Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CAROL, A PRIMEIRA

Click to Download this video!

Olá. Meu nome é Edu e hoje vou contar como foi a minha primeira vez.

Eu tinha 19 anos e estava "naquele" tesão práprio da idade. Um dia, minha irmã convidou uma amiga pra ir em casa. Eu não estava nem aí pra isso, pra mim tanto fazia.

Quando a menina chegou, Carol, de 19 anos, uma linda branquinha de cabelos negros e curtos, eu vi que ela tinha o corpo um pouco mais desenvolvido para a sua idade, tinha uns peitinhos arrebitados e uma bunda empinadinha.

No meio da tarde, nás fomos para o quarto ver um filme. Ela e minha irmã se deitaram na cama, ambas de bruços, para ver melhor a TV. Foi aí que eu notei (e comecei a ficar com muito tesão) pela bunda da Carol.

Bem, o filme passou e no final do dia, minha irmã teve a idéia de brincar de casinha. Eu logo aceitei, dizendo que eu queria ser o pai e a carol poderia ser a mãe. Ela aceitou e fomo "brincar".

Eu estava deitado com a carol na cama, "inocentemente" e ela estava de costas pra mim. Aí eu ouvi minha mãe dizendo: "filha, vamos comigo no mercado, o edu fica aqui com a carol." Eu disse: "beleza!"

Ela sairam e eu fiquei ali, ela de costas pra mim e eu com o pau estourando dentro da cueca. De repente, ela se virou e disse, dando um sorriso maroto: "Para de cutucar a minha bunda!" Eu disse, com muito atrevimento que eu não sei de onde eu tirei: "Você quer que eu cutuque outro lugar?"

Ela parou um instante e ficou me olhando, com cara de quem não acreditava no que estava acontecendo. Ela disse "quero sim".

Nesse instante, fui eu quem não acreditou no que ela estava dizendo. Lentamente eu peguei a mão dela e segurei. Depois ela veio e me beijou. No começo foi um beijo normal de língua, mas depois começou a esquentar. Ela começou a dizer que ela me queria, que eu ia descabaçar ela...

Eu pensei: "nossa, nessa idade e já tá querendo dar!"

Eu comecei a passar a mão pelo corpo dela até chegar em seus peitinhos e apertá-los. Ela falou: "quer sentir mais de perto?" eu tirei a blusa dela e ela estava sem sutiã, peguei e comecei a beijar, lamber e chupar aquele peitinho delicioso. Depois, fui descendo pela barriguinha dela, enquanto ela tirava o shotinho que estava usando, revelando uma calcinha rosa, muito linda. Quando eu cheguei perto, eu pus a mão na calcinha e a tirei, fazendo a carol, gemer.

Desci minha língua até a sua bucetinha, eu não sabia nem o que estava fazendo direito, sá sabia que ela estava gostando, pois gemia alto e se contorcia toda de prazer.

Depois disso, eu voltei a beijar ela e comecei a masturbá-la com um dedo. Depois eu coloquei um dedo da outra mão no seu cuzinho, fazendo-a gemer muito.

Ela então pôs a mão no meu pau (que, há muito, já saltara pra fora da cueca) e começou a tocar uma pra mim.

Lentamente eu fui chegando meu pau perto de sua bucetinha e ela olhou bem fundo nos meus olhos e disse "me descabaça!" e eu fui.

