Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMINHA SAFADA

Click to Download this video!

Faziam exatamente 19 anos que não nos víamos.

Foi em um encontro da família que teve na casa de meu tio que nos reencontramos.

Foi um momento mágico, quando eu a vi, aquela garota linda, um verdadeiro mulherão, quase não acreditei.

Me aproximei normalmente, para um papo entre primos que não se viam hà tempos. Conversamos e rimos muito sobre nossas histárias de quando crianças.

Hoje ela com 20 anos e eu com 24anos, já estávamos bem crescidinhos e bem diferentes.

Sempre tivemos uma ligação muito forte quando criança, oque logo se estabeleceu novamente.

Trocamos celulares e passamos a nos ligar todos os dias.

Começamos a marcar festas juntos, cinema, passeios, etc.

Sempre fazíamos companhia um ao outro.

Sempre percebi que rolava um clima entre a gente, mas não podía apostar como verdade. No cinema, sempre abraçados, na rua sempre de mãos dadas e assim por diante.

Foi quando uma vez fomos a um churrasco na casa de um amigo e tudo se estendeu até mais tarde. Ficamos para dormir.

Como a casa não era muito grande, tivemos de dormir no mesmo quarto ena mesma cama. Sempre assistíamos filme em minha casa deitados de conchinha. Neste dia para dormir não foi diferente. Como não estávamos em casa e fazi um calor infernal, resolvemos nos cobrir somente com um lençol e ficarmos somente com as roupas de baixo. Trancamos a porta e fomos deitar.

Quando a abracei por trás para dormirmos, e ela puxou minha mão deu um beijo no meu dedo indicador, uma chupadinha no meu polegar e colocou minha mão em seu seio.

Quase fui a loucura, logo minha cueca começou a se movimentar, com aquele gesto dela, sentindo sua bundinha sem nada, somente com aquela minúscula calcinha, fiquei louco. Abracei a por trás e comecei a beijar seu pescoço e acariaciar seus seios, ela empinou a bunda para trás para sentir melhor o volume dentro de minha cueca que estava estourando já. Ficamos nos acariciando assim por um tempo, somente sentindo o corpo um do outro. Não demorou muito e virei-a para dar-lhe um beijo. Ficamos nos beijando por uns 5 minutos sem parar, então ela me confessou que desde o dia que nos reencontramos ela havia ficado louca para me dar.

Isso me deixou mais louco ainda, retirei seu sutiã e me deparei com um par de seios maravilhosos, lindos, durinhos, empinados, estilo gota como é o formato que eu amo.

Não perdi tempo e comecei a beija-los, passava a língua em seu mamilo enquanto ela metia a mão dentro de minha cueca e segurava aquilo que ela tanto desejava.

Mordiscava, lambía, beijava, acaríciava, enfim estava deixando ela excitadíssima.

Comecei a descer por sua barriguinha, passei por um piercing, em seu umbiguinho que enfeitva sua barriguinha perfeita. Fui descendo, beijando e lambendo, beijando e lambendo. Agora ela acariciava meu pau com sua coxa, para um lado e para o outro.

Comecei a beijar sua bucetinha por cima da calcinha, apenas para sentir o calor e deixa-la mais louca ainda. Brinquei assim por uns 3 minutos, deixando-a ansiosa.

Puxei sua minúscula calcinha para baixo e fiquei louco quando vi sua bucetinha bem depiladinha, a coisa mais linda que já havia visto. Comecei a lamber, passar a língua em seu clitáris, e com todo o gosto enfiava a língua dentro dela e bebia seu suquinho delícioso. Ela gemia de prazer, me apertava a cabeça com força em direção a sua bucetinha e pedia mais. Com o pé agora ela acaricia meu pau que está incrivelmente duro.

Chupei sua bucetinha por mais ou menos uns 19 minutos até fazer ela gozar duas vezes em minha boca.

Logo isso ela se levantou, me jogou na cama, arrancou minha cueca e colocou tudo em sua boca, nunca tinha visto tamanha fúria para engolir um pau assim.

Ela lambia, beijava, brincava, mordiscava e logo enfiava tudo na boca de novo e chupava com força.

Passava a língua na cabecinha, lambia de baixo para cima, dos lados, deu um trato muito bem dado nele.

Depois de um tempo, quando eu percebi que eu iria gozar, levantei e posicionei-a de quatro na minha frente. Afinal aquela bunda me encantava.

Coloquei meu pau na sua bucetinha e ela gemia mais alto, comecei bem devagarinho, enquanto acariciava suas costas e puxava sua bunda. Ela começou a pedir para eu ir mais rápido, pedia mais e mais. Com a mão direita e coloquei minha mão por sua frente e brincava com seu clitáris e com a esquerda eu arranhava suas costas. Ela gemia, gritava, ficava louca, fazia tempo que não via uma mulher com tanto tesão assim e nem eu ficava com tanto tesão.

Ela gozou mais uma vez e desabou para frente, mas já virando para mim e dizendo: - Vem que eu quero mais.

Sou um rapaz muito obediente, e fiz o que ela mandou, dei mais uma chupada em sua bucetinha e penetrei-a de novo, agora pela frente.

Enquanto eu ia metendo, ia beijando seus peitos e ela com a mão acariciava minhas bolas, ah como isso é bom.

Ela ficava rebolando, gemendo, me arranhava todo e eu adorando aquilo tudo que estava acontecendo.

Comecei a aumentar o ritmo até que ela gozou mais uma vez e desta vez muito mais forte que a outra.

Agora ela me disse que queria cavalgar um pouquinho, prontamente me coloquei em baixo dela e ela com aquele corpão lindo encaxou sua bucetinha maravilhosa e apertadinha no meu pau. Subia e descia com muita tesão, rebolava, unhava meu peito, e eu com a mão em sua bunda e com a outra em sua xaninha brincando com seu clitáris.

