Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TREINANDO UM CÃO PRA COMER A PATROA

Click to Download this video!



Meu nome é Ronaldo, tenho mais de 40anos, casado, família, etc...etc...Há algum tempo atrás eu resumi uma historia de uma amiga sobre transar com cães. A confiança dela em mim e sua narrativa me fizeram ate me aprofundar mais sobre o assunto de transar com animais e principalmente cães. A historia é antiga, e o sexo com animais também. No decorrer dos séculos parece que sempre existiu essa pratica e hoje em dia é mais divulgada e contada com muito mais naturalidade. O conto eu mandei para um site e publiquei um e.mail. Recebi muita correspondência sobre o conto, alguns elogiando e outros querendo saber detalhes e pediam fotos de cães transando com mulheres. Sei que alguns deviam ser ate de homens curiosos ou garotas, mas enfim muitas mulheres queriam saber mais a respeito do assunto e ai eu busquei informações para dar a elas. Minha historia começa aqui. Uma das cartas era de uma mulher que a principio não se identificava e dizia apenas ser separada, sem filhos e perguntava como fazer para transar com seu cão. Eu respondi algumas coisas sem importância a principio, pensando ser ate brincadeira, mas, os seus e.mails foram ficando mais longos e quase todos os dias ela comentava algo a respeito do seu cão. Era um pastor alemão, desses que todos nos conhecemos. Depois de algum tempo passei a lhe dar dicas importantes como excitar seu cão e fazer com que ele trepasse nela. A mulher que aqui vou chamar de Suely, não se achava com o animal. Ela dizia que fazia tudo o que eu sugeria e quando chegava a hora H, nada, ele desistia ou apenas gozava mas não metia nela. Eu percebia que ela ficava frustrada a cada correspondência que me enviava. Falei com minha amiga, e pedi conselhos e dicas e passei tudo pra ela. Banhos, higiene a brincadeira e faze-lo montar sobre ela, mas, nada...não dava certo. Apesar da frustração de Suely, acabamos virando amigos de tanto falar e tentar resolver o problema dela. O pastor alemão é um cão dácil com seu dono, é bravo com outras pessoas e não seria apropriadamente um cão, alias como nenhum é, para fazer sexo. O despertar de um cão por sexo humano começa com o cheiro da bunda e da buceta da mulher. Ele a principio lambe e depois quer copular como se fosse uma cadela, mas isso precisa de muita paciência e dedicação não o deixando atrapalhado. Suely me contava que tentava de tudo, ficava nua pela casa, e o fazia cheira-la, ficava de quatro pra ele que apenas a lambia e algumas vezes ela chegou a gozar assim mesmo. A nossa penúltima tentativa foi a de colocar o cão de costas e ela cavalgar sobre ele, deu certo, ele a penetrou com o pau ainda duro e ela chegou a gozar nele, mas logo ele saia fora. O Toco, era um cachorro de 4 anos, já bem adulto e sempre foi criado em casa e nunca tinha trepado com uma cadela. Acho que isso o fazia indiferente com a mulher. Como eu não a conhecia imaginava ser uma mulher ate muito feia pra querer trepar somente com um cão. Porque ela não tinha um homem, e porque insistia tanto com essa historia. Isso estava me deixando chateado porque eu via que nunca ia dar certo, e a coitada da mulher ia ficando mais triste com isso tudo. Puxa, acho que ela pensava que se nem um cachorro a queria, o que diria um homem. Num desses papos ela me enviou uma foto. Fiquei surpreso por se tratar de uma mulher muito simpática e diria até muito bonita. Acabei mandando uma foto tambem e nos apresentamos como amigos e confidentes sobre o assunto de zoofilia. Ficamos mais íntimos e começamos a falar por telefone. Sua voz era doce suave que combinava muito com seu rosto. Num desses belos dias da vida da gente e falando ao telefone ela me convidou para ir tomar um suco em sua casa. Zona Oeste de São Paulo, marcamos num sábado a tarde. Cheguei a casa, alias simples mas muito bonita e bem cuidada, com um belo jardim na frente, típica da região. Suely, quando me atendeu se mostrou ainda mais bela que a foto, um sorriso pequeno e lábios pequenos que davam a forma de uma boca maravilhosa e um corpo nos seus 1,70m. de forma maravilhosa. Cabelos curtos, pele branca, muito cheirosa, ali diante dos meus olhos uma mulher de fechar o comercio, muito bonita e muito simpática. Rapidamente pela minha cabeça a idéia de que ela queria transar com um cachorro me pareceu absurda a principio. De longe eu ouvia os latidos do Toco. Entramos e andando a minha