Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A NOITE EM QUE VIREI CADELA CADELA

Click to Download this video!

A noite em que virei cadela

By: Ninacadela





--------------------------------------------------------------------------------



Ola amigas tudo bem, espero que todas voces estejam felizes e satisfeitas no sexo quanto eu, sou uma garota de 22 anos e no momento estou saindo de um noivado que durou 02 anos, mas depois de muito lamentar a perda do meu casamento, agora eu agradeco por ter chegado ao fim este noivado, eu era feliz ao lado dele mas tem certas coisas que nao merecem perdao e ainda bem que descobri antes de casa que ele nao passava de um cachorro que so me queria pra aparecer pros amigos dele. Sou uma mulher negra de corpo bem feito e minha familia nao é rica mas temos o sufisiente para poder viver sussegados,e- xageros é claro, estava de casamento marcado pro fim do ano mas como ja disse acabamos nos separando e ja faz uns tres meses que estou sá, curtindo a minha "liberdade" assim digamos, pois mesmo noiva eu tinha que dizer pra onde ia e com que ia pro meu noivo. As coisas estavam indo bem mas eu estava comecando a sentir falta de alguem pra trasar,e como estava com pouco tempo que eu havia me separado e a cidade que moro é pequena eu nao queria sair com outros assim logo de cara pra nao me tornar falada na cidade, entao vivia de masturbacões, mas isso ja nao estava me satisfazendo, eu precisava de um pau o mais rapido possivel, ja estava fican- do louca com essa situacao. Mas nao sabia como fazer pra nao cometer uma loucura de sair com alguem que fosse depois sair cementado que tinha transado comigo, entao ficava imaginando como matar o meu tesao, foi quando uma amiga me convidou pra sair e durante nossa conversa ela comentou que o irmao dela tinha comprado um filme onde uma mulher transava com um cao, ela tinha visto o filme quando ele tinha saido pra escola e que tinha gostado muito e que tinha se masturbado muito ven- do o filme, eu fiquei com um baita tesao ouvindo ela falar aquilo e pensei logo no cachorro da minha casa, um rotvaller que meu pai havia comprado para proteger a mim e minha mae, pois ele saia pra trabalhar muito cedo e nos duas ficavamos sozinhas em casa, minha amiga falava de como o cachorro fazia com a mulher como ela parecia esta gostando de ter um pau daquele tamanho detro dela e como gozava o cachorro, ela contou muitos detalhes daquele filme e eu fazendo que nao estava prestando muita atencao, mas estava imaginando como iria fazer para ter o nosso "MAX" so pra mim, depois de tudo isso eu fui pra casa disposta a dar pro Max, mas como minha mae estava em casa fiquei sá na vontade, e naquele dia nao pude fazer nada, os dias foram passando e meu tesao crescia a cada dia, via o Max brincar e sá prestava atencao no seu casete que ficava um pouco pra fora e eu ficava louca de vontade de pegar nele e fazer o que a muito eu queria fazer. Um dia meu pai disse que tinha uma irmã dele que estava doente e que tinha que ir visita-la, como eu estava em epo- ca de aula nao pude ir e ele foi com minha mae, fiquei super ansiosa no dia que eles foram viajar, quando sairam eu fui logo pensar em como fazer pra que o Max me comesse. Dei um banho nele e lavei bem aquilo que a muito eu queria, eu queria aquilo bem limpo pra poder brincar a noite toda com ele, depois o sequei com uma toalha e o coloquei pra dentro de casa, tomei um banho e me produzi toda, como se eu fosse me encontrar com um homem lindo que me faria feliz naquela noite, depois do banho chamei o Max pro meu quarto coloquei umas toalhas no chao e sentei com as pernas abertas na dire- cao dele e comecei a me masturbar, logo ele se aproximou e comecou a rpocurar aquele cheiro gostoso de sexo que exalava de minha buceta, senti o seu focinho frio encostar na minha buceta e senti um calafrio percorrer minha espinha, e lago em seguida senti sua lingua aspera passar por cima de minha buceta me arrancando um aaahhhhh que a muito tempo eu vinha querendo sentir, logo em seguida senti mas algumas longas e deliciosas lambidas coisa que nunca havia sentido na vida, e logo eu estava gemendo pedindo pro Max fazer mas rapido, como