Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESCOLHI PRA DAR MEU CU

Click to this video!



Olha eu aqui novamente, pra quem não me conhece, sou André – Deco, Negro, 24 anos, 1.76, 65kg, tatoos pelo corpo, sou magro. Já escrevi alguns contos, já recebi varias msg de leitores, fico feliz por deixar algumas pessoas de pau duro. Vou contar a minha 1ª vez que fiz passivo, tinha 19 anos e ele 22,



Eu sempre fui de praticar esportes, minha família curto muito exercícios, por recomendações medicas, comecei a nadar, peguei gosto pela natação, comecei a competir e ganhava e cada vez ficava mais conhecido nas competições interclubes, fiquei popular no bairro, e com meu jeito foi mais fácil manter esse relacionamento com a galera.

Já tinha começado a vida sexual, desde dos 19 anos já gozava gostoso, mas isso eu conto depois,

Já fudia bastante, apesar de ser novo, sabia como ter homens maneiros, tinha o que eles gostavam, PIROCA, sempre comia e reparava que os caras gostavam muito do que estavam fazendo, claro que em deu vontade de experimentar, mas não tinha com quem, por que a galera já se aproximava com a idéia de me dar, srsrsrs fico rindo mas é verdade, então comecei a escolher o cara que ia tirar minhas pregas...

Nos treinos sempre tinha alguém legal, seja amigo, ou convidados, alunos de outros horários, mas estava complicado eu ter um macho legal, foi um trab de pesquisa muito grande, eu queria alguém, bonito, gostoso, pirocudo (já que é pra fazer, vamos fazer direito né? Piroquinha to fora... srsrsrsr), e confiável, pq na época ninguém sabia das minhas aventuras, o nome dele e o bairro não vou dizer, pra evitar problemas.

O cara foi escolhido, agora era vez de muita paciência, tinha que preparar bem o terreno, ele era meu amigo, fazia parte da mesma equipe, quase mesma idade, quase mesma categoria, ele era o que estava procurando, bem de baixo dos meus olhos, acho ate que demorei pra maldar algo com ele.

Todos os dia geral se trocava no vestiário, vários homens juntos, pelados, viajava em varias fantasia, chegava em casa e tocava varias punhetas, foi numa dessas trocas de roupas que reparei o tamanho da piroca desse meu amigo.

Comecei a olhar pra ele com tesão, ele não era bobo, comecei tb a demorar no vestiário, pra ver o q rolava, todos saiam e eu ficava, sempre sobrava eu e esse amigo, uma dia saímos desse clube e dei mole na cara de pau, disse que ele tinha um corpo maneiro, q as meninas e ate uns carinhas do clube olhava pra ele, demos uma gargalhada e ele respondeu que não percebia os caras, mas as garotas já tinha notado, então disse que ele tinha que prestar mais atenção nas pessoas, ele disse assim na minha cara: pq vc quer tocar no meu corpo, quer fuder comigo neguinho? - meu irmão fiquei como né? Meu pau endureceu na hora, claro que respondi de bate-pronto, é meu amigo quero mesmo é dar pra vc, topa? Ai foi a vez dele ficar atônico, não esperava talvez uma resposta a altura da pergunta, ele começou a rir, e perguntar se eu tava zoando, respondi que não estava brincando e convidei pra ir à minha casa, ficava sozinho todos os dias. Ele ficou meio assim, mas dei mais um papo e ele com um sorriso safado, aceitou.

Estava com muito tesão, estava esperando aquilo a muito tempo e com ele era melhor ainda, confesso que estava com receio da dor, mas o tesão era maior, fomos entrando e na sala mesmo dei uma pegada no seu pau, e ele com um sorriso que me deixou no ponto de tanto tesão, ele tava de shot (de jogador de futebol), ele adorava andar com esses shots, isso me chamou também atenção, piroca dele começou crescer e crescer, caralho, que piroca, ali mesmo me abaixei e comecei a chupar, mas chupava com vontade, uma piroca deliciosa toda na minha boca, olhava pra ele com a rola na boca e ele gemia de tesão, curto mesmo dar prazer, já fazia isso metendo e agora estava fazendo do outro lado, o lance mesmo é fazer o cara gemer gostoso, voltando, então e me pegou pelo braço, com força e me beijou, porra, que beijo, parecia ter acertado na loteria, o cara era bom, o melhor ainda era meu amigo, depois do beijo e falou no meu ouvido, que queria mesmo era que eu ficasse de quatro pra ele, disse que queria muito meter a língua no meu cu, na hora virei pra ele, porra se o beijo era bom, nem imagina como era aquela boca no meu cu.

Gemia e apertava o sofá, foi minha vez de pega-lo pelo braço e disse: Vem chupar meu cu no quarto vem...

