Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEUS CACHORROS QUERIDOS

Click to Download this video!

Meu nome é Eduardo, tenho 36 anos, casado, mas tenho loucura em transar com cachorros.Tudo começou quando eu tinha 19 anos e minha família tinha um vira-latas de porte médio que se chamava Kid. Sempre tivemos uma relação afetiva muito boa, até por que ele era extremamente dácil. Nessa época ele tinha uns 3 anos (um cão fica adulto aos 2 anos) e até então nunca tinha cruzado com nenhuma cadela. Justamente por isso, ele pegava almofadas e começava a trepar com elas. As vezes eu parava para reparar e via aquela ponta vermelha saindo e uma bola inchando mais atrás, por baixo dos pelos. Eu já havia visto cachorros transando na rua, mas nunca entendi por que eles ficavam colados. Um dia quando eu fazia carinho nele, ele subiu na minha perna e começou a trepar. Senti aquela ponta durissima e molhada roçando, as partas firmes na minha coxa, fiquei tomado de um tesão repentino. Minha mãe viu e botou ele pra correr. E eu fiquei pensando no que tinha sentido com aquele cachorro. Meu irmão mais velho tinha uma coleção de revistas de sacanagem e eu comecei a procurar por transas com animais, por que sabia que isso acontecia. Tinha despertado em mim a curiosidade. Despertado por que eu havia gostado. Me excitava! Emfim encontrei um conto narrado por uma mulher que havia sido penetrada pelo seu cão. Imaginei logo que poderia fazer a mesma coisa. Um dia, vejam sá o que é tesão, eu estava em casa e minha mãe nos fundos, lavando roupa. Fiquei na sala da frente com meu cão. Ele começou a meter na almofada de novo. Tirei a almofada dele e coloquei embaixo de mim, ficando de quatro em cima dela. Ele vei pra cima tentando a almofada e parou atrás de mim cheirando minha bunda. Engatinhei para trás e ele montou em cima de mim. Como já estava com o pau para fora e excitado, começou a fazer os movimentoe de vai e vem. Sentia a ponta da pica bater no short. Me dava arrepios! Um calor que subia me consumindo todo. Mesmo com a minha mãe em casa, não resisti tomado pelo tesão e tirei o short, ficando sá de cuecas. Abaixei de quatro e ele montou de novo. Aprendeu rápido!! Agora eu podia sentir as estocadas mais firmes, com força, ví que ele queria e eu sabia o que queria também. Ví que a minha mãe estava muito ocupada, que não sairia dalí tão rápido. Estava lavando roupas na mão, no tanque. Rapidamente, tirei a cueca e fiquei de quatro. Ele montou em cima e eu senti um tesão incrível!! Senti a textura do pelo, o calor do corpo, a vontade como ele me segurava pra não escapar, como se fosse uma presa dele! Senti a ponta da pica bater embaixo e em cima do meu cuzinho virgem. As ondas de calor e prazer brincavam comigo! Batimentos a mil, já começava a suar. Numa dessas vezes, a pica veio certeira e eu senti aquela ponta, ainda fina, abrir caminho e entrar como uma lança, tamanha foi a força que ele usou e também por que a pica estava bem lubrificada. Me senti uma cadelinha no cio. Nem me passou pela cabeça que minha mãe poderia aparecer de repente e ver a cena. Senti ele meter tudo até encostar no meu cu. Começou então um vai e vem frenético que me fez decolar de prazer. Em poucos minutos meu pau endureceu como pedra e meu cuzinho começou a contrair em volta daquela vara maravilhosa! Em poucos minutos eu estava em extase e então um onda de prazer me fez gozar no chão. Mas não era uma orgasmo comum, em jatos. Ia escorrendo, como se eu urinasse, mas era porra que saia pelo meu pau, enquanto eu revirava os olhos com as ondas de prazer que vinham daquela pica! Mas aí começou a surpresa: Eu senti minha bunda inchando de dentro pra fora, uma bola crescendo do lado de dentro do meu cu que estava estufando e a ponta da pica estava me furando por dentro por que não havia mais espaço dentro de mim e ela continuava a inchar!! Puxei a bunda pra frente já sentindo uma dor enorme. Ele veio junto e não deixou tirar. Puxei mais forte, mas a bola não passava pelo meu cu, pois era muito maior e o cuzinho ainda original. A dor chegou a um nível que eu não tinha nada mais a fazer que ignorar a dor do cu e puxar com tudo para tirar de dentro de mim. Fiz isso, mas ao custo de uma dor que eu nunca senti na vida e a sensação de ter rasgado o cu!! A bola saiu fazendo um barulho molhado e um mar de porra jorrou no chão. Eu cai de lado com as mãos na bunda, mordendo os lábios para não gritar e chamar a atenção da minha mãe. Eu estava alí: pelado, com um mar de porra no chão e um cachorro com um cacete de uns 20 ou mais de comprimento e uns 8 de grossura com uma bola na base que parecia de tenis!! Se eu soubesse que ficava assim nunca teria deixado acontecer!! Quase me matou aquela pica!! Caí na real: tinha que eliminar as provas, com ou sem dor no cú, o mais rápido!! Passeu a mão no meu cuzinho que ardia muito! Veio suja de porra e sangue. Ele tinha me arrombado mesmo! Corri, limpei tudo com um pano velho, fui ao banheiro, sentei no vaso para abrir a bunda e limpar direito e ví que ainda escorria porra de dentro das minhas entranhas! Como aquele animal podia ter gozado tanto!! Depois de tudo que ficou no chão? Bom, mas depois disso e de 3 dias sentindo dores na bunda e no cú, passou. Minha mãe entrou bem depois e não viu nada. Graças!! Se eu parei depois disso?? Depois eu conto!! Gostaria de encontrar pessoas que tiveram experiencia trepando com cachorros ou queiram me ver fazendo e gozando gostoso. Com ou sem parceiro. Me escrevam: [email protected]