No começo foi meio ruim pra por, mesmo a buceta dela estando tão molhadinha, mas ela gostou e começamos a fazer um movimento vai e vem muito gostoso. Ela começou a dizer: "eu vou gozar!!!" eu também estava louco de tesão, mas ela gozou primeiro. Eu, então desci minha boca até a buceta dela novamente, onde chupei todo o líquido vaginal que estava nela. Ela então me disse: agora é a hora. Met no meu cuzinho. E assim fiz. Ela parecia uma profissional rebolando e dizendo: "tá doendo mas é tão bom!" e, dessa vez ela gozou duplamente, pelo cu e pela buceta que eu estava metendo dois dedos. Eu gozei junto com ela. Ficamos ali, pelados nos acariciando por varios minutos ate minha mae chegar, quando nos vestimos rapido. Até hoje fazemos isso quando ela vai em casa, e é muito bom. às vezes famos no banheiro, no quarto dos fundos... Nunca nos pegaram e espero que não peguem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


videos de gay apostei o meu cu e olha no que deucontos er senta devagarContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhaTennis zelenograd contorelatos erótico andando a cavalo com meu tio contos erótico pelo idade que bunda pequena sentou no meu colo incesto analconto erotico incesto sonifero filhamarido tarado conto eroticoprima madura solteira na casa de praia contos eroticos pornoconto gay pai gayFui estuprada com penis de borracha contoconto estagiaria virgemcontoseroticos paguei para estruparem minha mulhereu e maninha fudemos gostosocontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornocontos eróticos f****** a mineirinha s*****fobtos trasado com as duastias gostosvideos para deixar o namoradoexitadoComtos xxx minha mulher crente de tanto dar o cu ela levadedada e nem senteconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãocontos gay sentando no colo e gosouSentando no colo contoscomeu o cu da filha do patrão novinha de17 pornodoidocontos de incestos gays org oline- contos- maduro comendo cu de menino novinhoSou casada mas bebi porro de outra cara contossexo com amigo contoscontos eróticos com esposa obedientecontos eroticos: sobrinha no colocontoseróticos encoxadas na casadaConto erotico na cama com a tia coroa puta.comcontos traindo meu maridoconto anal carnuda carentecontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimcontos de sexo com viuvaadoro ser fodida com força. conto eroticoconto gay dando ao estranhocontos eróticos meu sobrinho punheteiroContos eroticos de meninas estupradas.vídeo do sogro transando com sonora atrás da casa cheio de tesãoContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando em tres picas grandescomtos.dei. pto pastlor.alecontos com fotos o guarda roupa da casada liberada do mansocunhadinha danadinha contosconto gay dando na apostafilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorFeirao big foto penetrando no cuzinhoO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticocontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco abusada pelo filho contoirmãfodeirma dormindoContos eroticos engravidei a indecisacontos eróticos meninas de 25 anos transando cachorro Calcinha Preta com as unhas vermelhascontos punheta filho sobrinhotravestis comedo o cuzinho de homem amarrado e amordassandocoki a amiga da esposa contosconto comi o cu do moleque okinawan gélico pornômadame currada no mato contoMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosContos erótico vi o pau do meu aluno e não aguenteiViciada em siririca contosporno encejo com sogra e sogro conhiadascontos gay o hetero sentou no meu colo na viagemContos eroticos de irman eirmaocontos q lambidinha deliciosa papaicontos amor gaySou casada fodida contocontos eroticos morena na garupa da motocontos eroticos namorado e amigo mesma camacontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenacontos eroticos de meninas novinhasestrupei o cú da minha mÃeconto erotico incesto sonifero filhaConto erotico Zoofiliacontos de corno acampandogordinho cagando na vara conto eroticoscontos/casado gosto de exibir a bundinhacontos esposa bi sexual marido sortudoconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anosesposa devoradora de garotinhoscontos negras visinhas gostosascontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangsobrinho de caseteduro amFui corno e gostei muitocontos eroticos na praiaprimo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para foraminha tia andando nua contominha filhacontos tava dormindo e eu comi elacontos eróticos meninas de 20 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eróticos casa de wingaventuras com travesti Portugal contofoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelagozaram na bocacontoscontos eroticos a buceta da minha mae e a coisa mais gostosa do mundose eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caracontos eroticos de fui fudido junto com minha mulhercontos eróticos reais com velhos acima de 60 anossem querer fraguei minha cunhada no banheiro