Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O FETICHE DE MEU ALUNO QUE VIROU REALIDADE.

Click to this video!

O Fetiche de meu aluno que virou realidade.

Autora: desconhecida

Sou professora de Língua portuguesa e Literatura no RS, solteira, 39 anos, sem filhos. Na verdade, sinto-me bem mais nova, e muitas pessoas me dizem que inspiro sensualidade e que sou bem conservada. Sei que isso não é mentira, pois tenho espelho em casa e, apesar de todos os defeitos que posso encontrar em meu corpo, considero que faço um belo sucesso quando saio na rua, sinto-me desejada. Tenho cabelos castanhos um pouco abaixo dos ombros e olhos castanhos esverdeados.

Apesar de ter sofrido alguns assédios por alunos e colegas, jamais tinha pensado em trair minha ética profissional. Na verdade não trai. Tive um relacionamento que durou 4 anos e quando terminou, me senti indesejada, a pior de todas. Havia pouco tempo, na verdade, que tinha sofrido essa decepção emocional, e claro não tinha nenhuma pretensão em envolvimento de qualquer espécie. Bom, por instigação de uma grande amiga, a fim de esquecer um pouco o sofrimento da perda, entrei numa certa noite numa sala de bate-papo, simplesmente prá passar o tempo. Lá teclei com alguns homens, um Oi! Tudo bem? Poucas palavras, porque não tinha intenção de envolvimento algum, mas entre esses, um me chamou a atenção, ele começou a falar um pouco sobre ele e eu sobre minha pessoa, trocamos MSN e a conversa ficou mais animada, quando revelei que era professora ele começou a falar sobre uma professora de Português que teve e que sentia muito tesão por ela, até aí tudo bem, claro fiquei curiosa com a situação, mas como não sou nenhuma “loira burra”, fui interrogando, buscando informações a respeito. Os dados coletados na conversa estavam fechando, ou seja, eu já desconfiava que a professora por quem o aluno tivesse tesão, agora ex-aluno, que aqui vou chamá-lo de “meu Lindo”, era eu, pois ele era do Colégio que trabalho, não sei em que momento mostrei uma foto, foi aí que ele pediu que mostrasse outra que mostrasse meu rosto de perto, atendi ao pedido dele. Qual a surpresa, a tal professora era “eu”. Demorei um pouco até acreditar que estava teclando com um ex-aluno que dizia ficar de pau-duro nas minhas aulas. Quanto mais ele falava sobre a época de Colégio mais eu me sentia instigada com a situação. Teclamos algumas vezes e até fizemos sexo por telefone, enquanto ele falava eu me masturbava, foi uma loucura... A idade dele, 23 anos, não implicou na conversa, pois sempre me senti atraída por homens mais jovens.

No outro dia teclamos novamente e assim por diante. A conversa girava sempre sobre a mesma temática: o tesão dele por mim na sala de aula. Ele dizia que ficava de pau-duro nas minhas aulas. Eu achei uma delícia saber disso, até ficava excitada. Mesmo assim queria deixar as coisas acontecerem com mais calma, mas o “meu Lindo” me pressionava e acabei não resistindo. Foi no dia 19 de setembro de 2006, véspera de feriado. Naquela noite eu trabalhei, mas mesmo assim ele veio, chegou aqui quase às 24h. Trouxe uma garrafa de vinho prá quebrar o clima. Quando ele chegou eu queria enfiar a cabeça em uma toca, de tanta vergonha, mas ao mesmo tempo estava com tesão. Brindamos o vinho de forma atrapalhada, nos olhamos, trocamos carinhos... e num certo momento eu lhe dei um beijo e beijei seu pau por cima da calça..., conforme o combinado nas conversas pelo MSN, pois ele dizia o que imaginava e o que gostava, então procurei fazer o melhor, dentro da limitações. A partir disso começou a rolar tudo o que você pode imaginar. Beijamo-nos, fizemos carinhos um ao outro e começamos a tão esperada trepada. Eu babei muito no pau dele, chupei, fiz carinhos. Foi uma noite deliciosa, cheia de tesão.

Sempre fui uma mulher quente, com tesão, gulosa, louca por sexo, mas esse “meu aluninho” me tirou do sério. Digo isso, porque a química que rola entre nás é demais, nos damos muito bem na cama, no chão, de pe´...

