Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUANDO MEU TIO COMEU MEU CU

Click to this video!

Meu cabaço do cú para meu tio, o garanhão abusivo.

Isto aconteceu uns anos atrás, eu estava no auge da adolescência, com meus hormônios a 1000, e sedenta de experiências. Penso que eu esperava algo assim... E temia... E desejava...

Era uma noite enluarada de um sábado, e eu estava um tanto chateada por ter ficado em casa, meus pais estavam acabando de sair para uma excursão onde iriam ficar por duas longas semanas.

Bem voltamos a falar de mim, a Kate. Uma adolescente de 19 aninhos, que iria ficar sá, porque tinha que estudar e seus pais sabiam do seu caráter serio. Por segurança, os pais lê deram copia das chaves da casa a um tio, quem ficou encarregado de ligar e passar de vez em quando para ver se estava tudo bem.

Na minha terna adolescência, eu era uma moca muito vistosa, alegre e vaidosa. Os lábios bem carnudos e macios (vê-los dão para me imaginar fazendo um belo boquete) com um corpo escultural de 1,78 m, com 65kg bem distribuídos. Pele clara, pernas longas e bem torneadas; com uma delícia seios, com bojo de tamanho médio e uns biquinhos bem protuberantes e rosados, que gosto de insinuar em roupas leves. Minha pele muito e macia e a anca tinha e tem um contorno gostoso de manusear.

Apás me despedir dos pais, voltei para tomar banho, e como estava um tanto chateada, decidi que iria dormir cedo. Tirei toda a roupa e deixando-a num canto do quarto, liguei o chuveiro e a água norma e gostosa caiu-me como um bálsamo.

Saboreando a água por alguns momentos, de repente comecei a ficar excitada com pensamentos maldosos e cheia de outras intenções...

Meus devaneios me levavam para longe, a respiração aumentou, e minhas mãos tocavam com as pontas dos dedos uma gostosa siririca, que foi aumentando cada vez mais até ficar um ritmo frenético e explodir num orgasmo maravilhoso.

Recompôs-me, terminei o banho me enrolei na toalha, e deitei de barriga para cima na cama com os braços e pernas abertas. Assim apás uns minutos, acabei dormindo.

Lá pela meia noite, percebi uma sensação de toque e de ter alguém me observando, achando ser sonho, com medo de abrir os olhos e descobrir que não era um sonho e quebrar aquele momento maravilhoso continuei com os olhos fechados, e aumentei a respiração de acordo com as sensações, um verdadeiro turbilhão de novas sensações a cada minuto. A sensação de uma língua quente e úmida no meu sexo e o tesão de sentir o clitáris sumir numa chupada, foi demais, e comecei a me contorcer. Sempre com os olhos fechados, mas agora já agarrava meu sonho, prendendo fortemente sua cabeça entre minhas pernas, sentia os seios sendo apertados com muita força e fiquei cada vez mais louca...

Logo em seguida bruscamente, fui virada de costas e de pernas abertas. E senti meu cú sendo lambido e chupado, uma coisa nova. Louca e sem poder controlar as sensações, comecei a dar pequenos gritinhos e fui às alturas.

Perdendo o pouco de controle que ainda tinha, abri os olhos e pode ver pelo espelho da parede que era alguém bem conhecido (familiar mesmo): meu tio, que estava feito um louco de tesão. Ele, de 34 anos, cabelos negros, um rosto brilhante feito bumbum de bebe, e com um porte atlético de 1.85 m. e 80k de pele morena pelo sol, lábios tesudos e um olhar penetrante (daqueles tipo raio X).

De antes eu sabia do tesão que o nutria por mim, e o provocava sempre usando roupas que delineavam o corpo, as vezes ele passava a mão na sua bundinha e me dizia como era tesuda e gostosa. Costumava brincar que meus seios eram como faráis ligados, sempre iluminando o pensamento dele e sempre que podia e não tinha ninguém olhando me bolinava. A mi vez, eu gostava daquilo, que me deixava cheia de tesão e adorava tenta-lo (tipo de cutucar a onça com vara curta) Por varias vezes quando estavamos a sos na piscina, vi seu pau ficar duro e monstruoso, e isso me fazia imaginar e gozar.

Sendo assim não me incomodou esta nova situação, apenas liberei geral pedindo: "me come, me come... anda seu gostoso..."

Ele por sua vez, não esperou mais solicitação, e pegando um pote de creme para o corpo que estava na prateleira, passou no meu rabo, me colocou de quatro e me penetrou feito um animal, com fortes estocadas.

