Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JOGANDO DADOS NA FESTINHA

Click to this video!

Eu sou Clara, de 19 anos. Loira, pele clarinha, estatura baixa.



Faz um ano que aconteceu essa histária.

Eu estava em uma festa que já estava rolando a horas, e já havia bebido várias, quando então um grupo de garotos me perguntou se eu estaria a fim de esquentar um pouco o clima do lugar. Logo pensei que eu fosse fazer alguma dancinha para a galera ou coisa do tipo, então aceitei mesmo sem saber o que era que eles queriam fazer.



Então me explicaram que era um jogo. Eu teria que rolar um dado, e o número que aparecesse seria o número de homens com os quais eu deveria transar ali mesmo no meio da festa.



Fique nervosa assim que ouvi, mas acabei aceitando depois de um tempo. Pararam a música e todos olharam para mim enquanto eu segurava o dado. Joguei, ele rolou pelo chão e parou no número 3....

Todo mundo da festa comemorou, pois gostaram de um número razoável de homens que iriam me comer.



O que eu não sabia era que o jogo não parava por aí. Me deram o dado de novo e as novas regras eram que se eu tirasse 1 ou 2, eu daria minha xaninha sá ; 3 ou 4 eu teria apenas que dar meu cuzinho ; 5 ou 6 eu teria que dar os dois.



Joguei o dado para cima e então vi um grande 6 no chão... eu tive calafrios e fiquei parada ali enquanto todos da festa riam muito com o resultado. Rapidamente um dos caras me abraçou por trás e disse no meu ouvido "eu quero o seu cuzinho!", e saiu passando a mão pela minha perna levantando minha saia.



Outro tirou logo seu pau para fora e começou a se masturbar ainda ali do meu lado. O terceiro veio pela frente, colocou a mão no meu peito e me beijou. Enquanto essa cena acontecia eu ouvia o coro de pessoas gritando "putinha vai ser arrombada! putinha vai ser arrombada!!"...



Então o cara que estava se masturbando aproximou-se e pediu para que eu o chupasse. Os outros afastaram e me deixaram ali ajoelhada pronta para chupar aquele pinto. Abri minha boca devagar e coloquei aquilo na boca, era meio grande, mas aos poucos fui conseguindo dar conta, e ele dizia "isso... Clara, vc não sabe qtas eu já bati pensando em vc"

Fiquei uns 5 minutos chupando aquele cacete.



Quando terminei, todos os três chegaram perto e começaram a arracar minha roupa de forma violenta. O primeiro me jogou então no chão, abriu minhas pernas e começou a me penetrar na xaninha... era muito gostoso o vai e vem que ele fazia comigo. Passados alguns minutos ele rolou de lado comigo, me deixando por cima e continuou me fudendo, quando então eu ouvi "é... agora que ele fode sua buceta cheirozinha, eu vou sentir a outra entrada para o paraíso"...



Por um tempo eu fiquei com medo e pedi para que não fizesse isso, mas meu pedido foi em vão e eu apenas percebia que todos riam disso. Ele se aproximou de mim por trás e então forçou seu pau na entrada do meu cú. Demorou mas aos poucos foi entrando e doendo muito, pois nem sequer lubrificante foi usado e ele foi com muita força. Nessa hora eu já não sentia mais o mesmo prazer da transa que sentia no começo, mas eles estavam se divertindo muito.



O terceiro então veio com seu pau na minha boca e me obrigou a chupá-lo enqto eu ficava sendo comida na xana e no cuzinho. Ficaram ali me fodendo por muito tempo naquela posição até que eu já não aguentava mais.



Pararam por um tempo, mas logo quiseram continuar "vamos! a gnt tem que revezar o cuzinho dela até ela não poder andar mais!". Me colocaram debruçada sobre a mesa do centro da sala com as pernas para fora, deixando minha bundinha arrebitada. Senti já uma pressão de um pau na entrada de meu cu novamente e mais uma vez foi comida, e dessa vez com mais violência. Fui comida assim até que comecei a chorar... foi então quando resolveram parar de me foder.



