Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ORGIAS ENTRE PRIMINHAS E EU NA PRAIA (BS)

Click to this video!

Sou um louco totalmente desvairado quando vejo uma linda mocinha(uma garota que

chama minha atencao) que ainda para e me provoca...

Foi assim que comecou esse meu novo conto...

Um certo dia na praia entre meus amigos e amigas estava tocando meu violao

bem feliz como sempre (rsrs...) mas dae o pessoal comecou a pedir pra eu ir buscar

mais bebidas pra nás...

Mas queriam me tirar dali de qualquer forma e percebi isso quando um deles

disse que iria comigo no mercado comprar as cervejas,batidas,vinhos e etc...

Nisso notei de cara pois sempre me queriam por perto pois sou o palhaco

(modo de dizer,pois sou o unico que pára para deixar todos felizes e

rindo...)Achei estranho mas chegando no mercado vi uma coisa inédita lá...

Uma garotinha de +ou- 19 aninhos, loirinha,olhos verdes clarinhos,

corpinho delicadamente esculpido,carinha de inocente,de micro saia

mostrando suas pernas lindas e perfeitas,um decote que mostrava quase

todo os seus peitos,e comecou a inticar comigo (piscar,dar risadinhas e

etc...),nisso o Bruno (o cara que foi comigo lá) disse que era uma surpresa

que tinham arrumado pra mim pois era meu aniversário e sempre gostei de

guriazinhas daquele modo...Quando ele falou isso e eu fui ir em direcao a ela

,ele disse uma coisa que eu nunca vou esquecer:

-Diogo ela é VIRGEM...Ela é prima da Débi (a guria que eu tirei a virgindade

no banheiro do colégio)...

-Cara assim é até melhor pois sempre quis fazer uma coisa,fazer uma garotinha

mais nova que eu (mesmo sendo sá 2 anos) gemer feito louca,assim como fiz com

a Débi...

Quando falei isso fui trovar ela...Quando ela comecou a me dar bola disse

pro Bruno que se a Naty ( a loirinha prima da Débi) quizesse eu ia ir com ela

no carro que nás tinhamos chegado ali (eu e o Bruno) em um local que ele e eu

sempre levavamos as gurias quando queriamos alguma coisa com elas no mesmo

dia...

Peguei o carro e ele voltou a pé porque estavamos somente a uns 100mts do

pessoal...

Mas quando cheguei no lugar que ia levar a Naty notei que o Bruno nao tinha

comprado porra nenhuma e que aquele era o meu presente mesmo ...

Perguntei pra ela varias coisas antes dela responder fiz uma pergunta que

deixou ela quieta:

-O Naty sem querer ser chato mas vc é virgem???

Ela respondeu de um jeito envergonhado e meio sem graca:

-Sou mas se vc quizer pode ser mudado isso...

Nossa aquilo me bateu na cabeca de um jeito que nem pensei duas vezes mas

quando notei ja tava beijando ela e sem me aproveitar...

Ficamos assim por +ou- 19 minutos...

Dae ela olhou pra mim e disse que a priminha dela tinha gostado tanto e como

nao tinha machucado ela pois eu sempre fiz as coisas com ELAS (todas as

gurias) com muito carinho e cuidado para nao machucar elas,ela queria que eu

tirasse o cabacinho dela...

Eu meio que gaguejando e porque nao tinha descido pela garganta o que ela

disse,pedi um tempinhu pra buscar camisinhas com o pessoal pois eu nao tinha

levado,porque nao sabia de nada até entao...

Quando cheguei no pessoal e pedi as camisinhas comecaram a rir e acharam que

era piada porque foi sá uns 20 min depois que eu e o Bruno saimos dali...

Eu pedi de um jeito que mesmo rindo a Débi me deu as camisinhas e um beijinho

e falou no meu ouvido:

-Di, faz igual voce fez comigo que ela vai gamar em vc...

-Mas vc nao gamou em mim...Porque acha que ela vai???

Ela disse com um tom de malicia e tesao:

-Quem disse isso pra vc tava errado...E pra provar isso vou junto com vc

e a Naty pra tirar o cabacinho dela...

-Opa!!!Feito...2 pelo valor de 1...Tá parecendo que sou a sua escapatária...

-Que nada bobo,vamos logo...

Quando chegamos lá pra minha surpresa ela me olhou com carinha de cachorrinho

pedidao...E disse em tom de piadinha:

-Diogo quero que vc finja que eu sou a Débi e me trate com todo o carinho

possivel...

E eu rapidamente respondi que se ela quizesse isso era sá pedir nao precisava

fazer eu imaginar ou mandar eu imaginar alguma coisa...

E nisso dei um beijo nela com 2min ou mais...Ela ficou sem folego e eu disse

que tinha uma surpresinha pra ela...Fui até o carro e chamei a Débi...

Ela me perguntou com carinha de medo e tremor:

-Que que ela tá fazendo aqui Diogo???Ela me disse que ia ficar com o pessoal

e que nao iria nos atrapalhar...

-Eu vim ajudar vcs porque ele disse que vc ia ser diferente pra tirar

a virgindade porque vc é mais alta que eu e mais gostosinha...

-Epa eu disse que ia gostar de tirar a virgindade dela porque ela é gatinha

e porque senti que ela é muito show de bola...

Nisso dei um beijo na Naty e disse pras duas tirarem a roupa e pedi que

fizessem exatamente o que eu falasse...

Elas concordaram e tiraram toda a roupinha (que quase nao usavam ... rsrs)...

Quando tirei meu calcao a Naty disse que tava fora e que eu ia rasgar ela ao

meio,quando nisso a Débi falou que se eu machucasse ela,ela podia me matar...

Mas eu falei rapido,sem pensar e com um tom de medo:

-EPA...Nada de morte...Se eu comecar a machucar ela e ela pedir pra eu parar

eu paro com toda a normalidade...

-Tá mas á se eu pedir e vc nao parar vou te denunciar por abuso tá???

-Olha se vc nao confia em mim nao tem porque eu te forcar a nada...

E nisso quando fui vestir meu calcao ela pediu pra eu parar e entender que

era a primeira vez dela e que se machucasse ela podia ficar traumatizada e

nao dar pra ninguem nunca mais...

-Tudo bem, mas se vc pedir eu vou parar,pode confiar...

Nisso comecamos a nos beijar e quando botei a mao na bucetinha dela ela se

molhou todinha e a Débi veio por traz dela massageando os peitos dela entre

outras caricias...

Quando do nada senti uma mao quente no meu pau e olhei pra baixo era a Naty

com jeitinho de quem nao era a primeira vez que fazia aquilo...

Ficamos assim por +ou- meia hora...

Quando resolvi pedir pra ela pra que a Naty ficasse de quatro e como antes

elas tinham dito que me obedeceriam...Sem falar nada ficou de quatro e disse

pra eu ter cuidado pra nao machucar ela...

Quando encostei a cabeca do meu pau na bucetinha dela com a camisinha ela

gozou,e na mesma hora,quando a bucetinha dela abriu pra soltar a porra,

eu enfiei a cabeca do meu pau (22cm x 8cm)...Ela deu um gemidinho de tesao

e quando escutei aquilo fiquei louco para bombar total,mas como eu tinha

peometido fiz tudo com muito carinho,cuidado e jeitinho pra nao machucar ela

e dar o maximo de prazer que eu conseguisse...Quando enfiei até a metade do

meu pau em movimento devagar ela comecou a gozar denovo...

Quando faltava pouco menos da metade do meu pau ela pediu pra eu parar e

esperar ela se recompor...Mas pra ela se recompor melhor tirei o pau da

bucetinha dela e troquei de camisinha,quando fiz isso a Débi pediu pra eu

enfiar um pouco nela pelo menos pra Naty se recompor enquanto eu continuava

quente(mas ela queria mesmo era meu cacete)...Nisso ela disse com um tom de

seguranca e com muito tesao:

-Di, eu vo dar o cuzinho pra ti porque nao dei pra vc e pra mais ninguem

AINDA...

Nossa quando ela falou aquele ainda,me deixou louco...

Encostei a cabeca do meu pau na arruelinha dela que aos poucos foi se abrindo

e ela gozou 2 vezes seguidas...

Quando ela do nada,jogou o corpo dela contra o meu forcando a entrada do meu

pau todo de uma vez sá...Cara aquilo foi o maximo te tesao possivel...

Gozei e 1 minuto depois ja estava pronto e dur o bastante pra continuar

por mais 2 horas naquilo...Quando de repente a Naty disse que tava pronta e

que queria que eu fizesse a mesma coisa com ela depois...Mas com um gesto que

uma fez pra outra,comecaram a rir e eu sem entender nada,tirei meu pau do

cuzinho da Débi e fui para a bucetinha da Naty,e como eu ja tinha aberto

caminho eu sá tive que voltar de onde parei,botei a metade dele,e ela soltou

um gemidinho de dor,tesao e prazer...Quando ouvi aquilo perguntei se podia

enterrar todo...

-Claro que pode né prima?Deixa ele fazer esses 22cm no seu útero...Ele tá

super afim de enterrar tudo isso de uma vez sá né Di???

-Sim mas sá vou fazer isso se ela deixar...

-Faz mas tem que ser de uma sá vez...

