Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA NO HOTEL

Click to Download this video!

A histária que passo a contar agora é realmente real e tornou minha vida mais prazerosa. Tenho 35 anos 1,83 metros sou moreno de cabelos e olhos castanhos sou casado ha 19 anos com uma linda morena de seios fartos, coxas roliças e xoxotinha deliciosa sou profissonal liberal de nível superior. Apesar de ter tido 2 filhos Regina continua tão gostosa quanto em nossa época de namoro. Regina é de uma família tradicional de Minas Gerais e nosso namoro foi bastante quente mas não passamos dos sarros tirados no sofá da casa de seus pais. Depois de casados nás passamos a incrementar cada vez mais nossa vida sexual. Já transamos dentro do carro nas estradas de nossa cidade, vamos regularmente ao motel e temos várias fantasias.

De um tempo pra cá comecei a perceber que me excitava muito quando ela ficava lembrando de seus outros namorados e os sarros que tiravam. Gozamos várias vezes fantasiando que eu era um destes seus namorados e passamos a fantasiar que ela estava transando com outro homem ou outro casal. Tudo não passava de fantasias até que em nossas últimas férias viajamos para o litoral sul da Bahia. Depois de instalados no hotel, muito luxuoso por sinal, resolvemos dar um passeio de carro pela orla. Notei que ela não tirava os olhos dos rapazes que passeavam pelo calçadão sá de bermudas. Como já era noite nossas filhas adormeceram no banco de trás do carro e voltamos para o hotel para colocá-las na cama. Elas ficaram em um quarto ao lado do nosso. Depois de acomodá-las em suas camas fomos par ao nosso quarto. Regina vestia uma mini saia rodada e um top branco que deixava transparecer o contorno de seus seios maravilhosos. Assim que entramos em nosso quarto foi logo agarrando-a por traz e acariciando seus seios que ficaram logo com os biquinhos durinhos. Tirei seu top e passei a sugar com muita vontade aqueles seios que eu tanto gostava. Regina me interrompeu e pediu que eu tirasse minha bermuda, agachou-se na minha frente e passou a sugar meu caralho com uma fome que eu nunca tinhas visto nela. Foi então que eu lembrei de seu olhar guloso sobre os rapazes da orla da praia e fiquei desconfiei que ela estava imaginado que eu era um deles. Quando ela já estava louca de tesão eu falei que notei seus olhares sobre os rapazes da praia e que era chegada a hora de colocarmos nossas fantasias em prática. Pedi a ela que tirasse toda sua roupa e vestisse apenas um roupão de seda. Ela obedeceu sem saber o que aconteceria. Foi até o aparelho de tv do quarto e desconectei os cabos da antena. Regina então me perguntou o que eu estava planejando e eu disse que ela deveria ligar para a recepção do hotel e pedir que mandassem alguém para consertar a tv e que ela deveria tirar sarros com o rapaz que viesse consertar o aparelho. Ela relutou muito mas acabou aceitando minha idéia mas disse que não passaria de alguns amassos. Eu tratei de me esconder dentro do armário deixando a porta entreaberta de forma que eu pudesse observar tudo que acontecia no quarto.