se ele entendesse o que eu estava dizendo. comececei a gemer alto aahhhhhh Max, vai lanbe a sua cadela aaiiiiiiii asssimmmmm vaiiii laaaaammmbe vai lambe maiissss, aii que gostossoooo, vai Max e ele continuava lambendo com se aquilo fosse a coisa mas gostosa que ele ja havia experimentado, logo comecei a senti um fogo subindo pelas minha pernas e comecei a gozar como nunca havia gozado na vida vaaiiii Max vai lambe maiiiiisssss aaaaiiiiiii vaiiii vai Max eu tooo gozando vai lammmmmmmbeeee, aiiiiii Maaaaax vai lambe vou gozar aaaaiiiiiii e gozei, uma sencassao de plenitude tomou conta de mim e ele tentando coninuar com aquilo eu ja nao aguentava mais e o afastei e fechei a pernas pois ele continuava a querer saborear o liquido do meu gozo, descancei um pouco e logo me pus a procurar o seu pau que era o que eu realmente queria naquele momento, logo comecei a massagear seu pau e ele foi saindo eu maravilhada com aquilo via sair um pau nao muito grande naquele momento e comecei a punheta-la devagar e logo levei minha boca mais perto e passei a lingua nele, tinha o gosto meio amargo mas o tesao que eu estava sentido falou mais alto e logo eu es- tava com aquela pau na boca chupando como se fora um sorve- te ele foi aumentando e quando vi que estava pronto tirei da minha boca admirei um pouco e me coloquei em possicao de cadela que é o que agora eu sou, o Max logo se chegou a mim e com suas patas dianteiras subiu em minhas costas ficando bem encachado nelas, seu pau batia de um lado batia do outro mas nao conseguia acertar minha buceta, me posicionei melhor e passei minha mao por baixo peguei seu pau e levei ate a entrada da minha buceta, quando ele sentiu que estava dentro, socou de uma vez eu logo urei uuuhhhhhhhhhh e ele foi metendo numa velocidade louca, eu comecei a sentir uma dor, mas logo foi passando e ficou um prazer louco e indes- critivel, aquele cao metia como um louco eu gemia de prazer dizia palavras sem sentido e gozava com aquele pau dentro de mim aaaaiiiiiii, vai Max mete essa rola em mimmmmm aiiii aiii uuuuuhhhhh mete vaiaiiii Max meeete vai ai que loucura mete vai mete uuiiiiiiii que delicia voce vai ser meu macho daqui pra frente aiiiaaaiiiii mete vai aaai, mas logo senti algo diferente, como se minha buceta estivesse sendo parti- da, rasgada por aquela rola e depois de um empurrao mais forte de Max um ai desesperador saiu de minha garganta aaaaa aiiiiiiiiii uiiiiiiii qua é isssssssoooooooo aaaaaiiii mas logo vi que ele tinha metido o ná detro de mim e comecei a sentiar um prazer maior ainda depois disso, logo seus movi- mentos foram diminuido e eu fiquei co aquela sencassao de entupimento em minha buceta, ele parou e eu comecei a sentir seus jatos no fundo do meu utero parecia que nao parava de sair porra daquele pau que estava todo dentro de mim, fiquei quieta enquanto ele gozava e aproveitei e comecei a massage- ar meu clitáris, ja tinha gozado umas quatro vezes com aquele pau e estava proonta pra mis uma e veio intensso e gostoso, um gozo maravilhoso e eu que a muito nao sabia o que era ter um pau dentro de mim estava ali colada com um cachorro que me deu um prazer como a muito eu nao sentia, depois de alguns minutos que para mim foram maravilhosos ele puchou seu pau e aos poucos foi saindo de dentro de mim me deixando toda aberta, olhei pra ele depois que saiu e pude ver o que eu tinha levado naquele foda seu pau era enorme e grosso minha nuceta esta escorredo seu liquido, fiquei sentada de pernas abertas vendo ele lamber seu pau, depois de limpa-lo ele veio ate mim e comecou a lamber seu liquido que saia de mim, fui a loucura e gozei mais uma vez com aquela lingua maravilhosa. Depois disso fui tomar um banho coloquei Max pra fora de casa de fui limpar o meu quarto que estava com um cheiro delicioso de sexo, antes de meus pais voltarem ainda transei uma vez com Max, e hoje sempre que posso repito e ate ja dei o meu cuzinho pra ele, coisa que meu "ex" nunca teve, e vivo feliz com meu Max. sei que isso é tabu ou loucura pra muitas pessoas, mas se voce esta lendo esta estoria é porque gosta do assunto ou ja praticou se quiser podemos trocar experincias e so me contatar. beijos meus e do Max

