Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JOGANDO DADOS NA FESTINHA

Click to Download this video!

Eu sou Clara, de 19 anos. Loira, pele clarinha, estatura baixa.



Faz um ano que aconteceu essa histária.

Eu estava em uma festa que já estava rolando a horas, e já havia bebido várias, quando então um grupo de garotos me perguntou se eu estaria a fim de esquentar um pouco o clima do lugar. Logo pensei que eu fosse fazer alguma dancinha para a galera ou coisa do tipo, então aceitei mesmo sem saber o que era que eles queriam fazer.



Então me explicaram que era um jogo. Eu teria que rolar um dado, e o número que aparecesse seria o número de homens com os quais eu deveria transar ali mesmo no meio da festa.



Fique nervosa assim que ouvi, mas acabei aceitando depois de um tempo. Pararam a música e todos olharam para mim enquanto eu segurava o dado. Joguei, ele rolou pelo chão e parou no número 3....

Todo mundo da festa comemorou, pois gostaram de um número razoável de homens que iriam me comer.



O que eu não sabia era que o jogo não parava por aí. Me deram o dado de novo e as novas regras eram que se eu tirasse 1 ou 2, eu daria minha xaninha sá ; 3 ou 4 eu teria apenas que dar meu cuzinho ; 5 ou 6 eu teria que dar os dois.



Joguei o dado para cima e então vi um grande 6 no chão... eu tive calafrios e fiquei parada ali enquanto todos da festa riam muito com o resultado. Rapidamente um dos caras me abraçou por trás e disse no meu ouvido "eu quero o seu cuzinho!", e saiu passando a mão pela minha perna levantando minha saia.



Outro tirou logo seu pau para fora e começou a se masturbar ainda ali do meu lado. O terceiro veio pela frente, colocou a mão no meu peito e me beijou. Enquanto essa cena acontecia eu ouvia o coro de pessoas gritando "putinha vai ser arrombada! putinha vai ser arrombada!!"...



Então o cara que estava se masturbando aproximou-se e pediu para que eu o chupasse. Os outros afastaram e me deixaram ali ajoelhada pronta para chupar aquele pinto. Abri minha boca devagar e coloquei aquilo na boca, era meio grande, mas aos poucos fui conseguindo dar conta, e ele dizia "isso... Clara, vc não sabe qtas eu já bati pensando em vc"

Fiquei uns 5 minutos chupando aquele cacete.



Quando terminei, todos os três chegaram perto e começaram a arracar minha roupa de forma violenta. O primeiro me jogou então no chão, abriu minhas pernas e começou a me penetrar na xaninha... era muito gostoso o vai e vem que ele fazia comigo. Passados alguns minutos ele rolou de lado comigo, me deixando por cima e continuou me fudendo, quando então eu ouvi "é... agora que ele fode sua buceta cheirozinha, eu vou sentir a outra entrada para o paraíso"...



Por um tempo eu fiquei com medo e pedi para que não fizesse isso, mas meu pedido foi em vão e eu apenas percebia que todos riam disso. Ele se aproximou de mim por trás e então forçou seu pau na entrada do meu cú. Demorou mas aos poucos foi entrando e doendo muito, pois nem sequer lubrificante foi usado e ele foi com muita força. Nessa hora eu já não sentia mais o mesmo prazer da transa que sentia no começo, mas eles estavam se divertindo muito.



O terceiro então veio com seu pau na minha boca e me obrigou a chupá-lo enqto eu ficava sendo comida na xana e no cuzinho. Ficaram ali me fodendo por muito tempo naquela posição até que eu já não aguentava mais.



Pararam por um tempo, mas logo quiseram continuar "vamos! a gnt tem que revezar o cuzinho dela até ela não poder andar mais!". Me colocaram debruçada sobre a mesa do centro da sala com as pernas para fora, deixando minha bundinha arrebitada. Senti já uma pressão de um pau na entrada de meu cu novamente e mais uma vez foi comida, e dessa vez com mais violência. Fui comida assim até que comecei a chorar... foi então quando resolveram parar de me foder.



Por fim, falaram que eu deveria engolir porra. Um por um bateu uma punheta jorrando porra na minha boca, mas não me deixaram engolir até que o último gozasse em mim. Então eu tinha o gozo dos três na minha boca e engoli tudo de uma sá vez.



Fiquei deitada no chão da sala me recuperando, quando minha amiga veio me dizer "nossa Clarinha... não sabia que vc aguentava tudo isso... da práxima vez quero ver vc aguentar uma mulher.... como eu...". Mas isso fica para outro conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


lésbicas infia arma gelada na ppk até gozarcontos de coroa com novinhoconto erotico coroa 60contos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delaConto de coroa estrupada e chingada pelo genrocontos tia de 57 anospapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadaconto cu esconde-escondeMinha irma pos uma legue sem calsinha para mim ver contosArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contoscasa do conto erotico filha da patroa em reforma do aptcontos: sentei no colo do velhocacetudos e contos eróticosconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsocontos eroticos de mulher casada shortes raxandocontos erotico sendo fodida e fotografadacontos de maeContos gravida de outro marido adoroucontos eróticos fui consertar o interfone da vizinha e comi seu cuzinhominha esposa me transformou em travecoconto erotico minha esposa com o pateaosexe conto com foto meo marido mando papai mi enrababranquinha magrinha de cabelos caracolado danadinhaContos eroticovirei submissoo importante e gozar e ser feliz conto eróticopeguei meu amigo f****** as tetas da minha esposa na cozinha contos eróticosnegro beijando garotabranquinhaconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradaComtos tia e sobrinha fodidas pelos amigos do tiocontos porno velhoesposa perdeu a aposta contoscomendo a mae e a tia na piscina contos eroticonamorada de calnsinha centou na picaconto erotico gay coroa cavalao faz viadinho chorarconto erótico de empregada lésbica bolinando a inocentejogo de carta em aposta conto incestolésbicas se ralando incerta com bucetacontos eroticos de lolitos com tios de amigosContos eroticos estruparam minha avo e mamaemulher de vertido con as pern.a reganhdaele era um lindo anjocontos maninha adora meu paucontos eróticos minha sobrinha mim chupava todos os dia sMinha vizinha me deixou ver ela transando contosminha,sogra carinhosa contosHistórias eróticas sobre estuproseu meu primo e minha mulher contosconto erotico gay viado fica com medo da piroca do coroa e e fudido a forcagarotinha conto eroticohistorias eroticas de mulheris que tranzarao com emteadoconto erótico transformei meu filhinho em mocinha de calcinhacontos horoticos verdadeiras pelotasconto fala todas solteiro cornodespedida de solteira com noiva pegando no pau dos stripsconto sexo de madrasta fazendo fio terra no entiadocontos eróticos eróticos meu enteado me comeu asgostosas ticoscontos paguei mais comi a putacontos sexo minha mae me transformou em meninacontos eroticos fiz megane com meu maridocomendi a comadre fui pego no fraga contoCasadoscontos-flagrei.conto irmã peladinha dentro de casaConto etotico ninfeta putinha so dorme peladinha e arecanhadinhaconto erotico peguei minha mulher fudendo com os amigos que vieram passar o carnaval em casaminha filha chantagista contoscontos eroticos com mini saiajaponesas babys fazendo zoofilavideo erotico"minha primeira vez com travesti"Contos de casada estrupada dentro de casacontos eroticos minha mulher apanhacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosmulher sendo forçada a gozar com pirocada de macho amarradadesço no teu paufoto de mulheres que traem os maridos de Hortolândiaminha esposa de shortinho na obra conto