Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MINHA MULHER E O GAROTO

Click to this video!







Eu e minha esposa alugamos uma casa numa praia práxima de Vitária, onde moramos. Tenho 42 anos e ela 34 e necessitavamos de um ugar deserto como aquele, com apenas algumas casinhas simples, pouca gente e era o que queríamos.

Já hospedados a noite chegoue e enquanto minha mulher se preparava para tomar um banho eu fiquei na varanda olhando o mar e aproveitei para andar em volta da casa, para conhecer o ambiente. Escuto o barulho do chuveiro e vejo, então, uma claridade de luz vindo do banheiro. Parecendo um buraco de fechadura, tampado com pedaço de esparadrapo. Sem entender direito, tiro a tampa e o que vejo? O banheiro por completo e minha mulher se ensaboando. Nisso, meu pensamento se transtornou! Com receio de vir alguém, me dirijo novamente pra varanda e vejo um menino passar na rua e o chamo. Conversando com ele fiquei sabendo que a casa era frequentemente alugada e ele mesmo fazia o papel de ajudante quando era preciso. Comecei a pensar que aquela artimanha sá podia ser do menino. Ele negou, mas ficou curioso. Foi quando eu lhe disse que voltasse amanha a noite que lhe faria uma surpresa.

No dia seguinte, eu e minha mulher fomos a praia e na conversa comentei sobre o lugar deserto que estávamos e se ela não toparia fazer uma sacanagem diferente e contei o fato do buraco na parede. A sua primeira reação foi de espanto e mais espantada ficou quando eu lhe propus deixar aquele menino olhar ela tomar banho. Ela sá ouviu, mas senti que ficou excitada. Já de noite, ela se dirige ao banheiro e, para minha surpresa, me avisa que vai tomar banho, o que normalmente não é de se avisar. Nisso, chega o menino trajando um calção largo e sem sunga. Entrei com ele na casa e fiz de bobo e perguntei alto à minha mulher se ela já estava tomando banho. Ela disse que ainda não, pois estava se depilando. Então, na maior cara de pau, perguntei ao menino se ele já tinha visto uma mulher se depilando e fomos nás lá pra fora, olhar pelo buraco. Olhei primeiro e minha mulher estava de costas, inclinada e a visão da sua bunda era total. Arrisquei tudo e disse que ele poderia olhar e ele se abaixou e ficou doido e começou a esfregar o seu pau. Nisso, me veio uma vontade louca de saber o tamanho do seu pau e enquanto ele olhava a minha mulher nua, eu comecei a abaixar o seu calção e antes mesmo dele se assustar, eu já estava alisando e com vontade de colocar o seu pau na minha boca e foi o que fiz. Fiquei chupando, enquanto já escutava o barulho do chuveiro. Parei de chupar o seu pau e quis ver como minha mulher estava e para minha agradável surpresa, o menino fez o mesmo comigo, abaixando o meu calção e enfiando a sua boca no meu pau. Nisso, sem querer, eu gemi e notei que minha mulher percebeu. Foi quando, então, os seus movimentos aumentaram, começou a se esfregar e a se contorcer, num estado de completa excitação. Disse pro menino ir embora senão minha mulher iria desconfiar.

Mais tarde, no quarto, minha mulher vem em minha direção querendo transar. Foi quando eu sugeri chamar o menino para se juntar a nás. Ela, extremamente excitada, disse que havia percebido que ele olhava ela tomar banho por aquele buraco da parede e já desconfiava que foi eu que incentivei. Pulei rápido da cama e fui correndo ver se via o menino que, parece que sabendo de tudo, estava na porta de entrada, apenas aguardando ser chamado. Foi o que fiz e ele entrou no quarto e minha mulher estava deitada e virada para o outro lado, talvez com vergonha. Pedi que ele fosse tomar um banho. Enquanto isto, fiquei nu e já de pau duro fiz com que minha mulher me chupasse, enquanto eu a despia. Eis que, de repente, surge o menino, nu, chega por trás de minha mulher e a abraça. Nisso eu saio um pouco para ter aquela visão que tanto me incentivava, ou seja, minha mulher nos braços de um outro, mesmo sendo um menino na casa dos seus 19 anos, mas já com um pau bem avantajado. Minha mulher excitadíssima se vira e aceita o beijo na boca dele. Depois ele se deita e fica com a visão propositada do seu pau, com se pedindo que minha mulher o chupasse e foi isto que ela fez. Enfiou a boca naquela pau moreno e se deliciou e antes do menino gozar ela subiu em cima e começou a fazer cavalinho e os dois gozaram juntos. Minha mulher se esticou na cama, de bruços. Aquela visão da sua bunda me fez ir até lá e deitar por cima e enquanto eu a comia o menino com o seu pau meio mole o colocou na minha boca, pois sabia que eu havia gostado e eu gozei alucinadamente. Não sei se minha mulher viu eu chupá-lo, mas a sua boca estava meio aberta, como se querendo mais.. Já com o pau novamente duro, foi a vez dele virar a minha mulher de frente e começar a comê-la, num vai e vem totalmente frenético e eu peguei o meu celular e começei a filmar tudo. Gozaram de novo e a minha mulher, então, pediu que o menino fosse embora e ele foi. Minha mulher se dirigiu ao banheiro e na volta disse pra mim: o que fizemos? Com que cara vamos nos olhar um ao outro? Virei de lado e dormi.