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos "coisa enorme"crescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticoscontos eroticos dei p meu clienteQuero ler,contos homem fudendo menino de rua novinhocontos eroticos Roberta traindoFoderam gente contos tennscontos eróticos fudendova esposa e a filha do amigo Contos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicouContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscoConto eroico comendo as primihasminha esposa ela levou sua amiga solteira pro nosso quarto pra eu fuder elas duas juntas conto eróticocontos eróticos namorada tirou a roupacontos eroticos senzala escravasou louca por anal sou evangelica conto pornocontos eroticos sonho americano 2conto erótico dei meu c* para o Jornal do Campocontos eroticos familia rentsai do nordeste e virei puta pra dar o troco no meu maridoContos eroticos de casadas safadas que trailoira jardineiro trai contosminha mulher mulata contosxoxota doce contosconto praia de nudismo com a esposa continuacontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhoela pediu pra parar mas continuei empurrando na putacontos sentando no colo novelacasa dos contos sogras mais cunhadasMeu primo me estuprou meu cu na infacia contos eroticosna sauna com minha vizinha contoscontos comeram a.bunda do marido e esposaContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaConto erotico enteadaconto pernas fechadasconto erotico namorada piranhaSeios grandes e buceta Luisinhacom amigo na praiaconto eroticoesposametenocomoutroconto dpela pediu pra parar mas continuei fudendoconto meu marido choro quando o negao me estrupocontos eroticos na viagem comi sogra e mulher no carromeninas piranhas de calcinha fio dentalconto erotico namoradinhos de infanciacontos eroticos gosto de levar piça no cu e porradaver homens bem-dotados sendo castradosconto erotico pegeui minha esposa me traindocontos eroticos mulheres de 60 anos gostosas fudendo no estupro e gostandoconto erotico ele me amassou e eu fingia dormirneguei meu irmao se masturbando e o cu e a buceta pra ele xvedeo.comrelato transei "por engano"conto eurotico pescano com sobrinho e marido beldoconto comi meu enteado novinhomulher sobe em cima da pica do manequimpono. patrato. vudedo. a. tiada. novacontos eroticos pica grandepia se acha ser pausudohttp://googleweblight.com/i?u=http://tennis-zelenograd.ru/conto_265_meu-tio-foi-o-meu-1xaa-homem.html&grqid=yBm1GLRi&s=1&hl=pt-BR&geid=1054Contos eroticoa transei cm um aduto na infanciaa minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticoscompadre taradotirado a vigidade da novinhas no mato ela ..âl lesposa no motel com amigos contoFoderam gente contos tennsconto crente cornocontos eróticos minha tia me provocaContos eróticos - pés feminino na caracontos eroticos de escrava de madameconto herotico Pantanal o mineirinho que me cativou 2conto erotico crente negra velhavvidos de muler co casoro. fudemocontos eroticos de infancias um estranho chupou minha bucetinhacontos porno travestis estupros sadomazoquismoFlaguei a baba do meu filho metendo com travesti roludo contoscontos eroticos primeira vez de coroa rabuda de corno