Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO COMI MINHA TIA HELENA

Click to Download this video!

O relato que vou contar aconteceu de verdade .. vamos dizer que o nome da minha tia é Helena

eo meu é bruno .. bom desde os meus doze anos, sempre senti um tesão na minha tia, na verdade desde de os sete anos

sempre gostei de comparar as coisas, e uma vez tive a idéia de comparar qual das minhas tias eram a mais bonita, pois naquela época não

tinha malicia nas coisas, depois de muito observar minhas tias, tanto por parte de mãe, quanto por parte de pai, cheguei a conclusão que minha tia

mais bonita era a helena, bom desde que cheguei a essa conclusão sempre que eu ia em sua casa, observava ela, isso com sete a oito anos, mais ou menos

continuando ... na escola eu era muito queto, não tinha malicia nas coisas, até que um dia briguei com meus amigos, e eles começaram a me ignorar, começei

a conversar com os garotos mais digamos "curiosos" da sala, isso com exatamente nove anos, nossa eles falavam cada coisa a respeito de sexo, que me surpreendia

eu chegava em casa, e ficava imaginando, um dia eles levaram uma revista playboy, daquelas bem antigas .. nossa eu fiquei ipnotisado com aquilo.

Bom com meus dez anos, eu já estava com a cabeça bem á frente dos garotos da minha idade, no assunto "sexo" eu sabia o nome das posições, como satisfazer uma

mulher, e tudo mais não era um "expert" no assunto, mais conheçia muito sobre o assunto. nesse mesmo ano, eu com dez anos, começei a ficar com uma menina

ela era loirinha, olhos azuis, tinha seios até grandinhos para sua idade, bumbum arebitado, cabelos encaracolados, enfim me lembro até hoje, sempre que ficava com ela

chegava em casa, e batia várias punhetas pra ela, na esperança de gozar, mais isso estava demorando a aconteçer ..

um dia terminamos, ficamos durante dois messes, mais nesse tempo eu nunca tentei fazer nenhuma safadeza com ela (me arrependo até hoje), bom com meus onze anos

fui esqueçendo a minha tia, a minha ficante .. o tempo foi passando, e eu tinha quinze anos, já tinha ficado com várias menininhas, porém não tinha comido nenhuma ainda

meu pai naquela época era dono de uma empresa de microcomputador, e minha mãe era interprete, falava diversos idiomas, e eu quase nunca á via, pois ela sempre estava

viajando, com meus quinze anos, decidi ir morar nos Estados Unidos, e assim foi feita minha vontade, chegando lá, pensei que ia conseguir várias menininhas façeis

mais não foi como eu pensei, fiz faculdade lá, teatro amador, trabalhei .. e com meus vinte e sete anos voltei, fiquei fora do Brasil, mais de dez anos.

quando voltei, me receberam com uma grande festa, todos os meus primos e primas, avás, avôs, sobrinhos .. pai, mãe .. e é claro tios e tias

para minha surpresa minha tia helena estava linda, pela sua idade quarenta e sete anos, porém dava banho em muita garotinha de dezoito ..

O mais importante não descrevi minha tia ; bom ela é : morena bronzeada pois sempre está na praia, com marquinha de biquini e tudo mais, um metro e sessenta e sete

mais ou menos, coxas grossas bem torneadas (que me deixam com muito tesão) cabelos pretos lisos, olhos verdes bem clarinhos, nossa eo busto dela é incrivel até minha mãe falava nossa helena seus seios são muitos grandes, para uma mulher que nunca teve filhos (risos) bom o bumbum dela também é muito tesudo bem arebitado

os pelinhos da perna e dos braços são loirinhos, ela tem uma cara de safadinha, e uma boquinha bem rosadinha, aquelas de atrizes americanos pornograficas, sempre

fui ligado a "pés" isso mesmo, pés, sempre tive um imenso tesão em pézinhos lindos, i era uma das coisas que mais curtia na minha tia, depois dos seios e da boca é claro, o pézinho dela, era muito branquinho, com as unhas rosa claro, ou francesinha, pézinho deliciado de princesa mesmo, numero 3536, enfim um tezão para qualquer pádolatra, bom quando encontrei minha tia na minha festa de boas vindas, não aguentei de tesão, emoção ela veio me deu um abraço demorado, falou que estava com saudades e como eu fui lá ?! e falou baixinho no meu ouvido, comeu muitas menininhas ? (risos) eu não acreditei quando ela me disse essas palavras, pois quando eu ainda morava no Brasil, me lembro que ela era super séria e tal, não gostava muito de criança, e eu mesmo tendo um tesão nela desde de criança sempre estava a pertubando

