Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O NASCIMENTO DE LUNA

Click to this video!

NASCIMENTO DE LUNA

A campainha toca, vou atender. Um homem muito bem aparentado, pedindo algum dinheiro para o jantar. Fico com do e faço um prato de comida para ele. Abro o portão para entregar. Ele pega e agradece, deixando cair o garfo. Abaixo para pegar e sinto um lenço ser colocado no meu nariz e boca....Adormeço profundamente!

Acordo num lugar escuro e frio, cheirando a umidade. Tento levantar, mas não consigo...Estou amarrada. Não sei ha quanto tempo estou aqui, nem se e dia ou noite...O lugar onde estou não tem janelas. Quero chamar alguém, mas estou amordaçada, um gosto horrível na boca, de borracha. A mordaça parece uma bola. Mas o que esta me incomodando mesmo e um objeto que foi colocado no meu cuzinho: super estranho, com um rabo longo.

Estou com fome e sede....Mas não aparece ninguém...Acho que me esqueceram tento me livrar, afrouxar as cordas que me prendem, mas não consigo. É inútil! Cansada, com fome e sede, acabo adormecendo.

Quando acordo, estou num quarto, em uma cama deitada e amarrada em forma de x. Um homem numa poltrona me observa...Não vejo seu rosto...Mas sinto que ele me observa.

De repente, sinto algo diferente...gostoso...um vibrador em minha xana e ligado em forca total. Em pouco tempo gozo...delicia!!!

Em seguida...um outro vibro e ligado esse esta no meu cuzinho. Alguns instantes depois...gozo...delicioso!!!

Desamarram-me, os corpos doloridos das posições em que fiquei. Antes que eu possa me refazer, ouço uma voz:

- DE QUATRO!!

Atônita e não me mexo.

- VADIA! QUER APANHAR? EU DISSE DE QUATRO!!

Obedeço e fico de quatro na cama. Sou vendada nesse momento. Sinto algo sendo colocado no meu pescoço...uma coleira...e ouço um click de um cadeado sendo fechado. Em seguida, uma guia na coleira e sou puxada ate a beirada da cama.

Retiram minha mordaça e me fazem descer da cama.

- SENTA, CADELA!!

Sentei.

- ESTA COM FOME? COM SEDE? QUER COMER E BEBER?

- sim, eu agradeço, respondo.

- FICA DE quatro...

Obedeço e uma mão abaixa minha cabeça ate uma tigela com ração...

- COME!!!

Começo a comer e paro...e ração!

- COME, CADELA!!!!

- Mas eu não gosto, falo.

- TSHAPPPPPPP!!! um tapa na minha cara...forte e ardido!

- CADELA SO COME RACAO!!!!

- COME !



Como um pouco e paro.

- COME TUDO!!!!

- Mas eu não quero.

- TSHAPPPPPPPPP!!!! CALADA!!! COME TUDO!!!

- TSHAPPPPPPP!!!

- TSHAPPPPP!!!

- COME, VADIA!!!!

Como tudo, limpo a tigela. Em seguida, bebo um pouco de água.

- BEBE TUDO!!!!

Dessa vez obedeço e bebo tudo.

Sou puxada novamente para a cama, de quatro sobre ela. Sinto dois prendedores sendo colocados nos bicos dos meus seios e uma dor imensa....mas me esforço para não gritar.

Sinto uma mão acariciando meu corpo, seios...barriga, bunda.... e um dedo sendo enfiado na minha xana, a seco sem do. Dou um grito e sinto um tapa na bunda.

- QUIETINHA!!! SEI QUE VC TA COM TESAO!!!

E antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, ele me penetra a xana de uma vez com seu pau grande, grosso e duro. Entrando e saindo com violência. Entrando e saindo...entrando e saindo. E, rapidamente, ele goza na minha xana. Fico toda melada, a porra escorre pelas minhas coxas.

A seguir, duas mãos seguram minha cintura. Sinto a cabeça de um pau na portinha do meu cuzinho.

- Não...por favor...não!

- Ele abre minha bunda e se encaixa um pouco mais. Depois segurando firme minha cintura, mete o pau todo de uma vez no meu cuzinho. Dou um grito muito alto. Mas ele finge não me ouvir e continua metendo fundo sem do e logo esta fodendo meu cuzinho.

Sinto muita dor....estou sendo arrombada!!!! E como o primeiro, rapidamente ele goza dentro do meu cuzinho. Agora estou toda melada e lavada de porra...escorrendo pelas minhas coxas e pernas.

Um terceiro cara segura minha cara...

- ABRE A BOCA, VAGABUNDA!!!

- TSHAPPPPPPP!!!!

- TSHAPPPPPPP!!!

Tapas no meu rosto...

Abro a boca e no mesmo instante um pau duro, grande e bem grosso e enfiado nela.

- CHUPA, CADELA!!!

- TSHAPPPPPP!!! um tapa ardido na minha bunda

Começo a chupar e a lamber. Lambo ele todinho. Dou beijinhos e volto a chupar..dentro e fora da boca. Dentro...fora. Dentro...fora. E chupo novamente com vontade. Agora sugo ele forte como se quisesse puxar seu gozo....Chupo mais um pouco e ele explode num gozo na minha boca.

- ENGOLE TUDO, PUTA!!!

Engulo o que consigo...e muita porra. Um pouco escorre pelo meu pescoço e seios, as gotas pingando dos bicos.