frente vi a bela bunda que aquela mulher tinha. Uma sala grande, ainda meio agitado e nervoso me sentei num sofá bem grande e não demorou ela me convidou para conhecer o Toco. Fomos até o quintal e ele acabou me fazendo festa. Acariciei seus pelos e sua cabeça e ele felizmente me aceitou com ela ao meu lado. Ela ofereceu um suco de laranja eu aceitei e fiquei la fora brincando com o Toco e fazendo amizade com ele. Eu olhava pra ele e ficava imaginando porque ele não queria trepar com a sua dona maravilhosa. Entramos e começamos a falar sobre o cão. A medida que íamos falando eu acabava me excitando e pelos seus peitinhos eu percebi que ela também se excitava com o assunto. Suely nos seus trinta e poucos anos, se mostrava uma mulher carente e buscava na sua fantasia uma realização sexual acima da media normal das mulheres. Talvez confiasse mais num cachorro do que num homem. Ela pediu licença e foi ate seu quarto, e quando voltou eu quase cai de costas. Usava uma saia até o meio das pernas, larga, do tipo que eu disse que usasse pra brincar com seu cão. Ela me disse que se vestia sempre assim, como eu a ensinei. Mas eu não imaginava que aquelas lindas pernas ficassem ainda mais bonitas com aquela saia meio curta, tipo colegial. Eu confesso fiquei admirado com o lindo corpo e a disposição dela de transar com o cão. Suely me pediu ajuda com a voz embargada para ajuda-la com seu cão, eu disse que tudo bem. Ela o trouxe ate a sala e ali ia começar a maior emoção da minha vida com uma mulher. Toco quando a viu fez festa e abanava o rabo com muita euforia, ele sabia o que ela queria, tanto que a pontinha do seu pinto vermelho já saia pra fora. Ela sentou no sofá e abriu as pernas, eu quase cai duro vendo aquelas pernas abertas exibindo uma calcinha branca, linda. Toco enfiou o focinho dentro das suas pernas e passou a lamber, eu me levantei e pedi licença e fui chegando perto deles devagar pra não deixa-lo nervoso. Como ele não rosnou eu fui fazendo carinho na sua cabeça enquanto ele por cima da calcinha dela lambia e cheirava seu cuzinho. Pedi a ela que relaxasse e me deixasse tentar faze-lo se interessar mais por ela. Devagar fui abaixando sua calcinha até tira-la por completo, eu queria dar um chega pra lá no cão e comer aquela maravilha, porque não estava mais aguentando, mas imaginei que se eu o fizesse montar nela e com toda aquela intimidade eu poderia transar com ela, senão iria comer o cu do cachorro. Mandei ela ficar de quatro e abri sua bundinha, gente, que maravilha, Toco eufárico e com o pinto já maior que o meu, e o fiz cheirar seu cuzinho, ele seguia meus dedos e minhas mãos, e lambia dando a ela muito tesão. Peguei seu pinto e apertei e vi que crescia e ficava bem duro, e já tinha soltado um pouco de liquido. Punhetando ele o coloquei sobre ela e dirigi o seu pau na bucetinha dela. Toco com a pressão da minha mão fez gestos de copular e nessa hora aproveitei e empurrei ele para dentro dela e o segurei. Acho que o calor da buceta e o cheiro fizeram ele se mexer com mais força e acabou mexendo rápido e trepou com ela na minha frente. Suely foi a loucura e gemia gozando varias vezes. Toco ficou um tempo parado dentro dela e gozou. Pelos espasmos eu sentia ele ejacular dentro dela. Enquanto esperava ele gozar e terminar seu estoque Suely, se masturbava e continuava gozando. Toco saiu de cima dela e passou a lamber seu esperma e lambeu a bucetinha dela. Eu confesso que gozei por dentro das calças, a cena foi realmente muito forte e muito maluca. Ela se levantou e se limpou com a calcinha e a vestiu. Ele saiu e foi ate o quintal, beber água e se deitar, deve ter ficado cansado. Ela me disse que ele já tinha gozado na mão dela, mas não com tanta intensidade assim. Praticamente satisfeita ela me convidou para ficar até a noite e iríamos comer uma pizza juntos. Eu não podia, precisava voltar pra casa, e lhe disse que sentia inveja do cão, e ela me disse que ainda não tinha terminado e eu receberia meu pagamento. Eu disse que não tinha feito nada por dinheiro e fiz apenas para ajuda-la. Ela me pegou pelas mãos e me levou ate o seu quarto, e no banheiro se lavou e voltou envolta numa toalha, e a tirou na minha frente. Seu corpo magnífico, digno de uma mulher de 20 anos, me deixaram tonto de tesão. Ela se deitou e me puxou pra cima dela. Tirei minha roupa e me joguei praticamente sobre ela. Suely, precisava mesmo de um homem. Me chupou e me dirigiu ate sua buceta, ainda molhada pelo cão. Trepei com aquela mulher como se fosse minha primeira vez, tremendo de tanto tesão. Foi bom demais, quando gozamos juntos. Ela exausta caiu de lado e descansamos um pouco, depois tomamos um belo banho e voltamos pra sala. Suely me contou sua vida e seus problemas com o ex marido e porque sua decisão de estar com o cão. Primeiro por curiosidade e por tesão e atração pelo animal, e depois ela estava cansada de se masturbar com as mãos e brinquedos que ela tinha. Eu fui uma exceção aos desejos dela, mas foi átimo ter aparecido em sua vida segundo ela. Nos dias seguintes a alegria dela dela foi maior. Toco já sabia o que queria e seguindo o ritual ela se deitou de quatro apoiada no sofá e ele já de arma em punho subiu nela e copulou muito a fazendo gozar muito. Dali pra frente deu tudo certo e os dois foram e são muito felizes ate hoje. Minha amizade com ela me permite nas visitas de vez em quando, dar uma gostosa transada, afinal de contas como ela mesmo diz, carinho, beijinho na orelha, uma fungadinha, um beijo, uma chupadinha nos peitinhos, e um bom papo o cachorro ainda não faz. Escrevam e me contem suas fantasias com animais, podemos trocar boas informações, eu tenho paciência e posso [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico em familiaContos gay coroacontos eroticos madrasta com tatuagem goza na pica do enteadoContos casado chorando na rola do ricardaocontos eroticos amante vs mulherestuprada e gostou contosminha ex namorada tonta dando pra outro contospornô brasileiro fui trabalhar na casa da minha tia e comi minha prima de baby dollingenua.contos eroticoscontos dei pro mulequinho de ruaContos eroticos seduzindo meu sobrinho com roupas provocantesvirgem sendo comida por 3 paus na sua bucetinha contospauzudogosaMe Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gaysTennis zelenogradcontos u caras muito bemdotado arobou a buceta da mia mulhe na mia frete contoscontos eroticos meu amigo e minha mãeConto podolatria gay o chulé do loiroesposa contando detales pro corno da transa com amante contosViadinho Minha Mae da Pro irmão Contos EroticosContos eroticos gosto que minhas tetas estejam vermelhas de tanto macho chupandoCuidando do meu pai acidentado contos de incesto femininocontoseroticosdeicestocontos erótico eatrupei a meninaContos eroticos de casadas safadas que traivi a novinha passando dedo na bucetinha conto eroticoempregadinha contocontos eróticos dando o cuzinho no swingminha namorada e meu tio contoFoderam gente contos tennscontos de adolecentes escultando.adultos tranzahttp://googleweblight.com/i?u=http://tennis-zelenograd.ru/conto_16882_o-diario-de-uma-filha..html&grqid=ct10otni&s=1&hl=pt-BRcontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquecontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosconto erótico ray infânciadepilada pelo amigo contoshttp://tennis-zelenograd.ru/conto_3433_irmazinha-viciada-em-masturbacao.htmlmeu cu ficou rasgado e sangrando contoscontos eroticos gay ardente paixao pelo dr luizPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!contos eroticos a calcinha da vovotomou um vinho com a gostosa e depois meteu a piroca nelacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto tia pelada em casao amigo do meu namorado me comeu na calada conto eroticogay surra chinelo putinhabelíssima mulheres porno emgole pora traveco e gaymeu marido me deu um cachorro contoscontos sou puta e insaciável por rolaminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façobunda queria sentir a rola entrando devagar contosalvando meu filho contosvisinhalesbicaContos erótico, eu e a filha LauraConto picante familia incesto agressivo bisexual agressivoContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaasconto erotico o viadinho de calcinha e shortinho estupradocomtos.eroticos estuprovideos de garcom chupando peito no reservadofudida pelo vigia da escola conto erotico teencontos eu marido na prai de nudismocontos erótico paizão enrabar filho gaycontos eroticos com garotos mais novoscontos eroticos de corno no metroconto moreno heterocontos eroticos traindo marido na Sala ao ladoConto porno gay meu padrasto me ensinou a ser mulhercontos eroticos dos leitores meu marido e eu e outra mulher na camavídeo pornô a mãe dela tava de biquini o genro só dava a sogratravesti Juliana de primo metendoanus enrabadocontos eroticos dei pro meu sobrinhoHOMEN RABANDO OUTRO HOMEN NA AREIA DA PRAIA VIDEO GAYque cu mais apertado agora chora conto