bom o almoço estava uma delicia, todo mundo me perguntando várias coisas, como foi lá ? deixa eu ver seu diploma ? pretende ficar no brasil ? e assim foi durante uns quarenta minutos, até que anuncie que iria distribuir as lembrançinhas que tinha comprado nos eua, geral agradeçendo e tal, para minha tia helena, dei um livro pois ela gostava muito de ler, dei também um biquini bem curto, pareçia mais uma calçinha fio dental (vermelha), ela agradeçeu pelo livro, e meia sem graça pelo biquini.

As cinco da tarde todos foram embora, ficamos em casa apenas ; eu,mãe,pai,irmã,irmão,amigo do meu irmão, e minha tia (helena) que é irmã da minha mãe.

meu irmão e seu amigo depois do jantar foram ao shopping, minha irmã foi para sua casa, pois seus filhos, meus sobrinhos (ábvio) estavam com a babá, pois seu marido estava a viagem de negocios, restaram apenas ; eu,mãe,pai,tia .. meu pai anuncio que iria dormir mais cedo, deu boa-noites para nás, e foi se deitar, minha mãe ficou uns dez minutos na sala e perguntou para Helena se ela gostaria de dormir conosco, pois era tarde e ela morava um pouco longe, mesmo de carro, já era um pouco tarde, ou se ela gostaria que eu a levasse de carro, ela disse que não queria dar trabalho, eu já entrei no meio da conversa e disse, tia se a Senhora quiser eu te levo, ela disse 1ª senhora está no céu, 2ª eu vou aceitar o convite e vou dormir aqui sim, disso isso rindo. quando ela falou que iria durmir em casa, eu quase explodi por dentro, já imaginei várias coisas, em casa tinha dois quartos de hospede, um estava com entulhos, fotos velhas, revistas, coisas que não usamos mais, pois o porão estava em reforma eo outro o amigo do meu irmão iria ocupar, o quarto da minha irmã (quando morava em casa) tinha virado uma mini biblioteca (sendo que já tinha uma em casa) enfim a casa estava maior, porem em reforma, e não ficaria bem ela dormir no quarto junto com a minha mãe e pai, como entre eu e meu irmão, ela tinha mais intimidade comigo, preferiu dormir no meu quarto, eu disse que ela poderia dormir na minha cama, que eu dormeria na bicama (que por sinal é muito dura, mais é bom pra coluna da minha mãe) risos .. ela disse que não .. que a cama era grande e caberia nos dois, nisso meu pau já estava completamente duro, nás conversamos um pouco sobre minha viagem, e ela perguntou sobre garotas, garotas puxa sexo, certo ? até que ela chegou onde eu queria, se eu ainda era virgem, eu olhei pra ela dei um sorrinho e disse "não, né tia" ela olhou pra mim, olhou para a janela, que dava de frente com o luar e disse ; "é, o tempo passa, lembro de você criança me atormentando (disse isso rindo)

e hoje você, já até fez amor .... eh estou ficando vélha" na mesma hora eu disse que é isso tia, você está inteiraça, uma mulher como você com sua idade tá dando muito banho em várias garotinhas de 20 anos mais novas, inda mais que ela estava fazendo ginastica, yoga, caminhada, estava realmente muito GOSTOSA, mais eu não disse isso né?! apenas disse que ela estava muito bonita para sua idade. ela sorriu e agradeçeu, disse "ah, magina, vc diz isso pois sou sua tia" eu na hora sem pensar, disse

" eu gostaria que você não fosse " na hora ela olhou meio que assustada, e quando eu dei conta da merda que tinha dito também aregalei os olhos, ela disse pq ?