Eu pedi para que esperasse um instante e pedi pra que a Débi fosse no carro

e buscasse um espelho que tinha lá com 1mt de altura e 1 metro de largura.

E pedi pra ela botar na frente da Naty em uma posicao que eu pudesse ver o

rostinho dela...Quando ela botou eu botei tudo de uma sá vez que chegou a

dar um estralo alto,e vi que a Naty virou os olhinhus e gozou tanto que

achei que ela fosse desmaiar...Ela comecou a se tremer toda e pediu pra que

no cuzinho eu comessasse botando a cabeca e depois enfiar tudo de uma vez sá.

Enquanto isso a Débi ficava se mastubando e me beijando ao mesmo tempo...

E ficamos naquela "orgia" por +ou- 3horas...

Quando voltamos,as duas com cara de satisfeitas e eu com cara de realizado,

todos pediram pra que nás jogassemos verdade ou concequencia,elas aceitaram

na mesma hora,eu fiquei parado um momento e falei que tudo bem...

Quando perguntaram pra mim o que eu fiz com elas na "BS"(Beach Secret)

conhecida sá por nás,eu tive que olhar pra elas e perguntar se podia falar,

elas olharam e rindo disseram que era o jogo e que eu nao podia me escapar...

Quando contei tudo eles ficaram com cara de tacho e a Naty na maior

facilidade do mundo pegou a garrafa e fingiu que nada tinha acontecido ali...

Quando caiu em mim denovo, para nao espantar ninguém tive que pedir

concequencia, nisso o pessoal comecou a rir e sairam todos dali e foram uns

10mts longe pra conversar e ver o que era pra eu fazer,quando voltaram e

falaram que era pra eu trovar e comer a madrasta (de 22anos,loirinha +ou- o

bio-tipo da Naty) de um amigo nosso,tive que aceitar,pois sao as regras do

jogo...Chegando lá fui trovar ela e quando entrei na casa comecamos a

conversar...



Mas isto é outra histária...

Espero que gostem do que aconteceu comigo nesses tempos todos...

Se gostarem e quizerem saber a continuacao dessa historia,votem neste

conto (verídico)

Diogo

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Relatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontos veridicos de japa com negao de pau gigantecontos minha mae gravida de baby doll me chupandocontos eroticos colominha sogra usando lycracontos eroticos velho na praia de nudismoamigocome casal conto eroticocontos eróticos cheirando a bunda de mamãecontos eroticos glaucia cdcomo e que aimha vagina abre na hora do sexo?Contos filho deixa mae so de calcinhameu cachorro meu machocontos inocentes tapascontos erticos de ninfetasconto erotico fiquei com o cuzinho bem arrombado e cheio de porraporno abuzado mulhe olho tapadocontos eroticos dei meu cu pra todoscontos eroticos com a velha vizinha cabeludaconto gay primos no sitioEmpregadinha é virgem de cu e buceta conto eróticocontos cunhada crentePai filha chuva dourada contos euroticosenchi a boca na pomba grossacache:ZlVInsUtxOIJ:https://idlestates.ru/conto_16496_o-flagra-de-papai.html Contos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartoconto irma casadacontos gay 3 mendigoszoofilia mobile ticas pornomulherbrasileira conversando putaria contoscontos esposa bi sexual marido sortudoContos visinha de 19Contos eroticos guspe na bocaconto erotico da desvirginadaloira casada malho e adoro negao contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysContos.eroticos.me.dava.banhovoyeur de esposa conto eroticocontoseróticos metendo com o bebê no colom primoporno gay contos ocdzinha feminizadaconto erotico minha mae chupava minha bucetianha deus de pequenaxupando u pau dos piao tudo no sexo gostosocontoseroticosdecalcinhacontos tudo enfiado no cupornodoido transando com mulher peituda e fim de noite espíritaContos eroticos... Cunhada usando um vestidinho curtoRelato minha mulher no shopping sem calcinhaContos-esporrei na comida da cegaporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com eleconto erótico de pai fazendo o filho gay patinhafazer sexo sem amor gostoso meterolaver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadContos eróticos de rabudas casadasconto erotico meu pai me fudeuconto etotico antebraco na vaginaDeu o cu sem querer querendo contoporra minha secretária tem a bunda deliciacontos eróticos cheirando a bunda de mamãecaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhominha irma casada conto eroticoPornofamiliacontosporno agiota estouranda a buceta da mulher do devedocontos de coroa com novinhomarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bommeu marido liberou também conto cuWww.garotinhasafada.comconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos eroticos mamaram meus seios em quanto eu domiaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos velha casada fudendocontos gay favelaContos porno de irma que traem com grandeloiras fudendoconto eróticoMinha mulher foi iniciada por um negão contos eróticosdei a xana contos eroticosesposa e amigos na cervejada em casa conto