Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA ÚNICA TRAIÇÃO...INESQUECIVEL...

Click to this video!

Sou a Milla, tenho 28 anos, sou casada há 8 anos, Sou alta 1,70, magra 50Kg, cabelos curtos, lisos e ruivos (tingidos e nao muito), olhos castanhos claro, cintura fininha, bumbum arrebitado e seios pequenos. Moro em Minas e meu marido esta sempre viajando à negocios. Eu sou secretaria ( de politico). Bom, no ultimo janeiro, fui ara São Paulo a trabalho e combinei com meu marido que fosse ara nos encontrarmos no fim de semana. A questão é que segundo ele, por motivo de trabalho ele nao foi no fim de semana. Sozinha, com raiva em São Paulo, liguei para um amigo nosso e sugeri que saíssemos para uma noitada...eu adoro dançar e meu marido odeia, pensei que poderia aproveitar a oportunidade e matar a saudade. Sá um detalhe: este nosso amigo é bissexual.

Combinamos então que ele me pegaria as 23:30 e que me levaria para dançar, eu estava preocupada, pois meu marido nem em pensamento poderia desconfiar, ele é doente de ciumes. Compartilhei minha preocupação com ele quando me pegou e ele sorriu de forma sarcastica pra mim e disse que poderia ficar tranquila, que nenhum dos clientes do meu marido, " aqueles engravatados" estariam onde ele ia me levar. Esse nosso amigo, se chama Alex, é lindo, um tipo árabe, de terrorista mesmo, alto, musculoso...um olhar que tira o chão de qualquer pessoa.

No caminho conversavamos muito, ele é muito divertido e eu adoro isso nele. Perguntei onde ele ia me levar, por que eu queria dançar...ele disse que iriamos a uma danceteria gay. Olhei assustada pra ele, pois nunca tinha ido...outro detalhe: meu marido é muito careta.

Lá chegando, eu nunca havia visto tanto homens bonitos por metro quadrado. O Alex me puxou pelo braço para o meio da pista e dançamos bem gostoso, bem juntinho, ele segurava na minha cintura, ora na minha nuca.

Foi ao bar e pegou um drink pra gente, ficamos ali um pouco bebendo, rindo e ele me perguntou se euqueria algo bem diferente esta noite. Já alteradinha com os drincks e o baseadinho que haviamos fumado antes, olhei pra ele e disse sim com um belo sorriso. Ele então tirou duas pilulas do bolso e disse que era uma minha e outra dele ( ecstase). Peguei a minha e bebi. Logo ja estavamos dançando novamente na pista. Mas era tudo mais bonito e caliente, as mãos dele passavam mais gostosas pelo meu corpo, os olhos dele apreciam que me comiam, a lingua dele começou a percorrer o meu pescoço, achou minha boca, e que beijo gostoso e molhado, a mão dele segurava minha nuca gostoso.....bem baixinho no meu ouvido ele me chamou para sair dali....que ali nao era o nosso lugar.



me puxando pelos braços, no estacionamento ele me beijava muito, me apertava junto ao corpo dele, eu sentia ele muito excitado, adorava a situação, passava meu corpo tb nele. Entramos no carro, eu passava a mao na nuca dele, no rosto, no cavanhaque ( que me enlouquecia), passei minhas mãos por cima da calça dele e sorri, percebi q aquela noite prometia. Não esperei muito, lentamente eu desabotoei as calças dele, passei minhas unhas na cabecinha do pau dele e o tirei pra fora, segurei e lentamente chupei a cabecinha. ele gemeu e acelerou o carro... eu sorri, olhei pra ele e perguntei se ele estava gostando??? abaixei novamente e o chupei agora mais um pouquinho....segurava firme e chupava ele todinho, passava minha lingua nele...ele parou no semaforo, me puxou pelos cabelos e me beijou, senti que se ele nao fizesse isso ia gozar naquele momento. Me beijava e falava no meu ouvido: " vai me matar assim gostosa, quer que eu goze na sua boquinha??"passando a lingua no pescoço dele eu apenas disse que adoro ver ele com aquele tesão ( não respondi a outra pergunta, pq nunca havia acontecido de ninguem gozar na minha boca). o semaforo abriu ele acelerou e agora passava a mao na minha perna, acariciava minhas coxas, chegava perto da minha xaninha e voltava, eu estava adorando aquilo tudo e chegamos ao apartamento dele. No elevador ele me beijava gostoso, levantava minha perna, segurava ela, e apertava minha bunda, que mão ele tinha.

Ao entrar no apartamento dele, ele mal fechou a porta e me agarrou pelas costas, beijava minha nuca, apenas tirou o pau dele pra fora e meteu tudo sem dá. Eu apenas gritei de dor e de susto, ele meteu no meu cuzinho assim, me arrombando, e metia com força me puxando pelos ombros para enfiar tudo. Eu gritava e ele apenas dizia pra eu relaxar q ia gostar. Me levou ate o sofá e colocou uma perna minha levantada sob ele, nessa hora ele ja tinha arrancado meu vestido e calcinha, eu estava apenas de salto alto. Tirou o pau dele, cuspiu nele, no meu cuzinho, segurou meus cabelos c força e disse: agora eu vou meter em vc e vc nao vai gritar, se gritar vai ser pior, entendeu? eu olhei pra ele sem entender se ele estava brincando ou falando serio. qdo olhei pra ele percebi que ele estava falando muito serio. então ele enterrou o pau dele no meu cuzinho, eu nao aguentei e gritei, gritei alto. Ele me puxou o cabelo c força e me deu um tapa forte na bunba, e disse que seria pior cada vez q gritasse, e metia com força, eu sentia suas bolas batendo em mim. Nos meus olhos escorriam lágrimas e agora ele me puxava e perguntava se eu queria que ele parasse. Não sei explicar como, mas chorando de dor, eu comecei a rebolar no pau dele, e disse que nao, que queria ele me fudendo. Ele sorriu, me puxou de novo, virou meu rosto e beijou minha boca enquanto dava metidinhas rapidas, daquelas de tirar o folego, eu quase sem respiração.

