Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O FETICHE DE MEU ALUNO QUE VIROU REALIDADE.

Click to Download this video!

O Fetiche de meu aluno que virou realidade.

Autora: desconhecida

Sou professora de Língua portuguesa e Literatura no RS, solteira, 39 anos, sem filhos. Na verdade, sinto-me bem mais nova, e muitas pessoas me dizem que inspiro sensualidade e que sou bem conservada. Sei que isso não é mentira, pois tenho espelho em casa e, apesar de todos os defeitos que posso encontrar em meu corpo, considero que faço um belo sucesso quando saio na rua, sinto-me desejada. Tenho cabelos castanhos um pouco abaixo dos ombros e olhos castanhos esverdeados.

Apesar de ter sofrido alguns assédios por alunos e colegas, jamais tinha pensado em trair minha ética profissional. Na verdade não trai. Tive um relacionamento que durou 4 anos e quando terminou, me senti indesejada, a pior de todas. Havia pouco tempo, na verdade, que tinha sofrido essa decepção emocional, e claro não tinha nenhuma pretensão em envolvimento de qualquer espécie. Bom, por instigação de uma grande amiga, a fim de esquecer um pouco o sofrimento da perda, entrei numa certa noite numa sala de bate-papo, simplesmente prá passar o tempo. Lá teclei com alguns homens, um Oi! Tudo bem? Poucas palavras, porque não tinha intenção de envolvimento algum, mas entre esses, um me chamou a atenção, ele começou a falar um pouco sobre ele e eu sobre minha pessoa, trocamos MSN e a conversa ficou mais animada, quando revelei que era professora ele começou a falar sobre uma professora de Português que teve e que sentia muito tesão por ela, até aí tudo bem, claro fiquei curiosa com a situação, mas como não sou nenhuma “loira burra”, fui interrogando, buscando informações a respeito. Os dados coletados na conversa estavam fechando, ou seja, eu já desconfiava que a professora por quem o aluno tivesse tesão, agora ex-aluno, que aqui vou chamá-lo de “meu Lindo”, era eu, pois ele era do Colégio que trabalho, não sei em que momento mostrei uma foto, foi aí que ele pediu que mostrasse outra que mostrasse meu rosto de perto, atendi ao pedido dele. Qual a surpresa, a tal professora era “eu”. Demorei um pouco até acreditar que estava teclando com um ex-aluno que dizia ficar de pau-duro nas minhas aulas. Quanto mais ele falava sobre a época de Colégio mais eu me sentia instigada com a situação. Teclamos algumas vezes e até fizemos sexo por telefone, enquanto ele falava eu me masturbava, foi uma loucura... A idade dele, 23 anos, não implicou na conversa, pois sempre me senti atraída por homens mais jovens.

No outro dia teclamos novamente e assim por diante. A conversa girava sempre sobre a mesma temática: o tesão dele por mim na sala de aula. Ele dizia que ficava de pau-duro nas minhas aulas. Eu achei uma delícia saber disso, até ficava excitada. Mesmo assim queria deixar as coisas acontecerem com mais calma, mas o “meu Lindo” me pressionava e acabei não resistindo. Foi no dia 19 de setembro de 2006, véspera de feriado. Naquela noite eu trabalhei, mas mesmo assim ele veio, chegou aqui quase às 24h. Trouxe uma garrafa de vinho prá quebrar o clima. Quando ele chegou eu queria enfiar a cabeça em uma toca, de tanta vergonha, mas ao mesmo tempo estava com tesão. Brindamos o vinho de forma atrapalhada, nos olhamos, trocamos carinhos... e num certo momento eu lhe dei um beijo e beijei seu pau por cima da calça..., conforme o combinado nas conversas pelo MSN, pois ele dizia o que imaginava e o que gostava, então procurei fazer o melhor, dentro da limitações. A partir disso começou a rolar tudo o que você pode imaginar. Beijamo-nos, fizemos carinhos um ao outro e começamos a tão esperada trepada. Eu babei muito no pau dele, chupei, fiz carinhos. Foi uma noite deliciosa, cheia de tesão.

Sempre fui uma mulher quente, com tesão, gulosa, louca por sexo, mas esse “meu aluninho” me tirou do sério. Digo isso, porque a química que rola entre nás é demais, nos damos muito bem na cama, no chão, de pe´...

