que nem tinha uma corpo bonito ou algo assim, não entendia o que acontecia, mas quando chegava perto dele dava vontade de provocá-lo para ver suas reações, no sábado acordei e botei um shortinho pequeno porque estava quente, quando cheguei na cozinha e vi meu pai sozinho, perguntei onde estava a mãe, ele falo que ela tinha ido na casa de minha tia, aquela situação me deu um tesão louco, comecei a criar situações para me exibir para ele, deixei uma colher cair de propásito, e fiquei de quatro pra juntar, desatolei minha calcinha enquanto levantava e dei ma olhada rápida pra trás, vi meu pai vidrado em mim, senti minha calcinha encharcar na hora, tava muito loca.

Meu pai levantou e foi pro quarto, corri atrás mas ele fechou a porta, colei o ouvido e escutei ele gemendo, devia estar se masturbando de novo, não aguentei e meti o dedo na xotinha ali mesmo, gozei escutando meu pai, não acreditava no que estava acontecendo, estava morrendo de tesão por meu “Papi” como chamava ele, mas não adiantava acabava de ter gozado e tava loca denovo, logo ele saiu do quarto e foi ver TV na sala, disfarcei um pouco e fui sentar no colo dele, ele me abraçou e eu fiquei ali, depois de um tempo comecei a me mexer senti o pau dele ficando duro e fui ficando loca, ajeitei bem e esfreguei a bucetinha no pau dele, ele não aguentou e me apertou contra ele, ficamos assim mais um pouco eu me esfregando e ele me abraçando, sentia minha bucetinha escorrer, quando de repente sinto a mão dele tocando ela, olhei pra ele e falei: “To loquinha Papi”.

Ele me deitou no sofá e arrancou meu shortinho e minha calcinha, meteu o dedo na minha xana que fez eu me tremer toda, minha buceta piscava de tesão, ele tirou a bermuda e aquele pau grosso apareceu duro, veio por cima de mim começou a me comer, setia ele entrando e saindo forte, acho que gozei umas três vezes, ele saiu de cima de mim e sentou no sofá me olhou e mandou eu voltar pro colo dele, eu fui e ele me esperou com o pau na mão, levei minha buceta em direção a ele e sentei gostoso. Não parava de gozar e me amolecer toda, levantei e fiquei de quatro no carpete, ele veio por trás e começou a me comer como uma cachorro, sentia ele respirando forte no meu pescoço e seu pau me cravando, até que ele falou que ia gozar, meteu lá no fundo e gozou, senti aquele calor da porra dele dentro de mim e gozei me amolecendo toda.

Quando mamãe chegou agimos naturalmente, mas nás dois sabíamos que a vontade voltaria, minha mãe almoça no serviço durante a semana por ficar muito longe, dês de então todo dia depois do almoço meu Papi me come como um loco no nosso sofá, no meu quarto ou no banheiro tomando banho, nunca um homem me fez gozar tanto, to viciada no pau do meu pai que agora quer comer meu cuzinho também, to loca pra dar pra ele e sentir aquele caralho me rasgando.





Meu msn é [email protected] se quiser me conhecer, adoro conhecer pessoas e gostaria de trocar experiências com pessoas que praticam incesto.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos chatagiada a beber espermascache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualconto só uso fio dental sou gaúchaSeduzi cleide a esposa do meu amigo contos eroticoscontos de putas se chupando ate o orgasmofotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosaContos com picas bonitasvideoo porno da bundona de chorte de burmisou eteto mbte contossamba porno buceta com sujeiras brancascontos eroticos brincando escondido infanciaflagrei todos fudendoelao sobrinho contoscaravda pica imenca rasgando bucetaContos erotico menina de nove anos no bosquevideo porno cidia perdedo avijidadeconto minha tia chupo minha bucetafoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delaPiru grande p titia contoscoroas peitos durinhos bicudo bundas gggContos eroticos gay olixeiroconto anal evangelica cavaloname casei com uma puta safadaComtos professoras novas casadas fodidas na sala de aula pelos alunoscontos provocandoNayara chupando contomulhe sora no pau fudedocontos eroticos com menino bundudo e o negao do pau grossocontos sobrinho pega tiacontos eróticos minha madrinha safadacontos erotico gozei como uma puta velhaconto erotico enteadacontos primeiro analcontoseroticos anal brital no acampamentorelatos de casadas que treparam vom suas cunhadsswww contos eroticos como minha filha e minha mulherconto erotico gay o pinto do vizinho velhodei meu cuzinho muito cerdo contos eróticoscontos eróticos de bebados e drogados gaysesposa traindo marido bebado contos eroticoscontos eroticos casadinha exibicionistaminha cunhada quis que eu a visse nuamulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiroviado dando o rabo desfasandover contis eroticos de incesto passando oleo na maeboquete no casado contoela pediu pra parar mas continuei fudendohistorias eroticas de onibus lotadosconto comeu mae feiaAmante de coxas grossa e bundao contoscontos eróticos f****** a cunhadinha pequenininhacontos eróticos com menina muito nova crentescontos eroticos so casadinhas e velhinhosCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticocontodeputacomi ela na pia da cozinha/contocontos eróticos comi minha tiacomi minha prima no esconde-escondecontos de sexos ainda dimenorcontos sentando no colo novelacontos eroticos gay no meu primeiro dia de aula na faculdade esbarei nele sem wueter mas percebi que era um babsca mal efucafpcontos do vaqueiro esposa evangelica traindo o maridoContos eroticos- meu pai me xingando no sexocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto elotico pai xfilhacontos eroticos chantageada pelo meu patraocontoeroticoarregacadaSou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempocrente velha chantageada contos eróticos contos eróticos faZer o que se comer titia é gostosocontos eroticos aposta na escolaCoroas casadas trepando com novinhos contoscontos fiz titio gozarcontos eróticos arregaceimeu tio me vendeu conto eroticoseu corno de putacabelos lisos ate na bunda de dar invejaporno conto erotico depois de malhar fui fodida na academia