Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMERA VEZ FOI DIFICIL MAS NECESSARIO

Click to this video!

bom como esse eh meu primeiro relato vou contar bem oq aconteceu.. pois outras aventuras virão e estarei aqui para postar novamente!namoro a 7 anos uma morena linda q aui vou chamar de jasmim.. tenho 28 anos e ela tem 21, ela tem olhos verdes 1.65 de altura cabelos lisos um belo par de seios bem impinadinhos e um bumbam arrebitado de dar inveja, resultado de mais de 3 anos de akademia.. bem sempre tivemos fantazias mas as dela eram somente envolvendo a mim, tipo sexo em lugar publico,praia etc.. ja as minhas fantasias smp foram mais estravagantes gostria de ver ela trepando com outros homens e cmg participando tambem. porem ela muito recatada ikava na vontade quando falava sobre isso mas faltava coragem de realizar.. sei la pq talvez pq somente eu tenha comido aquela bucetinha e aquele rabinho gostoso até hj e ning mais talvez pelo desconhecido ela se privisse de tais prazeres apesar de eu ter certeza de q ela vontade tinha de experimentar uma pica diferente smp le faltava coragem de realizar seus desejos. bem num sabado a noite vinhamos voltando de uma boate a pé q fica duas quadras da minha casa e paramos em frente a um predio abandonado q fica ao lado de uma delegacia para ela tirar o salto q estava incomodando fazia tempo, notei q a porta do predio estava aberta e arrastei ela ali pra dentro mesmo pra foder ela nas escadas do predio como estava escuro e eram passado das 4 da manha ninguem ia nos incomodar, encostei a porta q ñ tinha tranca e ja fui logo partindo pra cima dela ali mesmo nos degraus do predio ela tava de mini saia curta e com um tope q dexava amostra sua barriguinha linda. fui de boca naqueles peitos e depois levantei sua saia colocado ela de quatro no degrau e mandando ver sem dá na bucetinha q estava fervendo de tesão por tranzar naquelas circustancias jamais feitas por nos dois estava la cavalgando na minha potranca bem gostoso nem dava bola pros gemidos de prazer dela e dos runidos pois ja estava meio no trago e com um tesão jamais experimentado até o momento de repente abrem a porta e uma luz forte vem no meu rosto ñ via nada deu tempo sá de sair de dentro dela e empurrala pro lado pra ela tentar se recompor,-oque vcs estam fazendo aí pergunta o cara q estava com a lanterna em nossa direção. -Nada ñ respondo imediatamente.notei q eram 2 caras e o outro falo-Voce ta comendo essa vadia ai no escuro vai dize q ñ agora? pergunta o cara. fiquei calado então eles vieram em nossa direção.o cara da lanterna foi logo falando,- é o seguinte a gente é da policia e trabalha aqui na delegacia ao lado q tal vc dividir essa vadia com a gente pergunta o cara. imediatamente respondo q ñ q estamos de saida e ñ iamos ficar mais ali. o segundo policial com voz alta e de prepotencia responde vcs ñ vão a lugar nehum c ela ñ nos der vamos prender vcs por invasão de propriedade, atentado violento ao pudor e ainda vamos relatar q aprendemos drogas com vcs. diante da situação jasmim ja esbossava um choro virei pra ela e disse melhor fazer oq eles querem amor pq senão vai complica pra nás.. quando terminei de falar o policial da lanterna ja estava de pau pra fora oferecendo pra minha gatinha q no comesso virava a cabeça pra ñ chupar mas ele pegou ela pelo cabelo e disse chupa baby ñ te faz de dificil.. ela começou a chupar como nunca avia chupado o meu proprio pau comecei a me exitar com a situação mas fiquei sentado num degrau mais a cima somente observando. o outro policial ja foi de boca na bucetinha dela ja humidecida pelas minhas estocadas antes deles aparecerem e falou -tua vadia é gostosa mesmo em.. e ja ta prontinha pro abate ta bem meladinha.. enlouqueci com aquelas palavras mas fiquei frio somente observando oq iria acontecer.. depois de algumas lambidas na bucetinha dela o polcial disse agora vou te botar tudo gostosa e foi enfiando sua pica naquela delicia de bucetinha q até o moimento sá conhecia a minha pica.. quase agosei quando vi ele bombando com força sua boceta enquanto o outro da lanterna quase gosando disse..- vamo troca q quero come a buceta dessa deusa um pouco tmb! ela delirava ja de tesão ja devia ter gosado muito com aqueles 2 numa dp nela um na boca e um na bucetinha q visão!! apesar de tudo eu estava me realizando vendo tudo mas continuava ali sentado na escada frio sem falar nada. ela gemia e ja estava fervendo de tesão com aqueles 2 desconhecidos a possuindo ainda mais na minha presença o policial da lanterna disse agora quero teu cusinho delicia vem ca ela disse ta mas vai de vagar q teu pau no comesso machuco um poko minha bucetinha meu cuzinho tmb sá conhece uma pica até hj o outro policial ria enquanto esperava o seu colega emrrabar minha gatinha.. ele disse vou esperar tu alargar um pouco ela e depois vou comer esse cuzinho.. vem ca baby chupa minha pica enquanto ele te emrraba! ele sento na escada enquando ela fico de 4 e engulio tudinho enquanto o da lanterna emrrabava bem devagar ela.. ele foi emcabeçando e lubrificando seu penis com saliva pra facilitar melhor a entrada.. ela aguentava no osso e cada vez q ele enfiava mais ela chupava com mais vontade o outro policial ate dava umas mordidinhas nele de vez enquando.aiiiiiiii filho da puta gritou ela vc meteu tudo em mim aiaiaiai ta doendo e cem pertdão ele comessou a bombar sá q dessa vez com força pois ja havia enterrado toda pica no rrabinho dela... o outro levanto e disse sai q vo mete tmb agora e ficaram ali revezando o rabinho dela hora um ora outro.. vem ca prova teu cuzinho chupa minha pica gostosa vem ca falou o policial da lanterna enquanto ela chupava o outro ñ cansava de cavagar no rabinho dela agora bem mais aberto de tanto eles revesarem..depois de um tempo o policial da lanterna falou agora vamo mete junto nela e o q estava no rabinho dela levantou ela pelas penas sem tirar o pau, ficando em pé com ela engatada na sua pica o outro chego pela frente e enfio o pau na bucetinha dela fazendo uma dp em pé nela bombaram tudo oq poderam com ela nos seus braços e depois colocaram ela sentada no degrau ao meu lado socaram uma punhetinha e gozaram tudinhop em cima dela..mandaram ela c vestir e q nás saice dali rapidamente.. ela se vestiu e fomos embora rapidamente pra casa cheguei la e fui pra cima dela e fodi ela o resto da noite lembrado das cenas q haviam acontecido a poucos minutos atras ela gosou muito de novo.. e até hj ñ sabemos c os cara realmente eram policias pois estava escuro e ñ sei direito qm eram mas q foi maravilhoso foi.. mas da proxima vez melhor a gente combinar antes....até mais esperem nossas novas aventuras..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