Regina então ligou para a recepção e disse que a tv não funcionava e que seu marido havia saído e ela que ria ver a novela. Em menos de 2 minutos tocou a campainha do quarto, Regina deixou seu roupão entreaberto de forma que se ela se abaixasse um pouco o rapaz poderia ver seus seios. Ela abriu a porta e pediu que o rapaz entrasse. Era um rapaz moreno de uns 25 anos alto e musculoso. Ela disse a ele que não conseguia fazer a tv funcionar e ele pediu licença e foi verificar. Ela se posicionou do outro lado do aparelho de tv e abriu um pouco mais seu roupão de forma que seu peitinho do lado direito saltou para fora. O rapaz não tirava os olhos de minha esposa e estranhamente isto me excitava muito. Logo ele viu os cabos solto e recolocou-os. Ligou e tv e ela funcionou normalmente. Regina então se disse muito agradecida e disse que não tinha nada para dar a ele como pagamento já que seu marido havia saído e levado a carteira. Ele disse que não tinha problema e já se virava para sair quando ela falou “a não ser que você queira que eu te pague de outra forma?” o rapaz se virou imediatamente e olhou para o seio de minha esposa que já estava durinho. Ele disse: “como seria isso?” antes que ele acabasse de falar Regina agarrou-o pelo pescoço e lhe deu um longo beijo de língua. A cena de minha esposa entrelaçando sua língua à língua de outro homem me deixou louco e tive que me conter para não fazer barulho e colocar tudo a perder. O rapaz acabou de tirar o roupão de minha esposa e começou a sugar seus lindos seios. Ela gemia e pedia que ele chupasse com mais força, ao mesmo tempo que descia a mão buscando o cacete do rapaz. Abriu sua calça e colocou seu enorme cacete para fora. Devia ter uns 20 cm, abaixou-se e começou a sugá-lo o rapaz não aguentou e gozou em sua boca jogando fartos jatos de porra o que ela engoliu tudo e chupou o caralho do rapaz até que ficasse totalmente limpo. Ela se deitou na cama de pernas abertas e ele começou a sugar sua xoxotinha. Lambia seu grelinho e enfiava a língua dentro da sua bucetinha. às vezes descia até seu cuzinho e ali introduzia sua língua até o fundo. Regina se contorcia como uma louca e gemia alto. Não demorou muito e ela gozou na cara do rapaz. Neste momento ela já estava com o pinto duro novamente e foi subindo sobre minha esposa se colocando no meio de suas pernas ela segurou-o e disse que nunca havia traído o marido e não queria que aquele encontro não passasse daqueles sarros ele não obedeceu e num lance rápido subiu sobre minha esposa e foi introduzindo seu cacetão em sua bucetinha. Eu pensei em sair do armário e interrompê-lo mas imaginei que ele contaria para o hotel todo que eu estava no armário vendo minha esposa ser fodida por outro. Regina não resistiu mais e deixou que ele atolasse seu cacete até o fundo de sua xoxota. Ele os dois começaram então a fuder como loucos e logo minha esposa estava gozando de novo, foram 4 orgasmos seguidos com aquele cacete dentro de sua xoxota. Quando ela parecia cansada o rapaz pediu que ela virasse de costas para que ele pudesse ver sua bundinha ela inocentemente obedeceu e ficou de quatro com sua bundinha arrebitada para o lado dele. Ele então começou a lamber sua xoxota por trás e às vezes lambia também seu cuzinho o que fazia ela gemer alto. O rapaz se posicionou atrás de minha esposa e introduziu seu caralho em sua bucetinha por trás e ficou naquele vai e vem. Quando ela estava totalmente entregue ele tirou o caralho de sua bucetinha e começou a colocá-lo no seu cuzinho. Ela deu um pulo para frente e disse que ali não, pois ela não dava o cuzinho nem para seu marido. Ele não deu atenção e segurando-a pela cintura continuou introduzindo seu caralhão no cuzinho da minha esposa. Logo ela se acostumou e empurrava a bunda para trás para que ele entrasse mais ainda. Não demorou muito e os dois gozaram juntinhos enchendo o cuzinho da minha esposa de porra. Eles se levantaram então e foram tomar um banho onde ela deu seu cuzinho novamente para o rapaz e ele gozou de novo na sua boquinha. Depois o rapaz foi embora e eu saí do armário e quis brigar com minha esposa porque ela tinha passado do limite estabelecido mas ela me disse que eu que tinha começado com aquilo agora tinha que aguentar.

No outro dia cedo fomos embora daquele hotel para não nos encontrarmos com o rapaz. Até hoje todas as vezes que transamos ficamos lembrando daquela noite maravihosa. Até hoje ela não me deu seu cuzinho e disse que está guardando ele para o dia que eu arranjar outro homem para comê-la.