Por fim, falaram que eu deveria engolir porra. Um por um bateu uma punheta jorrando porra na minha boca, mas não me deixaram engolir até que o último gozasse em mim. Então eu tinha o gozo dos três na minha boca e engoli tudo de uma sá vez.



Fiquei deitada no chão da sala me recuperando, quando minha amiga veio me dizer "nossa Clarinha... não sabia que vc aguentava tudo isso... da práxima vez quero ver vc aguentar uma mulher.... como eu...". Mas isso fica para outro conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


coroa de vestidinho sem calcinha abrindo as pernas para enteado poderviciadinha em dar o cu contosconto coroa chupando piroquinhaChantageada e comida contoscomtosgay comi o cuzinho do meu irmaoestou ficando louco pela filha de minha mulher incestochantageada contoscontos eróticos gay e coroarelatos de comadre dando a buceta pro compAdredelicia conto heteroMe comeu e comeu meu maridoFiquei parado olhando a bunda delacontos eróticos dupla penetração anal em travestis zoofiliacontos erótico Paráconto erotico gay colo tioContos cunhada e sogra casada que adora dar a bundaconto erotico gay meu amigo rasgou meu cucontos vizinha feiacontos de coroa com novinhocontos eroticoso cu da cadelinhacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos corno e amigo onibus de viagemtinha perder sua coroa no seu pau do negrãomeu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavaconto o Pastor me comeucontos eróticos esposa disfarçadoContos eroticos cunhada safada jeovatiti do cu apertado emnContos adoro vervoyeur de esposa conto eroticocontos e Relatos reais de nora transando com sogro em Brasíliavedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhaContos quanto o cu quentadei contosmostrei a buceta toda babada pro papai brincaro que sua esposa achou do menage femininoconto estrupando o cu da menininha novinhaconto erotico confessei para o meu maridotravestis levei gozada no cuzinho sem tira a roupacontos eroticos com fetiches absurdoscontos incestos dividindo o filhojogadora de vôlei nua do Brasil pela tomando banhopôrno pima maveliaconto ganhando mamadeira de porracontos eróticos - encoxada no elevadorcontos de rabos sendo dilaceradosconto erotico sogra chata levou rolacontos eroticos gay - minha irma me preparouconto erotico com coroa empregadameu,vizinho mais velho me lambeucontoseroticosrolaContos eróticos primo comedor comeu o cu da nanegozei no copo e dei pra minha tia bebeu contospelado na Rua, Contosconto de ranquei cocó do cu do novinho que chorou na minha pica grandexvidio minha irmã sozinhocontos negras visinhas gostosasContos um garota me ensinou oque era uma punhetaporno coroa da boda mole de fiodetaoconto praia de nudismo com a esposa continuaComtos mae fodida pelo filho e amigos deleContos e fotos de gozadas nas calcinhascantos erotico brincando de baralho com sobrinhacontos eroticos descobri que era gay e não sabia parte5contos eroticos mãe gostosacontos eróticos me fode caralho vaicontos meu filho me pediu para engolir sua poraconto bricano com o primho de esconderdeu sonífero para comela prnoContos erotico Minhas mamas doem muitocontos de cú de prima coroacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html minha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoscontos-você vai devagar no meu cuzinhodei minha buceta para os amigo do meu filho contos eroticoFui passear fui estupradocontos eroticos gay - minha irma me preparousubstitui o papai contos eróticoscunhada sem calçinha contoscarlão socando ate as bolas no cu da vadiaconto erótico dei pro Negrão pauggdei a bunda contosconto erotico massageando a tia nuacontos eroticos praia de nudismocontos eroticos sou adotadaContos eroticos casada na excursãoconto erotico peguei minha mulher fudendo com os amigos que vieram passar o carnaval em casaContos eroticos c imagens v puta de meu sogro e do cunhadoconto eróticos esposa fas marido virar mulher dela e do outros machosGozei no pau do meu irmão dormindo contoscache:BEpQkv0OPJUJ:idlestates.ru/conto_4507_eu-o-namorado-corno-e-sua-namorada.html