Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O FETICHE DE MEU ALUNO QUE VIROU REALIDADE.

Click to this video!

O Fetiche de meu aluno que virou realidade.

Autora: desconhecida

Sou professora de Língua portuguesa e Literatura no RS, solteira, 39 anos, sem filhos. Na verdade, sinto-me bem mais nova, e muitas pessoas me dizem que inspiro sensualidade e que sou bem conservada. Sei que isso não é mentira, pois tenho espelho em casa e, apesar de todos os defeitos que posso encontrar em meu corpo, considero que faço um belo sucesso quando saio na rua, sinto-me desejada. Tenho cabelos castanhos um pouco abaixo dos ombros e olhos castanhos esverdeados.

Apesar de ter sofrido alguns assédios por alunos e colegas, jamais tinha pensado em trair minha ética profissional. Na verdade não trai. Tive um relacionamento que durou 4 anos e quando terminou, me senti indesejada, a pior de todas. Havia pouco tempo, na verdade, que tinha sofrido essa decepção emocional, e claro não tinha nenhuma pretensão em envolvimento de qualquer espécie. Bom, por instigação de uma grande amiga, a fim de esquecer um pouco o sofrimento da perda, entrei numa certa noite numa sala de bate-papo, simplesmente prá passar o tempo. Lá teclei com alguns homens, um Oi! Tudo bem? Poucas palavras, porque não tinha intenção de envolvimento algum, mas entre esses, um me chamou a atenção, ele começou a falar um pouco sobre ele e eu sobre minha pessoa, trocamos MSN e a conversa ficou mais animada, quando revelei que era professora ele começou a falar sobre uma professora de Português que teve e que sentia muito tesão por ela, até aí tudo bem, claro fiquei curiosa com a situação, mas como não sou nenhuma “loira burra”, fui interrogando, buscando informações a respeito. Os dados coletados na conversa estavam fechando, ou seja, eu já desconfiava que a professora por quem o aluno tivesse tesão, agora ex-aluno, que aqui vou chamá-lo de “meu Lindo”, era eu, pois ele era do Colégio que trabalho, não sei em que momento mostrei uma foto, foi aí que ele pediu que mostrasse outra que mostrasse meu rosto de perto, atendi ao pedido dele. Qual a surpresa, a tal professora era “eu”. Demorei um pouco até acreditar que estava teclando com um ex-aluno que dizia ficar de pau-duro nas minhas aulas. Quanto mais ele falava sobre a época de Colégio mais eu me sentia instigada com a situação. Teclamos algumas vezes e até fizemos sexo por telefone, enquanto ele falava eu me masturbava, foi uma loucura... A idade dele, 23 anos, não implicou na conversa, pois sempre me senti atraída por homens mais jovens.

No outro dia teclamos novamente e assim por diante. A conversa girava sempre sobre a mesma temática: o tesão dele por mim na sala de aula. Ele dizia que ficava de pau-duro nas minhas aulas. Eu achei uma delícia saber disso, até ficava excitada. Mesmo assim queria deixar as coisas acontecerem com mais calma, mas o “meu Lindo” me pressionava e acabei não resistindo. Foi no dia 19 de setembro de 2006, véspera de feriado. Naquela noite eu trabalhei, mas mesmo assim ele veio, chegou aqui quase às 24h. Trouxe uma garrafa de vinho prá quebrar o clima. Quando ele chegou eu queria enfiar a cabeça em uma toca, de tanta vergonha, mas ao mesmo tempo estava com tesão. Brindamos o vinho de forma atrapalhada, nos olhamos, trocamos carinhos... e num certo momento eu lhe dei um beijo e beijei seu pau por cima da calça..., conforme o combinado nas conversas pelo MSN, pois ele dizia o que imaginava e o que gostava, então procurei fazer o melhor, dentro da limitações. A partir disso começou a rolar tudo o que você pode imaginar. Beijamo-nos, fizemos carinhos um ao outro e começamos a tão esperada trepada. Eu babei muito no pau dele, chupei, fiz carinhos. Foi uma noite deliciosa, cheia de tesão.

Sempre fui uma mulher quente, com tesão, gulosa, louca por sexo, mas esse “meu aluninho” me tirou do sério. Digo isso, porque a química que rola entre nás é demais, nos damos muito bem na cama, no chão, de pe´...

