Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEDUÇÃO E ESTUPRO II

Click to this video!

Sedução e Estupro II (by Morfeu.seu)



Os fatos que serão narrados por mim a partir de agora, não foram presenciados, são baseados nos depoimentos de Tatiana à Polícia...Depois da surra que tomei, desmaiei e fui recuperar os sentidos somente no outro dia, quando estava num hospital e o sol batia em cheio no meu rosto, olhei um relágio de parede e este marcava 16:45 da tarde. Não sabia quanto tempo dormira, ou ficara inconsciente, somente aos poucos a sensação de sonolência e formigamento do corpo foi passando e pude aos poucos recobrar os sentidos. Os primeiros rostos conhecidos que vi, foram dos meus pais o que me deu um grande alívio. Quando recuperei parcialmente as forças tive um ímpeto de levantar e correr atrás de Tatiana, fui imediatamente seguro pelas pessoas que estavam no quarto, e sedado novamente por uma enfermeira. Somente algum tempo depois acompanhando o inquérito policial soube do triste fim daquela noite para minha linda namorada...Os bandidos apás levarem Tatiana no carro, colocaram um lenço na boca para que ela parasse de gritar. Enquanto o rapaz mais forte dirigia o carro, o gordo e o mais magro a seguravam no banco de trás, o gordo dizia para que ela parasse de espernear que tudo sairia bem, enquanto isso passava as mãos nas coxas e no sexo de Tatiana, o magro parecia meio assustado e sá segurava os braços dela. De repente ele mandou o magricelo segurar os braços dela acima da cabeça, enquanto ele começou a lamber e a morder as coxas de Tatiana que realmente eram seus maiores encantos, bem definidas bronzeadas, grossas, um tesão...colocou a cara por entre as pernas e lambia sua bucetinha sem parar...ela se contorcia e procurava fechar as pernas, quando de repente o cara se irritou e virou um tabefe muito forte no rosto dela...quase que desmaiada ela ficou inerte e sá chorava, amoleceu o corpo e ficou a mercê do gordo, que continuava a chupar e lamber sua bucetinha...o magricelo começava agora a passar as mãos nos seios e na barriguinha...Quando finalmente o carro chegou na periferia da cidade, eles colocaram uma venda nos olhos de Tatiana e entraram numa casa que tinha muitos latidos de cachorro, carregaram a menina nos braços e soltaram na no que parecia uma cama, ela sentiu o cheiro fétido do ambiente, cheiro de comida estragada e de cigarro...abriu os olhos e estava numa casa muito pobre e suja, havia uma pia um fogão e estava numa cama imunda, havia dois cachorros no barraco também, e muitos restos de comida nos cantos o lixo transbordando...um verdadeiro pardieiro. O líder do grupo falava pra ela não se preocupar e se fosse boazinha não iria se machucar...Mandou os outros dois pra fora do barraco e disse que depois seria a vez deles...contrariados saíram e ficaram esperando do lado de fora. O moreno pardo era forte, aparentava 20 e poucos anos, estava mais calmo do que no assalto, Tatiana estava na cama com as mãos entre o rosto chorava muito e pedia pra ele deixa-la ir, que não contaria nada para a polícia...ele sentou-se numa cadeira de frente para ela, pegou uma garrafa de cachaça e bebeu no bico mesmo, enquanto olhava para as pernas e curvas da minha garota...disse para ela tirar a roupa que ele iria ser paciente e não faria mal...Tatiana viu que não escaparia do estupro nesse momento e passou a implorar para que não a machucasse...O moreno parecia não se comover com o sofrimento da garota e até ria...disse que se não ficasse em pé e fizesse o q ele mandava apanharia muito...ela continuava imável, ele foi se irritando com isso, pegou-a pelos cabelos e chamou-a de vagabunda, deu-lhe um tapa e ela ficou de joelhos aos seus pés...ele jogou-a encima da cama suja e começou a tirar sua roupa...rasgou sua blusa e puxou com força sua saia, Tatiana ficou apenas de lingerie branca...desprotegida queria esconder seu sexo com a mão. Por um momento o estuprador ficou parado sentou na cama e passou as mãos sujas de graxa que estava, no corpo de Tatiana, parece que não acreditando no que teria pra si. Pegou o reválver colocou na cabeça de Tatiana e mandou que ela ficasse quieta...ela ficou inerte...com um canivete cortou as amarras de suas calcinhas e seu sutiã...colocou-a no colo e puxou com força seus cabelos...lambia com vigor o pescoço, as