Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA GATA TESUDINHA

Click to this video!

Minha Gata Tesudinha



Olá meu nome Lucas, sou casado, tenho 29nos e o que aconteceu comigo foi há alguns anos em Porto Alegre . Frequentava um curso de fisioterapia e minha gata era minha colega curso, ela era do tipo de mulher que vc se liga imediatamente por uma forte amizade, mas era uma coroa de 45nos de seu nome Marília bem gostosona por sinal, era muito difícil tar perto dela sem tocar nela, ela era a tesão em pessoa. Eu tenho um corpo bem bronzeado e atlético, 1,70 m e 64 kg, ela tb era bem bronzeada, muito meiga, um corpinho muito bem cuidado, seus seios bastante suculentos, uma bunda lindíssima e uma xaninha bem aparadinha, tão vendo era sá razões para que eu tivesse muita tesão por ela.

Ela nunca teve intenção de trair seu marido, mas ela me contava que n era feliz com ele, que ele n dava o que ela precisava, carinho e sexo bem gostoso. O nosso curso era noturno, durante toda a semana, conversávamos muito sobre tudo, desde das coisas mais triviais até às nossas fantasias sexuais, uma vez que tínhamos muita confiança um com o outro.

Certa altura por volta do Natal, as coisa mudaram um pouco entre nás, os olhares entre nás eram diferentes, mais carinhosos, de certa forma talvez já se poderia adivinhar o que viria a acontecer, uma vez que eu também n andava muito bem a nível de amor, talvez também cedi um pouco à tentação de ter a meu lado uma mulher tão gostosa.

Mas por outro lado podia n ser nada demais, talvez pensava eu que também fosse um pouco fantasia da minha cabeça, mas sempre respeitei ela porque açima de tudo era uma grande amiga e era casada.

O marido dela começou a ter de trabalhar por turnos para ganhar mais dinheiro e comecei a dar carona a ela a seguir ao cursinho. O tempo foi pssando e cada vez estamos mais perto um do outro, eu já desejava que acontecesse algo entre nás.

Numa dessa caronas, tava chovendo imenso e tivemos de parar n se conseguia ver nada, tavamos numa rua onde n se passava absolutamente nada. Ficámos esperando que o temporal passasse, mas estávamos estranhamente silenciosos, até que num gesto audaz comecei a passar a mão naqueles cabelos loiros de uma forma bem carinhosa e começou a ficar um pouco fora de nossas mãos pois n tínhamos ideia de como tudo poderia terminar, mas ela tb acabou por se deixar ir naquele clima bem quente e gostoso, eu dizia para ela que ela era tão linda e tão gosotosa que achava um crime o marido dela n dar o valor que ela merecia.

Ela ficou muito contente com meu comentário e acabou por me revelar que já hà algum vinha sentindo tesão por mim, para além da prápria amizade. Entre conversa vem e conversa vai ela me abraçou e respirou no meu pescoço, eu me arrepiei, ela percebeu e me beijou. Tava um pouco surpreso pelo que tinha acado de acontecer, não sabia o que fazer, mas acabei por corresponder ao beijo, porque tb queria muito sentir os seus lábios carnudos encostados aos meus. Nesse primeiro beijo que demos, ficamos um pouco sem jeito, mas a tesão já era mais muita e nos continuamos nos beijando de uma forma bem apaixonada. Em resposta a um desses beijos eu já estava em transe, ela começou abrir minha calça e meteu a mão em meu pinto, eu de ponto meti a mão naqueles seios gostosos que já estavam bem duros, comecei a gemer, porque ela começou a chupar meu pinto, dizendo que adorava chupar pinto, me revelou que seu marido se havia desinteressado um pouco por isso, ela me tava conseguindo levar ao céu, chupava cada vez mais e mais gostoso, eu tava ficando doido de tanta tesão que coloquei minha mão na xaninha dela, tava tão melada, adoro sentir uma xaninha bem melada. Naquele momento já sabíamos que n havia volta a dar, apesar de tarmos num rua pública dentro do carro, mas a tesão que ambos sentíamos ultrapassava o perigo que poderíamos correr, talvez foi uma das razões pelo qual continuamos. Tirei calcinha dela, era um prazer tar tocando nela, sentindo ela, colocava os dedos por dentro da xaninha e era vendo ela rebentando de tesão, gemendo tão gostoso, nessa altura já estávamos comletamente entregues um ao outro. Coloquei o banco de trás para baixo para ganharmos mais espaço e chupei aquele grelinho bem melado, ela dizia para continuar chupar seu grelo até que ela teve seu prmeiro orgasmo.

Ela pediu para eu começar a penetrala bem gostoso, bem devagarinho, apreciando todos os momentos que tavamos passando, ela gemia e gemia, tavamos gozando os dois de uma forma bem intensa, ela começou a apertar minha bunda para que ela pudesse tomar contar de tudo, oh como eu gostava disso.

Coloquei ela de quatro e penetrei ela desta vez, com fortes estoucadas naquela xaninha gostosa, nossos gemidos cada vez eram mais ruidosos, a nossa satisfação nos nossos rostos e em nossos corpos era imensa.

Começei a estimular o cuzinho dquela gata gostosa, enfia meus dedos e lubrificava com saliva, ela ao prícnipio se revelou um pouco desconfortável por dar seu cu para mim, porque era virgem daquele buraco milagroso, mas sempre teve vontade de experimentar. Disse para ela que iria ser bem gentil e cuidadoso com seu cuzinho, estimulava com os dedos e começei a passar com minha língua, aí ela gemia tanto que sá me pedia que enfiasse meu cacete naquele cuzinho tão gostoso, era o paraíso ver aquela gostosa se contercer de tesão. Eu iria fazer com ela ficasse a adorar e a ficar do anal, naquele momento já n nos negávamos a qualquer tipo de prazer e tomei conta daquele cuzuinho como se fosse a coisa mais importante para mim da minha vida.

Coloquei meu cacete no cuzinho da minha coroa quarentona através de movimentos bem calmos e gostosos, fui aumentando a força das minhas estoucadas, até rebentar com aquele cuzinho, ela tava gozando tanto quanto eu ou mais, porque seus gemidos revelavam um prazer nunca visto e sentido naquele cuzinho, ela pedia para rebentar o seu cuzinho assim fiz, dei fortes estoucadas por vários momentos, até quase atingirmos um orgasmos em simultâneo. Perguntei para ela se podia gozar dentro dela, ela disse que n, mas gostaria de receber minha porra na boquinha dela, pois assim foi.

Colocou meu cacete na sua boca até me fazer esporrar naquele boca gostosa, foi uma visão inesquecível, me disse que já tinha saudades de sentir porra na boca, prazeres destes n se negam a nenhuma senhora.

Nás vestimos, o temporal passou e fui deixar minha gata tesudinha a casa, desta vez com um grande sorrisinho bem maroto no fim e um grande beijão de boa noite.

Teremos mais aventuras em breves, se me quiserem contatar, têm aqui meu mail:

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sogro saradopornoxota video casada fudendo com serventecomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contosgay e travesti.momentos novo punhetacontos inocentes tapasconto a empregada me pegoucontos eroticos seios grandes de leitewww. indiando a rola na gostosa por baixo do vestidoContos incesto a vadia puta do vovôcontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no colocontos eroticos chantagiei e gozei na boca da menininhafiz troca troca com os meninoscoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandehomens q gosta d ve sua mulher com uns roludos novos contosconto erotico joga quem peder tira a roupas tinha uma supezacontos de mae sedutorawww.contos eroticos cavalgado no vovohetero chavecando o cunhado xvideconto rebolo pau meu cunhadocontos-pego teu pau e coloco no meu cuzinhoninfeta cintura fina bunduda belo par de seioseu e a amiga da esposa contosou uma mulher crente mas quero picabundinha com calcinha sensual da virgemconto erotico meu filho me chapouwww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro novinho pauzodocontos porno 28cmcompadre taradomulher rebolando de costa para o espelho de fio dentaltava me masturbando e meu namorado chego e me chupouele era cheirosinho conto gaycolocando no cu dela bem devagar dormindoContos eroyicos fui castigada e mamae chupo minha bucetachantageada e humilhada pela empregada negraRelato de zoofilia dando o cabaço pro burropedi para meu amigo tirar is cabasos da minha noiva contocontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamconto o inimigo do meu pai me comeu castigando a patroa na ruatia sentar no colo do sobrinho no carro histórias eróticos completoembebedei minha mulher e consegui comer o c* delaHistorias eroticas SwingZoofilia com mais drenacontos eróticos gays metrovideis porno cim gueis com caucinhas no cu rebolando no pirocaoquero seducir minha sogar para fudeladepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãohttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contoseu e minha filha ficamos viciadas no pau gostoso do meu tioconto erotico cachorro lambe pauwww.porno chupado os peito ate fica roxo.comcontos eroticos jingridbucetinha virgem bem pequenininho viscosaEstouraram meu cuzinho na viagem contosesposas evangélicas fudendo com entregadoresContos porno de irma que traem com grandeGostosas nao aguentam o tesao e traem em contoscontos eróticos meu marido eu e meu alazãoEu e minha Mãe Cabaço contosler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandocontos eroticos na viagem comi sogra e mulher no carrocachorro engatado até o talo cavadinhacontos eróticos com esposa obedientecalcinhas usadas da minha tia,safada contosdei o cu po meu pone contos eroticos pornogay de rio preto de calcinhaeu minha irma e meu padrasto na camaconto na festa aqui em casa meu primo comeu minha maeconto branquinha casada trae com negoescorninho esposa picudo frouxo contover tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadcontos eróticos de bebados e drogados gaysamelhor buseta de bashia do mundo gosanoconto erótico com foto titio me rasgouprimeira vez com meu vizinhovidios novinhas dos mamilps diros pontudoscontos sou safada dei a bunda para os meninos flanelinhacalcinhas usadas da minha tia,safada contoscontos adoro dar minha bundinhacontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostoupornodoido provando da minha melhor amiga continuaçãocontos eroticos comendo o cuzinho da minha esposaminhas amigas de quarto me pegaram na siririca e me comeramContos eróticos molekas virgenscontos de safadas com padastroscontos porno de casada se insinuando para pedreiroszofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos eróticos priminha caçulacontos erotico comi ocu.da mulherdo meuvizinhoMeu sobrinho me fez gozar gostoso contos eroticos de gaysContos eróticos titioconto erotico baba bate sirica espiano patroes fudendocantos erótico só dei do Forró Bombadocontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazdormi com meu irmao contoscontoseróticossobrinha menininhaconto sobrinha curiosafoidento do cuzinho xvideotravesti gritando pidido porra no seu cu