Ele na hora me atendeu e já entrei no quarto e me abrindo todo pra ele, fazia quase tudo que os carinhas faziam pra mim, queria dar com moral, queria ser puto mesmo... ele não sabia que seria o primeiro a meter em mim, ele lambia e pedia pra não parar, fizemos um 69 gostoso e quando dei por mim, ele já estava forçando minha apertada entrada, meu cu piscava, parece que ele sentia, e começou a se transformar, e foi metendo e eu vendo estrelas, mas me amarrando, gostando mesmo, fui relaxando, ele percebendo e meteu, de primeira, todo nervo duro, cheio de sangue no meu cu virgem, foi tão bom que nem tive força pra gemer. O cara sabia meter, massageava com a piroca dentro de mim, foi aumentando o ritmo e eu fui gostando, me abri pra ele de quatro na minha cama, empinei, socava com vontade, era aquilo que eu precisava, cada metida, uma vontade de gozar, mas prendia tava tão bom, fiquei de “frango”, ele me olhava e metia, começou a falar varias putarias, dizia que agora que sabia que meu cu era gostoso, ia me comer no clube, na rua, no carro, vários lugares estranho que ele tinha vontade de fuder, entrei na onde dele e disse que eu queria, que seria sempre fuder daquela maneira. Gozamos praticamente juntos, ele me fez gozar metendo e lambendo meu peito, delicia, ouvimos barulho na casa, levei um susto, nos vestimos rápido, e fomos pro computador, se entrasse alguém essa era a desculpa, dei com vontade, ele se amarrou tb, queria sempre, tive que dar uma trava, ou talvez hj estaria muito arrombado, rsrsrss

Nos encontramos lá em casa algumas outras vezes, ate tentei meter nele, mas ñ rolou, ele ficou noivo, fomos nos afastando, hj é casado, nos mudamos do bairro, e as vezes nos esbarramos, mas sá rola papo mesmo, foda não mais...

Mas as vezes fico lembrando de nossas caras de pau né! Srsrsr delicia de lembrança...



Vlw por ler meus contos, caso tenha curtido em baixo tem uma listinha de minhas aventuras!

[email protected] bjs a todos!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos prima e irmãconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneiconto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeucontos eroticos casadas 50 anosaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãoesposinha chorosa: contosContos na pescaria com tios e amigos me fazen d bixinha delescontos eroticos gay infanciachantageada e humilhada pela empregada negrajemro comvemceu a sogra e comeu sua bucétaContos eroticos tarado por seiosRelatos de como tive minha primeira relaçao de sexo gay com uma cadela ainda virgem sexo zoofiliaconto de quarentona a fuder com desconhecidocontos eroticos sou casada o velho da chacara sozinhoComtos erotico 6 com a casada.contos eróticos de professoras de cegoscontos eroticosirmazinhacontoseroticos me fode tioFicaram satisfeio com meu CuzinhoFui obrigada a da a bucetacontos eroticos tirando virgindade de netinhacontos saia sem calcinha escada engoli porracontos de maes flagando fihos punheteirosmeu patrão me pegou mastubando e chantageia conto eróticoconto irma dormindoContos eróticos no banheiro da escolavoyeur de esposa conto eroticocomendo cusinho da baba da minha.sobrinhaconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazercontos eroticos de marido ajuda varios amigos afuder esposacontos eroticos com vovoContos pornos-esporrei na comida da cegaconto eu e minha babacontoseroticos chupando meu tiocontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquecontos eróticos de professor Gayvideo de subrinho a proveitando a brincadeira para encochar a tiaconto de botei a minha irmã bem novinha pra chora com a pica grande no cu virgecontos eroticos domia ele cospi nu meu cucontos erotivos aconteceu em monteverdeesposa liberando para amigos no acampamento contoContos sogra fio dentalsubmetido a chantagem para ajuda o marido contos eroticomeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticoscontos eroticosdpmeu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?o cavaloenfiou seu pau com tudo no meu cu gritei de dor videos pornocontos eroticos gay o pastora maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vezele arreganhava minha bucetacontos eroticos putinha pagando a conta do paicontos porno velho o tesão falou mais alto e fui corno contos eroticos de novinhos madrinhasDedo na xoxota contospeguei cunhada certinhacontoseroticoscdzinhasemprestei minha esposa putariaconto de encesto meu nene e do meu filhomeu cuzinho desvirginadosono no cu das duas safadasContos fui trai tomei so no cuconto enterrando a ate o talo no cu da mamaeMe comeu e comeu meu maridocontos eróticos ônibusContos quanto o cu quentacontos eroticos meu irmãocontos eroticos - arrombando cuzinhocontos eróticos porno primeira vez com a namoradasou homem quero dar o cu para uma putanega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camaconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocontos sexuais de jessica no carrocontos gay chorei no pau do coroacontos freirinhacontos eroticos arronbaro e enfiarao tres paus de uma so ves na minha esposa na minha frente e ela adoroucoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandeConto mana onibuscontos eróticos chantagem cunhadacontos eroticos congresso medico