Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A NINFETA AMIGA DE COLEGIO DE MINHA MULHER

Click to Download this video!

Bom era sexta feira a noite quando fui buscar minha mulher no colegio. Uma gata de 25 anos, morena, chama-se Bruna cab. cacheados pretos, bunda empinada, peitinhos médios, muito gostosa e com olhar sacana de puta.Adoro minha mulher e deixo-a em liberdade pra ela curtir seus desejos, minha maior vontade é que ela curta garotas também, pra que possamos juntos pegar essas menininhas que sejam bi. Bom ela entra no carro e me olha com a cara de safada e diz que tem que me contar algo e pediu pra não brigar com ela.Rindo disse que tudo bem, saimos com o carro dali e fomos pra uma esquina sem movimento, ela então pega minha mão e leva em direção a sua buceta, por cima da calcinha, sinto que está muito molhada, então ela diz que não aguentou de tesão e deixou um garoto de outro série dar uma rapidinha com ela no banheiro feminino.FIquei espantado, mas quis saber dos detalhes, ela disse que a amiga dela, já tinha dado pra ele, que eram namorados e que ele tinha comentado pra ela que tinha maior tesão pela Bruna.Minha mulher, disse que deu vontade pq ao entrar no banheiro, a sua colega tinha armado tudo, ele entrou e não tinha ninguem no banheiro, então ele tirou o pau pra fora e era enorme e enquanto isso Iris ficava do lado de fora tomando conta, logo ele a agarrou por tras e sua pica ficou roçando na bunda da bruna, já que ela vestia uniforme: minisaia azul marinho camisa de botão branca, meias brancas e sapatinho preto e neste dia não estava de short e sim de calcinha, pq era sexta feira e eu gostava de ve-la assim porque ficava mais facil de transar no carro e a Iris sabia o dia que ela se vetia assim, por isso armou tudo.Nisso a Bruna disse que não aguentou de tesão, empinou a bunda ele levantou a sainha, pôs a calcinha de lado e enfiou sua piroca cabeçuda e grande segundo ela maior que a minha e continuou ela dizendo que gozou muito gostoso enquanto o garoto esporrou ela toda. Ela então olha pra mim e vem e segura meu pau, estava muito duro então ela com cara de safada diz: te deu tesão seu puto, vem logo lambe aqui esta buceta esporrada e melada, vai eu sei que gosta, eu então pude sentir o cheiro forte da mistura de seu mel com porra de outro, lambi com vontade e a fiz gozar gostoso, ela então mudou de posição e sentou no meu paude frente pra mi e dizia: gostou de sua fêmeadar pra outro, foi uma delicia amor se fodida por outro seu corninho que eu amo, nisso não aguentei e enchi sua buceta de porra e ela me dando beijos de lingua ainda falava, sente minha boca com gosto de pau, foi uma delicia cheguei gozar novamente desta vez ela me beijando e batendo uma punheta. Na segunda feira estava no escritorio esperando ela pra ir embora já que saia cedo, a campainha da porta toca quando fui atender era ela e a Iris. Fiquei conhecendo a Iris, uma menina de uns 1, 55, bem nifetinha, parecida com a Debora Secco, sá que moreninha, já tinha visto outras vezes e sabia que era uma piranhazinha, e colega da Bruna. Depois das aprasentações, a Bruna abraça ela e levanta sua saia com uma mão e com outra dá um tapa forte na bunda dela.Comecei a ficar com tesão.A Bruna então abaixa e começa a lamber sua bunda, a Iris empinava e olhando pra trás ria e dizia ai Bruna pára. A Bruna me chama pra perto e pede pra passar a mão na bunda dela, eu começo a fazer e dar corda. A Bruna pede pra abaixar as calças, nisso tiro meu pau já duro e todo melado da cueca, a Bruna direciona ele pra boca da Iris que começa a dar lambidas e depois abocanha, nisso a Bruna começa a me beijar de lingua e voltando no cuzinho da Iris e trazendo na minha boca, sinto o gosto daquele cuzinho delicioso. A Bruna então deita a Iris de barriga pra cima na minha mesa, abre as pernas dela e fica segurando pelo calcanhar, a buceta da Iris fica exposta e o cuzinho também, comecei enfiar o dedo no cuzinho dela e a lamber sua buceta, ela não demorou e gozou aos berros. Foi quando olhei a Bruna segurando ainda seus pés e fazendo sinal pra seu cuzinho, como quem quer que seja fudido. Prontamente atendi e dei uma cuspirada e comecei a forçar a entrada, a Iris gritava e me chamava de corno e dizia pra ir devagar, quando a cabeça entrou forcei um pouco mais e entrou tudo. A Bruna entrava em êxtase e mandava eu fuder com vontade e xingava a Iris de puta, vagabunda e mandava eu arregaçar seu cuzinho, quando não aguentando mais soltei minha porra, muito forte tudo dentro do seu cú.Ficamos ainda uns minutos nos acariciando enquanto as duas se chupavam e ainda coloquei a Iris de 04 e puxei seus cabelos e meti muito na sua buceta e depois gozando no rosto das duas. A Bruna e a Iris gostaram muito e ficaram de trazer o namorado, aquele que comeu a Bruna, mais isto é outro historia pra se contar. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casadei o cuzinho é fiquei arrombandoConfesso bato punheta pra velhowww.contos eroticos com fotos de comendo a madrastaconto erótico minha mulher me ofereceu sua amiga travesticontos ajudei meu marido a comer minha sograContos eroticos de mulheres de 60 anosimagens de conto de afilhado macho transando com padrinho machomamae e eu no banho conto eroticocoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaischulé da minha irman contos eroticoscontos eroyicoa muito rabudaOs travestis qui São quaz mulhercontos de siririca de mulher acima dos 60 anosConto ertico forçada na escolaconto erotico esposa biquíni sem forro amigopapai no cuzinho de mamãe contosContos eroticos flagrou namoradaComtos mae fodida pelo filho e amigos deleconto a rainha dos biquinistravesti pau duro contosdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto virei menina gozeifodas de esposas q gostam de ser curradasvideornpossmae e filho transa junto do marido e do cunhado vendo tv abaixar downloadscontos eroticos brincando com meu padrasto acabei perdendo meu cabacinhocontos eroticos gratis submissão chantagem casadasComi no bar contos erotico brasilcontos notei que minha namoradacontos de swing ba praia contos a pequena taradinhaminha namorada na suruba contoconto - so cabia um dedinho na bucetinha delaenpurou no cu so para ve o gritomeu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornopapai voce me acha bonita contos eroticospiercing no mamilo da priminhaFui vendida como escrava sexual para um negaocontos erotica de estrupamento de ninfetoslesbicas presediariscontos eroticos no colo do titiocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos mostrei o pau pra minha mãecontos porno travestis estupros sadomazoquismoContos erótico eu casada dando na pescariacontos eroticos amigos heteroscontos eroticos meniniha do tioele me comeu a xana sem medo contos eroticostravesti vizinha surpresa contos eróticoscontos eróticos sobre irmã bucetudaContei para meu marido que meu patrao fudeu minha bucetacontos flagrei minha mulher dandogarotos safadinhos picas e bundas videosconto erotico incesto sonifero filhaconto gay sexo pirocudo enche cu de porraMeu irmão chupa minha maecontos eroticos Fabianaconto erótico "me bate" tapas na cara bundãocontos eróticos gay tio me comeucontos erroticos gravidas do sobrinhos dos maridos contos sado marido violentosContos gays arrombado na borracharia por varios usando fio dentalcontos eróticos dona putonacontos eroticos orgasmo no colo titiocontos tranzei com a minha netadei minha mulher pra outro comercontos encesto seguestro de mamaehumilharam meu namorado contoscontos de vizinho taradocontos eróticos verídico com mulheres na punheta no maridoconto erotico pegeui minha esposa me traindoconto erótico O Despertar de uma casadaconto erotico a esposa do meu irmao disse que que tem um pauzinhocontos de punheta com botasSou casada mas bebi porro de outra cara contosconto gaguei mas gostei de dar o cuFotos erótico padratos e entiadatransei com a mukher do meu pai contoconto erotico praia em familiaContos eróticos dei a bucetinhacontos chupar pau na infância conto eróticos comi minha prima mae solteira carenteconto de sexo em estrada desertaConto gay - menininha do paibumbum arribitado na rolaContos na lua de mel o corno lambeuContos eróticos tomei dormindocontos eroticos menina com sr getuliocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casamamaes safadas atacam filhos e filjaaContos eroticos pai espretado filha a tomar o banhomamae gostosa engatada com o dog alemao feito uma cadela conto erotico zoofilia