Mas não parou por aí, começamos a nos encontrar com certa frequência e sempre mantemos contato pelo MSN. Cada encontro é uma loucura, eu também não deixo prá menos, sou criativa, faço algumas surpresas e atendo aos pedidos dele. Uso roupas provocantes, pinto as unhas de vermelho, que ele adora e capricho no boquete. Cuido do pau dele como uma jáia rara, beijo, lambo, babo, cuspo, chupo, sou realmente uma gulosa. Já trepamos de várias formas e sempre é uma delícia. Sá que o destino me pregou uma “peça”, pois aquilo que eu queria que fosse sá aventura, não é mais, da minha parte não rola sá sexo, pois acabei me envolvendo com ele, gosto de estar ao lado dele, de ouvir ele, mas continuo e posso dizer com toda a certeza tendo tesão por esse homem cada vez mais, mais e mais.

Outro dia conto mais, pois não pára aí... O meu Lindo, meu aluninho, meu homem, meu amante, meu macho, meu pauzudo, meu piçudo, meu boludo, ..., meu namorado, assim o chamo, continua despertando uma fera dentro de mim, uma verdadeira leoa.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fudendo as eguinhas e.novilhas na fazenda contos eróticostracei minha irmã contoscontos eroticos brincando com a primaconto erotico neide safadinhamae batendo puheta no filho dorminocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto maridoviadotaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contosConto porno estuprador comeu meu cu na frente de todo nundocontos erótico- fui estuprada e gosteicontos eróticos: gostosa não resistiuFoderam gente contos tennscontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinhocontos reais/viciei minha priminha pros amigosquero ver ofilme porno o pai dando carinho para filha nosofa para foder elacontos eroticos duas amigas brancas encontraram negros caralhudos pra foderoutro chupando os peitos da minha mulher. contosContos tirando a virgindade com um desconhecido tarado onlinecontos eroticos virei mulher como minha baba lebicacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos aquele carasurprendida pela minha amiga lesbica contos eroticosduas irmas gozando juntas conto eroticofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos eroticos de velhos iperdotados comendo mulheres casadascontos eroticos punhetasContos eroticos mae inociando filho novinho conto realcontos minha primeira vez a tresconto viuva carnuda carentehttps://googleweblight.com/i?u=https://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_14575_primeira-troca-2-parte.html&grqid=IPyLPHEA&s=1&hl=pt-BR&geid=1043contos eróticos eu com meu 30cm comen minha prima no sofá de casacontos erótico de lésbicas tarada pela irmãcontos eroticos amigos heteroscontos de cú de viuva carente e crenteconto erotico comendo o cu da freiramamei até os bicoes dela incharem contoscontos eroticos pratiquei zoofilia porke meu marido me deixo na vontadecontos eróticos [email protected]Conto novinha virgem arruma macho piculdo para arrancar sua virgindadecontos eroticos: sobrinha no coloconto gay na praça com heteroinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticocontos eróticos minha esposa e os dois n***** africanosContos e fotos de sexo no carnaval mtaputariacontoerotico de escoterasrodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico me puxou pra sentar no colo dele - contos eroticosconto erotico esposa sendo duplamente penetradacontos de iniciação no swingcheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****escravas contodany gosta de chupar rola peruibemilhares de contos eroticos pai maeMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,Comtos tia e sobrinha fodidas pelos amigos do tioConto gay comendo a porquinha zoofiliacontos fui chupada pelo velhoas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto erotico meu tio no caminho da escolacoroa de vestidinho sem calcinha abrindo as pernas para enteado podervideo conto traiu marido punhetapaguei boquete na infancia contosContoseroticos cavalocache:NCvA3Q684K4J:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_4_10_incesto.htmlcuzao frouxo da mamae contos fotoconto enrabei sogra humilhada frente filhairmão roludo cone urmã dormindorelatos eroticos menina novinha vendeu cabacinho na.hora.choroi muitominha mulher pediu pra fuder minha enteada contoscontos erotico viajando com paiconto erotico minha namorada virgem com outrotinha perder sua coroa no seu pau do negrãominha esposa adorou a minha fantasiaconto de sexo na fazenda com meu avoconto erotico filho com vergonhaContos Eroticos traficanteconto flagrei minha mãe pagando o alugueicontos eroticos joão deu a piça gg para eu e mamãe contos erótico menininha na formatura contos er senta devagarconto abusando na punhetacontos erotico a calcinha da vocontos porno gay sobre conhadosMeu namorado me comeu com um pepino contoscontos porno esposas estuprados submissos