Abraços!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


troca troca de homens adultos contoscomendo a boca da prima contowww.cunhadaraspadinha.com.brhomens com pau instigantecontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gaysvirei escrava do meu tio parte3Contei para meu marido que meu patrao fudeu minha bucetarelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delacontos baixinha popozudaeu arreganga minha buceta pra elecontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbMinha esposa adora um homem negro contos eroticosminha vida com mamae contosou casada meu visinho novinho contoscontos enrabando sobrinha da minha mulhercontos fodendo o cu da Marilenecontos eroticos peguei a transexual da lanchonetecontos eróticos minha filha bebeu meu leitecasa dos contos abusada por meninosconto gay meu cunhado comeu meu rabo e virou meu namoradoConto minha mulher pegou eu dando o cuNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos eroticos de padrinhos super dotados comendo casais e comadressou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anosnão anãozinho chupa meu pauconto minha mulher gozou na picona de meu serventeconto erotico com homem velho coroa grisalho peludo do trabalhocontos de casais e amigoContos esposaTio me deu um chortinho de lycra pa mim usa para ele sem calsinha contosxvidio amaciando a esposahttp://quero conhecer adolecente peitinhos bem durinho e buceta contos eroticos gay problemas mentaisConto de mulhe minha esposa e o molequemete mete mete gostoso. contoscontos eróticos "peladinho" sobrinhoContos minha sogra fas eu ser puta do sogro e tioscontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidoCris devassa. contos eroticoscontos eroticos no cinemacontos eroticos sou casada sobrinho prediletono cu nunca mais contosconto erotico o cu da mendinga gostosacomendo ela de saia com vizita discretamenteconto só uso fio dental sou gaúchaConto eroutico espora come maridoso os melhores contos de gay sendo aronbado varias vezescontos eroticos padastro com indiadaamiga da minha filha tezudinhaconto sozinho com minha sogracontos eroticos de irmans cavalomasconto erotico surpresa na siricacoleguinha liberal gay contoscontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcamamando na vara feita bezerrinhaproposta indecente de colega porno de trabalho a casadaContos eróticos Lúcia coroacdzinha esposa corno contopedi para meu amigo tirar is cabasos da minha noiva contominha irma envagelica encestominha enteada inocente conto eroticofui iniciado conto realcontos eroticos de menininhascontos eroticos o bicho do tiocontos eróticos mamãe deu o cu eu vititio tirou meu cabaço aos nove anos doeupapai depelando a bucseta da sua filinha em quanto dormia em fotos em quadrinhoscontos esporrei-me no sonhohttps://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_18110_comendo-a-sogra.htmlContos erótico de cdznha verídicodando no ônibus contoschupando o patrão contos eróticoso cavaloenfiou seu pau com tudo no meu cu gritei de dor videos pornocontos encoxada com o maridoconto transamos no escurinho da festaconto erotico mae no carropeguei minha sogra botei pra chora contoContoseroticosnoivasconto erotico humilhado na festacontos eróticos me obedece putinhaconto de moçinhas inocentesconto pai trepando filinha pequenavi minha tia sendo fudida por uma mulher a forca contoiaiaiai vou goza no kct do meu paiwww.Contos Eroticos de sexo gay incesto pai estrupando filho virgem gay sexo violetos em contos.comterceira idade de calcinha no cudei pros amiguinhos do meu filho contos eróticoscontos gay genro bebado