Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MINHA PRIMEIRA VEZ SENDO SADOMIZADA

Click to this video!

Meu nome é Vitoria, tenho 27 anos, solteira e muito liberal, gosto muito de fazer sexo, sou morena tenho 1,65, 55kg, cabelos longos pretos, seios medios, bunda media e arrebitada. Eu já fiz quase tudo em materia de sexo, mais eu tinha uma tara de ser sadomisada mais tinha um pouco de medo devido as fotos e videos que via na net. foi o que fiz procurei aqui ali até achar um mestre na net, depois de varias conversas e entendimentos resolvi aceitar a proposta de me encontrar com ele em um lugar publico, que aconteceu em shopping na minha cidade, como era um primeiro encontro para acertamos a sessão não houve nenhuma exigencia so uma roupa para ele me indentificar na praça de alimetação, fui de mini-saia e blusa, como tenho as perna relativamente grossas resolvi valorizar um pouco. Ele logo me indentificou sentei na mesa junto a ele e começamos a tratar do nosso encontro que aconteceria no final de semana, ele me pediu para ir apenas de calcinha fio dental preta, sinta liga, sandalias altas e um vestido na altura media bem decotado valorizando bem os meus seios na altura das coxas e sem sutien, me perguntou se eu estava depilada totoalmente se caso não tivesse me depila-se ficando bem lisinha em outras palavras uma verdadeira puta. Iriamos para um sitio de propriedade dele que é na verdade uma masmorra de sadomasoquismo, nos acertamos que ao chegarmos ao sitio eu seria sua escrava e faria tudo que ele me mandasse. chegarmos por volta das 10:00 horas quando ele parou o carro disse a brincadeira começa agora. Sai do carro e ao sair entramos na casa e ele me colocou uma coleira que é de prache me levou para o quarto me puxando pela coleira, quabndo entrei no quarto gelei todos os tipos de apretechos de tortura sexual, como passaria o final de semana com ele acertamos de em caso de tortura com chicote so em nas partes que não ficasse expostas pois teria que trabalha na segunda então ele so me bateria nos seios e na buceta, me arrependi amargamente, ele me despiu e fique so de sinta liga os seios e buceta expostos então ele veio por traz de mim e pediu para colocar as mãos para traz para serem amrradas, ele me amarrou na altura dos cotovelos e nos punhos bem apertado, passou uma corda em volta de meus seios deixando-os bem apertados que doia bastante, passou uma corda por baixo de meus braços a altura dos seios e amarrou em uma argola na estrutura me deixando bem esticada em seguida colocou uma presilia nos meus seios nos mamilos, isto ja estava me deixando excitada, no chão havia duas argolas presas no bem distantes uma da outra ele então amarrou meu tornozelo em uma argola e o aoutra na outra argola me deixando bem aberta a primeira tortura seria nos seios e na buceta mas eu teria que ficar totalmente imovel e com abunda arrebitada para ser chicoteada até o presente momento eui so estava sendo amarrada e estava gostando e ficando exitada so os seios começavam a ficar meio doloridos por conta de estarem amarrados e os meus estarem com presilhas então ele abriu um armario e pude ver varios apetreços entre eles ele veio com uma especie de cancho com uma argola na ponta e uma esfera na outra bem pequena e uma mordaça do tipo bola que com um certo tempo de colocada faz voce babar então já sabia que estava por vir seria amordaçada para não gritar durante o espacamento nos seios e na buceta, então ele me fez lamber a esfera do gancho e sem dá nem piedade enfiou de uma sá vez no meu cú eu que estava ate agora sem emitir nemhum ruido dei um grito e logo em seguida levei uma bofetada no rosto que me aqueceu a face disse que eu teria de ficar quieta com o gancho no meu cú ele amarrou uma corda na argola do gancho e amarrou puchando bem para cima me deixando com a buceta bem arrebitada sem poder me mexer pois se o fizesse o gancho me rasgaria o cú teria de aguentar as chibatadas sem me mexer ou me mexer o menos possivel agora viria a parte final da preparação a mordaça na boca, mas antes de me amordaçar ele me perguntou um ou dois escolha? eu sem saber escolhi o dois que seria a quntidade de chibatadas que levaria um era 25 dois era 50 então eu seria sadomisada 50 vezes agora seria necessario a ordem da sodomia mais uma vez eu escolheria a ordem do castigo seria 25 chibatas nos seios e vinte e cinco na buceta então o castigo começou a primeira chibatada nos meus seios arrancou as presilhas foram duas dores a primeira da chibatada e a segunda das presilha se desprendendo do meus seios gemi de dor me enclinei para traz o gancho na meu rabo me empediu pois estava muito apertado a amarra no teto quando eu ia para traz me doia o rabo fiquei pensando teria mais vinte e quatro chibatadas o castigo foi muito dolorido meus seios ia ficando cada vez mais doloridos a cada chibatada e muito vermelhos as dores estavam insurportaveis sem poder gritar com a boca amordaçada o castigo começou na minha buceta eu já estava muito cansada e muito dolorida eu já estava amarrada a quase duas hora toda dormente os pulsos doloridos o anus ardendo muito por conta do gancho a buceta muito inchada de tanto apanhar então acabou a sessão fui levada para um quarto onde fiquei amarrada para descançar da tortura e so eram 12:00 horas eu ainda seria torturada por toda tarde fui deitada de bunda para cima as minhas pernas foram colocadas juntas e dobradas para traz minhas pernas foram amarradas aos meus braços, mais antes de amarrar minhas perans aos meus braços uma corda passou pelo meio da minha buceta por dentro do meu clitoris duendo muito pedi para ele apfouchar um pouco gemendo atraves da mordaça então ele apertou mais e me disse que iria me deixar ali e mais tarde voltaria para me ver e me alimentar - Continua

