Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMIDO PELO SERVENTE DE PEDREIRO

Bem, tudo aconteceu quando tinha apenas 19 anos; hoje tenho 32. Era um garoto pequeno pela idade mas muito jeitoso, nunca tinha imaginado transar com meninas e muito menos com meninos e além de tudo era muito inocente, na verdade não sabia muito sobre sexo. Meu pai estava construindo o que hoje é um supermercado e quando chegava do colégio, pois estudava de manhã, chegava no horário de almoço dos pedreiros. nos fundos da construção havia uma parte que era bastante escondida e onde havia ali areia para a construção e sempre ia lá na hora do almoço para conversar com um rapaz de uns 19 anos que trabalhava como servente. gostava da amizade dele e não fazia idéia que o que ele queria era outra coisa. Certo dia quando cheguei sá estava ele os demais pedreiros haviam saído e ido para suas casas e ele ficára para arrumar as coisas e depois ir embora também. sentamos e começamos a conversar daí a pouco começamos a brincar um com o outro e a dar empurrões para que o outro caísse na areia, ele caía e me puxava pra cima dele, eu levava tudo na brincadeira até que em um momento ele caiu e me prendeu com suas pernas e senti que seu pinto estava meio duro, sai meio sem graça e ele perguntou o que foi, não respondi nada e levei na brincadeira, achei que era por causa de sua idade, que seu pau era maior, etc. Ele percebendo que eu diminuíra na brincadeira me empurrou e meio que sem querer caí com a barriga no chão e ele se jogou por cima já precionando o pau na minha bunda. não gostei e pedi pra parar, ele se fez de desentendido e segurou minhas mãos. Eu disse que iria gritar e ele imediatemente segurou minha boca e disse que eu iria gostar. Apoiado sobre mim com uma mão na minha boca levou a outra mão e puxou a rola por uma das pernas do short e em seguida abaixou o meu até revelar minha bundinha inocente. Naquele lugar deserto e todo escondido ainda que eu gritasse ninguém me ouviria. Ele, voltando para mim disse pra não reagir muito porque senão iria doer mais era sá ficar calmo; emudeci e fiquei esperando o que iria acontecer. percebendo ele que eu não reagia levantou-se um pouco e colocou a cabeça de sua rola na minha bunda, bem na porta do meu cuzinho ainda virgem e foi logo forçando. Aquilo ia cada vez doendo mais, eu achava que não iria aguentar até que então de uma sá vez ele enfiou tudo. não sei ao certo quanto ele tinha de rola, mas a julgar pelo seu porte e pelo negro que era, seu pau era enorme e me rasgou todo. Ele metia e me dizia no ouvido: Tá gostando de se tornar um viadinho, eu to te fazendo o viado da rua e se não ficar quieto todo mundo vai saber. Como não queria ficar difamado, me calei e deixei ele fazer o que quizesse. Apás uns 19 minutos de estupro, ele gozou, tirou seu pau da minha bunda e me disse que estaria ali até ao final da construção e quando eu quizesse era sá procurá-lo. Saí dali quase chorando e nunca mais voltei lá até ao final da construção; mas pra ser sincero, continuei tendo o desejo cruel de ser estuprado por ele de novo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui chantagiada pelo meu amigo de trabalhocontos virei cadelinha assumidimeu tio me comeu em contoscorretora assustosse com pau do cliente pornocontos de cú por medoContos eroticos galeraconto erótico os melhores contos pai fod a filha maehistoria comendo eguaContos porno fui atacada porfodida ate desmaiar, conto eroticopprn contos eroticos casada se prostintuindolevei rola pica piroca contocontos sou casada mas sentei no pau do amigo de meu marido contos eroticos de primeiro orgasmo com tiomulheres batendo punheta nos animais como cachorros e ponhescunhada casada e timida linda contosconto erótico pepinocontos eroticos de pau gigante arregassando bucetacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos erótico de joguinho com a mamaeContos heroticos esposa quer muitas picascaminhoneiro grisalho fode novinha no caminhãoconto vilma convence fred ser connocontoseroticosdegayscontorelatoeroticosO amigo dele me comeu contosContos transei com novinho gaypediu pra ver a buçeta da aniginhacontos eroticossobrinha brincando com bonecamarido tarado conto eroticoContoseroticosdesolteirasContos gay banheiroxvidio tinho berbado asubrinha fica taradaa mulher do meu irmao putinhaBiscatinhacontosporno gey contos eroticos trnzando com priminho de doze anoscontoeroticossexoContos eroticos policiais estupram novinhacontos de sexo ensinei ela a chupa minha buceta/lesbicasaregasando a b da ncoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandeConto erotico numa festa de anos todos a foderem a que fez anos Porno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosContos eroticos gay iniciado pela maeConto erticos menina sendo estrupada pelo pai no matoContos eroticos coroa estrupadaconto de saia no ônibus lotadowww.contos eroticos cavalgado no vovorapidinhas com enteadas contos pornos o sobrinho contosfui tomar banho na casa do amigo e comeu a mulher delecontos casada crente chantageada por amigo do filhoaproveitaram meu cu comeram fuderamconto gayconto erótico greludinha amiga chupa chupa flagraContos reais de sodomiacontos eroticos minha prima punheteiraconto fudi o cu da minha afilhadacontos eroticos comi minha melhor amiga Primeira vez q dei o cu vestido de travestcontos eroticos de estrupo exitanteconto erotico de mulher traindo marido no barcontos transex fudendo com entregador de pizzaporno gay contos eróticos pegando priminho inocenteconto e historia real como cume a minha sogra e o filho gueypai enche a rachina da filha de leite videos pornocontos com fotos tia e sobrinho baixinho realcontos irma mais velhaContos fui com a esposa no ginecologisyacontos eroticos jingridmulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridos