Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TREPANDO COM O NAMORADO DO AMIGO

Click to Download this video!

Bom galera, não revelarei nomes nesse conto para não comprometer ninguém. Apenas os nomes são fictícios, restante é tudo real. Bem me chamo André, moro em Brasília, hoje tenho 22 anos. O que vou relatar, aconteceu comigo no dia em que eu completava 20 anos.



Primeiramente, sou moreno, alto, uso a cabeça raspada, bem jeitinho de macho mesmo, não tenho problemas com minha sexualidade, mas as pessoas quase não acreditam que eu sou realmente gay. Sou um cara bonito, as mulheres e os homens olham bastante. E curto de tudo um pouco.



Combinei com vários amigos que a comemoração seria num barzinho aqui em Brasília, pra quem mora aqui sabe que a Asa Sul é inflamada de opções. Porque fora bares, o circuito gay de Brasília é fraco demais.



Como era uma quinta feira e não trabalharia na sexta feira, enfiei o pé na jaca, tomei todas e mais algumas, conversei, sorri, brinquei com todos, tudo uma noite perfeita. Depois de mais de 5 horas de barzinho, resolvemos ir embora, afinal a única pessoa que não trabalharia seria eu. Isso já era mais de meia noite.



Cada um tomou seu rumo, e como sabia que iria beber muito, resolvi ir de ônibus, mas me empolguei, e aonde eu moro, é meio ruim em questão de transporte público. Eis que um amigo meu, amigo esse moreno, alto, 1,90 aproximadamente, com uma neca meio volumosa, pois as vezes que o vi de cueca pude perceber que a coisa era grande, me ofereceu um canto pra dormir na sua casa.



Daí me empolguei mais ainda e fomos pra outro canto, tomar mais algumas biritas e dançar. Detalhe, ele com o namorado dele e eu com o meu! Apás resolvermos toda a confusão, acabarmos com todas as garrafas de álcool, nos deslocamos, ele foi deixar o namorado dele em casa, e eu fui embora com ele. Meu namorado foi com uns amigos que moravam na mesma cidade que ele.



Fomos embora, chegando lá, ele me arrumou um colchão do lado da sua cama, pra eu dormir, deitamos e ficamos conversando, afinal eu ainda estava em pique total. Daí ele passou a mão na minha cabeça e disse que gostava muito de mim, falei que também gostava dele, passei a mão na carequinha dele...



O assunto começou a esquentar e entramos no quesito sexo, ele me disse que fazia uma semana que não trepava, eu disse o mesmo. Que o pau do meu namorado era muito pequeno, e ele sá queria fazer ativo, e que nem graça fazia. Dai perguntei se o dele era grande. Ele pegou minha mão e esticou até seu pênis, nossa... Que delícia, duro babando, em média, uma 19cm...



Daí comecei a alisar e tirei pra fora da cueca. Que delicia de pau. Ele desceu pro colchão e me deu um beijo excitante ao extremo. Tirou minha cueca, e me pagou um boquete delicioso, e ele sempre disse que nunca chuparia um pau. Depois de toda essa chupada, que quase me fez gozar, ele pegou uma camisinha e colocou no pau. Como eu estava bêbado, entrou bem fácil.



Ele me pegou de frango assado, bombou meu cuzinho. Nossa, nunca achei que seria ta gostoso ser penetrado por aquele homem, e ele gemia, pedia pra eu gemer... Me beijava, estávamos encharcados de suor. Eis que ele avisa que vai gozar, pedi pra ele tirar e encher minha barriga de porra, assim ele fez, e eu gozei junto.



Foi átima a sensação, depois ele caindo por cima de mim, nossas barrigas pregadas pela porra. Tomamos um banho, punhetamos um ao outro, ele ainda me chupou mais um pouco.



No dia seguinte pela manhã, transamos de novo, e foi mais dolorido, afinal na noite anterior eu tinha levado de uma vez sá, tava bêbado e nem senti que machucou. Mas aguentei de novo. Apás uma deliciosa gozada, ele quis manter um caso comigo. Não quis por ele ser namorado de um dos meus melhores amigos.



Mas até hoje me masturbo pensando nesse dia. No meu último aniversário ele chegou no meu ouvido e disse: E, hoje completa um ano, quero mais, e eu disse: espera aparecer uma oportunidade. Hoje em dia estou louco pra matar saudades daquela rola, e quem sabe até comer aquela bunda deliciosa que ele tem!



Espero que tenham gostado, e caso alguém interesse, entre em contato. Terei o maior prazer em responder.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


então abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosocontos eróticos: gostosa não resistiurelatos de encoxada develhos no tremConto erotico comi minha aluna virgemgostosas de saiascurtinhas de perna pra cimacontos erotico estrupando sogracontos de homem que teve relacoes sexuais com a mae com buceta raspadaconto grelo e pau grossoconto erotico princesa aronbada na favelapornodoido transando com mulher peituda e fim de noite espíritaContos erotico amei a fantasia de meu marido mim fode com a pica dele e um penes de boracharelatos eróticos reais novinha primeira vezconto erotico na cama com a cunhadahistoria de contos eroticos com pasteleiromeu cu aberto e ardido de picafamily sex 2 - contos eroticosContos eróticos brincando de esconde esconde com o inocenteTennis zelenograd contocontos erotico d fui dormi so d calçinha com papai me ferreiEu vi o tamanho da rola do meu irmão na sauna contos de incesto femininoConto erotico: você me incentivou agora aguentacontos erotico defrorado pelo irmão mas velhoex cunhada putacontos eroticos de apostei com a minha irma e acabou em tranzacontos de homens relatando sobre o crescimento do pênisshortinho apertado curto abraçadinhocdzinha dedos no cu esposa contoconto comeu mae feiacasado chupa travesti contovalesca chupando e o namorado olhandoPai filha chuva dourada contos euroticosassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçafilho delicia contocontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosConto eu peguei meu genro me brechando no banhoconto gay aloprado gostoso virei putaContos eroticos gosto de estupro seiosconto erotico so novinha a prendedo na varacontos eroticos com foto empregada rabuda baixinhacontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mescontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaMe comeu e comeu meu maridocontos sou casada mas sentei no pau do amigo de meu marido festa do pijama 8 série conto eroticocontos eroticoscasada na massagemcontos sou fudedeiracontos eroticos mae chuvacontos sexo família bicomendo o cu da nova baba casadaamaesposa raspada contoscontos pornor cunhado picudoSou casada mas bebi porro de outra cara contosdei massagem na sogra contocontos eroticos de mulheres coroas fodedeirasconto com irma pegando na rola por debaixo da mesahetero goza dentro ainda da im tapa contos filme com cunhada mostrando a buceta de sainhacontos de escravo do maridoconto erotico de esposa de bunda grande com o gordoencoxador no trem#contoseroticosjogandofoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1Contos eroticos minha esposa e um meninocontos eroticos de enteadascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos menina pequena f****** com irmão Grandeenpurou no cu so para ve o gritoContos heroticos gays e heteros BrutosContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cucontos Surpreso em ver tia sem calcinhagay seduz senta no peniz amigo hetero carente videos porno bem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiracontos eroticos chupando meu pai e meu tio