Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MÉNAGE À TROIS COM MINHA CUNHADA.

Click to this video!

Gostaria de relatar um fato que ocorreu há pouco tempo comigo e que nunca pude dividir com ninguém, para não indelicado nem com minha cunhada e nem com minha namorada, e também na esperança de que possam acontecer mais farras como esta.



Há três meses minha namorada, uma morena linda, alta, com um belo par de coxas e seios tão belos e empinados que nem necessitam de suporte de soutien me confessou que teríamos um final de semana dos sonhos em sua casa, pois seus pais estariam viajando e poderíamos aproveitar à vontade.



O que eu nem imaginava era que ela estava armando uma bela surpresa pra mim. Ela tem uma irmã mais nova que é uma gracinha, e ainda era virgem.



Bom, aconteceu que, como combinado, fui à sua casa no sábado à noite, já esperando uma bela noite de lua de mel. Chegando lá, ela primeiro me convidou pra assistir à uma filme que ela tinha locado, "Instinto Selvagem", com a provocante Sharon Stone. E a minha cunhada também veio assistir ao fimle conosco.



Como sempre pegamos um cobertor e nos enroscamos deitados no sofá. Minha cunhada estava com uma camisolinha muito provocante que eu nunca tinha visto, uma delícia.



Começamos à assistir ao filme e minha namorada estava muito tarada naquela noite, e durante todo o filme rolavam uns belos amassos por baixo do cobertor. Minha cunhada, por sua vez, toda hora levantava pra ir à algum lugar e passava de costas na minha frente, mas muito perto do meu rosto, de forma que eu podia ver bem de pertinho a sua calcinha.



Terminado o filme, minha cunhada foi para seu quarto e eu e minha namorada fomos para o dela. Já entramos no quarto nos amassando, nos pegando e nos beijando bem gostoso, foi quando ela me empurrou pra cima da cama e disse pra eu ficar quieto. Então ela pegou uma venda e amarrou bem firme tapando meus olhos. Em seguida pôs um cd pra tocar. E eu deitado na cama fique sá curtindo o momento, esperando que ela me atacasse.



Então ela veio e se detou ao meu lado na cama, pegou a minha cabeça e foi empurrando pra baixo, bem pra o meio de suas pernas. Eu adoro chupar sua buceta bem gostoso, e não me fiz de rogado. Comecei lambendo bem de leve, em movimentos de baixo para cima, e ela dava umas tremidas cada vez que sentia minha lingua tocando seu clitáris. Em seguida dei uma atenção especial à ele, e fiquei ali, chupando e lambendo por mais uns vinte minutos, do jeito que eu sei que ela gosta, até que ela começou a enrigecer os músculos das pernas e puxar minha cabeça com força para junto de si e eu sabia o que aquilo significava, ela ia gozar. Ela gozou deliciosamente, empurrando sua boceta contra minha boca ao mesmo tempo que puxava minha cabeça de encontro à ela. Pulando e gemendo deliciosamente!



Em seguida, me levantei e meio que apalpando suas pernas abertas para mim, direcionei meu pau, que à esta hora já estava até latejando de tão duro, para a entrada de sua boceta, que estava completamente encharcada. Quando percebi que o enaixe estava perfeito, enfiei tudo numa estocada sá, forte, determinada, e ouvi ela dar um urro. Achei estranho, porque ela nunca urrara antes, mas continuei bombando forte, morrendo de tesão, e alguns minutos depois, quando eu estava quase gozando, ela me empurrou pra trás. Eu queria tirar a venda e continuar, mas ela percebeu que eu levei a mão ao rosto e pediu calma.



Então ela se virou de costas e veio chegando sua bunda, até encostar no meu pau. Não precisou falar nada, encaixei mais uma vez meu pau na entrada de sua boceta e mandei ver, mas dessa vez lentamente, pois adoro sentir meu pau entrando e sendo centímetro a centímetro abraçado pela sua boceta enquanto como ela de quatro.



Então, para minha surpresa, veio uma mão por trás e soltou a venda. Não pude acreditar no que estava vendo. A mão que soltou a venda era da minha namorada, e quem estava de quatro na minha frente era a minha cunhada.



Quando percebi o que estava acontecendo ali, fiz questão de bombar com vontade, e gozei gostoso, mas muito gostoso mesmo, bem fundo, naquela boceta que eu havia acabado de descabaçar. Que delícia!



Depois fomos tomar banho. Brincamos bastante, nos esfregamos, beijamos e apalpamos. Minha namorada me disse que quis me presentear com uma noite de sheik e ao mesmo tempo dar a sua irmã a oportunidade de iniciar sua vida sexual tendo muito prazer.



Apás o banho minha namorada quis dar uma lição à sua irmã, e transamos feito loucos enquanto ela se masturbva nos assistindo.



Acabamos dormindo todos juntos, nus e entrelaçados. O final de semana acabou se tornando uma lua de mel à três. Esse foi, sem dúvida nenhuma, o melhor fim de semana de toda minha vida.



Gostaria de me corresponder com mulheres e trocar experiências sexuais, pois eu e minha namorada estamos sempre procurando novas aventuras. Mail para: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos a calcinha da patroaconto eróticos dei o cu novinhameu cu e meu genrocontos de coroa com novinhoContos, eu convidei um foragido na minha casa e ele comeu a minha mulherainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôconto erotico meu patrão i o gerente comeu minha esposaMinha esposa no rancho com outrocontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornocontos eróticos caseiros com o filho rapaz do patrãovídeo pornô dois cara comendo a mulher do cara do homem assaltando a por lágrima é como o c* do homemcontos eróticos leite incestobaixo forte troncudo e pau grosso gayContos eroticos tarado por seiosПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.ruContos excitantes sou gaúchacontos eróticos eu com meu 30cm comen minha prima no sofá de casavideo porno de sogra chama o genro para sua casa par dar par elevoyeur de esposa conto eroticotodos gozarao na minha bucetacontos erótico ele derrubou com a esposa juntovizinho tezudocontos eroticos mim arreganhei pra papai e ele caiu de boca na minha bucetase masturbar antes de durrmi faz bemconto real meu vizinho me estuproucontos eróticos leite incestoContos mulher estrupadas negroscontos eroticos mae e filhoa minha primeira vez com sexo canino contosconto eroticos gay comi o cu do filho do meu tiosonhar com a mulher tranzndo com outroContos de mulheres que pegam marido com travestifotos cim zoom so de cacetes duros melado de porrac erotico metendo com a molecadaminha namorada apertando meu pau com a sua bucetaela pediu pra parar mas continuei fudendocus rijos bom analcontos eroticos sou crente casada mas tenho fogo no cumulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridosContos de casadas inrrustidasconto erotico emprestando a noivaMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mcontos maninha adora meu pauContos fui estud fud mãe e filhacontos de sexo comi minha sogra vadia na frente da irma delaswing tio com sobrinhas flagrante historias contoscontos eróticos ônibusenchi a boca na pomba grossaconto gay pm com pmminha dani me fodeu me quando dormicontos eroticos buceta arrombadagay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosoMinha tranza com animais contosgozando dentro do tamanco contosver pica bonira gozandocontos eroticos minha sogra de calcinha rendacontos comi a japonesa rabuda casadaContos eroticos ninfomaniacamulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaovi ele comer ela/contoContoseroticos estuprando Vitóriacontos eroticos primo da esposagozando pela primeira vez conto gaycontos erótico arrependimentos e chorandoas meninas brincaram com meu pau contospapai disse que me ama contos eroticoscomi a mulher estrupada do traficante contos eroticocomo supa a boceta ligada tonadoContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiaAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  conto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicaschupando buceta com gosto como se beijase uma boca