até hoje não sei como disse isso, mais soltei " bom tia, eu acho a senhora muito gostosa, desde da minha adolescencia sempre achei e sempre me masturbei pensando em você, já até fiz amor com outras mulheres pensando em você " ela ficou branca quando terminou de ouvir minhas palavras, disse NOSSA eu não esperava por uma resposta dessa, mais de qualquer forma obrigada por você ser meu fã (disse isso rindo) eu ri também, pois pensei que ela ficaria brava comigo .. até que ficou um olhando pro outro e sem assuntu eu disse boa-noite e me virei para dormir, ela não respondeu (eu pensei, me fudi) passados um vinte minutos no silêncio do meu quarto, ela disse buu (pois assim me chamava) ou de bruninho, tanto faz agora (risos) eu, oq é tia ?! ela disse também preciso de confesar algo, eu pode falar ... e ela com a voz tremula começou, quando voce tinha seus 19 anos, eu começei a notar você, desde uma vez que te vi pelado sem querer, ela olhou pra mim com vergonha e disse vc lembra ? eu disse meio sem jeito ah tinha, lembro sim, mais esqueçe isso. ela disse que depois daquela dia, não conseguia me tirar da sua kbça, não conseguia apagar aquela imagem já tinha até se masturbado pensando em mim, eu não acreditei, quando ela ia continuar, me bateu a loucura e eu virei seu rosto práximo do meu e começei e de um beijo em sua testa, rapidamente beijei sua boca, e ela correspondeu .. continuamos nos beijando até que começei a roçar meu pau na entrada da sua bucetinha ainda por cima da cueca, ela parou de me beijar e disse "ah, você quer entrar aqui, ne? não sei se vou aguentar com tamanha coisa" eu disse eu coloco devagarinho tia .. ela começou a ir pra debaixo dos lençois e puxou minha bermuda .. eu senti minha bermuda nos meus pés, e logo sem seguida senti minha cueca deslizando minha perna, quando percebi, estava sem nada nas partes de baixo ela beijava meu tornozelo (achei estranho) e começou a subir até que passou a lingua sobre meu saco, e começou a me punhetar, eu começei a gemer, minha tia tinha lingua de gato, ela me masturbava com movimentos rapidos, até que pronunciei a chegada do meu gozo, ela abriu bem a boca, e engoliu tudo .. e disse que agora era sua vez .. deitei ela nos pés da cama, desci sua camisola começei a beijar aqueles pézinhos lindos, passar minha lingua naqueles dedinhos que a tanto tempo desejava, passava a lingua na sua solinha, e começei a lamber sua perna e beija-la ao mesmo tempo, até que cheguei a sua grutinha, começei a chupala, introduzi um dedo, e continuei a chupar, passado uns cinco minutos, introduzi outro dedo, e continuei a masturba-la e beija-la ao mesmo tempo, até que já estava com quatro dedos em sua buceta, e masturbando-a rapidamente ela disse que iria gozar, e que não era pra mim desperdiçar uma gota, bom ela já deveria estar a um bom tempo sem sexo (incrivel, uma mulher desse potencial sem um homem, pareçe que ela estava me esperando) ela gozou loucamente na minha boca e como uma ordem eu engoli tudo é claro, ela se levantou me deu um beijo demorado, sentindo sua propia porra, e disse você não queria "meter" aqui, então vai em frente, ela ficou de frente pra mim, abriu sua bucetinha que por sinal estava muito pouco usado, dificultando a entrada do meu pênis, mais logo ele entrou e ela estava gemendo loucamente, eu com medo de alguem acordar falei pra ela morder o travesseiro, e assim foi .. até que eu disse que estava quase gozando, ela disse que já estava tendo um orgasmo duplo, eu não acreditei, estava conseguindo fazer minha tia gozar, até que eu gozei e ela também, nossas porras se encontraram e senti aquele liquido descendo minha perna, melecando o lençol, as pernas delas, mais continuamos, joguei ela de quatro e disse que iria por trás, ela disse que ok !

Lubrifiquei bem seu cuzinho, com um creme anal, que tinha trazido dos EUA, e enfiei um dedo, ela jurava que estava no céu, eu disse mais eu ainda não enfiei meu pau e você, já esta no céu? acho que você não vai aguentar não (com um ar de desconfiança, e sombação) ela disse GRITANDOOO .. mete logo seu porra, enfia essa pica no meu cu, você não queria me comer ? então enfia vai ... vaiiii, já foi ? rapidamente eu enfiei meu pau de uma vez, ela deu um forte grito, no começo sentiu um pouco de dor, depois estava adorando, eu não acreditava que estava comendo minha tia, tudo aquilo era bom d+, eté que ela me empuro e eu como estava meio "mole" meu corpo é logico, virei na cama, assim ela começou a cavalgar, aiiii que delicia, ela pulava sobre meu pau, estava adorando ... até que eu disse que ia gozar, ela disse p mim esperar que tinha uma supresa, começou a rebolar, bem devagarinho sobre meu pau, NOSSAAAAAAA aquilo foi o fim da picada, mais do que na hora eu agradeçi a deus por aquele momento, que talvez nunca mais sentiria, ela disse que iria gozar, e que com certeza aquilo iria aconteçer mais vezes, disso isso com uma cara de safadinha, quando vi aquele rostinho sem-vergonha, tirei ela do meu pau, joguei ela no chão, esfreguei meu pau na cara dela, ela rapidamente entendeu oq eu queria, mais ela queria a parte dela também, me jogou no chão e fizemos um delicioso 69 um gozando na cara do outro, depois fomos tomar um banho e transamos um pouco mais ...