orelhas...e chupava os seios da garota...ela sentia nojo do seu cheiro de suor misturado com cachaça...ele passou a chupar loucamente a bucetinha de Tatiana que permanecia imável...como se estivesse morta...lambeu cada pedacinho do corpo dela e mandou finalmente que ela ficasse de joelhos, ficou em pé e abriu suas calças, ele tinha um pau enorme e sujo...já estava muito duro...Tatiana não acreditava no que seria obrigada a fazer, seria muita humilhação, ter que chupar aquele marginal sujo e bêbado...mas não teve alternativa, o cara colocou o revolver na sua cabeça mandou que abrisse a boca e introduziu aquele pau na garganta da garota...imediatamente ela sentiu náuseas e a ânsia de vômito lhe percorreu...virou a cabeça e vomitou ao lado...O moreno ficou furioso com isso, começou a chamá-la de vadia ... e disse que teria que chupa-lo até ele gozar na boca dela.Limpou a boca e sem alternativas começou a chupar o cara aos poucos, ele sentou na cama e abriu as pernas, ela continuava a ter ânsias de vômito, mas tentou segurar para não irritar seu estuprador...chupava e colocava o pau do cara até sua garganta com os olhos fechados para não ver o que acontecia...Finalmente ele gozou, puxou o pau pra fora da boca dela e gozou no seu rosto...berrava e gritava enquanto gozava...Levantou foi até um armário ... pegou outra garrafa de cachaça e bebeu a metade...Tatiana estava se limpando na cama quando ele voltou, disse que agora era hora de comer a bucetinha dela...mandou que abrisse as pernas, ela obecedeu sem reagir mas sem nenhuma expressão no rosto, como se nada mais importasse depois daquele momento...ele meteu o pau duro novamente, sem piedade, fazia movimentos fortes, segurando os quadris dela...tentava beija-lhe a boca enquanto penetrava, ela evitava sua língua...não demorou muito e gozou novamente...dentro de Tatiana...era muito esperma, ele levantou da cama e o esperma ainda escorria nas pernas da garota...Levantou as calças e abriu a porta e saiu...Quando Tatiana tentava se vestir, viu o rapaz gordo chegar, este ainda era mais asqueroso que o anterior e também mais violento...disse que agora era vez dele, e já tirou o pau pra fora, que estava flácido, pegou a menina pelos cabelos e mandou que chupasse... Tatiana como se num transe obecedeu...chupou o pau pequeno do cara gordo...até que ele endureceu...ele ficou em pé e mandou que ela continuasse chupando as suas bolas, enquanto ele mesmo se masturbava... chamava ela de vadia e vagabunda e que a partir de agora ele descobriria onde morava e iria todas as noites trepar com ela...Finalmente colocou ela de 4 pegando-a pelos cabelos, meteu com força na sua bucetinha...também não demorou muito e gozou...fez Tatiana chupar toda a sua porra...lamber suas virilhas...e tinha prazer em humilha-la de todas as formas...Cansou de comer a garota e depois saiu...Entrando agora o rapaz magro...parecia não saber o que fazer, Tatiana chorava muito e pedia pra não bater nela, havia apanhado muito do gordo e seu rosto estava inchado agora...o rapaz se aproximou e disse que não faria nada com ela, mas que ela não deveria contar para os outros, ... Tatiana teve um alívio nesse momento...juntou suas roupas e ainda em choque se vestiu. Depois de uns 19 minutos o rapaz magro saiu do quarto. Entraram de repente os três novamente no barraco...o moreno disse que agora preparava uma surpresinha para ela...puxou-a pelos cabelos, ela saiu caindo, de joelhos, o moreno disse que ela era muito gostosa e queria comer ela por trás...Tatiana se desesperou nesse momento, tentou fugir, correr, mas foi derrubada pelo gordo que imediatamente começou a tirar-lhe as roupas novamente...ela se debatia inutilmente, eles começaram a bater nela com força, o moreno mandou o gordo segurar os braços dela na cama e colocou-a de bruços...arrancou as calcinhas e com o membro posicionado rompeu-lhe o ânus...A garota deu um grito com todas as suas forças, parecia que um ferro em brasa estava separando seu corpo, tamanha a dor que sentiu...o moreno metia com força grandes estocadas, e logo Tatiana começou a sangrar no local...Ele a segurava pelo quadril e metia mais e mais enquanto ela desmaiava de dor...e assim ela definitivamente perdeu os sentidos...Tatiana recuperou os sentidos quase 24 horas depois, estava saindo do CTI do Hospital da cidade, havia sido estuprada de todas as formas pelos 3 homens e abandonada numa estrada deserta, onde fora encontrada por policiais e encaminhada para o hospital. Prestou queixa á polícia e os 3 rapazes foram presos, como eram menores 2 meses depois já estavam nas ruas novamente. Eu e Tatiana com muitas dificuldades procuramos superar tudo juntos, ela havia pegado algumas doenças venéreas dos estupradores, fizemos terapia e na medida do possível continuamos nossas vidas, namoramos por 4 anos e depois de um ano conseguimos ter uma vida sexual normal. Mas nunca foi esquecido o infeliz trauma daquela noite horrível...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Minhacoleguinhagostosacontos comendo a enfermeiraeu quero mamar nos peito da minha esposa Lurdeconto vendo cunhada casada peladinhatias gostosas de calcinha contotrepo com a enteada dormindodepois de mais de 20 anos casados minha esposa topoucontos eroticoslingua no cucontos de corno flagrei minha namoradaconto transamos no escurinho da festacontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhoContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradacontos eroticos casa nos fundos cerca de aramecontos eróticos comi minha vizinhaconto erotico no colinhocomendo a deficiente contos eroticosdei a b***** para o meu genroContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darcontos "olha como * meu cuzinho"conto erotico madrinha pediucontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadoshonme infinando a rola na bumda da molecontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigobrincadeira de lutar comi o viadinho. contoscontos comi a amante do meu paiconto madrasta fudida a forçaTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anosmenininha e novinha sendo e******** contos eróticoscontos sexo a primeira vez que comi o travestiscontos tias de 29 anos loiracontos eroticos sou adotadacontos minha enteada minha amantevideos de cabacinhos juvinis fudendoconto erótico vesti cinta liga pro meu filhocontos putinha do matagalContos erocticos dei comprimido ao velhocontos eroticos esposa marido e sogrocontos eróticos de velhas crentes donas de casafui arrombadaSexo anal com o massagista conto eroticocontos eroticos guri faz buraco para ver vizinhaTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contosconto ajudou cornoContos erroticos de prinos e prinas sexocontos de cherado decalsinhaCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScontos sexo esposa e maecoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçacontos eroticos de padrinhos com virgensdando cuzinho pro macho da minha mulher contoconto.erotico abusada quando viu a calcinhafui iniciado conto realminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticosmeio das pernas uma pica dava inveja grossura esposahome dar cu usano calcianhacontos eroticos de homem chupando a buceta esperadaContos punheta na depilacaoNo baile funk doidinha se esfregando de maishantai filinha patendo punheta pro pai safadavideo porno lanche na boca. deitada no colo do sogrovoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos sexo incesto amo meu filhosexo gostoso contosfui pego de calcinha pela minha irmaconto eróticos entre amiguinhas do colégio contos contados por mulheres que maridos insistiram para elas usar roupas mais curtasex cunhada putao travesti apertou os meus mamilos e me comeupornor contos e videos liberei o cu virgem para meu irmaocontos de traição com motoboycontos eróticos casal ônibusvideos de sexo com cintirinhas finas e bundonavi meu filho na punhetaPau gigante.arrombando o cu da inocência. Jcontos eroticos meu alunonora bunda gostosa provaca sogro conto eroticovideo de se eu pega ella arranco os cabeo dellacontos de putinhas casadao pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contoFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viuconto pai comprado calcinha para filha virgemlésbicas castigando o rabo da parceriacontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentosquero vídeo pornô de mulher com os peitão e o Filipe pequenininhocontos de sexo gay minha esposa viajou e dei com sua calcinhacontos erotico ela trai o maridoconto erotico a primeira vez com.pirocudo. gay.contos eroticos incesto fazendo minha filha gozar no meu paucomigo véi da irmã da minha mulher contos eróticosMeninas mamando no swing contoseroticos