Nossa fantasia mais recente é que ela faça amor com um casal ou com outra mulher. Caso você esteja interessado(a) entre em contato conosco pelo e-mail [email protected]

Daremos prioridade para aqueles que enviarem fotos.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui enrabada no velório do meu marido contos eróticoscalcinha enfiada na bunda salto alto c dois homens contos gaysconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuViadinho Dei Pro Pastor Contos EroticosContos erotico nora na piscina com biquini minusculo mostrando os pentelhos e e arrombadacontos forçada a ser a puta da empresapornodoido garota pequenA seguanndo pau grandecontos eróticos coroas na casa de repousoconto erotico meu avocontos adoro dar minha bundinhasou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contoslalargado na bucetaconto erótico casada leva rola sendo xingada de putaconto erotico minha mulher nua na frente do paicontos de corno minha mulher me trocou por outrocontos porno.chorou de dorsexo no arpoador conto eroticocontos insesto comi minha irma e mae duas gostosas com fotosvídeo do Seu Madruga metendo a pica no c* da Dona Florindarelatos de meu cachorro me desvirginouque cunhadacasa do conto mae rabuda trai o marido com filhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaCona pelada relatoscontos eroticos comi a enfermeira no hospitalporno policia agelma ou marido fode amulherminha filha e bela contos eróticosFodelança contos comendo a mulher e sua amigacontos eroticos de esposas com short de lycra partindo a bucetaxvidio travesti lisarolacontos eroticos carnaval sai de cuzao e shortinhocontos eróticos gay médicoscontos eróticos gay a puberdade com o primocontoseroticossandramarido chupa seios quando está nervosoconto erotico mae negra coroa dando cubuceta pakerou chupou pediu pauMoreno olhos verdes gay uberabaos meus amigos eatuoraram a minha mae contoContos eroticos em estradacomeu minha bundinha contosfui chantagiada pelo meu amigo de trabalhocontos eroticos com garotos mais novosContos eroticos exibindo para o vizinhopraia pousada a buceta e o cuzinho virgem da tia fofinha contoscache:a_zOfGtuspUJ:tennis-zelenograd.ru/conto_14627_marido-confiante-mas-nem-tanto..html contos mulher madura safada na farmáciaConto nordestino eroticócontos eroticos comendo o cuzinho da minha esposacontos eroticos pequena vizinhaconto erotico caronaContos de sexo en onibusconto erotico ordenhando mulherescontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocom amigo na praiaconto eroticocontos eroticos dei p meu clientecontos eróticos peguei ela se masturbandorelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delacontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinhos vermelhosCasadoscontos-flagrei.x vídeo mulher da cu virgema outro antes de da marido conto eróticoscomo enraba uma colega. de trabalhocontos eroticos com estorias ocorridas na infanciatravestis narrando quando deram o cuzinho pela primeira vezfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos eroticos de mine saiaConto erotico de evangelicasrelatos de corno manso.vacilei o meu amigo comeu a minha mulherver conto veridico minha baba abusado por minha babasenti aquele pauzao derramando varios jatos no fundo da minha bucetaconto amigo de meu noivo me comem a forçaCavalo discabasando uma jumrentavou rasgar sua boceta vagabundaconto erotico viadinho vesti calcinha sozinhocontos eroticos o empregado me bolinou e gosteiContos me exibindocontos eroticos maes de amigosIniciando uma virgem contos eroticosMinha irma adolecente taradinha em conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos porno fui na festa depois fui comida na frente do namorado bêbadoconto excitante de incesto viciada em analContos adoro verFoderam gente contos tennscontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mespeguei a vizinha de surpresa de calcinha e sutiã contosconto erotico corno puta e paicontos eróticos massagemContos enganei minha esposa vendei ele eo meu amigo comeu elacontos notei que minha namorada