Então ele tirou o pau dele, tirou a camisinha, sorriu, me virou e disse: Milla, meu pau quer sentir sua lingua. eu asentada no sofá, ele na minha frente, eu segurei o pau dele eo engoli todinho. Acho que ele nao esperava isso, pq rindo disse: que menina gulosa, eu chupava mais e mais, sentia ele pulsando na minha boca, muito duro, percebi que ele ia gozar, e acho q ele percebeu que ia tirar a minha boca, pq ele segurou minha cabeça com força contra seu pau e socava na minha boca. Ele fodia minha boca enterrando seu pau nela, sentia ele gozando, quente, salgado. tentava empurrar ele, mas segurava com força e dizia c voz bem firme: engole tudo milla, nao deixa escorrer nada ou vc vai se arrempeder...sem outra opção eu engolia e fazia ancia de vomito, ele nao ligava pra isso e socava mesmo. Então qdo ele acabou de gozar, olhou pra mim e disse que queria pau dele limpinho . Enquanto isso os dedos dele massageavam meu clitoris, e ele sem pensar tirou o pau dele da minha boca, duro ainda, e meteu na minha xaninha de uma vez sá....eu gemi alto, uxei ele pra dentro de mim, mas ele tirava e passava so a cabecinha na portinha dela....que de tão molhada, as vzs ele escorregava pra dentro e ai metia ate no fundo.....eu implorava pra ele me fuder gostoso e rapido. Mas ele apenas ria e metia bem devagar, ate q começou a bombar rapido......eu quase desmaiando, olhei pra ele e perguntei se ele estava sentindo eu gozar.....escorria pelas minhas pernas tanto prazer...ele bombava forte e disse que sim......gozei varias vzs.......mas o resto danoite fica pra outro dia.....mas traição foi so essa vez, nunca mais rolou nada, em regra sou fiel...



e-mail para contato: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos padres e zoofiliavi minha tia na cozinha fazendo comida não aguentei da sarrada na bunda dela caiu na p*****contos zoo velha carentetranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbacontos eróticos múltiplos orgasmosContos mae da minha namorada perguntou me punhetocontos comi minha mãecontos eroticos aposta na escolafui dominado por uma mulher mais velha conto eroticocontoseroticosdesvirginandocontos de incestos e orgias entre irmas nudistasarrombando o cu da luzia contoscontos eroticos verdadeiro primo bem dotado da minha mulher pasa ferias em casasafadinha de nicrosaiacomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualminhamulhere meucachorroconto erotico ficando com um doente mentalsexo Sátão garotas da noite prazer paguei boquete na infancia contosconto erotico com coroa casado amigo do meu paiContos: namorada safadaContos eróticos de rabudas casadasConto incesto chicotadas no rabao da filhacontos na praia tirou o selinho da cunhadinha novinhaContos eroticos chupando peito casais amigoscontos eroticos vizinho me pegou shortinhoamigos sexo troca troca contosconto o borracheiro fudei minha esposameu avô rasgou minha bucetacontos erodicos de cabrito macho fazendo sexo com gostosa zoolofiacontos de sexo com vovocontos eroticos gemi no cacete do marido da minja amigaconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradaContos d uma menina estrupada por taxistacontos eroticos dei p meu cliente[email protected]novinha peguei no pinto do cachorro relatoszoofilija detei i poróvideos para deixar o namoradoexitadop*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandecontos casal nu praiacontos virei cadelinha assumidiContos porno com o papaime viu pelado conto eroticobaixar vídeos porno sublinha pega tio batendo punho tá e da a bucha pra eleestrupada contoscontei para minha amiga que trai meu namorado e o namorado dela com seu amigos me comwramContos eróticos "queria experimentar algo novo"contos eróticos putinha na madrugada na ruaContos de deu o cu por drogascontos eroticos com coroa taradocontos genro bem dotado arronba o cu ds sograminha tia olhando meu paucontos porno meus amigos colocaram dois pau no meu cuzinhoComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhoconto peguei a coroa dona do cormeciocontos erótico irmaosMaduras babando na rola dos novinhos contoseroticosbronzeamento com a amiga greluda contome apaixonei pelo um bandido conto heroticomuie pega a manguera do amigo do cornaoconto erotico prima franciniconto transamos no escurinho da festacont erot padrinho meteu tudocontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemfilme pornô com gordinhas empadãocontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigosRelato de esposas putas dando pra fumcionarios naconto incesto minha linda maezihacontos eróticos ele disse xingamentos porradaconto erotico beijei minha irma dentro do tremlekinho pau contoscontos sexo a ninfetinha tarada e virgemconto erotico casado se apaixonou por um afeminadocontos comendo a menina no carnavalContos eróticos de incesto filhinha caçulinha dando em cima do paicontos erotico transai com uma negona vizinhacontos eroticos ninfeta aventureiraencostei o braco na buceta da cunhada contoscontos colega safadinhacontos exitantes de sexo na marrra delicioso historias reaisConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinha