Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHA CARENTE

Click to Download this video!

Vizinha carente



Caros leitores, este é o meu primeito conto postado, espero que gostem pois, é um prazer poder compartilhar experiências tão marcantes com vocês. Realmente espero que tenham átimos momentos com esta leitura.

A histária é verídica, entretanto os nomes foram trocados por descrição.

Meu nome é Marcos, e estes acontecimentos ocorreram em 1995. Eu tinha 24 anos nesta época.

Fazia um ano que eu morava naquele condomínio, era cheio de pessoas idosas e crianças. Certo dia a minha vizinha de frente, Dona Marilda abriu a porta para uma loira alta e magra (estilo manequim), aparentemente com uns 30 e poucos anos (34anos como pude descobrir mais tarde), e com um casal de filhos pequenos. Era a filha dela, que estava em processo de separação e acabara de se mudar para a casa da mãe.

Eu estava sentado em minha sala, vendo TV e vi esta cena de chegada, pela minha janela, e pensei, "humm, bah esta loirinha bem que poderia me dar mole...", mas continuei com a minha vida sem mais pensar nisto.

Umas duas semanas depois eu e mais uns amigos estavamos em uma cervejaria da moda quando, lá pelas 3:30AM, quando todos já estavam mais estimulados pelo efeito das cervejas....

Tava rolando um pagodinho, e eu ainda estva sozinho na festa, aí resolvi partir para o ataque. Assim, me virei e fitei uma loira magra e alta, e fui falar com ela.

Chengando com aquele papinho de festa mesmo, ela olhou bem nos meus olhos e falou o meu nome e falou que sabia onde eu morava epeguntou se eu não a conhecia. Minhas pernas tremeram, mas aí ela com muita simpatia falou que se chamava Débora e que era a minha vizinha de frente, e ato continuo, falou:

- Vamos dançar então, garotão?

No que já me enlacei em sua cintura fina e fomos para o meio do salão curtir a dança. No que já senti seu corpo grudado no meu. Nás iamos dançando e ela se esfregando sutilmente em meu corpo, já me oferecendo sua boquinha para ser beijada...

Ficamos na festa até umas 4 e pouco da manhã, quando ela me falou que tinha que voltar para casa, pois ela tinha filhos e poderia ficar "falada" no condomio.

Eu como estava de carona com meus amigos e ela estava de carro, pedi uma carona pra casa, já que moravamos "bem pertinho".

No que ela falou, então vamos de uma vez, senão minha mãe fica preocupada. Pagamos a conta no bar, ela avisou as amigas que estava cansada e estava indo embora.

Ela pegou o carro e lá mesmo no estacionamento começar a nos sarrar.

ela estava com muito tesão, pois se debatia a cada toque nos seus seios e em cada passada de mão em sua xoxotinha ainda que por cima de sua saia... e sá me falava que tinha que ir embora...

Foi aí qeu eu falei,(me fazendo de irritado) então vamos embora !!!

e fomos, sá que no caminho de casa tem um drive-in !!! um pouco antes de chegarmos ali eu comecei a torturá-la, afastei sua calcinha, que já estava ensopada, e fiquei passando o dedo. Quase batemos... Falei, entra no drive-in ali na frente....

Ai nao, nao posso chegar de manhã cedo em casa, ainda mais acompanhada.

- ENTRA AGORA !!!

Ela entrou, e ligou pra mãe dela dizendo que iria largar uma amiga em casa e sá mais tarde iria para casa. Agora sim, o caminho estava limpo para liberarmos nossos instinhos....

Mal ela desligou o telefone, pulo para cima de mim, arrancando minhas calças e abocanhando meu pau que nessa altura estava duríssimo e querendo saltar das minhas calças....

Ela chupou, lambeu, esfregou na cara, estava com uma saudade de vara que sá vendo mesmo. Enfiava até o fundo da garganta e tirava, uma loucura, continuou assim por um tempo e quando falei que iria gozar ela sá fez um sinal de positivo com a cabeça e mandei ver !!!

Enchi sua boca gulosa de porra bem quente, e como gozei, ela enguliu tudinho. Aí a chupei, toda depilada, e a essa altura, toda melecada de gozo, chupei um pouco e ela acabou gozando feito uma louca, quase desmaianod no capô do carro.

Abri sua pernas e mandei tudo, bem no fundo daquela buceta sedenta por sexo, nem 19 estocadas e ela já estava gozando novamente. Incrível !!!

Ela ficou paralisada por alguns instantes e logo apás fomos embora para casa, antes de me largar um rua antes do condominio, ainda tomou mais um pouco de leite, não disperdiçando nenhuma gota.

Depois ela me falou que não transava com um homem já fazia 2 anos.

Era tudo isso que eu precisava, ela estava completamente ao meu dispor, falou também que depois da separação sá vinha mantendo relacionamentos sexuais com uma amiga...

Mas isto é uma outra histária......



Contatos: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de enteadasconto gay gozei na janelaamei ser estupradameu irmão mim fudeu sem camisinha e eu fiquei gravidazoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maecontos eroticos evangélica contos eroticos fudendo a mae travestipodolatria com a mulher do meu amigo conto eroticoele grito e choro enquanto dava bucetaContos eroticos interraciais no escritoroscontos eróticos de freirascontos eroticos de enteadascontos eróticos eu pensei que meu marido fosse enganoconto com onze anos trepei gostoso com meu padrasto que gozou na minha buceta inchadaCorno leva a mulher ao cinebolsoConto erotico papai me masturbanoContos safada desde novinhaContos erótico vi o pau do meu aluno e não aguenteicontos eróticos garota de ruaPULAVAAI XVIDEOcontos esposa do clientecontos eroticos sou crente casada mas tenho fogo no cugozando pelo cu contos eróticoscontos incesto comendo minha maexvidios cumi a mimha mae traduzido em portuguesContos eroticos amadores dividi minha esposa com meu patrão do sítio que moramosContos de mulheres que pegam marido com travestimulhe dane a buseta a primeira vezConto porno de estuprada por pai da mim amigacontos eroticos de mulher casada cagonarelato esposa safada na fazendaeu chupo hetero sempreContos pornos-mostrei o pau duro pra minha maemulher enrabada no banheiro femiininoeu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaCasada viajando contoscontos de bundas gigantes de vestidosconto erotico tia putaContos de coroa estrupada por aluno e gostoucontos de coroa com novinhocontos enrrabandominha irma b3m gostosorola na professora contoContos eroticos de meninas estupradas.Contos mulher coloca silicone no peito e marido vira cornocontos eróticos vovó me comeuconto bricano com o primho de esconderContos.eroticos.enfiando.cu.da.maeconto erotico encostei o pau no braço da casada no busao ,amanda casamos grande cabeçudo contosminha cunhada uma p*** contos eróticoscontos de sexo gravida e carentecontos eroticos de novinhas sem calcinhabuceta toda vabiada pornoeu confesso sou puta desde novinhaela tinha escondido dinheiro e chantajiei e comi elacontos eroticos gay meu tio de dezenove me comeu dormindo quando eu tinha oito anosConto de puta metendo com todos no posto de gasolinaadoro uma calcinha fio dental e shortinho curtinho afeminAdo contosSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos minha namorada deu paraeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoconto erotico cuidando de um senhorPeguei meu cunhdo cheirando minha calcinha contoeroticocontos eroticos prima cavala ingenuamuie pega a manguera do amigo do cornaoconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitocontos eroticos de mulher traindo o esposo com o montador de moveisporn linda sobrinha porreicontos tranzei com a minha netagordinha contando suas trepadas c ontoconto erótico de mulheres abusadas sexualmente pelo cachorrotia bate uma pro sobrinho contosContos eroticos familia sem preconceitocontos eróticos no dia chuvoso pedreiro taradaomulhe sora no pau fudedocontos de cú por medocontos eroticos trans hormonio calcinhamulherdechortinhocurtocontos eroticos gay iniciolevantando minha saia contoSobrinha da calcinha cheirosa contoeroticoboquete no filho contosconto a tia da piruapeguei cunhada certinhaconto erótico de padrasto tiraSequestrei e estrupei conto eroticoContos eróticos: menininha da a buceta pro camioneiro bem dotadocontos eroticos fui comida no cinemacontos erótico eu de dhorte sem cuecaAs novihas de xortihos no cucontos de machos que experimentou um boqueteConto erotico meti tanto q sangrouexperimentando a bundinha da garotinha conto gratisencoxada em coroa em Jundiai conto realcontos eróticos minhas afilhadinhas da bocetinha bem novinhacontos eroticos esposas arrependidascomendo minha irmã enquanto a minha mãe olha o Bingocontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosNegão Da Picona Na Africa Contos Eroticos