até hoje nás transamos, eu com 30 anos e ela com 50 e acredite ela continua muito gostosa ... ah sabe o que mais, nesse momento que estou escrevendo esse conto, ela está me pagando um delicioso boquete .... aiiiiiii !!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos esposa do clienterelatos erótico fui amarrada conto de cunhada depilando o cu para levar varacontos minha mulher vendo meu tiocoroas safadas depilando as axilascontos eroticos mamae comeu meu cuzinhocontos eróticos meu tio tarado me fes eu gosar en seu pauminha primeira transa lesbica com minha irmazinhaconto anal evangelica cavalonaConto de coroa estrupada e chingada pelo genroconto erotico mulher casada ajudano um mendigo pirocudomeu marido sempre tras tres amigos em casa conto erpticovideos de homens que dao palmadas fortes na buceta pelada da mulher sem docontos eroticos esposa de leg e fio dentalfiz ammor com minha irmafudendo com a benga do vovô contoscontos eroticos incesto experimentei uma cueca do meu pai pra ficar bundudacontos eroticos sou coroa viuva e dei minha buceta pra um muleque roludovarios contos eroticos juntos para ler de cunhadas novinhas na orgiaconto minha esposa com seu primoContos eróticos ele veio do interiorcomi minha mae junto com minha irma contoconnto de zzoofilias iniaram mimha mulhercontos eroticos de ninfetas amazonensepadrasto autoritario contos esroticos porno llScu do sobrinho menor contos eróticoseu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delanovinha trepranndo com namoradocontos me faço de recatadaconto eróticos minha patroa mim paga so pra chupar a xana delasozinhacom primo contos coroascontos eróticos vi meu vizinho transandominha namoradinha me provocou pra fuder brasilconto erotico masturbei primotitiatezudacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos eróticos viro corno por me deixar em casa sozinha a noiteno velorio dei o cu pro meu filho contostraficante comendo a travesti conto eroticoconto muro eroticoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorCasada leva marido bebado e o sogro fode a gostosa contoconto eróticos sabrinaMae brincadeira bunda conto eróticocontos eróticos de violênciaver gordinhas de ndegas fofinhasO amigo dele me comeu contoscontos encesto mae coroanovinha p****** dando para o bodãoContos eroticos exibindo para o vizinhoesposa trai o esposo com mulato de 1:90pono. patrato. vudedo. a. tiada. novaminha esposa escolheu vibradorcontos eróticos gay a puberdade com o primoContos porno meu amigo pintudo arrombo minha esposanoite maravilhosa com a cunhada casada contosconto erotico gay criado como meninacontos eróticos a droga coroa dei droga e ela me deu contos de travestis comendo os patroescontos saco inchado incestomeu compadreme comeucontos eroticos de esfregando o pau na bunda da mamae dormindocontos eroticos meu primos e minhas irmãs quero ouvir o funk mais soltinho bem curtinho cunhadominha filhinha me viu de pau duro contosconto erotico imcesto gay sexo familia biconto erotico com foto minha enteda muito vadia liberou o cuzinho pra familiacontos minha buceta nunca mais foi a mesma depois que eu trepei com seu moacirFilmei minha chupando estranhos na porta do carroContos gays estrupados na obraconto erotico eu não queria ser cornovoyeur de esposa conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto eu e meu marido a casa de swingcontos eroticos punheta na frente da vovo cegaSempre passo o dedo no grelinho da minha netaconto erotico casada carente badoocontlo erotco para pagar uma divida pedi minha mulher para se vestir como putacontos gay irmao mais velho bebado mandou fotos nua e recebeu chantagemCuviolentadoler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandoirmaozinho gostoso conto gaycontos minha esposa ainda resisteComi minhas primas novinha e safadinha contomae e filho transa junto do marido e do cunhado vendo tv abaixar downloadscu todo cheio manteiga da coroa pelada