Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA ME COME SEMPRE

Click to this video!

Olá, meu nome é Marcos, sou casado com uma mulher maravilhosa chamada Maria Eduarda, somos um casal jovem eu com 25 ela com 22, eu tenho 1,70m, 70 kg, corpo definido e sem pelos da cintura para cima, ela 1,60 m, 54 Kg, coxas grossas, seios de médios para grandes e uma bunda de 98cm muito gostosa! Somos casados há apenas 2 anos, mas namoramos e noivamos por 4 anos, em termos de sexo sempre nos demos muito bem, eu fui o primeiro e único homem dela, por esse motivo tu que ela tinha vontade eu consenti para que ela experimentasse e descobrisse o que é mais gostoso, oral, vaginal e anal.

Gostamos de tomar banho juntos, e como costume um ensaboa o outro. De uns tempos para cá Duda começou a insistir em ensaboar minha bunda, até aí tudo tranquilo. Sempre que ensaboava minha bunda ela se excitava, e quanto mais excitada ficava mais me ensaboava. É claro que eu gostava das duas sensações minha mulher excitada e os carinhos em meu traseiro. Em um desse dias eu e ela estávamos muito excitados mas não podíamos transar porque ela estava sem tomar anticoncepcional e não queremos filhos neste momento, nossa solução mais criativa foi irmos tomar banho, muitos beijos, carinhos, amassos (é assim q se escreve?) fomos para o ensaboar. Primeiro eu a ensaboei, já com segundas intenções, assim que ela se lavou, pegou o sabonete e começou a me ensaboar, primeiro braços, peito, pernas e fomos para as costas...e finalmente a bunda, assim que ela começou a passar a mão em mim meu pau ficou duro na hora, ela percebeu e continuou a passar os dedos entre minhas nádegas com bastante espuma, com a ponta do dedos maior ela acariciava meu cuzinho massageando e massageando, foi aí que quem não resistiu com a dupla excitação fui eu, peguei em seu pulso e empurrei contra minha bunda até seu dedo entrar no meu cuzinho, gememos os dois ela adorou e começou a enfiar e tirar seu dedinho enquanto falava:

-Ta gostando do meu dedinho na tua bundinha? Ta? Que cuzinho gostoso! Eu to adorando come esse cuzinho! Da essa bundinha para mim, dá.

Nesse momento não aguentei mais e gozei, gozei MUITO, tinha sido tão bom que até a Duda gozou junto, me senti estranho pois ao mesmo tempo que foi bom tem todo aquele lado cultural de me considerar homossexual por ter sentido prazer anal. Duda se mostrou muito madura e disse que somos casados que não tem nada a ver e que NINGUÉM tem nada a ver com isso.

Depois dessa conversa e desta primeira vez nos soltamos ainda mais, e sempre que ela tem vontade fazemos isso no banho.

Nossa relação melhorou ainda mais com essa nova fonte de prazer de ambos. Melhorou tanto que ela se sentiu livre para me pedir de presente de aniversário um pênis de borracha de sexshop comprei um daqueles modelos com 19 cm de comprimento e anel para dupla penetração, além de um cinto para que simulássemos um pinto nela, o apelidamos de pimpolho.