Enquanto ela subia e descia eu com as mãos comecei a brincar com sua bundinha, passava a mão, apertava e cheguei com o dedo em seu cuzinho, comecei a passar o dedo nele. Ela logo se excitou mais ainda e começou a aumentar o ritmo que subia e descia, percebendo que ela gostou, comecei a colocar meu dedo devagarinho em seu cuzinho apertado.

Ela me disse: - Quer comer esse cu, é cachorro? Primeiro vai ter que me fazer gozar mais duas vezes e ele vai ser todinho teu.

Com isso pirei mais ainda, comecei a beija-la e excita-la mais ainda para que ela goza-se, afinal queria comer aquele rabinho delicioso. Não demorou muito alcancei meu objetivo.

Então quando ela gozou duas vezes, já se posicionou de quatro a minha frente e empinou bem a bunda e me disse: - Vem. Come esse cuzinho que eu sei que tu tá loco pra entrar nele.

Não pensei duas vezes, comecei forçando com a cabecinha, e logo começou a entrar, coloquei todo meu pau lá dentro, agora ela urrava de prazer, me dizia para foder bem gostoso aquele cuzinho dela. Eu metia e tirava, metia e tirava, metia e tirava. Ela enlouquecendo e eu pirando. Bombei aquele cuzinho por uns 8 minutos e não resisti mais, falei para ela que eu queria gozar, ela disse que queria sentir meu gostinho então.

Me deitou na cama e começou a mamar meu pau, chupava com toda força como se meu gozo fosse matar sua fome.

Não demorou muito e gozei em sua boca, toda a tesão que eu estava explodiu em sua garganta. Ela batia mais forte, e chupava com muita vontade. Queria mais, muito mais leite.

Depois de ter sugado todo meu gozo, ela engoliu tudo sem deixar nehuma gota. Deitou a cabeça em minha coxa e ficou chupando mais um pouco. Eu adorando aquilo tudo.

Depois de um tempo, veio e deitou do meu lado.

Nos beijamos, acariciamos e dormimos bem agarradinhos de conchinha.

Com isso percebi que o tempo passou, que crescemos, mas ainda podemos continuar brincando juntos.

De uma maneira diferente daquela época, mas muito mais gostosa.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Tennis zelenograd contocontos eróticos papai me comeu no meio do matomulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo conto amigo do marido trouxe o cachaço pra nossa porcacontos gay na saunaboa f*** mulher leva travesti para comer o maridocontos eroticos minha namorada deu paraquero ver buceta do pigele gradeContos curtos excitantes de coroa estrupada e gostandocontos eroticos novinha coroa ricocontos eroticos de encoxadasminha xana fica babando contoscontos erotico sendo fodida e fotografadapedindo pra fuder com minha,mae sandracontos eroticos de Maezinha bobinha do amigis transando com jovezinhotaras de ficar olhando outroa fudercontos casada vai a festa de faculdade e se da malcontos de viados dando o cu e cherando cocainacontos personal acoxando a cavala na academiaeroticosgamenamorado mega dotado contos eroticoseu liberei minha esposaamiguinha da minha filha me chupouurso tiozao roludo conto gayhttp://conto erotico rancou minha calcinha e gozou na bucetacontos eroticos atração enteadonamorado bi namorada puta estria conto erótico bissexualconto de arrombando o cu do empregadogenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticoscontos encostei no onibuscontos, minha filha e suas amiguinhaserotico minha filha bota a mãocasada resebe proposta indecente contoconto marido paga catador de latinha pra fuder esposaconvenci minha esposa transa com nosso caominha namoradinha me provocou pra fuder brasiltanguinhas usadas contoscontos eroticos de esposa exibidagarota pauzerauma cinpatia pra uma conhada ficar deitada na minha cama deitada so de calçinha gemendoconto erótico lésbica humilhada puta tratadavideo porno safada falando obsenidadescontos eroticos com mae e filho e pai assistindocontos personal acoxando a cavala na academiacastico de minha sogra com eu e minha esposa contos eroticoshomens com pau instiganteconto erotico com meu sogro peladocontos erotico cumendo o cusinho danielacontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludoscontos mem tinha peitinho dava cusinhoPorno contos familias incestuosas orgias tradicionaiscontos eróticos de manicures safadasconto erotico bi com atendente de hotelconto erotico funkeiro chupando novinha no funkconto erotico amiga propaganda curiosaconto erotico gay seduzindo o tio velho coroa grisalhocontos eroticos chupando duas pirocasrelatos comi a crente na marracontos eroticos elisangela cunhadasexo.garoto.engravidou.a.tia.casada.do.amigoContos forro esposagreluda se masturbando com seu cão no quartocontos erótico de lesbianismojemro comvemceu a sogra e comeu sua bucétacontos eróticos virei fêmea louca por leitinhoContos eróticos puta submissa incestoeu e titia baixinha bunda carnuda cu virgem contosViolentei a deficiente contos eroticospegou todas da familia atraves de chantagen conto erotico de insestomamada gay contocontos enventei um sequestro ora comer minha maecontos dei pra passarrelatos eróticos determinada por um negão roludoSou a boqueteirá da pica do vizinho contoseroticoscontos eroticos comendo a tabata mulher do amigoPorno ai falei que era pra gozar maninha.comquando novinho viciei em da meu cuzinhocdzinhas contos reaisconto erotico Conto de um corno manso da Mãe e Filha IIjoanachupando. picaenteadadormiu bebada sem calcinhacontos eroticos pensei que era uma xota era uma rolarelato erotico comendo casada