E assim foi a noite toda. Fui enrabada mais umas 19 vezes. Minha xana foi comida não sei quantas vezes e chupei mais de oito paus diferentes. No final eu estava toda esporrada, os cabelos desgrenhados e grudados de porra.

Me puxam pela guia e me colocam numa jaula pequena, apertada.

- FICA AI CADELA ATE RESOLVER O QUE FAZER COM VC.

Eu estava exausta, toda dolorida, meu cuzinho arrombado, arreganhado de tanto ser enrabada, a xana esfolada, ardida e inchada, e a boca com gosto da porra de todos. Mas mesmo assim, adormeço.

Acordo um tempo depois com a jaula balançando e sendo colocada num porta malas de um carro. Me deixam numa casa, onde tiram da jaula, dão banho e o que comer e beber. Tiram, também, a coleira. Algemam minhas mãos para trás

e colocam algemas nos meus tornozelos, unidas por uma corrente curta.

Ordenam que não fale, em hipátese alguma e me deixam ali, num quarto que mais parece uma sala de tortura, de pe, com a ordem de não me mexer.

Muito tempo depois, entra um homem e diz:

- MUITO BEM CADELA, OBEDECEU DIREITINHO!

- LEVANTA A CABECA....ABRE A BOCA

Ele enfia um dedo na minha boca e passa por todos os meus dentes e diz:

- HUMMMMMM BONS DENTES...

Depois examina meu corpo todo, enfiando os dedos em todos os meus buracos

- OTIMO !

A porta se abre e dois rapazes entram com algumas coisas nas mãos. Um deles chega perto de mim e empurra com cuidado meu corpo um pouco para frente, fazendo com que eu abaixe um pouco a cabeça. Em seguida, o homem pega uma coleira larga, preta em camurça e a coloca no meu pescoço, fechando-a com dois cadeados grandes.

O rapaz então, me empurra para baixo, me fazendo ajoelhar.

-DE AGORA EM DIANTE VC E MINHA ESCRAVA, MINHA CADELA E VAI ME OBEDECER E VIVER PARA ME SERVIR.

- DE HJ EM DIANTE A ROSE NAO EXISTE MAIS PARA O MUNDO

- SEU NOME AGORA E LUNA

- MINHA CADELA LUNA

Abaixo minha cabeça, beijo os pés de meu senhor e agradeço por fazer de mim sua escrava, sua cadela e prometo servi-lo para sempre com obediência e submissão.

E assim nasceu a CADELA LUNA

FIM



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


deixei meu vizinho me desvirginar contoscontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos eróticos fodida com sadismocontos er safadogozou nela e espirrou porra em mimencoxadas socando com força reçentecontos eróticos tatuadoconto eu doida pra gosar mas si tinha meu papaitia peruca gosta de chupar pau e a buceta sai muita gozacontos eróticos de bebados e drogados gaysMULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomcontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparestava no banheiro minha tia entrou contos eroticoscontofudi minha cunhadaMeu pai me comeu conto erotico gayPolicial famenina dando a buceta pra seu cachorro em contosfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticominha primeira traiçãocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leiteconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choracontos eroticos com foto empregada rabuda baixinhaconto fui por cima do meu primocontos reais eroticos na formatura casaisfragrância zoofilia caseiro contos eroticos de sobrinho roludoContos: namorada safadacasei com meu filho contis eroticosmeteu a pica gigantesca na passista deliciosaconto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "enchemos a boceta de porracomi varios cu na casa de sungminha enteada um tesaozinhoquando me masturbei saiu bastante gosma da minha buceta será que gozei?tia bate uma pro sobrinho contoscontos eroticos de afilhadas novinhas.contos comendo o cu da sogracontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosoContos eróticos que rola grande no meu cu zinho apertadinhocontos comendo o cuzinho da fazendeiracontos fragei meu amigo dotado e minha esposacontos eróticos de lésbicas masoquistascoroas peitos durinhos bicudo bundas gggaquele pau era quase o dobro do de meu maridopintinho durinho molequecontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona Conto erotico sou morena clara evangelicasobrinha de 9 contoscontos eróticos bucetas pequeninasMenina q ta tezao encosta no irmao ddespistadoContos eroticos amadores dividi minha esposa com meu patrão do sítio que moramoscontos de rasguei o cuzinho do moleque novinhoconto erotico a mulher me encoxou no onibusamarrei a gravida e mamei a força contosler relato de suruba na casa da comadriconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasfraguei meu garotinho de seis anos mamando o pau do vizinho contos eróticos gaycontos de esposas putastoda e Vânia chupando a bocacontos bi eu e meu primo e minha prima meu primo gozo no meu rabonem peitinho teen grita na pau do vocasada lesbica com sobrinha contocontos sado marido violentosConto erotico negao casada loiraHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestiscontos eróticos tatuadoContos eroticos putinhasconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choracontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcameu sogro me comeu contos eroticoscontos eroticos. traifui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosconto erotico paraliticocontos eróticos homem velho casa caipirinha novinhameu marido comeu nossa filhavideos de pau ficqndo ficando durocontos eróticos gozando na filha pequenaconto eroticocorno me ligou na horaContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiaminha cunhadinha e virgens peguei a forcacontos eu comi a minha sobrinhapiercing no mamilo da priminhavizinha trai marido com cunhadinho contosContos eroticosBuceta grandecontos eroticos de casadas traindo com sogro