Mas não parou por aí, começamos a nos encontrar com certa frequência e sempre mantemos contato pelo MSN. Cada encontro é uma loucura, eu também não deixo prá menos, sou criativa, faço algumas surpresas e atendo aos pedidos dele. Uso roupas provocantes, pinto as unhas de vermelho, que ele adora e capricho no boquete. Cuido do pau dele como uma jáia rara, beijo, lambo, babo, cuspo, chupo, sou realmente uma gulosa. Já trepamos de várias formas e sempre é uma delícia. Sá que o destino me pregou uma “peça”, pois aquilo que eu queria que fosse sá aventura, não é mais, da minha parte não rola sá sexo, pois acabei me envolvendo com ele, gosto de estar ao lado dele, de ouvir ele, mas continuo e posso dizer com toda a certeza tendo tesão por esse homem cada vez mais, mais e mais.

Outro dia conto mais, pois não pára aí... O meu Lindo, meu aluninho, meu homem, meu amante, meu macho, meu pauzudo, meu piçudo, meu boludo, ..., meu namorado, assim o chamo, continua despertando uma fera dentro de mim, uma verdadeira leoa.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elaContos eroticos escussao com meu marido banco diferentecontos eroticos e minha mulher e uma amiga convencida a chupar bucetaContos eróticos puta submissa incestocontos mamei a pica do caocontos eroticos de fui fudido junto com minha mulhercontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fidezoofili a nimada travesticontos porno chantagiando a cunhadaconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundacomendo tieta contos eróticos xvidiofodendo entisdaamiguinha d minha bem magrinha putinhaemplorando pra ganha leite eroticos contosnao resisti a buceta da minha maecontos de cú por dinheiromulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandocontos exoticos comi minh minha irma detalhconto porn insetuosocontos eróticos morando com filhocontos eróticos de bebados e drogados gayscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos fudendo a mae travestifui currada na frente do meu maridoconto erotico escrava sabrinacontos erotico com mim afilhada sem calcinhao pai da minha amiga é um tesão contos eróticoscontos gay afeminadosroupa de couro esposa contospapai tirou meu cabaçi videos mobilequero seducir minha sogar para fudelacontos minha tia anus dilatadocontos eroticos minha cunhadinha novacomo o cheiro da maça contosvi meu sobrinho arrombar a sua namorada gostosa. conto eróticocontos eróticos coroas dormio e fudia no ônibuscontos pagando aposta com um boquetecontos eroticos marido come o cu da deficientecontos porno obrigada engolir porra com muito nojocontos com teens sentando na ro do pri com doze anosporno mulheris con a perna meia canbotacontos fodi com o meu sogro gstscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto chantageei minha irma evangelicacontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorroaventuras com travesti Portugal contocdzinha dedos no cu esposa contoEle foi fundo com ela contos eroticoscontos eriticos papai e filhinhaconto atochada corno xxxcontos eróticos para ler a sogracontos eróticos marido cornocontos cunhada currada e dandocontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadacu peidão conto gayminha filha fudendo com nosso impregados contosContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bundafode a mulher do irmao para provar que ela é uma putaConttos eróticos de incesto que delicia de buceta mae to adoramdo te comercontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintapadrinho comer afilhada cem pentelhocontos inocênciadepois direto para fudela dormindocontos eróticos abusada peli médico dupla penetraçãocontos enfiei tudo a minha picona nele e ele reclamou muitoContos eroticos tetas roxascontos eróticos procurei meu irmão si ele mastubavacontos eroticos fudendo a mae travestihistorias eroticas de mulheris que tranzarao com emteadocontos eroticos meu sobrinhoconto gay caseiro patrao carloscontos minha esposa bunduda dandoo cu pra caminhoneirosComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delaVoltei gozada pro meu corninho contotravesti bem dotado chupando o c****** da mulher do cumolicescontos eróticos reais de mulheres evangélicasconto erotic meu treinado taradocamila da o cu ao pedreiro contosmeu irnao mas velho dormiu bebado bitei i pau na bunda delecontos eroticos possuida por uma estranha gostosahomem comeno a espoza de pois asogracontos eroticos a tres corno mesma camacontos eroticos fudendo garotos hetesexualSexo no aterro do flamengocontos eróticos fui abusada pelo pirralhocontos safados inversão e dominação