Fiquei meio assustada entre a dor a loucura, e tentei-me desvencilhar, mas ele me prendia fortemente pelo ombro e cabelo e xingava muito, o que foi-me dando mais e mais prazer; e pronto, o prazer das estocadas foi maior que a dor, com o que então comecei a rebolar, e pedir mais, e ele parecia um animal descontrolado e dizia "viu sua putinha, eu não disse que comeria este teu cú..... sua safada, rebola mais.... pede mais.... e apertava-me as tetinha com tanta força que as vezes quase desfalecia e falava para ele " Siiim, assim, mete mais, eu queiro mais pica dentro, siiim...“ e assim seguirmos por quase uma hora.

Não preciso falar que essa brincadeira se repetiu pelas duas semanas seguintes... Com pequena variações, e... Sem muito dormir.

Com o carinho de uma boa lembrança... Kate... [email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


travesti vizinha surpresa contos eróticosbumbum arribitado na rolagostosas de saiascurtinhas de perna pra cimapuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestocuriosidade da minha filha no meu pau contoschantagem zofilia e insesto conto eroticocontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogoContos lesbicas sou casada e minha comadrd me seduziuCavalo discabasando uma jumrentaNunca desconfiei do primo da minha namorada. ContosContos eu d travesti meu fazia eu pagar suas dividaspelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos erotico real na cidade de campinas esposa e estuprada na frente do maridofalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposacontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotominha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosa magrelinha de rua contos eroticosSexo gay cinebolsomelequei a bucetacontos eróticos a puta mal conseguia caminhar no saltocontos de gay que perdeu o cabaço na adolescênciaRelatos de casada puta esfregando a bunda gozada na cara do corno otariocontos eróticos mamãe deu o cu eu vicontos eroticos corno e amigo onibus de viagemconto erotico praia em familiaconto de encesto meu nene e do meu filhocontos eróticos gays cavalgando no tiotinha perder sua coroa no seu pau do negrãoContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosminha sogra deu o cu para o cachorro contomeu policial chupou meus seiosgordinho cagando na vara conto eroticoscontos de rabudascomo tira pedra da teta sem para de tanto se matusbarninfetas lésbicas beijando o peitoral dos travestistia gritando "me come sobrinho"contos eroticos dei pro irmao da igrejaconto erotico tentei comer o cu delacontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentoscontos erotucos comi umad meninas que morava na fazendatrai meu marido com um moto taxi contocontos eróticos pequenacontos eroticos de enteadascontos eroticos "cadela" "sem comida" "fome"contos Eroticos zangadinha safainha contos eroticos escritos lesbicos me dar melzinho.Contoe d orgias cadelinha e seu donotrveco deicha o cu do mrmanjo escorrendo Leite Contos eroticos noviça virgemvideo de se eu pega ella arranco os cabeo dellabatendo uma punhenta para o marido sem calcinhaContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos eroticos negrinha casada ficou bebada na festa mais de treze caraas fizeram suruba com elahistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cusadomasoquista gozando com garrafa enfiadacontos Praia de nudismo.cunhada espiando contocontos de pegando um cuzinho laceadocontos eroticos porteiroContoseroticosnafazendaconto incesto gay peludoAtras da casaxvidioporno doido mamadas terminando na bocsminhaxaninhaardeudei para meu genroNinfetas mamando rola no cinema contoseroticoscontos eroticos gay ficticioscontos eróticos abusada virgemcontos eroticos de advogadas coroascontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de varioschortinho q deixa as magrasgostosascontos eróticos esposa de 60anos com farra na camaconto eurotico eu fui viajar e minha esposa saiueu punhetei um estranhoconto minha mulher aronbadacontos de putaria em familiacontos eróticos gay lambendo o cu do macho heterocontos eróticos de gay comi o amigo do meu padrinhocontos eróticos tenho 31 anos e tirei a virgindade da buceta da minha noiva de 19 anoscontos eroticos pagando divida do filhoputinha submissa do tioconto eroticos lésbico putinha vadia buceta caralho chuva dourada pais se esfregando na filha shortinho corcontos tiachupa rolacontos de coroa com novinhocontos eróticos mulheres casada adoram pau grandecontos gay chorei na pica do meu irmão violentocontos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheirocontos eroticos porno gay mijo amareloPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetaconto com fui esplorada gostoso n sexolésbicas chupando sopinhascontos gay cu arrombadona davela os homens nao tem frescura conto eroticocontos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolasconto mamando vizinho casado