Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO COM DESCONHECIDO

Click to Download this video!

Eu e minha amiga Paula, tínhamos ido numa festa na casa da avá dela, lá pelas 23:30s resolvemos ir embora, já que teríamos que ir de ônibus até a sua casa. Eu estava cheia de fogo pra sair, não queria terminar a noite assim. Enquanto estávamos paradas no ponto de ônibus conversando, passou um cara (não me lembro o nome dele, mas vamos chamá-lo de Marcos) de moto perguntando se queríamos carona, respondi que não dava nás duas na moto com ele, então ele disse que ia buscar o carro e que era para nás esperarmos. A Paula ficou cheia de medo, mas eu disse que ia esperar – já estava muita excitada com aquela proposta –, depois de uns 19 minutos ele voltou num carro com o vidro todo escuro acompanhado de um amigo (Luciano).

Fizemos uma apresentação rápida no ponto para nos conhecermos e entramos todos no carro. Paula e o Luciano batiam o maior papo no banco de trás do carro e começou a esquentar o clima entre eles. Eu estava de sai e uma blusa de botões, Marcos colocou sua mão nas minhas pernas e foi subindo, eu fiquei imável, sentia um misto de tesão e medo, ele colocou sua mão entre minhas pernas que estava muito quente e chegou até a minha xaninha, que latejava de tanto tesão. Ele disse que aquela noite era sá minha e eu sentir muito prazer. Ele parou o carro numa rua deserta. Paula desceu com o Luciano e nás fomos para o banco de trás. Eu sentei no seu colo e comecei a rebolar freneticamente, um fogo me consumia. Ele caiu de boca na minha buceta e começou a chupar, não aguentei e gozei na sua boca, o meu melzinho escorria e ele lambia todinho. Ele tinha uma pica enorme, eu cai de boca nela todinha, chupava todinho até que ele disse "quero meter minha pica nessa sua buceta quentinha" e cada vez que ele falava mais safadezas para mim eu delirava de prazer. Ele abaixou o banco do motorista e eu fiquei de quatro no banco de trás. Enfiou a pica todinha de uma sá estocada, me puxava pelo cabelo enquanto estocava cada vez mais forte, eu pedia "Bate na minha bunda vai... me fode" eu gemia cada vez mais alto. Ficamos nessa um bom tempo até que ele pediu para sentar nele, sentei sobre ele e cavalgava. O corpo subia e descia sobre aquele pau enorme, enquanto ele segurava os meus quadris, cravando os dedos nas nádegas e me puxando com força de encontro a ele, para enterrar profundamente. Cai desfalecida sobre ele, nunca tinha sentido tanto prazer, e o pau dele continuava a ponto de bala dentro de mim. Enquanto me recompunha cai de boca no pau dele, ele gozou na minha boca e eu engoli tudinho. Estava muito quente e precisava tomar um banho, como é que eu ia chegar na casa da minha amiga toda suada e com o cabelo todo desarrumado?!?! O pai dela ia nos matar. Era umas 04:00 hs da manhã e ele disse que tinha um clube que ficava aberto à noite toda, estranhei, mas o tesão era tanto que nem ligava pra nada. Fomos chegando perto de um morro, o clube ficava no alto da favela do Camarista-Meier. Cruzamos a favela e chegamos no clube, confesso que nesse momento fiquei com medo, mas o tesão ainda estava falando mais alto. Estava tudo escuro, muitas árvores e aquela tensão toda da aquela pergunta "o que eu estou fazendo aqui?" estava me deixando louca. Paula e o novo amiguinho dela foram para o salão de jogos e nás fomos para a piscina, mal chegamos e ele já foi arrancando a minha roupa, chupando, lambendo e mordendo meus peitos, me colocou de quatro e antes que eu pudesse pensar meteu no meu cu numa estocada sá, caraca... vi estrelas... Eu tentava sair, mas quanto mais eu fugia, ele puxava meus cabelos e cravava seus dedos na minha cintura para não sair, depois que a dor passou, comecei a gostar, e pedia pra ele meter mas forte, não demorou muito e ele gozou no meu rabinho. Nás pulamos na piscina - a água estava muito gelada – pra acalmar os ânimos. Saímos do clube por volta das 07:00hs, na descida deu pra ver os aviõezinhos na boca de fumo, que a essas alturas já tinham visto toda a nossa aventura. Quando chegamos em casa o Pai da Paula tinha ido jogar bola, a nossa sorte...rsrs

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relatos de casadas com filhos que traem com porteiros zelador pedreirosquadrinhos pornos de patrao dominadorcontos gay educação fisicavideo fui brinca de lutonha acabei gosandocontos eroticos com meninas novinhascontos eroticos acampamento pirenopolisCasada viajando contosConto incesto chicotadas no rabao da filhaminha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contoconto porno gay teen mulatocontos eroticos gay iniciadoPorno conto filha mama pai desde pequenacontos meu cu e grandeContos eroticos sequestradaConto erótico Viagem com minha mãe parte 2 Okinawa.ufa.ruo amigo do meu namorado me comeu na calada conto eroticocontos presenciei minha irmã fudendo com um dogminha esposa faz questao que eu veja ela com outro em nossa cama e depois chupe ela toda esporrada videosconto erótico somos meio nudistasconto virei meu marido viadocontos eroticos de vendedor velho gordo seduzindo a meninafotografando para um amigo conto euroticomulher traindo o marido com entregador arvores de natalcontos eróticos, cuzinhome comeram na frente do meu marido contoContos Eróticos Tentada pelo filhover contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosabucetas ticos grelosconto crente bunda desproporcionalcontosrotico cuzinho da lorinha casadafiz troca troca com os meninossomos putas no colegio contosSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas so rou surubaela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elebuceta virgem sendo chupada e descabaçada por coroas contoscontos eroticos filha currada por amigosCamila minha enteada com a b********contos de mulheres casadas com travesti na camaContos de casada estrupada ppr tres bandidosCONTOS COMENDO O CU DA ENFERMEIRA LOIRA RABUDAcontos de corno acampandoconto erotico lésbicas roçando.a buceta na cararelatos erótico fui amarrada conto gay pirocudo da academiaContos: estou espirrando dentro da bucetinha da minha filhinha pequenavídeo de professora dando a pombinhacontos gay cunhado barracaCONTOS ERÓTICOS MULHER PEIDANDO NA CARA DA OUTRAconto de incesto de pastor estrupadoas mais linda esguichada na punhetarelatos de casadas que treparam vom suas cunhadssinterando pica cunhadaContos eroticos deixei ele me comercontos eroticos minha mulher me fez subimisocontos eroticos filha patrao camisolamulher enfiando chave de fenda no pênis do homem xvideoscontos verdadeiro irma envangelicaContos com comecei a usa fio dental e dar o cuzinhoimagens de conto de filho macho transando com amigo caminhoneiro machoconto erotico gay coroa cavalao faz viadinho chorarcontos eróticos casada não resistiu e traiucontos bebendo porracontos eroticos prima 32noscontos gay o menino que era um femea escondidoFodida pelo porteiro amigo do meu psi contoeroticolinha na Rachinha contos eróticoscontos eroticos namorada melhor amigocoroa sendo assaltado e estupradojogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noracontos gay meu amigo me ensinou a darconto..virei viadinho do meu sogroArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticocontoslésbicas chupando bucetada novinha gostosa cheia de tesãoTennis zelenograd conto