crossdresser conto eroticocontos eroticos deixei a sapatao chupa minha buceta e meu cuconto erotico chantageado a ser femeacontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhacontos eroticos sexy romantico e gostosoela tinha escondido dinheiro e chantajiei e comi elacontos de encoxadasO pau que eu sempre quis contos eróticoscontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elaconto erotico arrombei o travesti do baile funkgostosa gordinhas tirando cabeçacontos eróticos com fotos esposas estupradas submissasminina pela de mostrngo a busetaContos punheta dupla eu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticominha mae me lambeu conto erotico Contos eróticos à força de negros brutosContos gay encontro com o estranho da rola grossaincesto porno/encoxando minha mae no trem lotadominha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosminha xana piscavamarido chupando a x*** delao home infinando a rola na bumda da moleSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2minha filha e uma cadela conto eroticocontosdeputacomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiconto érotico noiva chora pau genrocontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tiocontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada contos eroticos meninas drogadas pelos paiscontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposaconto herotico engravidem uma branquinhacontos de corno. bipassivosmulher enrolada na toalha fica excitada e trepa gostosohetero resolveu da a bundarapazes peladoes se exercitando na academiaela pediu pra parar mas continuei empurrando na putaconto esposa assanhada meu pai comeucontos pediu uma massagem e acabei comendocontos amarrada plug analfui currada por dois garoto contos eróticos historias eroticas titio safado me dava roupas curtas de presentecuzinho doido por pica cdzinha contorelato rasgou o c* de tanto levar rolacontos eroticos cm chantagia minha intiada para mim da a sua bocetinhacontos porno pm mastruba minha mulher Conto de mulhe minha esposa e o molequecontos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescariacontos eroticos gay game apostatava me masturbando e meu namorado chego e me chupouporno meu marido me levou no swing so para ver outro gozar na minha bucetaCont erot velha viuvaConto Erótico Primas putasdandoprocaipiraguais sao as deusas da punhetacontos eroticos festa a fantasiacontos eroticos minha esposinha e o inquilino velho"HOMEM NENHUM RESISITIRIA AO FILHO DA VIZINHA" contos gayescrava do meu namorado contocontos de minha sogra cheirou minha cuecaloira cris casada fode com negao contos eroticostitiatezudacontos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetaconto gay estupradocontos porno esposas estuprados submissosBotei o pau na minha tia crenteDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposacasadasna zoofiiliaprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de forasou cadela pratico zoofiliaenrabada pelo chefe contosMeu namorado me comeu com um pepino contosmulher de amigo sexo contoscontos eroticos de orgias com minha mãe negraporno conto irmacontos eroticos relatados por mulherescontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html conto erotico arrombei o travesti do baile funk