No primeiro dia dos brinquedos em casa ela se ofereceu ou eu pedi (já não lembro mais) para fazer uma massagem nas minhas costas, deitei de costas e de cuecas samba canção e estava pronto sá para uma massagem, ela se negou a fazê-la disse que tinha que ser sem roupa para a massagem ser melhor. Prontamente tirei e aguardei de costas, ela começou a espalhar o creme nas minhas costas e me massagear até as pernas, assim que fez massagem suficiente todas suas atenções se concentrar em minha bunda. Ela começou a acariciar minhas nádegas e apertá-las uma em cada mão com a ponta dos dedos, aproveitando para separá-las e ver meu cuzinho. É claro que eu já estava muito excitado com a mulher maravilhosa que eu amo me fazendo carinho, fui a empolgação dela e comecei a empinar meu traseiro um pouco enquanto ela repetia sua sequência de carinho, apertão e separada, eu já estava muito relaxado nesse momento e já estava topando qualquer coisa. Ela me pediu um para esperar naquela posição sem me mexer, foi até a gaveta do guarda-roupa e buscou nosso pimpolho com gel. Como eu havia prometido que não me mexeria, fiquei naquela posição, ela se posicionou em um ângulo que pudesse ver bem meu cuzinho e colocou a pontinha encostando em mim. Se preparou e enfiou a cabecinha, comecei a ter uma boa sensação, afinal como eu já disse antes o prazer era duplo, daí em diante, foi enfiando um pouquinho por vez a cada vez que fazia o vai-e-vem. Meu tesão era tanto que eu sá queria minha mulher ali comigo em uma posição que sentisse mais nossos corpos se esfregando, foi aí que pedi para que pegasse nosso cinto para que a posição ficasse “mais natural”. Trepamos muito naquela noite, muito mesmo, até e gozar, pois ela já havia gozado algumas vezes, sempre com aquelas sacanagem sussurradas ao pé do ouvido, o que torna tudo mais gostoso. Nos lavamos e voltamos para o quarto para nos deitarmos.

O que posso dizer?... Sá posso dizer que amo minha mulher, tenho prazer com ela e não sinto vontade de traí-la, nossa relação se mostrou verdadeira e de uma cumplicidade impar, o que tenho vontade ela faz e o que ela tem vontade eu faço. E assim espero ser feliz por muito tempo, quem sabe até morrer?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comendo e falando sacanageme gozando contosconto erostico cASALCOM UM MOLEGUE EM CASAxvidio travesti lisarolaContos tia de saia curtatrepafa de caronacontos eroticos depois daquela pica a buceta da minha esposa nunca mais foi a mesmacontos eróticos "peladinho" sobrinhocontos eroticoso cu da cadelinhaporno home gozando forddeconto guey jogador chupa adversário no vestiáriosogra metida a santa contos eróticopai do meu amiguinho, conto gayContos fudendo eladei de perna abertaempurando devaga no cu 30crelato erótico real- a visitacontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gaysContos eroticos podolatria no hospitalcontos eróticos massagemsimpatia comer cunhadagorda gozando contosporn contos babesitter em casa familiacontos de incesto minha filha se tornou um mulheraoporno travesti rosadinha menininhasogra humilha genro contos eroticosduas irmas gozando juntas conto eroticoContos mae da minha namorada perguntou me punhetorelatos de comadre dando a buceta pro compAdrecontoseroticomenininhaconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdoaregasando a b da npalhia de calcia preta nuaMinha esposa deu a xoxota pra um mendingoconto erotico bucetas folozadamacho casado ativo contominha tia travesti contosconto erotico confessei para o meu maridoconto uma viagem muito gostosavemo espoza chupamo autro mo carmaval xxvidiocontos eroticos de estuprosno carnaval de ruaviajo da bundona aqui na Dona a mostrando o c*o ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anos okinawan gélico pornôcontos de afilhadaconto erotico: va para o vestiario e me esperecontos gays adoro cheirar uma rolacontos eróticos comendo as Vizinhas ciarececonto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxougoogleweblight/buceta virgem/ fotosesposa e filha de fio dental e eu contosContos Eróticos tamanho do pau de Meu sobrinho Na Praia De Nudismowww.conto eu vi o pedreiro mijandocontos porno maior q meu antebraçocontos eroticos chupo pica desde novinhacontos: safadezas de um velhootitiu comendo a sobrinhaxvideo mobile meu pai me castigoucontos de zoo trinamento de cao para casadasContos com picas bonitasconto erotico estudandoconto real de pai de 50 anos sarado fazendo sexo com seu filho novinhocontos eróticos chupa querido aiiii chupa a bucetacontos eróticos leite incestoamamentar o pedreiro contosno cu da sogra coroa contoContos irma mais velhaconto meu pai descabacou minha irmacontos eroticos moleque e mulherbuceras com paj giganti dentromassagem no jogador conto bissexuaisContos eroticos galeracontos eróticos meu segredonovinha de calcinha fudendo com velho contosler conto pornô de i****** ajudando minha filhacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html