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos mulher que coloca silicone no seiocontos eroticos com a vovóContos eroticos gang bangcontos eroticos de minha mae da buceta cabeludasexo com renata crentinhacontos a mulher do meu amigo queria um pau grandeerotico menininhaengravidei minha irmã contoscontos eroticos amigo gay experimentou meu biquinecontos eróticos de viados que foram fudidos ouvindo palavrõescontos eroticos zt i: blackmailcontos eroticos ousados com muita excitacaoliga contos de loirinhaConto erótico calcinha fedidarelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaconto erotico tomando banho com minha amigacontos fudi minha cunhada emplena lua de melchantageei e comi a secretariaconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundanão anãozinho chupa meu pauO que e aclauzacasa dos contos de mae fudendo filho e filhaContos eroticos meteu o cu no pau do irmao que tava dormindovhupou minha buceta lesbicaconto eróticovideo porno miss bubum da o cu e chora com o cuzinho doendocontos porno eu amo caga na picaContos de incesto familiarencoxador no tremcomhendo ass evangelicas contos eroticosa travesty gordinha me fez gozar sem tocar no pau comtos eroticoscontos eroticos ela não queriaContos eróticos minha gata fode com todosQuero um homem ora mamar no meu peitocontos gay travesti apostavamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupacache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html se um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinhaContos eróticos heterossexualconto minha mae rabuda e eu meu paimamando no titio contos gay inocentemeu pedreiro gostosoContos eroticos de padremulher de chortinho aparesendo a beradia da bucetaconto erotico meu bezerro boqueteirocontos necessitava de rolaContos eroticos gosto de estupro seioscontos eroticos garotas na escolaporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtircontos eróticos escrava sexuais incertoconto tio trai com sobrinho travestividio porno d3 uam mulher branca 3 uma homem preyocontos eroticos porno de pirralhas inocentesai que lambida contoscontos perdi minha virgindade com 25 anoscontos podolatria irmacontos meu chefe me comeu e minha filhadescabacei a namoradinha de 13 aninhoscontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladasenrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticoscheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****marido realizando sonhos eroticos da esposacomo arrombar um cu virgem ticacontos eroticos vi minha esposa me traindocontos eróticos com velhacontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavaloscontos porno eu e meu amigo fudendo minha maecontos erotico so de negrinhas dando o cusinho e a bucetinha pro cunhado e chupando muita rolacontos erotico na balada com a irmacontos tiachupa rolacontos bundão arrebitadoContos punheta no garoto constrangidomarido dormiu eu me depilei toda contoscontos d zoof de ferias na fazenda com meu maridocontos eroticos de manha dava pro meu sogro e a noite pro meu maridoo que sua esposa achou do menage femininoContos eróticos cearácontos eroticos familia camping nudistaeu quero ver mulher ficando engatada fique transando com poodle cachorro poodle