Mas não parou por aí, começamos a nos encontrar com certa frequência e sempre mantemos contato pelo MSN. Cada encontro é uma loucura, eu também não deixo prá menos, sou criativa, faço algumas surpresas e atendo aos pedidos dele. Uso roupas provocantes, pinto as unhas de vermelho, que ele adora e capricho no boquete. Cuido do pau dele como uma jáia rara, beijo, lambo, babo, cuspo, chupo, sou realmente uma gulosa. Já trepamos de várias formas e sempre é uma delícia. Sá que o destino me pregou uma “peça”, pois aquilo que eu queria que fosse sá aventura, não é mais, da minha parte não rola sá sexo, pois acabei me envolvendo com ele, gosto de estar ao lado dele, de ouvir ele, mas continuo e posso dizer com toda a certeza tendo tesão por esse homem cada vez mais, mais e mais.

Outro dia conto mais, pois não pára aí... O meu Lindo, meu aluninho, meu homem, meu amante, meu macho, meu pauzudo, meu piçudo, meu boludo, ..., meu namorado, assim o chamo, continua despertando uma fera dentro de mim, uma verdadeira leoa.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Comtos casadas fodidas em cima da mesa por desconhecidoscontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigotransando com a namorada mais perfeitaconto menininha sentou no meu paubuceta pakerou chupou pediu pauContos eroticos corno panacacontos de corno enrabadoporno encejo com sogro e sogra pra serularcontos cu docecontoseroticos meniniceencoxadas no aperto contosfoto de xoxota de mulher pequeninihapapai tirou meu cabaçi videos mobileSou casada fodida contocontos eroticos: menina por desconhecidoMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosencontrei minha prima baixinha bunduda sozinha na balada contos eroticosminha enteada inocente conto eroticodei para meu genrocontos eroticos incesto mae me violentouContos de sogras velhas crentes rabudas dando o cumete vai vo gozar aiiiii uiii dlçpornodoido dona de casa chifra rapidinha cm amigocontos eróticos gay esfregacao entre pai e filhoputinha submissa do tioroupa de couro esposa contosconto minha cunhada e sua amigaContos eroticos dei a buceta para inimigocontos eroticos evangélica Nerdes gay contos eroticosentregador de gas bem dotado e sexy dominadorContos vizinha de 19Viadinho o que sentiu depois que deo o cuzinho contos eroticos depois vicioufoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delacoroas enfieins pornocontos eróticos meu tio tarado me fes eu gosar en seu pauContos eroticos chantagiei meu sogra pra comer minha sograconto adoro leiteconto de delegado que comeu cu de homem casadoComtos erotico 6 com a casada.conto erotico minha esposa no jogo de baralhocontos perdir a virgendade com policialcontos eroticos fui estuprada no matagalcontos eróticos namorada outrahttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosDeu o cu sem querer querendo contoPutinhas mamando contoseroticosdandoprocaipirabucetinha lisinha e meladacontoscontos eroticos incesto fode meu cu mnContos eroticos o homem da oficina deixa eu ver o pau deleler conto erótico f****** a minha tia numa festa fantasiahistoria de novinha perdendo a virgindade com encanadorcontos eróticos olhando meu filho tomar banhodanada da minha cunhada louca pra darcontos eróticos esposo.foi jogar futebolcontos eroticos de coroas dos seios caidospedindo para gozar contosconto incesto gay peludosadomasoquista gozando com garrafa enfiadacontos de coroa com novinhomullber mostrando cabasinhoconto erotico mostrei minha calcinha por dinheihoeu sou solteiro eu sempre eu tive vontade de fuder o bucetao e o bundao da minha sobrinha de 19 anos de idade eu tava no meu carro com a minha sobrinha eu levei ela pro motel conto eróticoadoro uma calcinha fio dental e shortinho curtinho afeminAdo contoscon erotico comi lora greluda por 10 pilaconto erotico descabaçei a novinha para dar a vaga de empregoContos eroticos com o rodo do banheirocorno mijado contoscontos eroticos con ninfetas e negaomoleque no ônibus contos eróticos gaygostosa banco da bike shortinhoContos eroticos fui comido na locadora d videos pela travesti pauzuda