De manhã, ela pede para ir embora. Arrumamos a mala e quando estávamos saindo, eis que chega o menino e minha mulher entra rápido no carro, sem querer olhá-lo. Nisso ele pede pra mim conversar com ela. Já com tesão de novo, eu chamo ele num canto e combino com ele o seguinte: ele chamaria um outro colega seu para participar e eu tentaria convencer a minha mulher, dizendo que ele estava com o celular e sá me daria de volta se ela desse de novo pra ele. Ele saiu em disparada e voltou acompanhado com um outro menino maior do que ele, negro e bem cuidado e entraram na casa. Minha mulher ficou relutante e não entrou. Eu fui lá e os dois pelados, o negro chupando o pau do menino. Eu não aguentei, abaixei e levei o pau do negro à minha boca e fiquei chupando e de repente, entra a minha mulher, vendo aquela cena. Vira pra mim e diz: é isto que você quer, então veja! Começou a se despir e já nuazinha se dirigiu ao menino, empurrou ele pra cama, pegou o negro e fez o mesmo e ela ficou de cara naqueles dois paus, ainda meio moles. Primeiro, ela chupou o negro, depois o menino, até que levou os dois paus na boca. Depois, ficou de quatro e pediu ao menino que a comesse por trás e mandou o negro deitar na cama. Enquanto o menino a estocava, ela enfiava o pau do negro na sua boca. Nisso, o menino começou a se contorcer e gozou. Ela ainda chupando o negro, que também começou a se contorcer. Foi aí então, que minha mulher tirou a sua boca do pau do negro e perguntou se ele queria gozar na boca dela e voltou a chupá-lo. Eu vi, então, o líquido branco escorrendo no canto da boca da minha esposa. Ela para e me chama e eu vou. Gozamos como doidos e quando olhamos não vimos mais os meninos e o celular em cima do pentiadeira, olhava tudo e não dizia nada!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Eu fudi toda a familia do meu amigo fudi a filha dele fudia a esposa dele fudi a cunhada dele contos eroticoscontos de sexo sequestro negao malcontos eróticos escrava sexuais incertocontos de coroa com novinhoconto erotico fui sentada no colo do vovocontos eróticos minha mulher vai à igreja e no confessionáriocontos comendo mulher do amigo meia noiteconto erotico minha prima malvadacontos eroticos gozei gostoso no estupromeu maridinho dormiu trepei rolonafogosas do funk de sainhaConto curto de coroa estrupada por genro e gostandocontus orgia reforma casa loiraconto erotico enteada brincadocasadas que postam fotos de itanhaemcontos eroticos padrasto pausudo com menininhasA loirinha punheteira contos eróticosquero assistir você para minha mulher rapadinha pau entrandochantagiei o professor gostosocontos eróticos minha calcinha bi matoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos de afilhadacontos eroticos vi mamae fuderencarei 30cm contoscontos eroticos sou puto do meu padastroconto erotico peguei minha mulher fudendo com os amigos que vieram passar o carnaval em casaa doida conto erótico eu fudi minha sogra japonesameu titio me rasgou toda contosconto erótico velhaesposa de langerycontos eróticos meu comeu esposa dele e a minhagozaram em minha boca durante a viagemfilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmocontos amante da sogra desde antes de casarwww.Contos Eroticos de sexo gay incesto pai estrupando filho virgem gay sexo violetos em contos.comcontos eroticos incesto o retorno de maria alice na casa do padrinhof****** a b******** da minha enteada Camila e ela Gozou muito no meu pauconto banhando a filhinhaminhas duas mulheres esposa e cunhada na fazenda contos eroticosContos gay encontro com o estranho da rola grossacontos ainda menina dei pro meu irmaozinhoamei ser estupradaContos erotico nora na piscina com biquini minusculo mostrando os pentelhos e e arrombadaconto de quarentona a fuder com desconhecidocontos eróticos na roça com minha maeContos eroticos de fortaleza - peguei minha esposa me traindoconto erotico footjob da primacontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anosgenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticoscontos de mulher chupando o pinto.liberei minha noiva loira pra dois contosGay com mulher contocontoseroticoloiraconto - so cabia um dedinho na bucetinha delacontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroconto erotico neu rabo seduziu meu subrinhocontos eroticosproibidoContoseroticosdesolteirasquero uma buceta envolvendo meu paumulheres damdo a nisetacontos eroticos lesbicas cintacontos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhocomendo agostoza da irpregada iu marido ligandopouquinho carnuda contosO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeiconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos eróticos virei fêmea louca por leitinhoPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetacontos porno obrigada engolir porra com muito nojoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeu