Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODIDA NA PRAÇA

Click to this video!

Oi para todos, esse é meu primeiro conto. Primeiramente vou me apresentar, me chamo Andréia, atualmente tenho 23, recém formada em ciências contábeis, tenho 1,68m, 53kg, tenho um bumbum que me rendem muitos elogios, seios médios, e gosto sempre de deixar minha marquinha de biquine a mostra que me deixa bem mais atraente. O conto que vou relatar aconteceu quando eu tinha 19 aninhos, mas já tinha uns anos de pratica. De férias fui visitar minha tia que mora em Salvador, ela era viúva e morava sá com minha prima Renata de 20 anos na época. Cheguei lá na terça e ate sexta nada de demais havia acontecido. Quando chega sexta-feira Rê (que era minha prima favorita, pois sempre aprontávamos juntas) me fala que iría a um churrasco no sábado e se eu quisesse poderia ir com ela, claro que aceitei. A noite como nos outros dias formos passear e ela sempre me deixava chupando dedo, saia com seu namorado e me deixava sozinha, pois ainda não tinha encontrado ninguém interessante. Chegando no sábado formos ao churrasco por volta de umas 11:30 da manhã. Eu vestia uma calça bem justa (que deixava minha marca de biquine a mostra) e um tomara que caia deixando minha barriguinha também para o povo ver. Rê por sua vez vestia uma sainha minúscula e uma camiseta, iría sem o namorado por isso vestia asim. Chegamos na festa fomos bem recebidas por Lucas (o dono da festa) Rê me apresentou a ele e pude perceber que não tirava o olho de minha marquinha. Fingi não perceber e fui aproveitar a festa com minha prima. Depois de umas 3 horas regada a cerveja Rê já se encontrava bem alegre e dançava muito, como usava uma saia muito pequena ao se rebolar até o chão mostrava a todos sua calcinha minúscula vermelha (nossa quanto homem babando). Com aquilo ela foi cercada por uns sete caras e eu me sai, fui tomar mais cervejas em outro local. Um rapaz chegou perto de mim e se apresentou com o nome de Victor, começamos a conversar e pude perceber seu interesse em meu corpo. Depois de mais de meia hora de conversa, resolvemos dar uns amassamos, ficamos ali por mais de uma horas nos amassando bem gostoso e já tava bem meladinha sentindo o pau dele roçar em mim por cima da calça. Depois resolvemos dar um tempo e fui procurar por Rê, acabei encontrando ela na lavanderia engolindo um cacete, achei melhor não incomodar e sai logo (se bem que gostaria de ficar ali olhando tudo), voltei para beber mais e como também já tava muito legal, fui dançar para suar um pouco. Fiquei dançando e sendo encochada por mais de duas horas, avistei Rê e fui ao encontro dela, me contou o que havia acontecido fingi não saber de nada, conversamos muito ela me falou que foi maravilhosos e que até o final da brincadeira iria ter mais. Voltamos a dançar e Victor veio por traz e me beijou a nuca, me arrepiei todinha nessa hora. Ele me chamou para irmos a um canto mais aconchegante, ele me levou para um fundinho onde tinha pouca luz, mas quando chegamos lá tivemos azar pois o local já havia um casal, ficamos procurando onde ficarmos mas tava difícil, então ele me levou para fora da casa e formos para uma praça perto da casa, procuramos um local bem escurinho e ficamos em um batente meio alto. Ele assim que chagamos me beijou logo e foi alisando todo meu corpo, e forçava seu corpo no meu, assim eu sentia seu pau roçando mais uma vez no meu corpo. Ele então baixou meu tomara que caia e mamou para valer em meus peitos. Eu como estava gostando muito da brincadeira resolvi colocar a mão no pau dele ainda por cima da bermuta e apertava muito. Então abriu minha calça e colocou mão dentro e começou a alisar minha xaninha que já tava totalmente encharcada, primeiro por cima da calcinha e depois por dentro. Minha xota piscava de tanto tesão, parecia implorar para receber aquele cacete duro que eu tinha na mão, coloquei o pau dele para fora e comecei a punhetar enquanto ele descia mais minha calça e colocava dois dedos em mim. Depois baixei e comecei a chupar ele com gosto até ele gozar em minha boca, não deixei cair nenhuma gota. Depois que engoli tudinho continuei a chupar para reanimá-lo, o que não demorou muito. Levantei e pedi para que ele enterrasse tudo em mim, ele me virou e começou a botar, bem devagar, sentia aquela pica deslizando em minha xana toda molhada, começou um vai e vem e cada vez mais frenético. Nesse momento fui às nuvens de tanto tesão e sem demora gozei junto com ele em um gozo bem demorado. Quando nos reanimamos percebemos que estávamos sendo observado por dois garotos. Senti um enorme susto na hora mas depois relaxei, vi que eles gostavam do que viram e baixei de novo para chupar mais uma vez Victor, foi quando passou um senhor com cabelos já brancos olhando, me levantei e voltamos para a casa. Rê disse que me procurava a muito tempo e já era hora de ir para casa, me despedi de Victor e resolvemos ir para casa. Depois daquele dia trepei mais duas vezes com Victor quando aconteceu de minha tia nos pegar no flagra, mas essa historia fica para outra vez. Quem quiser me contar seus flagras e sá mandar e-mais: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


esculachado por vários machos na frente do marido conto eróticofotus de zoofiliameninas piranhas de calcinha fio dentalcadela piscando em uma metendo picatransando com a namorada mais perfeitaContos comida pelo garotocontoseroticos assaltoshortinho apertado curto abraçadinhoMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticoscontos agora ela so quer se for com duas picascontos eroticos com meninas de menorPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contoso maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que deliriocontos comendo a bucetinha da titiacontos encostando devagar calcinha enfiadaconto erotico enrabadomãe não deixa filho fude.com ela.na.vuzinhaconto eroticos minha mae o pedreiroconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arromboucontos minha sogra me vendeu seu cuzinhocomo fazer pra minha sogra ter tezao por mimcontos marido atolou a geba grossa no cu d esposa na pescariameu cu e meu genroConto erotico comendo gordinha durante colheita do caféchupando até ela gozar dirá cx aodoque falar quando um menino fala pra voce "quero lhe fuder"??conto sem calcinha a troco de docecontos de insesto fatos.comreaisQuero treinar o vinha perdendo a virgindade da bucetinhaContos a bct da minha mulher e feia mais adororovidos. anamara. cupanu. bucetacomendo a carlinha casa dos contoscontos erotico escondi debaicho da cama fraguei minha esposamadame currada no mato contocontoincestocolopais se esfregando na filha shortinho corcontos erotico incesto virei a cadela do titiomeu pai batendo punheta.eu foi fala com ele e ele madou eu bate pra elecontos eroticos vi a pepeca de minha amigavirgem tendo um orgasmo contos eroticosconto erotico.de novinha gosando com o paiconto erotico pm macho batalhão estocadasminha amiga pervertidaconto tirei do cu e comi a bucetavidio porno d3 uam mulher branca 3 uma homem preyoconto erotico negra a cabou com a buceta na siririca regasou a bucetaConto de putinha para os tarados da cidadecontos eroticos gay entre primospassivosrj sexoconto mamae fode com filho aniversarianteMulher que fica çarando o priquito uma na outra ate sair galacontos eróticos minha calcinha rasgadacontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocontos safados mae casada filhas traem com homens dotados juntas porno amador em festinhasparticularestravesti pau duro contoscontos de sexo anal bissexual com mulheres gordas comendo marvi ele comer ela/contoconto mulher usa a buceta pra fazer caridademeu maridinho dormiu trepei rolonacontosdesexo padrasto metendo na enteadacontos-vem foder sua putinhacontos de coroa com novinhookinawa-ufa.ru chantageadacontos eroticos de amigas na florestaconto gey o pai do meu amigo me chamou para viajar para um sitio para fodermos com onze omensnovinha que queira trocar msg e gozar muitocontos eróticos de vibradorcontos eu minha esposa e a empregada na praia de nudismoele pega ela nos ombros pra chupar sua bucetacontos eroticos homem casado dando para o primocontos eroticos eu e a minha filha somos putaComtos eroticos com cumada novinharelatos de cheirando calcinhacontos gay na marrapassando lápis na bucetaacampamento com aluninhas 2 contos eroticoscontos eróticos solitáriocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos convenci ela a dar o cuzinhocontos eroticos exendo a buceta da tia de poreaaiiao taradocontos bi eu e meu primo e minha prima meu primo gozo no meu raboconto - so cabia um dedinho na bucetinha delajaponesas babys fazendo zoofilaconto erotico dopei estuprei o cu de uma.freiraxvidio mulher xota de cabritaPMS contos eróticos